Mídia<br />Graduação:Publicidade e Propaganda<br />Prof. João Filho<br />
Revista<br />Embora as revistas tenham uma longa história nos Estados Unidos, contando com as primeiras publicações já nos...
Por exemplo: Antigamente uma anúncio colocado em revistas americanas como a LIFE na década de 1950 provavelmente atingia c...
Mas com o surgimento da televisão justamente em 1950, as revistas de interesse geral descobriram que não tinham condições ...
Percentual de Participação<br />Percentual de Participação em Julho de 2000<br />Percentual de Participação em Julho de 20...
De acordo com a última pesquisa do intermeios, as revistas ficam com 7,5%  do total do bolo das verbas publicitárias aplic...
Como no caso dos jornais as revitas são apresentadas em termos de sua circulação.<br /> As revistas de maior circulação sã...
Fundamentalmente a revista é uma mídia nacional. <br />Identificação do leitor com a revista é muito grande já que as pess...
Os anúncios em revistas oferecem, então, o benefício do direcionamento preciso para muitos segmentos de consumidores, abor...
Público classe alta<br />Um dos fatores motivadores dos para se veicular em revistas é o perfil demográfico favorável dos ...
Apesar da segmentação, as revistas, como meio de comunicação, atigem boa parte da população. <br />Na verdade, 94% de todo...
Durabilidade<br />Outra característica importante e exclusiva das revistas é sua longa vida útil. <br />O programa de tele...
Outro benefício para veicular seus anúncios em revistas é o envolvimento do leitor.<br />Embora esse conceito seja bem dif...
Dessa forma, os fabricantes de carro podem se dirigir a fanáticos por automóveis ou posíveis clientes na revista quatro ro...
Os leitores também parecem ser menos resitentes a ver anúncios em revistas. Um estudo realizado para o mercado editorial d...
Os leitores tendem a acreditar mais nos anúncios de revistas, tendo mais fé na autoridade da palavra escrita.<br />
Cada exemplar de uma revista é folheado durante 45 minutos, em média.	<br />
No brasil as maiores revistas são de circulação nacional, mas nos últimos anos o número de publicações locias tem aumentad...
Ainda assim revistas nacionais oferecem suplementos regionais de suas edições com uma frequência cada vez maior.<br />Perm...
Hawaiian Tropic: <br />Aproveite o sol<br />
Tiras Depiladoras: EPILDOU<br />
Wonderbra<br />
SulAmérica Seguro Saúde<br />
Revista Hombre<br />
Desvantagens<br />
Longo ciclo de planejamento<br />Para a maioria das publicações, os anúncios têm de estar prontos na gráfica muito antes d...
Apesar da qualidade de impressão em 4 cores, a revista continua sendo bi-dimensional isso impede que o anúncio de revista ...
A natureza cada vez mais especializadas das revistas significa que o custo por mil é maior que o de um meio de comunicação...
A editora abril detêm 69% do meio no Brasil e conquistou uma fatia maior do market share esse ano.Tal resultado deve-se ao...
Revistas costumizadas<br />Um seguimento que se consolidou é o de revistas costumizadas. apenas a a editora Trip roda mais...
A exemplo dos jornais, as revistas investiram nos meios digitais para ampliar seu alcance junto ao público, modernizando s...
É oficial: ao final do ano passado, a curva ascendente do meio online sob o formato papel, finalmente, atingiu o auge: 34%...
Portais<br />
Revista On Line<br />
Revista iPhone<br />
Dentro do meio de comunicação revista, os veículos mais admirados.<br />1º) Veja2º) Exame3º) Época4º) Carta Capital5º) Ist...
Em circulação há 42 anos, a amior revista de informação semanal do país9mais de um milhão de exemplares, 85% para assinant...
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Mídia - Aula 13
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Mídia - Aula 13

1,246 views
1,164 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,246
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
270
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mídia - Aula 13

  1. 1. Mídia<br />Graduação:Publicidade e Propaganda<br />Prof. João Filho<br />
  2. 2. Revista<br />Embora as revistas tenham uma longa história nos Estados Unidos, contando com as primeiras publicações já nos meados do século XVIII, elas são um meio do qual pode se dizer que teve dois estágios bem distintos em sua história.<br />De início, a maioria das revistas dirigia-se a um público bem genérico, oferecendo uma mescla de notícias, histórias e artigos ou reportagens de destaques voltados para a população em geral. <br />
  3. 3. Por exemplo: Antigamente uma anúncio colocado em revistas americanas como a LIFE na década de 1950 provavelmente atingia cerca de 60% da população total.<br />
  4. 4. Mas com o surgimento da televisão justamente em 1950, as revistas de interesse geral descobriram que não tinham condições de competir efetivamente, nem com os doláres da publicidade, nem com o número efetivo de leitores.<br />Elas não desapareceram simplesmente, mas voltaram-se para uma especialização maior em seu público-alvo e em seu conteúdo editorial. Essa tendência continua até hoje, com revistas extremamente especializadas. E, embora ainda existam hoje algumas publicações de interesse geral, o número de seus leitores é consideravelmnete menor do que no passado.<br />
  5. 5. Percentual de Participação<br />Percentual de Participação em Julho de 2000<br />Percentual de Participação em Julho de 2005<br />Percentual de Participação em Julho de 2010<br />
  6. 6. De acordo com a última pesquisa do intermeios, as revistas ficam com 7,5% do total do bolo das verbas publicitárias aplicadas em mídia. <br />
  7. 7. Como no caso dos jornais as revitas são apresentadas em termos de sua circulação.<br /> As revistas de maior circulação são vendidas de duas formas: bancas e por assinatura. <br />Na maioria dos casos a assinatura gera uma maior número de vendas e em geral responde a 80% da circulação de uma revista.<br />
  8. 8. Fundamentalmente a revista é uma mídia nacional. <br />Identificação do leitor com a revista é muito grande já que as pessoas só comprarm as revista que tratam de assuntos de seu interesse específico.<br />
  9. 9. Os anúncios em revistas oferecem, então, o benefício do direcionamento preciso para muitos segmentos de consumidores, abordagem mais detalhada, uso da cor. <br />Dificilmente uma revista é lida por uma pessoa. Por isso a audiência de seus anúncios é sempre superior à sua circulação e sua permanência entre os consumidores é a maior dentre todos os meios de comunicação.<br />Sua periodicidade também é diversa, das semanais às semestrais, passando por quinzenzais, trimestrais etc.<br />
  10. 10. Público classe alta<br />Um dos fatores motivadores dos para se veicular em revistas é o perfil demográfico favorável dos leitores de revitas. Assim como os leitores de jornal, o usuário mais comum desse meio de comunicação tem média de 18 a 44 anos, com nível universitário e renda familia alta, vivendo em família com três pessoas ou mais.<br />A penetração da revista na população urbana do país está na faixa de 55% dos homens e 61% das mulheres, chegando a 92% entre a classe A e 76% na classe b<br />
  11. 11. Apesar da segmentação, as revistas, como meio de comunicação, atigem boa parte da população. <br />Na verdade, 94% de todos os adultos lêem revistas ao longo do ano, comprando até 6 títulos diferentes. <br />Os lugares em que as compram incluem bancas e supermercados(que correspondem a 45% de todas as revistas vendidas), livrarias, farmácias.<br />
  12. 12. Durabilidade<br />Outra característica importante e exclusiva das revistas é sua longa vida útil. <br />O programa de televisão acaba em meia hora e o jornal é jogado fora no final do dia, ao passo que você provavelmente vai guardar uma revista mensal em sua casa durante 4 semanas ou mais.<br />Isso não só lhe dá oportunidades de exposições adicionais ou repetidas ao anúncio, como também é provável que outras pessoas, conhecidas como leitores secundários, chjeguem a ler a revista. Uma revista em média é lida por 4 pessoas distintas.<br />
  13. 13. Outro benefício para veicular seus anúncios em revistas é o envolvimento do leitor.<br />Embora esse conceito seja bem difícil de definir, em geral, refere-se ao interesse que o leitor tem pelo conteúdo, tanto editorial quanto publicitário. <br />Como hoje a maioria das revistas mantém seu foco em um tema ou interesses específicos, podem vincular-se mais facilmente às necessidades pessoais e ao modo de vida do público, permitindo que os anunciantes também façam isso.<br />
  14. 14. Dessa forma, os fabricantes de carro podem se dirigir a fanáticos por automóveis ou posíveis clientes na revista quatro rodas por exemplo. Os fabricantes de utensílios domesticos revistas dirigidas a donas de casa.<br />
  15. 15. Os leitores também parecem ser menos resitentes a ver anúncios em revistas. Um estudo realizado para o mercado editorial de revistas descobriu que, embora 36% dos entrevistados tinham dito que , em geral, ignoram os anúncios de televisão, só 11% fazem o mesmo nas revistas.<br />Mais de um terço dos entrevistados declarou que em geral, a publicidade complementa o conteúdo da revista.<br />Quase a metade (44%) afirmou que muitas vezes adquirem um produto ou um serviço depois de ver uma anúncio em uma revista contra 34% da TV.<br />O leitor seleciona os anúncios que quer ler, ao passo que, na televisão os anúncios são mais ou menos impostos a você(apesar do controle remoto)<br />
  16. 16. Os leitores tendem a acreditar mais nos anúncios de revistas, tendo mais fé na autoridade da palavra escrita.<br />
  17. 17. Cada exemplar de uma revista é folheado durante 45 minutos, em média. <br />
  18. 18. No brasil as maiores revistas são de circulação nacional, mas nos últimos anos o número de publicações locias tem aumentado. <br />
  19. 19. Ainda assim revistas nacionais oferecem suplementos regionais de suas edições com uma frequência cada vez maior.<br />Permitindo que o anunciamante só atinja com sua mensagem a cidade de Fortaleza.<br />
  20. 20. Hawaiian Tropic: <br />Aproveite o sol<br />
  21. 21. Tiras Depiladoras: EPILDOU<br />
  22. 22. Wonderbra<br />
  23. 23. SulAmérica Seguro Saúde<br />
  24. 24. Revista Hombre<br />
  25. 25. Desvantagens<br />
  26. 26. Longo ciclo de planejamento<br />Para a maioria das publicações, os anúncios têm de estar prontos na gráfica muito antes da data de publicação, um fato conhecido como tempo de produção. <br />Isso torna difícil para os anunciantes criar anúncios particularmente oportunos como aqueles dos jornais. <br />
  27. 27.
  28. 28. Apesar da qualidade de impressão em 4 cores, a revista continua sendo bi-dimensional isso impede que o anúncio de revista apresente aqueles elementos semelhantes à vida que a Tv proporciona.<br />
  29. 29. A natureza cada vez mais especializadas das revistas significa que o custo por mil é maior que o de um meio de comunicação de massa mais abrangente como a televisão. <br />(Custo Por Mil). É o valor que se obtém da divisão do preço de uma inserção em uma publicação ou emissora pelo total de sua audiência expressa em números absolutos, em milhares. <br />Exemplo: um programa ou publicação, cujo preço de tabela de uma inserção é de R$ 50 mil e que tem uma audiência de 250 mil pessoas de uma determinada característica sócio-econômica, sexo, idade etc. <br />O custo por mil ou CPM será de R$ 200, isto é, a propaganda aí inserida custará R$ 200 para cada mil pessoas potencialmente atingidas, ou ainda, 20 centavos por pessoa.<br />
  30. 30.
  31. 31. A editora abril detêm 69% do meio no Brasil e conquistou uma fatia maior do market share esse ano.Tal resultado deve-se ao aumento no número de títulos. Foram lançadas 4 novas revistas: a Alfa, Lola, Máxima e Minha casa.<br />
  32. 32. Revistas costumizadas<br />Um seguimento que se consolidou é o de revistas costumizadas. apenas a a editora Trip roda mais de 40 milhões de exemplares desse tipo de publicação. A trip faz revistas como a Natura, Gol, Itau unibasnco, Audi, Revista Mais( destinada a mais de 200 mil heavy users do pão de açucar).<br />
  33. 33. A exemplo dos jornais, as revistas investiram nos meios digitais para ampliar seu alcance junto ao público, modernizando seus sites e apostando no aumento da interatividade com seus leitores. <br />
  34. 34. É oficial: ao final do ano passado, a curva ascendente do meio online sob o formato papel, finalmente, atingiu o auge: 34% dos usuários pesquisados afirmaram que leram notícias online nas últimas 24 horas ante 31% dos que ainda preferiram o meio jornal impresso.<br />Ainda outros 41% afirmaram que obtiveram as notícias e informações por meios online ante os 31% fiéis leitores dos meios de papel. De forma esmagadora, o grupo na faixa etária entre 18 a 29 anos definitivamente migrou para o online: 65% desse grupo responderam que tiveram acesso a notícias na plataforma online.<br />A pesquisa foi feita pelo Poynter Institute, dos Estados Unidos e confirma a tendência de migração dos meios off-line para o online. Da mesma forma que mais pessoas obtêm notícias por meio online em detrimento dos jornais impressos, obviamente, mais dinheiro será destinado para os portais da web do que para os veículos tradicionais, indica o estudo.<br />
  35. 35. Portais<br />
  36. 36. Revista On Line<br />
  37. 37. Revista iPhone<br />
  38. 38. Dentro do meio de comunicação revista, os veículos mais admirados.<br />1º) Veja2º) Exame3º) Época4º) Carta Capital5º) IstoÉ6º) Você S/A7º) Piauí8º) Dinheiro9º) Época Negócios10º) InfoExame<br />
  39. 39. Em circulação há 42 anos, a amior revista de informação semanal do país9mais de um milhão de exemplares, 85% para assinantes) e terceira maior revista do mundo manteve a primeira posção entre as revistas mais admiradas em 2010.<br />A veja é a amior em faturamento, circulação e cobertura jornalística.<br />A veja a 15 anos lançou sua primeira versão na internet, em 2009 estreou no Twitter onde conta com mais de meio milhão de seguidores. Em 2010, continuou promovendo evoluções digitais, com o lançamento do aplicativo Comer&Beber para iPhone e iPad.<br />

×