Your SlideShare is downloading. ×
0
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Portfolio fibra
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Portfolio fibra

1,036

Published on

Portfolio do escritorio de desenho industrial da fibra.

Portfolio do escritorio de desenho industrial da fibra.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,036
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. A FIBRA É UM ESTÚDIO DE INOVAÇÃO EM DESIGN SUSTENTÁVEL que enxerga o design como uma ferramenta capaz de enfrentar a transição da sociedade rumo à sustentabilidade, e de promover o surgimento de uma nova geração de materiais, processos, produtos e serviços mais sustentáveis.
  2. Hoje, a Fibra trabalha sua missão em 3 planos complementares, inseridos em um sistema de valores focado nos pilares da sustentabilidade EC PESQUISA ON L CIA absorção, geração e multiplicação ÔM DESIGN I SO de conhecimento I CO DESENVOLVIMENTO ações voltadas a implementação de atividades sustentáveis e inovação de processos DESIGN PESQUISA QUIS DESENVOLVIMENTO VOLVI atributos comerciais - valor agregado do produto brasileiro - respeito a diversidade e tradições culturais - ferramenta de inovação - apoiado pelos pilares de pesquisa&desenvolvimento - ponta da inovação AMBIENTAL
  3. Base de dados de A Fibra dispõem de uma base de dados de produtos, materiais e produtos, materiais e tecnologias desenvolvidos com base em conceitos de desenvolvimento tecnologias sustentáveis sustentável. Fruto de um trabalho constante de pesquisa, esta PESQ ferramenta representa um diferencial competititvo nos projetos de design realizados pela empresa.
  4. PESQUISA CIENTÍFICO-ACADÊMICA Funcionários da Fibra contam com bolsas de auxílio à pesquisa da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Com intuito de fomentar a geração de tecnologia e conhecimento, a Fibra apóia a construção de teses de mestrado em compósitos com fibras naturais na PUC-RJ A Fibra já atuou como co-orientadora em projetos de graduação em design de produto, orientando os alunos no uso de materiais e processos de baixo impacto ambiental, na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
  5. Indicadores de sustentabilidade Biothinking (Edwin Datschefski) significa Energia olhar o mundo como um sistema único, O produto utiliza energia de forma sustentável, e desenvolver novas técnicas derivadas tanto em sua produção quanto em seu uso. da ecologia para o design sustentável industrial e organizacional. Os indicadores de sustentabilidade dos projetos da Fibra foram inspirados Ciclo de vida neste pensamento, e têm como objetivo O produto é fabricado com materiais e auxiliar na compreensão dos atributos de componentes que se inserem de alguma sustentabilidade envolvidos em seu ciclo forma em um ciclo de vida contínuo. de vida. Todos os projetos da Fibra apresentam Segurança uma legenda com os indicadores e O produto é atóxico no uso e no descarte, e suas respectivas caracterísitcas mais sua produção não envolve detritos tóxicos ou relevantes. É importante frisar que não são fruto de análise científica, e a perturbação de ecossistemas. sua intenção é apontar caminhos e atributos do produto/material/processo Humano e social que indicam sua tendência no rumo a A cadeia do produto promove o desenvolvimento humano sustentabilidade. sustentável, seja nas condições de trabalho e comércio, Sustentabilidade é um caminho... não é o seja na disseminação de conceitos de sustentabilidade. fim
  6. Desenvolvimento de materiais A Fibra desenvolveu uma metodologia própria de desenvolvimento de materiais. Esta metodologia é flexível, e varia em função de diversos fatores, mas de um modo geral os projetos seguem uma linha-guia. Cada material desenvolvido pela Fibra disponível nessa apresentação se encontra em uma determinada etapa do processo. O objetivo da Fibra não é produzir materiais, nem vender. É sim desenvolver a tecnologia, agregar valor ao material através de design e etc FASE 1 FASE 2 FASE 3 Desenvolvimento Produção incubada do Investimento em do processo material em pequena produção (parcerias escala com setor produtivo Testagem e e rural) modelagem do Lançamento material de produtos Lançamento do representativos no material no mercado mercado criação do criação de criação de material e conceito demanda negócios
  7. Compensado de Pupunha Obtido a partir de ripas do estipe da palmeira Pupunha, amplamente e Laminado de Pupunha utilizada na produção do palmito sustentável. As palmeiras adultas (matrizes), dedicadas a produção de frutos e sementes, diminuem a produtividade ao atingirem maior idade, e são manejadas para dar lugar a palmeiras novas, em frutificação. É justo destes estipes DESENV descartados que é produzido o Compensado e Laminado de Pupunha. O adesivo utilizado é biodegradável, provenientes do óleo da mamona.
  8. BananaPlac Painel laminado composto por fibras de bananeira e resina poliuretana biodegradável de origem vegetal. A produção das lâminas de fibra de bananeira que compõem o material utiliza apenas bananeira, água e soda de origem natural (oriunda de cinzas vegetais), e corantes de base mineral no caso dos materiais coloridos. O BananaPlac DESENV é produzido em parceria com artesãos do Vale do Ribeira (SP) e se mostra como uma nova fonte de renda para a população rural, agregando mais um ciclo produtivo em torno da bananicultura.
  9. Laminado de Bambu Material desenvolvido pela Fibra Design Sustentável, a partir do Orgânico conhecimento de técnicas tradicionais japonesas. É denominado orgânico porque utiliza bambu Mossô cultivado sem a adição de agrotóxicos e adubos industriais, e tratado através de processo de desidratação - uma alternativa sustentável às usuais formas de DESENV tratamento com insumos tóxicos. Além disso, o adesivo poliuretano utilizado na produção do material é proveniente de óleos vegetais, extraídos de espécies como a mamona, a soja e o milho.
  10. BIOplac Compósito que utiliza recursos não-madeireiros, com base na biodiversidade brasileira. Formado por sete camadas unidas com adesivo de base vegetal. As camadas externas são feitas com Laminado de Pupunha, que utiliza resíduos da agroindústria do palmito sustentável. As camadas internas do BIOplac são feitas com 3-ply de Bambu Mosso DESENV Orgânico, produzido no Brasil (livre de agrotóxicos), reforçado com um compósito formado por fibras naturais e polipropileno.
  11. Bicicleta Chico Produto desenvolvido com base em conceitos de Utilização de matérias-primas naturais e design consumo consciente e desenvolvimento sustentável. renováveis Fibra Design Sustentável Fabricada em laminado de bambu orgânico, ela DESIGN projeto de graduação de Bruno Temer Material produzido com adesivo vegetal, atóxico e acompanha o desenvolvimento natural da criança, biodegradável (sócio da Fibra) na ESDI, sob orientação de Roberto Verschleisser contribuindo para a redução no uso de materiais e estimulando a consciência ambiental nos pequenos. Disseminação de conceitos de sustentabilidade na formação de crianças (agentes de transformação) Produção com baixo consumo de energia, e estímulo à prática de esportes que não dependem de energia outra que não seja a humana
  12. Lounge VIP Sebrae Inspirado nas curvas do Rio, o Lounge VIP Sebrae-RJ Utilização de matérias-primas naturais e Rio Fashion Week 2008 na 2a. edição do Rio Fashion Week, um dos maiores renováveis cliente eventos de moda do Brasil, procurou relacionar o Foram utilizados materiais e adesivos atóxicos na DESIGN SEBRAE-RJ design ao desenvolvimento de materiais sustentáveis. montagem do lounge design Os convidades conferiram uma exposição de Fibra Design Sustentável Veículo de disseminação de conceitos e materiais produtos com usos inovadores de materiais, além de sustentáveis para um público formador de opinião HABTO Design uma mostra da Biblioteca Fibra de Materiais. produção DBX Produções
  13. Mesa Bruno Produzida em Compensado de Pupunha, a mesa Utilização de matérias-primas naturais e design remete a estética do mobiliário tradicional japonês e renováveis Fibra Design Sustentável valoriza a textura da palmeira. Desenvolvida sem o Material produzido com adesivo vegetal, atóxico e DESIGN uso de pregos ou parafusos, através de técnica de biodegradável encaixe com laminado de bambu orgânico. Promove a conscientização de comunidades rurais e contribui para sua inserção no mercado Produto utiliza processos e materiais com baixo consumo de energia em sua produção
  14. Skateboard Folha Seca Fruto de um projeto de desenvolvimento aberto Matérias-primas naturais e renováveis; design na web, realizado em parceria com Lets Evo, o Uso de resíduos de produção agrícola Fibra Design Sustentável Lets Evo skateboard Folha Seca é um produto não-madeireiro, DESIGN Uso de adesivo vegetal, atóxico e biodegradável; produzido com BIOplac, um material desenvolvido Trat. natural de matéria-prima (s/ prod. tóxicos) pela Fibra através da observação de técnicas de comunidades tradicionais e da exploração da Associação de conceitos de sustentabilidade a conceitos de esporte e saúde variedade de famílias botânicas no Brasil. O material foi vencedor do iF Material 2008 e o produto Produção com baixo consumo de energia, e estímulo nomeado para a final do VOLVO Sports Design 2008 à prática de esportes que não dependem de energia outra que não seja a humana
  15. Árvore Solar Produto desenvolvido com base em conceitos de Utilização de matérias-primas recicladas e design consumo consicente e Biônica. Faz uso de alumínio passíveis de reciclagem Fibra Design Sustentável reciclado em sua estrutura e carenagem, além de Utilização de materiais atóxicos e com baixa DESIGN projeto de graduação de Pedro Themoteo (sócio da Fibra) na ESDI, sob orientação célular fotovoltaicas e LEDS. Desenvolvido para emissão de radiação de Frank Barral integrar o mobiliário urbano e a vegetação local, Disseminação de conceitos de sustentabilidade e servindo como iluminação pública a noite e como biônica para o público em geral sombreamento durante o dia Uso de LEDS e células fotovoltaicas, contribuindo para a redução do consumo de energia e para o uso de uma energia limpa e renovável
  16. Ecoprancha Na busca por uma prancha com menor impacto Substituição de materiais de origem mineral design: ambiental, e mais alinhada com o conceito de saúde por materiais de origem vegetal, renovável e Fibra Design Sustentável biodegradáveis no esporte, a Fibra desenvolveu a Ecoprancha. 50% DESIGN Utilização de materiais menos nocivos ao meio da massa do bloco poliuretano é proveniente de óleo ambiente em parte do processo de mamona; e 30% da massa da resina poliéster é proveniente de garrafas PET recicladas. A longarina é Associação de conceitos de sustentabilidade ambiental com saúde e esporte confeccionada com madeira certificada pelo FSC e as quilhas utilizam laminado de bambu orgânico. Estímulo à prática de esporte que não dependem do consumo de energia e, que promovem a harmonia com a natureza
  17. Brinde Luminária Luminária-brinde desenvolvida com Utilização de matérias-primas naturais e design: Bambu orgânico e BananaPlac renováveis Fibra Design Sustentável Material produzido com adesivo vegetal, atóxico e DESIGN biodegradável Geração de emprego e renda para região com baixo índice de desenvolvimento humano Produção com baixo consumo de energia
  18. Ecobrindes Linha de brindes desenvolvida para atender ao Utilização de matérias-primas naturais e design: mercado corporativo. Através desse projeto foi renováveis Fibra Design Sustentável possível alavancar a produção do BananaPlac, Material produzido com adesivo vegetal, atóxico e DESIGN gerando emprego e renda para Itariri - região biodegradável bananicultora, onde se situa a unidade produtiva do Geração de emprego e renda para região com material. baixo índice de desenvolvimento humano Produção com baixo consumo de energia
  19. iF Material Awards GOLD 2005 iF Material Awards 2008 VOLVO Sports Design 2008 Nominee Hannover, Alemanha Hannover, Alemanha Munique, Alemanha Considerado uma das competições mais importantes O material BIOplac, utilziado na confecção do O Volvo Sports Design é um dos concursos no mundo, o iF Awards premia anualmente projetos de Skate Folha Seca, foi premiado em 2008 em duas internacionais mais prestigiados no ramo de destaque internacional. categorias do iF Material Awards - “Material and produtos esportivos, e reúne todo ano profissionais O Compensado de Pupunha recebeu o troféu GOLD material applications” e “Processes”. ligados a essa indústria. Em 2008 o tema do na categoria Novos Materiais, considerado como uma concurso foi Ecodesign, e o skate Folha Seca foi espécie de OSCAR do design. Entre os vencedores, o finalista na categoria boards equipment. Foi o único material foi o único representante da América Latina. projeto do hemisfério sul entre os finalistas.
  20. Reconhecimento da iniciativa
  21. Reconhecimento da iniciativa

×