1º encontro
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

1º encontro

on

  • 1,205 views

O PRIMEIRO ENCONTRO DO PROINFO INTEGRADO TINGUI, COM O CURSO INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL

O PRIMEIRO ENCONTRO DO PROINFO INTEGRADO TINGUI, COM O CURSO INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL

Statistics

Views

Total Views
1,205
Views on SlideShare
1,169
Embed Views
36

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

2 Embeds 36

http://proinfointegradotingui.blogspot.com.br 20
http://proinfointegradotingui.blogspot.com 16

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

1º encontro 1º encontro Presentation Transcript

  • ProInfo
    • A Secretaria de Educação a Distância, em 2007, no contexto do Plano de Desenvolvimento da Educação - PDE, elaborou revisão do Programa Nacional de Informática na Educação.
    • Essa nova versão do Programa, instituído pelo Decreto nº 6.300, de 12 de dezembro de 2007, intitula-se Programa Nacional de Tecnologia Educacional - ProInfo e postula a integração e articulação de três componentes:
    • a instalação de ambientes tecnológicos nas escolas (laboratórios de informática com computadores, impressoras e outros equipamentos e acesso à Internet banda larga);
    • a formação continuada dos professores e outros agentes educacionais para o uso pedagógico das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC);
    • a disponibilização de conteúdos e recursos educacionais multimídia e digitais, soluções e sistemas de informação disponibilizados pela SEED/MEC nos próprios computadores, por meio do Portal do Professor, da TV/DVD Escola etc.
    • O objetivo central desse Programa (ProInfo)é a inserção de tecnologias da informação e comunicação (TIC) nas escolas públicas brasileiras, visando principalmente:
    • promover a inclusão digital dos professores e gestores escolares das escolas de educação básica e comunidade escolar em geral;
    • dinamizar e qualificar os processos de ensino e de aprendizagem com vistas à melhoria da qualidade da educação básica.
  • Introdução à Educação Digital Objetivo geral:
    • Contribuir para a inclusão digital de profissionais da educação, buscando familiarizá-los, motivá-los e prepará-los para a utilização dos recursos e serviços mais usuais dos computadores (sistema operacional Linux Educacional e softwares livres) e da Internet, levando-os a refletir sobre o impacto do uso das tecnologias digitais nos diversos aspectos da vida, da sociedade e de sua prática pedagógica.
  • Objetivos específicos
    • Conceituar tecnologias e mídias digitais, analisando e reconhecendo o impacto, o potencial e a complexidade da sua inserção na prática pedagógica e na vida privada e em sociedade:
    • Identificar a escola como um espaço privilegiado na promoção da inclusão digital;
    • Reconhecer que é preciso promover uma compreensão crítica para o uso da tecnologia digital;
    • Reconhecer que a incorporação da tecnologia ao processo educativo cria uma oportunidade ímpar para a estruturação e implantação de novos cenários pedagógicos.
    • Adquirir competências básicas para o manejo dos recursos mais usuais dos computadores:
    • Conceituar os componentes de um computador e do seu sistema operacional;
    • Identificar o padrão de organização das interfaces gráficas e o uso dos principais dispositivos de entrada e saída (mouse, teclado e monitor);
    • Conceituar e operar adequadamente os administradores de arquivos reconhecendo os principais dispositivos de armazenamento (HD, CD, pendrive);
    • Operar as funções básicas dos principais aplicativos (editores de textos, de imagens, de apresentações, navegadores web e planilhas eletrônicas).
    • Tomar consciência do papel das redes digitais na promoção dos processos
    • cooperativos de trabalho e aprendizagem:
    • Compreender a estrutura do conteúdo web, habilitando-se assim a buscar e avaliar informações da WEB;
    • Analisar a importância da cooperação no aprendizado e refletir sobre a importância das ferramentas de comunicação digital na prática pedagógica;
    • Analisar o alcance social e econômico de algumas das principais ferramentas de produção e/ou veiculação de conteúdo digital (blogs, wikis, youtube, etc.);
    • Conceituar as especificidades comunicativas, o potencial e papel pedagógicos dos seguintes serviços: batepapo, e-mail, fóruns e listas de discussão, redes sociais.
  • Posturas autônomas de aprendizado
    • Buscou-se também, ao confeccionar as atividades deste curso, aprofundar a articulação e integração entre atividades de construção conceitual com aquelas de cunho mais operacional e de reflexão pedagógica . Acreditamos que esta integração promove o desenvolvimento de posturas autônomas de aprendizado. Entendemos que assim, mais rapidamente, se promove um senso de potência de aprendizado e se chega à construção de sentidos e de significados.
  • Funções do formador e dos cursitas
    • Como formador, é preciso então que ele se organize para orientar, monitorar, participar e contribuir para o progresso dos cursistas, enquanto eles utilizam o material indicado nas atividades propostas. É preciso também que recepcione os cursistas, promova o desenvolvimento das atividades propostas, a contextualização, a orientação acadêmica, o acompanhamento, controle, registro e avaliação da experiência, além de cooperar no aperfeiçoamento da proposta pedagógica, dos materiais e procedimentos utilizados no curso.
    • Da parte dos cursistas, é preciso que se organizem para estudar, que reconheçam suas próprias necessidades e dificuldades de aprendizagem e realizem ações adequadas para solucioná-las de modo efetivo, exercendo controle e imprimindo ritmo que lhes assegure aprender o que foi proposto no tempo acordado.
  • Organização do curso e metodologia  
    • Apresentamos a seguir, as decisões que nortearam a elaboração deste material.
    • As atividades de aprendizagem buscam integração entre atividades de aprendizado de conceitos sobre a tecnologia, de operação das ferramentas, de reflexão pedagógica e de significação pessoal ;
    • As tarefas devem atingir resultados perceptíveis e imediatos, levando rapidamente a construção dos sentidos e significados;
    • O fio condutor da organização do material é o trabalho na perspectiva da pedagogia de projetos de aprendizagem . As unidades e atividades do curso foram definidas em integração com as etapas de realização de um projeto de aprendizagem:
    • 1.Escolha do tema; 3.Pesquisa, Sistematização e Produção:
    • 2.Problematização; 4.Divulgação dos resultados; Avaliação.
  • Unidades de Estudo e Prática
    • Unidade 1: Tecnologias na sociedade e na escola.
    • Unidade 2: Navegação, pesquisa na Internet e segurança na rede .
    • Unidade 3: Blogs: O quê? Por quê? Como?
    • Unidade 4: Elaboração e Edição de Textos.
    • Unidade 5: Cooperação (ou interação?) na rede.
    • Unidade 6: Cooperação pressupõe diálogo!
    • Unidade 7: Apresentações de slides digitais na escola.
    • Unidade 8: Resolução de problemas com a planilha eletrônica
  • Avaliação e certificação
    • Para fins de avaliação visando a certificação serão considerados:
    • A frequência de no mínimo sete encontros.
    • O desempenho e a participação nas atividades.
    • O cursita obterá em cada unidade um conceito :
    • A = atende
    • B = em parte
    • C = não atende
  • Grade de horários
    • A organização dos encontros semanais pode ser feita em duas modalidades:
    • Opção 1: 4h presenciais (em um ou dois encontros semanais)
    • Opção 2: 2h presenciais e 2h a distância
    • Total de horas do curso: 40 horas
    • Encontros: INICIAL – 1 – 2 – 3 – 4 – DP – 5 – 6 – 7 – 8 – Af
  • e-ProInfo
    • O site do Participante – http://www.eproifo.mec.gov.br – permite que pessoas interessadas se inscrevam e participem dos cursos e diversas outras ações oferecidas por várias Entidades conveniadas. No Ambiente Colaborativo do e-ProInfo há um conjunto de recursos disponíveis para apoio às atividades dos participantes, entre eles, Tira-dúvidas, Notícias, Avisos, Agenda, Diário e Biblioteca.
    • O site do Administrador – http://www.eproifo.mec.gov.br/adm – permite que pessoas credenciadas pelas Entidades conveniadas desenvolvam, ofereçam, administrem e ministrem cursos a distância e diversas outras ações de apoio a distância ao processo ensino aprendizagem, configurando e utilizando todos os recursos e ferramentas disponíveis no ambiente.  
    • Sucesso para todos durante o
    • desenvolvimento do curso e
    • todos os dias em suas vidas.
    • João Batista C. Santos
    • Formador