Cactus
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Cactus

on

  • 16,234 views

 

Statistics

Views

Total Views
16,234
Slideshare-icon Views on SlideShare
16,034
Embed Views
200

Actions

Likes
1
Downloads
261
Comments
3

12 Embeds 200

http://www.slideshare.net 63
http://claudiaperegrinando.blogspot.com 51
http://claudiaperegrinando.blogspot.com.br 46
http://claudiaperegrinando.blogspot.ru 23
http://claudiaperegrinando.blogspot.pt 5
http://claudiaperegrinando.blogspot.ro 3
http://claudiaperegrinando.blogspot.com.es 3
http://webcache.googleusercontent.com 2
http://claudiaperegrinando.blogspot.it 1
http://claudiaperegrinando.blogspot.fr 1
http://claudiaperegrinando.blogspot.co.il 1
http://claudiaperegrinando.blogspot.se 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

13 of 3 Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Cactus Cactus Presentation Transcript

    • Cactus
    • Cactus : A origem do nome
      • O termo 'cactos' foi usado há cerca de 300 anos a.C pelo grego Teofrastus. Em seu trabalho chamado Historia Plantarum , ele associa o nome cacto à plantas com fortes espinhos. Embora os cactos possam ter formas diversas, ainda hoje associamos a idéia de que são plantas com muitos espinhos.
    • ARROZ-DE-RATO Sedun morganianum
    • Babosa brava Aloe ferox
      • Todos os cactos florescem, porém algumas espécies só dão flores após os 80 anos de idade ou atingir altura superior a dois metros. Depois da primeira floração, todo ano, na mesma época, as flores voltam a aparecer.
    • Barril-de anzol Ferocactus horridus
    • Barril dourado Echinocactus grusonii
      • Cactos podem viver até 200 anos e alcançar 20 metros de altura (como o Cornegia gigantea , originário dos EUA e México). Mas também existem espécies minúsculas. A menor conhecida é o Blosfeldia liliputana , dos Andes bolivianos, com apenas 0,5 centímetros de diâmetro.
    • Barril grande Echinocactus grandis
    • Capuz-de-monge Astrophytun ornatum
      • No mundo, existem mais de duas mil espécies de cactos catalogadas. Só no Brasil, são mais de 300 tipos.
      • Algumas espécies dão frutos comestíveis. É o caso do cacto mexicano Opuntia Ficus-indica , que produz o conhecido figo-da-índia.
    • Chapéu-de-padre Astrophytum myriostigma
    • Estapélia Stapelia gigantea
    • Pilosocereus palmieri (Rose)
      • Os espinhos são uma característica marcante dos cactos. Na verdade, eles representam folhas que se reduziram no processo de evolução dessa planta. Essa é uma outra maneira de reduzir a perda de água, porque sem as folhas eles evitam ainda mais a transpiração. Os espinhos também protegem o cacto contra predadores
    • Eufórbia amarela Euphorbia virosa
    • Figo-da-India Opuntia ficus indica
    • Flor-de-maio Epiphyllum hybridus
    • Flor-de-maio miúda Rhipsalidopsis gaertneri
    • Opuntia bigelowii. Eng
    • Ginocalício de tucumã Gymnocalycium saglionis
    • Ginocalício ótimo Gymnocalycium optima rubra
    • Huérnia Huernia schneideriana
    • Língua de boi Gasteria verrucosa
    • Mamilária-comprida Mammillaria elongata
    • Mamilária geminada Mammillaria geminispina
    • Mamilária lanosa Mammillaria hahniana
    • Musgo-de-sol Crassula lycopodioides
    • Opúncia comum Opuntia vulgaris
    • Rabo de rato mexicano Aporocactus flagelliformis
    • Rochéia Rochea odoratissima
    • Rosa da pedra Echeveria sp.
    • Roseta gigante (Eônio) Aeonium canariense
    • Sisal-vitória Agave Victoriae reginae
    • Tuna monstruosa Cereus peruvianus monstruosus
    • Cereus jamacaru
    • João Felix Técnico em Agropecuária