<ul><li>INTRODUÇÃO </li></ul><ul><li>Questão religiosa </li></ul><ul><li>Questão militar </li></ul><ul><li>Questão sócio-p...
<ul><li>A QUESTÃO RELIGIOSA: 1864 </li></ul><ul><li>Contexto: Igreja atrelada ao Estado pelo Padroado e  Beneplácito.   </...
<ul><li>A QUESTÃO RELIGIOSA: 1864 </li></ul><ul><li>Em síntese:   O contexto histórico da questão religiosa foi marcado pe...
<ul><li>QUESTÃO MILITAR </li></ul><ul><li>Exército desprestigiado pelo governo: baixos soldos, pouca aparelhagem e investi...
<ul><li>QUESTÃO MILITAR </li></ul><ul><li>Em síntese:  Após a guerra do Paraguai (1864 a 1870), os militares brasileiros v...
<ul><li>QUESTÃO SÓCIO-POLÍTICA. </li></ul><ul><li>Movimento abolicionista:  intelectuais, camadas médias urbanas, setores ...
<ul><li>QUESTÃO SÓCIO-POLÍTICA. </li></ul><ul><li>Abolição da Escravidão (1888)  retira do governo imperial sua última bas...
<ul><li>QUESTÃO REPUBLICANA </li></ul><ul><li>1870: Manifesto Republicano  (RJ) – dissidência radical do Partido Liberal. ...
<ul><li>QUESTÃO REPUBLICANA </li></ul><ul><li>Abolicionismo em contradição com o escravismo defendido por velhas elites ar...
<ul><li>A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA (15/11/1889): </li></ul><ul><li>Em síntese:  A proclamação da república tem que ser vis...
<ul><li>DIFERENTES PROJETOS REPUBLICANOS: </li></ul><ul><li>República Positivista :  centralização política nas mãos do pr...
<ul><li>DIFERENTES PROJETOS REPUBLICANOS: </li></ul><ul><li>República Jacobina:  formação de uma república com forte parti...
<ul><li>UM ABRAÇO DO PROF. SAMPAIO E ATÉ A PRÓXIMA AULA... </li></ul>V ALEU  M OÇADA! PERDEU AULA? profsampaio@uol.com.br
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

3° Ano Aula 15 Brasil ImpéRio Golpe Republicano

4,077

Published on

Published in: News & Politics, Business
1 Comment
5 Likes
Statistics
Notes
  • Boa tarde. Meu nome é Alessandra, profa. de História na rede pública em Belo Horizonte. Gostei muito de sua apresentação e gostaria de passar para os meus alunos, caso vc venha a disponibilizá-la. Desde já agradeço a atenção. E-mail: ale.hist.escola@gmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
4,077
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "3° Ano Aula 15 Brasil ImpéRio Golpe Republicano"

  1. 1. <ul><li>INTRODUÇÃO </li></ul><ul><li>Questão religiosa </li></ul><ul><li>Questão militar </li></ul><ul><li>Questão sócio-política </li></ul><ul><li>Movimento republicano </li></ul><ul><li>Golpe republicano </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889 AULA 15 BASE MILITAR BASE RELIGIOSA BASE SÓCIO-POLÍTICA Q U E D A IMPÉRIO
  2. 2. <ul><li>A QUESTÃO RELIGIOSA: 1864 </li></ul><ul><li>Contexto: Igreja atrelada ao Estado pelo Padroado e Beneplácito. </li></ul><ul><li>Bula Syllabus (Papa Pio IX): maçons expulsos dos quadros da Igreja. </li></ul><ul><li>D. Pedro II proíbe tal determinação no Brasil. </li></ul><ul><li>Bispos de Olinda e Belém descumprem imperador e são presos. Posteriormente anistiados. </li></ul><ul><li>Igreja deixa de prestar apoio ao Imperador. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  3. 3. <ul><li>A QUESTÃO RELIGIOSA: 1864 </li></ul><ul><li>Em síntese: O contexto histórico da questão religiosa foi marcado pelo conflito entre Igreja X Maçonaria. A postura de alguns bispos de colocar em prática a bula papal Syllabus sem o consentimento do imperador gerou a prisão e muitos destes. Este fato significou a ruptura da Igreja com o Estado imperial e com isso a perda da base religiosa do império. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  4. 4. <ul><li>QUESTÃO MILITAR </li></ul><ul><li>Exército desprestigiado pelo governo: baixos soldos, pouca aparelhagem e investimentos. </li></ul><ul><li>Exército fortalecido nacionalmente após a Guerra do Paraguai. </li></ul><ul><li>Punições do governo a oficiais que manifestavam-se politicamente. </li></ul><ul><ul><li>Sena Madureira, Cunha Matos. </li></ul></ul><ul><li>Penetração de idéias abolicionistas e republicanas positivistas nos quadros do exército associam o Império ao atraso institucional e tecnológico do país. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  5. 5. <ul><li>QUESTÃO MILITAR </li></ul><ul><li>Em síntese: Após a guerra do Paraguai (1864 a 1870), os militares brasileiros voltaram para o Brasil com idéias republicanas e abolicionistas, gerando um confronto com o governo nacional que era imperial e escravista. Foi neste contexto histórico que o imperador D. Pedro II perdeu a sua base de apoio militar. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  6. 6. <ul><li>QUESTÃO SÓCIO-POLÍTICA. </li></ul><ul><li>Movimento abolicionista: intelectuais, camadas médias urbanas, setores do exército. </li></ul><ul><li>Prolongamento da escravidão por meio de leis inócuas: </li></ul><ul><ul><li>Lei do Ventre Livre (1871). </li></ul></ul><ul><ul><li>Lei dos Sexagenários ou Saraiva-Cotegipe (1885). </li></ul></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  7. 7. <ul><li>QUESTÃO SÓCIO-POLÍTICA. </li></ul><ul><li>Abolição da Escravidão (1888) retira do governo imperial sua última base de sustentação: aristocracia tradicional. </li></ul><ul><li>Em síntese: A abolição dos escravos conseqüência da pressão do capitalismo inglês e da força do movimento abolicionista, acabou determinando a queda da sustentação socio-política do império. Devemos destacar que a base sócio-política do império era composta pela a aristocracia latifundiária escravista. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  8. 8. <ul><li>QUESTÃO REPUBLICANA </li></ul><ul><li>1870: Manifesto Republicano (RJ) – dissidência radical do Partido Liberal. </li></ul><ul><li>1873: Fundação do PRP (Partido Republicano Paulista), vinculado a importantes cafeicultores do Estado. </li></ul><ul><li>Descompasso entre poderio econômico dos cafeicultores do Oeste Paulista e sua pequena participação política. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  9. 9. <ul><li>QUESTÃO REPUBLICANA </li></ul><ul><li>Abolicionismo em contradição com o escravismo defendido por velhas elites aristocráticas cariocas. </li></ul><ul><li>Idéia do Federalismo – maior autonomia estadual. </li></ul><ul><li>Apoio de classes médias urbanas, também pouco representadas pelo governo imperial. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  10. 10. <ul><li>A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA (15/11/1889): </li></ul><ul><li>Em síntese: A proclamação da república tem que ser vista historicamente não como um movimento popular mais sim como um golpe militar. Este, foi articulado pelo partido republicano que era formado fundamentalmente pelos cafeicultores, classe média e militares . Por isso ao mencionar “O Brasil não tem povo, tem público” alguns historiadores ressaltavam que mais uma vez o povo brasileiro foi marginalizado do processo histórico do seu país. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  11. 11. <ul><li>DIFERENTES PROJETOS REPUBLICANOS: </li></ul><ul><li>República Positivista : centralização política nas mãos do presidente. Postura predominante entre os militares . Prevaleceu entre 1889 e 1894, durante a chamada República da Espada. </li></ul><ul><li>República Liberal : federalismo descentralizado com grande autonomia para os Estados. Postura predominante entre os cafeicultores paulistas . Prevaleceu entre 1894 e 1930, durante a chamada República Oligárquica. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  12. 12. <ul><li>DIFERENTES PROJETOS REPUBLICANOS: </li></ul><ul><li>República Jacobina: formação de uma república com forte participação popular e favorável a criação de medidas com alcance social. Postura predominante entre setores da classe média urbana que não chegou a se concretizar. </li></ul>G OLPE R EPUBLICANO de1889
  13. 13. <ul><li>UM ABRAÇO DO PROF. SAMPAIO E ATÉ A PRÓXIMA AULA... </li></ul>V ALEU M OÇADA! PERDEU AULA? profsampaio@uol.com.br

×