Nosso Olhar Indiferente
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Nosso Olhar Indiferente

on

  • 529 views

 

Statistics

Views

Total Views
529
Views on SlideShare
528
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 1

https://www.mturk.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Nosso Olhar Indiferente Presentation Transcript

  • 1. Nosso olhar indiferente Eliana Crivellari
  • 2. Nosso olhar indiferente pelas ruas vaga. Nosso olhar indiferente já se acostumou a ver criaturas... Descrente? Nosso olhar indiferente... Indigentes. Ah!!!
  • 3. Nosso olhar indiferente, que tanto poderia ser indulgente, não quer perceber esta gente, temerosa do quanto lhe poderá ser duro o futuro, ainda mais do que já lhe é um infortúnio o presente. E o nosso olhar... Sempre indiferente.
  • 4. Indiferente o nosso olhar olha, mas não vê... Indiferente o nosso olhar de mães observa filhos de outras mulheres... Porque não quer. Tão carentes!!!
  • 5. Pais dão guloseimas aos filhos em locais de infantil diversão. E negam tudo aos semelhantes. Afastamo-nos. “ Dá-me um tostão, moça, para comprar um pão”? Já nem há nosso olhar, então.
  • 6. Munidos de nenhuma compaixão. Depressa. Ou fechamos o vidro de nossos carros, e de nosso corações blindados. E dizemos que estas mães preguiçosas... Usam os filhinhos para comover-nos.
  • 7. E se fôssemos nós os flanelinhas, os que esmolam, os que mendigam, os que se atormentam em noites de fomes? Prementes!!! Teríamos ainda este olhar glacial? Por que, gente?
  • 8. Por que o nosso olhar se habitou com a exclusão social? Fatal? Por que esta maneira de olhar... Sim, pois o nosso olhar mata. Bane, exclui. Impunemente?
  • 9. Constatamos, tristemente, que o nosso lado humano é menos forte que o nosso lado animal. Somos feras!!! Instintivamente defendemos os que nos saem do próprio ventre, ou do próprio sêmen, ou do próprio orgulho.
  • 10. Esquecidos de que a ira dos outros, deles, daqueles para quem lançamos nosso olhar indiferente, agita-se em um caldeirão de revolta. Pobres de nós!!! E o mundo dá tantas voltas!!!
  • 11. Ou mudaremos plenamente... Nosso olhar indiferente!!! Ou ainda mais punidos seremos pelo...
  • 12. Composição de imagens: Google Texto cedido pela autora Eliana Crivellari Música: Alain Morisod - Sweet People - Jeux interdits Formatação: adsrcatyb@terra.com.br Site: www.momentos-pps.com.br Respeite os direitos autorais e de quem formatou este trabalho