• Like
Ave que ama
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
88
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Indiferente ao ladrar dos cães, o gato segue seu caminho, pois sabe-se seguro, a salvo das ameaças que lhe rondam.
  • 2. Em cima do muro, um ser compenetrado, confiante, seguro. Do lado de baixo, caos, agitação, confusão, alarde.
  • 3. O silêncio. A agitação infrutífera.
  • 4. A pausada respiração. A afobação, as emoções fora do controle.
  • 5. A alma que busca o caminho que conduz à Bem-aventurança. Aqueles que desconhecem, que ignoram o propósito de seu existir.
  • 6. A alma que ama, que perdoa, que serve, doa, partilha. Aqueles que sonegam o amor, o perdão, a ação generosa.
  • 7. Nestes dias em que tantos se perdem em meio à comoção infrutífera da multidão, quem são aqueles que almejam a Bem-aventurança, a plenitude, a bênção de uma vida frutífera?
  • 8. Quem são aqueles, nestes dias de confusão generalizada, que cultivam o amor desinteressado, tendo a bondade como fim, e a compaixão por meta?
  • 9. Quem são aqueles, nestes dias de fria desatenção, que manifestam ouvidos sensíveis às melodias da alma?
  • 10. As Escrituras ensinam que somos parte matéria, parte espírito. Numa bela metáfora, revelam que o corpo é uma gaiola, e a alma, uma ave.
  • 11. A alma é habitante da Eternidade. A gaiola, o corpo físico, perdura por breves décadas, – uns 80 ou 100 anos, quando muito.
  • 12. A reflexão, a devida pausa em meio à correria do dia-a-dia, é importante.
  • 13. Quando a gaiola do corpo se romper ante o peso dos anos vividos, ou outra adversidade qualquer, que alturas haverão de alcançar minhas asas espirituais?
  • 14. A alma, ave frágil, precisa ser cuidada, nutrida, protegida.
  • 15. A alma, ave pequenina, almeja aprender a voar.
  • 16. Esta vida terrena é de incomensurável importância, pois é a oportunidade que temos para fortalecer nossas asas espirituais.
  • 17. Onde está a vida da tua vida? O que temos feito com os talentos que a Vida nos confiou?
  • 18. Os dias e as horas fugazes desta jornada terrena são de suma importância.
  • 19. Pois do grau de perfeição alcançado nesta existência terrena...
  • 20. ...há de depender o nosso voar eterno.
  • 21. Cada dia descerra novas bênçãos, cada hora é sagrada.
  • 22. “Não te detenhas em nenhuma posição espiritual que alcançaste, mas sim, deseja mais.” Jalal-u-Din Rumi
  • 23. “Quando a alma for fecundada pela Alma da alma, o mundo é fecundado por esta alma.” Jalal-u-Din Rumi
  • 24. “Quando a alma for fecundada pela Alma da alma, o mundo é fecundado por esta alma.” Jalal-u-Din Rumi Tema musical: “La Leyenda del Beso”, de Reveriano Soutullo e Juan Vert, interpretado por Andre Rieu Formatação: um_peregrino@hotmail.com
  • 25. “Quando a alma for fecundada pela Alma da alma, o mundo é fecundado por esta alma.” Jalal-u-Din Rumi