Your SlideShare is downloading. ×
Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011
Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011
Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011
Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011
Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Backup 101: Planejamento e Ferramentas - Evidosol 2011

447

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
447
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. VIII EVIDOSOL/V CILTEC-online Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online. V. 1, N. 1, junho de 2011. BACKUP 101: PLANEJAMENTOS E FERRAMENTAS Jerônimo Medina Madruga (UFPel)Resumo: Em um mundo onde quase todo serviço conta informações digitais, a garantia da segurança dessesdados muitas vezes é uma das maiores preocupações de usuários e administradores de sistemas. Essa palestravisa falar sobre os perigos aos quais estão expostos essas informações, e mostrar ferramentas baseadas emsoftware livre que possam garantir a segurança de dados armazenados.Abstract: In a world where almost all services uses digital information, the safety of these data is one of thebiggest concerns of users and system administrators. This talk aims to illustrate the dangers to which theseinformations are exposed to, and to show open source based tools that can guarantee the safety of saved data.Introdução Ao pensarmos no valor de um sistema computacional, grande parte das pessoas iráconsiderar os valores relativos a compra da máquina, peças e acessórios. Porém, na maioria doscasos, o que há de mais importante em um computador são os dados. Informações muitas vezesproduzidas ao longo de anos, frutos de pesquisa, momentos de inspiração, coleta de informações eoutros esforços que nem sempre podem ser reproduzidos. Um processador, uma placa-mãe, umcooler, tudo isso pode ser reposto simplesmente com um prejuízo financeiro. Mas e seus dados?Quanto pode valer um trabalho de uma vida inteira? As fotos de sua família? Os arquivos da suaempresa? Pensando nisso, resolvi elaborar uma palestra focada na conscientização da importância dobackup, e como realizar o mesmo utilizando ferramentas livres. Backup é a atividade realizada paragarantir a cópia de dados com segurança. Muitos acreditam que a realização do backup sejasimplesmente copiar seus dados para outro equipamento, outra pasta e está resolvido. Porém, narealidade o backup bem feito é muito mais do que isso. Não é somente um aplicativo ou uma cópia,mas um conjunto de ações previamente planejadas focando garantir a segurança dos dados, e o quefazer quando algo que ameace os dados acontecer.Planejando a segurança de seus dados http://gkosmos.com/evidosol/
  • 2. VIII EVIDOSOL/V CILTEC-online Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online. V. 1, N. 1, junho de 2011. O primeiro momento quando se pensa em backup é dedicado a pensar no planejamento.Temos de considerar os perigos aos quais o sistema está exposto, como falha de equipamento, falhado próprio sistema, falha do usuário, acesso não autorizado (invasão) e até mesmo desastres naturaisdevem ser levados em conta. Um exemplo da importância da consideração dos fatores de risco podeser visto após os ataques de 11 de Setembro. Diversas empresas com sede nas torres gêmeasacabaram perdendo informações que nunca foram recuperadas, e algumas até mesmo acabaramfalindo devido a isso. Após a analise dos fatores de risco, é importante fazer um levantamento de certascaracterísticas do ambiente. Existem questões relativa a quantidade de armazenamento totalnecessário, não só no momento atual, mas já planejando o aumento do armazenamento de acordocom o aumento do sistema, para não implementar uma solução de backup que fique defasadarapidamente. A velocidade é outro fator que deve ser levado em conta, não somente no momento emque os dados são copiados, mas também o tempo necessário para recuperá-los caso os mesmossejam perdidos, incluído o tempo de transmissão em caso de sistemas que utilizem redes decomputadores. A utilização de compactação também deve ser considerada, porém é importantedestacar que a compactação pode ser uma faca de dois gumes: ela diminui o total de espaçoocupado pelos dados armazenados, porém pode aumentar o tempo para realizar o backup e aumentaa fragilidade dos dados (a corrupção de um arquivo compactado é bem mais danosa do que acorrupção de um arquivo no seu formato original). A analise do custo total da propriedade (TCO) écrucial também, foi o custo final de uma plataforma de backup não envolve somente o valor deaquisição da mesma, mas sua manutenção, o treinamento associado ao uso da mesma, o tempo deimplementação, a escalabilidade da solução, entre outros fatores. Por fim, é interessante tambémverificar a portabilidade da solução, para garantir que a mesma rode nos mais diversos sistemasoperacionais.Tipos de backup Relativo a forma como o backup arquiva os dados, podemos classificar as mais diversasoperações de backup em três tipos. http://gkosmos.com/evidosol/ 2
  • 3. VIII EVIDOSOL/V CILTEC-online Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online. V. 1, N. 1, junho de 2011. O backup completo é o tipo mais comum, e ele consiste em copiar todos os dados cada vezque a rotina de backup é realizada. É o tipo de backup que consome maior espaço dearmazenamento e demanda maior tempo para sua realização, porém ele garante alta confiabilidade,pois cada rotina de backup produzira uma saída completa. O backup incremental copia somente as modificações realizadas após a última execução darotina de backup. Com isso, é o tipo de backup que ocupa menos espaço, porém é o mais frágil, poispara realizar a recuperação dos dados salvos, é necessário que todos os arquivos estejam intactos. O backup diferencial mescla as características do completo e do incremental, copiando todasas modificações realizadas a partir de um tempo base. Com isso, a vulnerabilidade do sistemadiminui em relação ao incremental, ao mesmo tempo em que o consumo de armazenamento émenor do que o completo.Tipos de mídia A escolha da mídia é extremamente importante para um sistema de backup. A relação degigabyte de capacidade por dólar é o fator monetário mais preciso, pois o custo total não refletediretamente isso. A confiabilidade deve levar em conta informações como o Mean Time BetweenFailures (MTBF), que indica o tempo médio entre falhas. Riscos inerentes dos tipos específicos demídia tem de ser considerados, como interferência magnética e outros.Ferramentas livres para backup Começando a falar sobre ferramentas, temos a escolha do método para transmissão dainformação. O File Transfer Protocol (FTP) aparece como uma das opções mais populares.Protocolo aberto suportado por diversas ferramentas, tem fácil implementação em diversossistemas, porém não garante criptografia dos dados transmitidos, deixando exposto a ataquessistemas que sejam acessíveis por terceiros. Pensando em segurança, o uso do SSH e SCP é umaótima alternativa. O SSH garante a criptografia das informações, e o SCP pode ser utilizado paracopiar os dados criptografados, evitando vulnerabilidades durante a transmissão. Visando otimizar atranmissão, uma ferramenta com grande destaque é o rsync. O rsync é um algoritmo que compara http://gkosmos.com/evidosol/ 3
  • 4. VIII EVIDOSOL/V CILTEC-online Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online. V. 1, N. 1, junho de 2011.pequenos blocos do arquivo de destino com blobos do arquivo original, transmitindo somente osblocos que tenham sido alterados. Além de diminuir o volume de dados transmitidos earmazenados, o rsync também suporta transmissão utilizando SSH, o que acaba por garantir asegurança durante a transferência. Apesar de não ser uma ferramenta de backup, é importante citar o cron. Cron é a o serviçode agendamento de tarefas utilizado no Linux e em grande partes dos sistemas operacionais abertos.Com fácil configuração, ele pode ser utilizado para gerenciar a execução de aplicativos de backup,ajudando a automatizar o processo. Também muito associado a estratégias de backup, o RAID (Redundant Array of InexpensiveDisks) é uma técnica que associa diversos discos comuns para serem vistos como uma únicaunidade de armazenamento pelo sistema operacional. Ao utilizar essa técnica, pode se ganhar maiorvelocidade com o acesso em paralelo de diversos discos ou redundância, pois também pode serconfigurado para que diversos discos tenham exatamente o mesmo conteúdo. É importante ressaltarque o RAID garante somente que o sistema se torna tolerante a falhas, mas não é uma ferramentade backup, e não deve ser utilizado assim. O sistema de arquivos também pode ajudar numa estratégia de backup. Sistemas avançados,como o ZFS e o BTRFS trabalham com a possibilidade de snapshots, que são imagens do conteúdoem um determinado momento. Também existem ferramentas auxiliares, como o Logical VolumeManagement (LVM), que permite a associação de diversos discos físicos em um único disco lógico,constituindo a técnica de RAID através do sistema operacional no Linux.Conclusões O estado das ferramentas de backup baseadas em software livre rivaliza qualquer opçãoproprietária. Porém, para garantir sua efetividade, não somente devemos estudar as ferramentas,mas devemos estudar o ambiente no qual será implementando a solução, visto que uma estratégia debackup completa é muito mais do que somente aplicativos. Informações complementares sobre asferramentas disponíveis estão dispostas na palestra disponibilizada em conjunto com este texto. http://gkosmos.com/evidosol/ 4
  • 5. VIII EVIDOSOL/V CILTEC-online Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia online. V. 1, N. 1, junho de 2011.REFERÊNCIASThe Tao of Backup: http://www.taobackup.comPágina oficial do Rsync: http://rsync.samba.orgPágina oficial do SSH: http://www.openssh.comInformações sobre o LVM: http://tldp.org/HOWTO/LVM-HOWTOPágina oficial do BRTFS: https://btrfs.wiki.kernel.org http://gkosmos.com/evidosol/ 5

×