• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Flores Do Cactus   1ª Parte Textos Pietro Ubaldi
 

Flores Do Cactus 1ª Parte Textos Pietro Ubaldi

on

  • 8,256 views

Apresentação de imagens de flores do cactus com fundo musical e textos reflexivos.

Apresentação de imagens de flores do cactus com fundo musical e textos reflexivos.

Statistics

Views

Total Views
8,256
Views on SlideShare
5,561
Embed Views
2,695

Actions

Likes
1
Downloads
105
Comments
2

8 Embeds 2,695

http://kaia-k.zip.net 1980
http://www.portaldasflores.org 646
http://jmeirelles.wordpress.com 48
http://www.slideshare.net 17
http://kattyrasga.blogspot.com 1
http://blog.uol.com.br 1
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://www.google.com.br 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Flores Do Cactus   1ª Parte Textos Pietro Ubaldi Flores Do Cactus 1ª Parte Textos Pietro Ubaldi Presentation Transcript

    • MENSAGEM REFLEXIVA Arte da Imagem, Arte da Música e Arte do Pensamento FlorES dO cactus TEXTOS DE PIETRO UBALDI - VIDA UMA MENSAGEM DE VIDA Primeira Parte
      • A Natureza está sempre a enviar mensagens sobre a vida. O homem persiste em não ouvi-la. O cactus, por exemplo, na aspereza de sua forma externa, espinhos e desarmonia, encerra no seu interior a beleza de suas flores. Sutileza da mensagem: se há vida, há a presença do seu CRIADOR, na beleza do imponderável que representa o Eterno.
      • Assim se passa com a humanidade. Na rude aparência externa de imperfeição do ser, no seu interior há sempre a beleza, pois aí Deus está presente. O grande objetivo da vida no nosso plano físico é fazer o homem sentir essa presença através da evolução, muitas vezes sob a pressão da dor. Pietro Ubaldi, assim resume o fenômeno da vida:
        • ” A verdadeira VIDA não é uma síntese de substância proteicas, mas consiste no princípio que essa síntese estabelece e dirige; a vida não reside somente na evolução das formas, mas na evolução do centro imaterial que as anima; a vida não está na química complexa do mundo orgânico, mas no psiquismo que a guia”.
      Clicar: admirar a beleza das flores; tornar a clicar (ou enter): meditar sobre a mensagem de Pietro Ubaldi sobre a VIDA
    • A maior parte dos seres humanos e todos os animais vivem sem nada saber. Apenas obedecem aos impulsos da vida , que para eles tudo sabe.
    • A nossa VIDA atual apresenta-se, muitas vezes, como um fenômeno sem causas e sem efeitos, se considerada isoladamente.
    • Para ser compreendida, é preciso concebê-la em função das vidas precedentes que a prepararam e das vidas futuras que a completarão.
    • A plenitude da VIDA está em Deus e o ser a conquista subindo para Ele com a evolução, enquanto a perde afastando-se Dele com a involução.
    • Como o que não morre não pode ter nascido, assim o que existia antes do nascimento não pode morrer. O que não nasceu com a VIDA , não morre quando a vida cessa.
    • É certo que a VIDA pensa. Vemos seus efeitos, que nos revelam uma extraordinária sabedoria, porém, a vida não formula seu pensamento com palavras, como fazemos nós.
    • Ela age, não fala. Sua linguagem é concreta, manifestando-se materializada nos fatos.
    • A VIDA é dura para quem pensa primeiro nos próprios deveres, numa sociedade em que geralmente cada um costuma pensar antes de tudo nos próprios direitos.
    • A VIDA é feita para evoluir, ainda que o faça através da dor, para uma alegria cada vez maior.
    • A VIDA é grande e bela, mesmo na dor mais atroz e tenaz é sempre digna de ser vivida.
    • A VIDA é para todos uma viagem, e cada trajeto dela representa um trecho percorrido pelo homem no caminho de sua evolução.
    • A VIDA é sempre positiva, construtiva, saneadora. Somos nós que tomamos o caminho negativo. Ela vem a nosso encontro para salvar-nos, empurrando-nos do caminho errado para o certo.
    • A VIDA é verdadeiramente um caminho e, nas vicissitudes de cada dia, a alma elabora o seu destino.
    • A VIDA enveredou por um caminho novo, para o psiquismo, que é o primeiro grau da espiritualização.
    • É necessário não esquecer que a VIDA é uma escola, e uma escola é feita de contínuas provas a serem superadas.
    • A VIDA não é feita para gozar, mas para aprender.
    • Compreendido isto, logicamente se vê que tudo está em seu justo lugar e funciona como deve.
    • É necessário ter compreendido que a VIDA é uma escola, um laboratório experimental.
    • Elevar-se é a grande meta da VIDA , elevar­-se pelos caminhos do espírito.
    • A VIDA não é ócio, mas esforço de conquista.
    • A VIDA no além-túmulo significa um acordar na profundeza do inconsciente, enquanto no período da matéria, a consciência fica limitada à superfície do "eu".
    • Mas é naquela profundeza que está escrita a história do indivíduo e está escondida a parte mais importante e secreta da sua personalidade, aquela que é tarefa da psicanálise descobrir.
    • A VIDA possui uma sabedoria íntima, muito acima de nossa vontade e conhecimento, da qual somos grandemente devedores, por termos chegado até aqui e conseguirmos sobreviver a cada minuto.
    • Caminhando, caminhando, chega-se ao último ato. Aparece o extremo horizonte para além do qual cai o pano.
    • Na velhice quem viveu apenas para o presente, na matéria, olha para trás com saudade, agarrando-se ao passado que lhe foge. Quem viveu em função do futuro, no espírito, olha para a frente cheio de esperança na direção de nova VIDA que o espera.
    • O primeiro é verdadeiramente velho, espírito e corpo. O segundo é velho apenas no corpo, mas é jovem na alma. Para quem viveu preso à Terra, é o fim. Para quem viveu olhando para o alto, é o princípio.
    • IMAGENS: recebidas da internet MÚSICA: Somewhere in Time.way FORMATAÇÃO: J. Meirelles celjm@uol.com.br www.jmeirelles.wordpress.com