Your SlideShare is downloading. ×
0
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
A arte de  vladimir volegov
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A arte de vladimir volegov

1,609

Published on

Apresentaçao de imagens com fundo musical e textos reflexivos

Apresentaçao de imagens com fundo musical e textos reflexivos

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,609
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MENSAGENS REFLEXIVAS Arte da Imagem, Arte da Música e Arte do Pensamento A ARTE DE VLADIMIR VOLOGOV Arte da Imagem: Fotos de IGOR ZENIN Arte da Música: Richard Clayterman Texto: Clarice Lispector
  • 2. Nacido em Chabarosk, Russia, Vladimir começou a pintar com a idade de tres anos. O seu talento manifestou-se em ritmo crescente ao longo de sua adolescência. Após estada em Moscou, começou a partir de 1990 a viajar pela Europa, pintando retratos e ruas de Barcelona, Berlim, Viena e outras cidades europeias. Com essa experiência aperfeiçoou ainda mais a sua técnica expressando com fidelidade, através de cores vibrantes, a forma humana e sua sensibilidade. Vladimir Volegov
  • 3. Fique de vez em quando só, senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa.
  • 4. O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós.
  • 5. Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós.
  • 6. E se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar.
  • 7. Não basta ter um corpo de mulher para ser uma mulher de verdade.
  • 8. Um nome para o que eu sou, importa muito pouco. Importa o que eu gostaria de ser.
  • 9. O que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano.
  • 10. Tudo no mundo começou com um sim.
  • 11. Ouve-me, ouve o meu silêncio. O que falo nunca é o que falo e sim outra coisa. Capta essa outra coisa de que na verdade falo porque eu mesma não posso.
  • 12. Escuta: eu te deixo ser. Deixa-me ser, então.
  • 13. Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.
  • 14. Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.
  • 15. Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença.
  • 16. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda.
  • 17. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.
  • 18. Sinto a falta dele como se me faltasse um dente na frente: excruciante.
  • 19. Que ninguém se engane: só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.
  • 20. Depois de certo tempo, cada um é responsável pela cara que tem.
  • 21. IMAGENS:Recebidas da internet, PPS: Una realización de: BEATRIZ PRESENTACIONES JUNIN (B) ARGENTINA FORMATAÇÃO: J. Meirelles

×