Organização e funções no incêndio

  • 1,023 views
Uploaded on

Aplicado a equipas de primeira intervenção

Aplicado a equipas de primeira intervenção

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,023
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
30
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ORGANIZAÇÃO E FUNÇÕES NO INCÊNDIO
  • 2. TIPOS DE ATAQUE AOS INCÊNDIOS
    • Ataque Inicial
    São as acções terrestres ou aéreas levadas a cabo para controlar um incêndio na etapa nascente.
    • Ataque Ampliado
    Quando o ataque inicial não tem sucesso e o incêndio escapa aos esforços desenvolvidos para o controlar. A partir deste momento o combate necessitará de uma maior quantidade e diversidade de meios, humanos e materiais, assim como uma nova organização.
  • 3. TAREFAS NO INCÊNDIO Quer no ataque inicial quer no ataque ampliado, cada integrante da força de combate cumpre uma actividade específica, com tarefas para realizar e com pessoal sob seu cargo, ou é dirigido por algum chefe ou encarregado. Assim em qualquer incêndio pode verificar-se a necessidade de executar as seguintes tarefas:
    • Comando
    • Linha
    • Planeamento
    • Logística
  • 4. TAREFAS NO INCÊNDIO No caso de ataque inicial e quando o tamanho do incêndio o permite, as tarefas de comando e planeamento são realizadas pelo chefe de brigada, e as tarefas de linhas e logística , são executadas pelos combatentes. No caso dum incêndio, com características de ataque ampliado, as tarefas devem‐se partilhar com outros agentes da organização.
  • 5. ORGANIZAÇÃO NO INCÊNDIO Chefe de Incêndio Chefe de Logística Chefe de Linha Chefe de Planeamento
  • 6. COMANDO O comando corresponde ao Chefe de Incêndio Seja em que situação for o chefe de incêndio será só um
  • 7. Chefe de Linha Corresponde à força de combate na frente de progressão do incêndio, encarregada de efectuar a extinção propriamente dita. Normalmente são designados chefes de linhas, segundo o tamanho e as características do incêndio.
  • 8. Chefe de Planeamento É uma estrutura fundamental no combate aos incêndios, e num incêndio recebe o nome de chefe de posto zero (posto de comando). É a função de inteligência na organização, tendo por missão a análise do incêndio, no que respeita ao seu comportamento, factores que o condicionam, projecções, danos potenciais e as possibilidades reais de controlo segundo os recursos disponíveis.
  • 9. Chefe de Logística É uma estrutura estabelecida nos incêndios para obter e distribuir os serviços de apoio logístico requeridos pelo chefe de incêndios e do planeamento.
  • 10. Funções do Chefe de Incêndio
    • Organizar e dirigir os meios de combate
    • Solicitar e atribuir acções no combate ao incêndio
    • Instruir a estratégia de combate.
    • Programar a necessidade de recursos adicionais.
    • Zelar pela segurança do pessoal.
    • Manter a Central (centro 016) informada.
    • Ponto de situação do incêndio.
  • 11. Funções do Chefe de Incêndio Deverá fazer a ligação com as estruturas dos Bombeiros e coordenar de forma eficiente a equipa ou brigada de sapadores Deverá manter um relacionamento estreito com o chefe de planeamento e com o COS
    • Depois do incêndio ser controlado deve comunicar ao Centro 016:
    • Tipo de combustível afectado, classificação CPS do incêndio
    • A hora a que o incêndio foi controlado
    • A hora de desmobilização
    • Recordar as restantes equipas que devem dar o “status” á central de disponível
  • 12. Planeamento
    • É uma estrutura fundamental no combate aos incêndios e deve ser constituída por pessoal com formação em Comportamento do Fogo
    • No incêndio recebe o nome de Chefe de Planeamento ou Analista de Incêndios
    • Avaliar o combate ou controlo do fogo, com objectivo de mobilizar e priorizar meios em sectores onde as possibilidades de controlo favoráveis
    Funções:
    • Registar toda a informação relativa ao incêndio; Isto é: situações do momento, brigadas em combate, localização do pessoal e meios no incêndio, registos meteorológicos, etc.
    • Manter contacto estreito com o chefe de incêndio, chefe de logística e com o comando central
  • 13. Planeamento
    • Efectuar o reconhecimento, quando em primeira intervenção.
    • Assumir-se como Chefe de Incêndio , quando for o primeiro a chegar ao Incêndio
    • Conforme a estratégia e tácticas definidas organiza o trabalho da brigada a fim de estabelecer a linha de controlo.
    • Decidir sobre o método a adoptar e as acções a efectuar.
    • Dirigir e supervisionar a actuação da equipa em todas as circunstâncias.
    • Zelar permanentemente pela segurança da brigada e equipas.
    • Manter permanente contacto com a Centro 016, seja por
    • rádio ou telemóvel.
    • Cumprir as instruções recebidas da respectiva estrutura de
    • comando, nomeadamente, Chefe de Brigada, Comandante de Bombeiros
    • Efectuar a coordenação com outras equipas nas situações de actuação conjunta.
    • Supervisão da desmobilização
  • 14. Funções do Combatente • Realizar o ataque directo ou indirecto para estabelecer e suster a linha de controlo segundo as instruções do chefe de Brigada. • Realizar os trabalhos designados. • Liquidar o incêndio. • Zelar pelo adequado estado dos equipamentos e vestuário. • Manutenção do equipamento e ferramentas
  • 15. Funções dos Condutores
    • • Executar uma condução prudente do veículo de combate a incêndios em cumprimento do código da estrada.
    • Indicar ao chefe se existem condições de segurança para a deslocação e estacionamento do veículo.
    • Manter a escuta das comunicações do rádio.
    • Garantir o abastecimento de água do veículo.
    • Cumprir rigorosamente as instruções do chefe de brigada ou do Supervisor.
    • Desenvolver várias outras acções que lhe forem solicitadas com rigor.
  • 16. Funções gerais do pessoal
    • Assegurar-se que compreendeu as instruções dadas pelo deu chefe.
    • Executar todos os trabalhos, de forma segura e eficiente, cuidando de sua própria segurança e a dos seus colegas.
    • Manter o seu fardamento e equipamento em boas condições, informar o seu chefe dos problemas e necessidades.
    • Informar oportunamente o seu chefe de todos os acidentes, danos ou condições perigosas.
    • Cumprir com as normas, procedimentos básicos de convivência, acampamentos, higiene e meio ambiente.
  • 17. FIM