A perícia médica a ética e a relação

1,285 views
1,192 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,285
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A perícia médica a ética e a relação

  1. 1. A perícia médica a ética e a relação médico paciente.<br />Gustavo R. VellosoProfessor da disciplina de Traumatologia e Ortopedia da Faculdade de medicina da UnB Weldson P. MunizMédico ortopedista da Hospital Universitário da UnB<br />
  2. 2. Introdução<br />Os médicos devem estar sempre alertas para o cumprimento dos princípios éticas de norteiam a nossa profissão. <br />Entretanto, quanto em benefício do paciente, até quando podemos manter os princípios éticos, quando somos persuadidos a acatar as suas solicitações? <br />
  3. 3. Histórico<br />Um paciente é enviado pela justiça para ser periciado em relação a lesões no joelho. <br />A história médica e o exame clínico indicam uma lesão meniscal. <br />O médico solicita uma ressonância magnética do joelho e informa ao paciente que dependendo do resultado o tratamento será cirúrgico . <br />
  4. 4. Histórico<br />O paciente informa que no momento da lesão não estava desenvolvendo sua atividade profissional, mas solicita que esta informação não conste do relato médico. <br />Ao retornar com o exame solicitado com diagnóstico positivo o paciente insiste o laudo seja favorável ao seu estado de saúde considerando a lesão como acidente de trabalho.<br />
  5. 5. Discussão<br />Historicamente, os médicos são regidos ,em uma forma moderna,pela Lei Imperial da Regência Permanente Trina de 1832, que determina: “...ninguém poderá curar, ter botica ou partejar, enquanto disposições particulares, que regulem o exercício da Medicina, não providenciarem a este respeito.”<br />
  6. 6. Discussão<br />Atribuição do Conselho Federal de Medicina é a de disciplinar o exercício profissional médico e zelar pela boa prática médica em nosso país. <br />A relação médico paciente é pautada na honestidade de informações de ambas as partes. <br />A relação da prática médica com a sociedade depende da honestidade de informações, da competência do profissional, da abservancia do custo do tratamento e sua eficácia. <br />
  7. 7. Discussão<br />No exercício da perícia médica, o relatório médico deve ser imparcial,relatar os fatos e não os indícios que são evidências indiretas da existências dos fatos, afirmando claramente todo o histórico médico do paciente. <br />A respostas aos quesitos do juízo devem contribuir para estabelecer do que é importante ser investigado e provado e não lançar dúvidas.<br />
  8. 8. Discussão<br />Entretanto, do ponto de vista ético, pode-se achar que no laudo houve favorecimento ao paciente? <br />Mesmo se, não houver menção da associação da lesão com a atividade profissional nos quesitos apresentados pelas partes ou pelo juízo?<br />
  9. 9. Conclusão<br />Não, se os médicos, quando investidos na condição de peritos, observarem as normas que regem a profissão e o código de ética.<br />O relato apresentado é comum na prática médica e pericial e deve servir para reflexão e apreciação dos profissionais médicos.<br />
  10. 10. grvelloso@terra.com.br<br />weldsonmuniz@gmail.com<br />

×