Lab Circuitos EléTricos Jim
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Lab Circuitos EléTricos Jim

on

  • 7,154 views

Laboratório Circuitos Elétricos

Laboratório Circuitos Elétricos

Statistics

Views

Total Views
7,154
Views on SlideShare
7,154
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
102
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Lab Circuitos EléTricos Jim Document Transcript

  • 1. Laboratório de Circuitos Elétricos Prof. Jim Naturesa Nome: RA: Normas de Segurança e Aparelhos de Medidas Elétricas Normas de Segurança 1) Verifique o circuito elétrico antes de colocá-lo em funcionamento; 2) Verifique o valor da tensão da rede onde você irá conectar seus instrumento e o experimento; 3) Quando tiver dúvida, não energize o circuito e procure o professor; 4) Não trabalhe com sapatos e roupas úmidas; 5) Evite o uso de colares, anéis, pulseiras, etc; 6) Evite brincadeiras; 7) Faça montagens experimentais de maneira organizada; 8) Antes de tocar no circuito, verifique sempre se o mesmo está desligado e descarregado utilizando um voltímetro. Utilização dos instrumentos de medida Amperímetro - Medida de corrente elétrica - Assegure-se de que o circuito esteja desligado; - Conecte o instrumento em série (com a fonte, o bipolo, etc); - Selecione no instrumento o tipo de corrente a ser medida: alternada ou contínua; - Estime o valor da corrente a ser medida e selecione a escala adequada; - Energize o circuito e faça a leitura. Voltímetro - Medida de tensão elétrica - Conecte o instrumento em paralelo (com a fonte, o bipolo, etc); - Selecione no instrumento o tipo de tensão a ser medida: alternada ou contínua; - Estime o valor da tensão a ser medida e selecione a escala adequada; Ohmímetro - medida de resistência elétrica - Desligue o circuito; - Selecione a escala adequada para a grandeza a ser lida; - Se for medir a resistência de um bipolo, retire-o do circuito e conecte-o aos terminais do ohmímetro; - Se for medir a resistência equivalente entre dois pontos do circuito, lembre-se de que as fontes de energia possuem resistência interna; - Após a leitura, retorne a chave seletora para a posição desligada (OFF). Exercício: Um estudante de engenharia deseja medir a resistência elétrica de um bipolo através de um método indireto. O estudante realizou dois experimentos - indicados na figura abaixo. Quais as conclusões do estudante? Dica: desenhe o circuito equivalente dos circuitos levando em consideração as resistências internas dos aparelhos de medição. 1
  • 2. Laboratório de Circuitos Elétricos Professor Jim Naturesa Alunos: RA: Leis de Kirchoff 1) Monte o circuito abaixo. Meça a resistência equivalente. Resistores: R1 = 220 Ohms, R2 = 470 Ohms, R3 = 1,2 k Ohms e R4 = 680 Ohms. Requivalente = 2) Monte o circuito abaixo. Meça a resistência equivalente. Resistores: R1 = 470 Ohms, R2 = 1,2 k Ohms e R3 = 680 Ohms. Requivalente = 3) Monte o circuito abaixo. Ajuste a tensão da fonte em 12 Volts. Meça a corrente do circuito e as quedas de tensões em cada resistor. Resistores: R1 = 220 Ohms, R2 = 470 Ohms, R3 = 1,2 k Ohms e R4 = 680 Ohms. I= VR1 = VR2 = VR3 = VR4 = 2
  • 3. 4) Monte o circuito abaixo. Ajuste a tensão da fonte em 12 Volts. Meça as correntes em cada ramo do circuito e a corrente fornecida pela fonte. Resistores: R1 = 470 Ohms, R2 = 1,2 k Ohms e R3 = 680 Ohms. IFonte = I1 = I2 = I3 = 5) Quais as conclusões do grupo? 6) Se a polaridade da fonte de tensão do circuito do item 3 fosse invertida, quais seriam as conseqüências? 7) Qual é a potência fornecida pela fonte em cada circuito acima? 8) Se o resistor R1 entrar em curto-circuito qual será o novo valor da corrente em ambos os circuitos? 9) Resolva os circuitos apresentados nos itens 3 e 4. 3
  • 4. Laboratório de Circuitos Elétricos Professor Jim Naturesa Alunos: RA: Leis de Kirchoff 1) Monte o circuito abaixo. Ajuste a tensão da fonte em 12 Volts. Meça a corrente do circuito e as quedas de tensões em cada resistor. Resistores: R1 = 1,2 k Ohms, R2 = 220 Ohms, R3 = 470 Ohms, R4 = 680 Ohms e R5 = 220 Ohms. VR1 = VR2 = VR3 = VR4 = VR5 = I1 = I2 = I3 = 2) Resolva o circuito acima. Compare os valores medidos com os calculados. 3) Quais as conclusões do grupo? 4) Se a potência dissipada pelo resistor R4 for igual a 15 W, qual será o valor da tensão e da corrente da fonte? 4
  • 5. Laboratório de Circuitos Elétricos Professor Jim Naturesa Alunos: RA: Leis de Kirchoff - Segunda parte 1) Monte o circuito abaixo. Ajuste a tensão da fonte 1 para 6 Volts e da fonte 2 para 3 Volts. Meça as correntes e as quedas de tensão em cada resistor. Resistores; R1 = 220 Ohms, R2= 470 Ohms e R3 = 680 Ohms. VR1 = VR2 = VR3 = I1= I2= I3= 2) Resolva o circuito acima. Compare os valores medidos com os calculados. 3) Dado o circuito abaixo. Calcule as correntes I1, I2 e I3. Dados: R1 =10 Ohms, R2 = 15 Ohms, R3 = 5 Ohms, R4 = 30 Ohms, R5 = 10 Ohms, Vs = 10 Volts e Vg = 7,5 Volts. 4) Quais as conclusões do grupo? 5
  • 6. Laboratório de Circuitos Elétricos Professor Jim Naturesa Alunos: RA: Teorema de Thevenin 1) Monte o circuito abaixo. Ajuste a tensão da fonte 1 para 12 Volts e da fonte 2 para 9 Volts. Resistores: R1 = 220 Ohms, R2 = 470 Ohms, R3 = 680 Ohms, R4 = 470 Ohms e R5 = 220 Ohms. Retire o resistor R5 do circuito. Meça a tensão VAB. VAB = 2) Desligue o circuito. Desconecte as fontes do circuito. Coloque um curto-circuito no lugar das fontes de tensão (veja figura abaixo). Meça com o Ohmímetro a resistência de Thevenin (Rth). Rth = 3) Faça o equivalente de Thevenin e calcule a corrente por R5. 4) Aplique o Teorema de Thevenin e resolva o circuito. Compare os valores medidos com os calculados. 6
  • 7. 5) Obtenha o equivalente de Thevenin do circuito abaixo. 7