Apresentação Trabalho SIN
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação Trabalho SIN

on

  • 4,214 views

Críticas ao Sistema Interligado Nacional (SIN)

Críticas ao Sistema Interligado Nacional (SIN)

Statistics

Views

Total Views
4,214
Views on SlideShare
4,193
Embed Views
21

Actions

Likes
0
Downloads
51
Comments
0

1 Embed 21

http://www.slideshare.net 21

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação Trabalho SIN Apresentação Trabalho SIN Presentation Transcript

    • Faculdade de Engenharia Civil – FEC Disciplina : IC477-A - Tópicos sobre Recursos Hídricos, Energéticos e Ambientais IV Trabalho de Análise Crítica sobre Tema Específico Críticas à Centralização do Planejamento da Operação Adotada no Sistema Interligado Nacional – SIN Alunos: Jim Silva Naturesa RA 990709 Oswaldo Buzolin Junior RA 882032
    • Índice • Operador Nacional do Sistema (ONS); • Sistema Interligado Nacional (SIN); • Hidrografia do Brasil; • Interligação dos Subsistemas; • Características do Sistema; • Intercâmbio de Energia; • Vantagens do SIN; • Desvantagens do SIN; • Referências.
    • Operador Nacional do Sistema (ONS) O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) foi criado em 1998, com a finalidade de operar o Sistema Interligado Nacional (SIN) e administrar a rede básica de transmissão de energia em nosso país. Sua missão institucional é assegurar aos usuários do SIN a continuidade, a qualidade e a economicidade do suprimento de energia elétrica.
    • Sistema Interligado Nacional (SIN) A produção e transmissão de energia elétrica do Brasil faz parte de um sistema hidrotérmico de grande porte, com forte predominância de usinas hidrelétricas e com múltiplos proprietários. O Sistema Interligado Nacional é formado pelas empresas das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e parte da região Norte. Apenas 3,4% da capacidade de produção de eletricidade do país encontra-se fora do SIN - em pequenos sistemas isolados, localizados principalmente na região amazônica.
    • Hidrografia do Brasil Fonte: ONS, 2008
    • Interligação dos Subsistemas Fonte: ONS, 2006
    • Características do Sistemas Fonte: MME, Abril / 2007.
    • Vantagens do SIN Flexibilidade no atendimento das demandas, gerando Confiabilidade no fornecimento de energia; Aproveitamento Máximo dos Recursos Hídricos, considerando a diversidade hidrológica das regiões; Alternativas para Otimização da Geração de Energia Hidroelétrica.
    • Desvantagens do SIN Perda de energia na transmissão considerando as grandes distâncias a serem vencidas; A complementação ao suprimento de energia de uma região pode desestimular iniciativas de investimentos na geração de energia na região, seja por meio da construção de novas usinas ou por outras tecnologias de geração (energia eólica na região nordeste); Os custos de eventuais déficits no suprimento de energia poderiam ter valores diferenciados por regiões, podendo um eventual déficit localizado representar custo menor que despachos de termoelétricas com custos operacionais elevados.
    • Desvantagens do SIN O planejamento da operação é feito mensalmente com suporte de dois modelos matemáticos, o Modelo NEWAVE e o DECOMP. O software NEWAVE utiliza a técnica de otimização Programação Dinâmica Dual Estocástica. Essa técnica computacional agrega todos os reservatórios por subsistemas equivalentes.
    • Referências Lopes, J. E. G. Modelo de Planejamento da Operação de Sistemas Hidrotérmicos de Produção de Energia Elétrica. Tese de Doutorado. USP. 2007. Pereira, A. F. S. Planejamento da Operação Energética e da Manutenção no Sistema Hidrotérmico de Potência Brasileiro. Dissertação de Mestrado. UNICAMP. 2006. ANA – Agência Nacional das Águas. www.ana.gov.br ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. www.aneel.gov.br Canal Energia. www.canalenergia.com.br MME – Ministério de Minas e Energia. www.mme.gov.br ONS – Operador Nacional do Sistema. www.ons.org.br