Projeto Cidadania e Valores

156,726 views

Published on

Published in: Education
10 Comments
32 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
156,726
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
402
Actions
Shares
0
Downloads
2,317
Comments
10
Likes
32
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto Cidadania e Valores

  1. 1. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.C PROJETO INTERDISCIPLINAR DE EDUCAÇÃO Projeto cidadania e valoresTema: Como A Escola Pode Resgatar ValoresDuração: durante o 3º bimestreQuestão geradora: Quais os nossos valores e sentimentos que temos com os outros emsala de aula, em casa, na comunidade? “Através desta coisa toda que estamos fazendo, esperamos que as crianças sejam felizes, dêem muitas risadas, descubram que a vida é boa.” Rubem Alves Ponte Serrada-SC.
  2. 2. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.C PROJETO INTERDISCIPLINAR DE EDUCAÇÃOO Projeto Interdisciplinardeve conter as seguintes informações:1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO a. Cidade: Ponte Serrada-SC b. Escola:E.E.B.Belermino Victor Dalla Vecchia c. Título do Projeto:Cidadania e Valores d. Tempo de Duração: 3º Bimestre1.1 IDENTIFICAÇÃO DO (A) COORDENADOR (A) E DE TODOS OS COLABORADORESNome Ivaci R. De Moraes BarbieriCargo DiretoraRegime de trabalho 40 horasTitulação Letrase-mail ivaci.moraes@yahoo.com.brNome Lucilene Sperotto EbersCargo ATPRegime de trabalho 20 horasTitulação Pedagogiae-mail Lucilenesperotto@hotmail.com(Demais colaboradores folha em anexo 1.)
  3. 3. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.C2 DETALHAMENTO DA PROPOSTA2.1 TITULO DO PROJETO-Cidadania e Valores2.2 ÁREAS ENVOLVIDAS Anexo 2JUSTIFICATIVA Sentimos a necessidade de resgatar em nossos alunos valores como: colaboração,convivência, atenção, honestidade, respeito, responsabilidade, preservação do meioambiente e patrimônios públicos, contribuindo assim, para uma melhor qualidade de vidada nossa comunidade escolar, bem como de toda a cidade. Conscientizar toda acomunidade escolar da importância que tem a educação para a cidadania, priorizando oaprendizado de valores e boas maneiras, começando na base familiar e dandocontinuidade na vida escolar até a fase adulta, para juntos possamos construir um mundomais justo e fraterno na transformação de uma sociedade em processo de reeducação. A criança brasileira infelizmente não tem recebido uma atenção especial comoconsta no Estatuto da criança e do adolescente. A realidade é que nossas crianças estãorecebendo todo tipo de informação que não condizem com a sua inocência. A mídia televisiva coloca na frente das crianças uma programação cheia desensualidade e violência, ensinando os maus costumes. A escola ao contrário, buscaresgatar os valores cívicos, morais, espirituais e os princípios básicos de cidadania. Certamente, cremos que, o que hoje estamos semeando na vida de nossos alunos,colheremos delas amanhã.
  4. 4. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.COBJETIVO GERAL Proporcionar ao aluno condições para que ele se conscientize da necessidade derespeito entre todos através do reconhecimento, da aplicação dos direitos e deveres decada um, formando valores éticos e morais para o exercício de sua cidadania e cumprindo,assim, com o maior papel da escola: favorecer uma aprendizagem realmente significativana formação de seres humanos mais conscientemente participativos e responsáveis noconvívio social.OBJETIVOS ESPECÍFICOS Que a escola possa resgatar no aluno certos valores como:• Colaboração – "Quer uma mãozinha"?• Convivência _ "Com licença?"• Atenção _ "Falou comigo?"• Honestidade _"Não fui eu."• Respeito _ "E eu com isso?"• Nutrição _ "Verdura? Não!"• Responsabilidade _ "Deixa que eu faço!"• Generosidade _ "É meu, não empresto!"• Integrar a cidadania com as atividades de sala e assuntos abordados;• Ajudar os alunos a perceberem o quanto podem ser úteis e importantes para acomunidade, levando seu saber, seu carinho e sua ajuda (de qualquer tipo) para fazer adiferença;• Promover momentos de confraternização, ressaltando a importância do “estar com” e“viver junto”, da preocupação pelo outro, da empatia (se colocar no lugar do outro) e damelhora da auto-estima dos nossos alunos (o que eu sei pode ser muito bom e pode ajudaralguém);• Enfatizar a educação para a cidadania, promovendo a igualdade entre as pessoasutilizando como parâmetro a relevância social da ação dos alunos (e da escola).
  5. 5. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.C• Auxiliar os alunos no exercício do compromisso, do trabalho em grupo e da defesa dosdireitos humanos.• Desenvolver a auto-estima e o respeito.• Formar consciência dos valores éticos e morais.• Reconhecer que a paz é uma conquista diária por meio de nossas ações.• Respeitar os diferentes.• Identificar e repelir o bullying e/ou qualquer outro tipo de atitude de desrespeito.• Proporcionar momentos com atividades lúdicas que desenvolvam a atenção,concentração e socialização dos nossos alunos.• Promover encontros para troca de experiências e ideias entre os professores.• Conhecer fatos e personalidades importantes de nossa vida social na construção dajustiça.• Possibilitar uma maior comunicação entre a escola, a família e a comunidade escolarcomo um todo.• Envolver a comunidade escolar para colocar em prática os assuntos discutidos ouvivenciados.• Resgatar atitudes de cooperação, participação, responsabilidade, altruísmo, tolerância,sensibilidade e comprometimento na escola para toda a vida.FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA “Nossas escolas pretendem formar cidadãos. E cidadania não combina com desigualdade, assim como democracia não combina com preconceito ediscriminação. Se as crianças vão à escola é porque desejamos que se desenvolvam plenamente como seres humanos...”
  6. 6. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CCidadania e valores É possível observar, hoje, uma agressividade crescente nos alunos, justificada pelofato de a escola não estar adaptada ao perfil do jovem que a freqüenta. Esse fator fez comque o aluno perdesse o respeito pela escola, mostrando sua insatisfação através dasfreqüentes atitudes agressivas com colegas, professores, funcionários, e patrimônioescolar. Para resgatar o respeito pela escola, professores, funcionários, coordenadores eDireção planejaram formas de se trabalhar esse tema sem abordar a violência, mas de talmodo que fosse possível promover atitudes para melhorar a convivência dentro da escola,procurando adaptá-las ao novo perfil apresentado pelos jovens de hoje. Fazer da escola uma instituição formadora de pessoas e não apenas transmissorade conhecimento, resgatando valores morais através de atitudes que mostrem: RESPEITOMÚTUO, SOLIDARIEDADE, HUMILDADE, AMOR AO PRÓXIMO, Hoje em dia presenciamos muito a discussão sobre a formação dos alunos voltadapara a cidadania, com um discurso que vai muito além das práticas da sala de aula.A formação de um sujeito, enquanto cidadão, deve ultrapassar as expectativas doprofessor, levar o sujeito a alavancar nas atitudes do cotidiano em prol dos interessessociais.No contato com o grupo, a educação deve estar voltada para fatores que englobam osinteresses dos mesmos, sendo associados a valores morais e éticos. O processo educativo, nesse sentido, deve ser responsável por levar os sujeitosenvolvidos a perceberem sua importância na vida do outro, suas responsabilidades diantedo mundo e as capacidades que deve desenvolver para exercitar essas práticas nodecorrer da vida.Alguns valores podem ser considerados como principais para a formação da cidadania,como:- Cooperação: onde o aluno percebe que a troca de conhecimentos e a sua participaçãosão fundamentais para a concretização de uma atividade;- Sinceridade: quando buscamos confiança nos outros, mas principalmente quandoexercemos nossa própria sinceridade, estando certos ou não em nossas ações;- Perdão: perdoar é não guardar ressentimento contra ninguém, é se livrar das amarrasimpostas pelo rancor;
  7. 7. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.C- Respeito: princípio básico para receber respeito. Quem não desenvolve o hábito derespeitar os outros acabam não sendo respeitado;- Diálogo: para resolver impasses, divergências de opiniões, nada melhor que o diálogo, aconversa de qualidade que coloca os pingos nos “is”. Conversar, trocar idéias e buscarexplicações sem acusar o outro é uma forma de se livrar dos embaraços;- Solidariedade: essa é a palavra que vincula afetivamente entre as pessoas. Ser solidárioé uma grande virtude, o sujeito demonstra sua preocupação com o outro, ajudando aconstruir uma sociedade mais justa;- Não agredir: violência gera violência, isso todo mundo sabe, portanto não se deve agredirninguém com palavras e muito menos fisicamente;- Bondade: esta é uma forma de demonstrar respeito ao seu semelhante. Ser bondoso eatencioso com as pessoas só faz com que receba bondade dos outros. Bem diz o ditado“quem com ferro fere, com ferro será ferido”, ou seja, a pessoa que causa o sofrimento dooutro, receberá o mesmo tratamento.Passar esses conceitos ajudará o grupo no desenvolvimento de suas capacidades eresponsabilidades, além do crescimento em suas relações interpessoais, pois perceberáque seus direitos serão garantidos a partir do cumprimento dos deveres dos outros e vice-versa.METODOLOGIA Apresentação de filmes e palestras relacionados aos temas abordados. Apresentação de seminários. Debates em sala. Trabalhos com cartazes. Trabalhos com músicas. Jogos e brincadeiras. Produção de uma peça teatral sobre o bullying e suas conseqüências na escola e na vida.
  8. 8. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CCONTEÚDOS CONCEITUAIS• Pensar sobre o que significa colaborar com as pessoas.• Perceber hábitos importantes da vida cotidiana, que vão ajudá-lo a ser uma pessoaagradável com os outros.• Convidar o aluno a pensar sobre a importância de estar sempre atento.• Fazer com que o aluno assuma responsabilidades, sem ter medo , fazendo-a pensarsobre o que significa ser honesto.• Fazer com que o aluno preste atenção nas regras de convivência, fazendo-a pensarsobre o respeito que você tem pelos outros e por si mesmo.• Mostrar ao aluno a importância de se ter bons hábitos alimentares, convidando-a pensarsobre o que significa alimentar-se bem.• Que o aluno perceba que em uma série de situações da vida real, é importante se tornaruma pessoa responsável, para que as pessoas possam ter confiança nela.• Que o aluno aprenda o que significa compartilhar as coisas, de forma prazerosa, e saibasinceramente o que significa ser generoso.CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS• Leitura de livros. Comentar e discutir os tópicos levantados no texto.• Questionar, perguntar como se sentem, provocar a empatia.• Dramatizar situações com os educandos, pedir que contem experiências que já tiveramcom o tema escolhido.• Pesquisar com pais, amigos, o que sentiram em certas situações.• Pedir que representem sentimentos e situações através de textos, e desenhos.• Levar o aluno a refletir, ajudando-a a pensar.• Proporcionar jogos, colocando em prática situações propícias a reflexões.
  9. 9. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CCONTEÚDOS ATITUDINAIS• Que o aluno colabore em casa ou na escola, por si mesmas, adquirindo responsabilidade.• Que o aluno se sinta incentivado a aceitar o desafio de ampliar cada vez mais suacapacidade de serem responsáveis, fazendo mais e melhor aquilo a que se dedica,assumindo seus papéis de filhos, estudantes colegas, amigos, vizinho.• Que o aluno saiba valorizar a alimentação percebendo a importância de uma alimentaçãobalanceada para uma vida saudável.• Que o aluno comece a perceber que as normas devem ser respeitadas por causa de suafinalidade, isto é, por aquilo que as motiva.• Que o aluno perceba a importância do auto-respeito e a necessidade da exigência derespeito para consigo mesmo.• Que o aluno perceba que mentir pode ter importância maior ou menor, dependendo dasituação, do motivo, da conseqüência.• Que o aluno perceba que as boas-maneiras são muito importantes para garantir umconvívio agradável e respeitoso para todos.• Que o aluno trabalhe e brinque junto com os colegas, percebendo que a colaboraçãobeneficia a todos que convivem num mesmo ambiente.• Que possa ser um agente transmissor e multiplicador de valores, tanto com a famíliaquanto com os amigos.MATEMÁTICA• Idéia de quantidade.• Classificação.• Noção de número.• Situações-problemas envolvendo o tema.• Estatísticas (resultados da pesquisa)
  10. 10. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CLÍNGUA PORTUGUESA• Conversas sobre o tema.• Relato de experiências vividas.• Pesquisas.• Leitura e produção de textos.• Elaboração de textos espontâneos.• Elaboração e apresentação de teatros que trabalhem o tema cidadania.• Trabalhar as histórias dos livros:  Meu amigo pintor  Raul da ferrugem azul  Menino MarromARTES• Dobraduras.• Desenhos, pinturas.• Confecção de cartazes.• Recorte e colagem.• Músicas.• Painéis.EDUCAÇÃO FÍSICA• Jogos de cooperação (ativos e passivos).• Resgatar brincadeiras infantis
  11. 11. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CCIÊNCIAS/BIOLOGIA/FÍSICA E QUÍMICA.• Alimentação• Pesquisas.• Vídeos instrutivos.• Registros.HISTÓRIA, GEOGRAFIA, FILOSOFIA E SOCIOLOGIA.• Construção de regras.• Deveres e direitos do aluno.• Regionalismos e diferenças culturais.• Grupo de amigos, família e comunidade.CULMINÂNCIA Ao final do bimestre faremos uma exposição com fotos e atividades realizadas dasatividades realizadas.
  12. 12. Secretaria De Estado da EducaçãoESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA BELERMINO VICTOR DALLA VECCHIA Ponte Serrada – S.CAVALIAÇÃO Processual, visando observar a participação dos alunos na realização dasatividades. A avaliação deverá realizar-se de maneira contínua, mediante observação; considerando o processo e não apenas o produto. Neste sentido, espera-se que o aluno se torne um agente transmissor e multiplicadordentro da sua família, vizinhança e com os demais amigos, assuma seu papel como agentecultural, um cidadão que sabe o seu papel na comunidade com engajamento individual esocial na solução de problemas. A avaliação também está no próprio resultado do trabalho. Verificando nas falas dosalunos durante as atividades o aprendizado e desenvolvimento da oralidade e daexpressividade.REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICASBENNETT, Willian J. O livro das virtudes: uma antologia de W.J. Bennet, selecionado eadaptado por Luiz Raul Machado – Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1995.BENNETT, Willian O livro das virtudes para crianças. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1997.Apostila – Sugestões de Dinâmica de Grupo, autor desconhecido, 1999.GASPARETTO, Luiz Antonio. Se liga em Você. Centro de estudos Vida e Consciência.Editora Ltda. Boletim Informativo – O Diretor – UDEMO. Edições de janeiro, março e abrilde 1999.Fonte:http://www.cantinhodoprofessor.org/consciencia_negra/projeto_menina_bonita.htm.

×