Gestão de desempenho dos Negócios na Empresa - Inteligência de Negócios (BI) para administradores

1,787 views
1,650 views

Published on

A apresentação é uma verão em português da apresentação intitulada; "Business Performance Management for Business Intelligence Manager"

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,787
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão de desempenho dos Negócios na Empresa - Inteligência de Negócios (BI) para administradores

  1. 1. Inteligência de Negócios (BI) para Administradores
  2. 2. As Origens da Gestão de Desempenho
  3. 3. Gestão de Desempenho, em inglês PERFORMANCE MANAGEMENT surgiu como um termo amplo, cunhado pelo Dr. AUBREY DANIELS no final de 1970, para descrever uma tecnologia para o gerenciamento de comportamentos e resultados, ambos elementos críticos daquilo que é reconhecido como o desempenho
  4. 4. A definição formal de gestão de desempenho, de acordo com Daniels: É um sistema de gestão orientado para os dados de base científica que consiste em três elementos principais - Aferição (Métricas), Retroalimentação e REFORÇO POSITIVO
  5. 5. A Gestão de Desempenho inclui atividades que garantem que as metas são atendidas de forma eficaz e eficiente Gestão de Desempenho pode incidir tanto sobre o desempenho de uma organização, como em um departamento, empregado, ou até mesmo nos processos para a elaboração de um produto ou serviço Também conhecido como um processo pelo qual as organizações podem alinhar seus recursos, sistemas e pessoal com os objetivos e prioridades estratégicas da empresa
  6. 6. Gestão de Desempenho (PM) pode ser definido como um conjunto de processos de GESTÃO suportados por TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI), que ajuda a melhorar a gestão, a execução de estratégia e tomada de decisão nas organizações Os Processos de gestão de desempenho ajudam as empresas a definir os objetivos estratégicos, medir o desempenho, analisar e relatar o desempenho, bem como alinhar as pessoas com ao código cultural da organização
  7. 7. Gestão do Desempenho é o que as organizações fazem para se tornarem melhor sucedidas e se colocar à frente de seus concorrentes De fato, a gestão de desempenho é a tarefa mais crítica de qualquer executivo ou gerente Os processos de gestão de desempenho permitem às organizações melhor definir e comunicar suas estratégias, medir, relatar e monitorar o andamento a fim de gerir e melhorar o desempenho nos negócios
  8. 8. PARA UMA MELHOR TOMADA DE DECISÕES Gestão de Desempenho também pode ser definida como um conjunto de processos de gestão, que ajudam a melhorar as decisões estratégicas que as pessoas tomam todos os dias É a qualidade dessas decisões que vai separar as empresas de sucesso das demais
  9. 9. Gestão de Desempenho é, portanto, um termo moderno para um conjunto de abordagens de gestão que permitem às organizações definir e executar sua estratégia, e para medir e monitorar o seu desempenho, a fim de informar o tomadores de decisão para a tomada de decisão estratégica e para a aprendizagem
  10. 10. Além da Gestão de Pessoas e Monitoramento de Desempenho os seguintes processos e termos são frequentemente associados à gestão de desempenho: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO, medição e monitoramento de desempenho, inteligência de negócios, análise, gestão de pessoas, elaboração de relatórios, Planejamento financeiro e orçamento, previsão, armazenamento de dados, gerenciamento de riscos, projeto e gerenciamento de programas, processos de negócios otimização, gestão do conhecimento, dashboards, scorecards, métricas e indicadores chave de desempenho
  11. 11. A moderna abordagem da gestão de desempenho reune os aspectos-chave, acima relacionados, de modo a permitir uma abordagem integrada
  12. 12. A gestão do desempenho foi, por vezes, estreitamente ligada tanto à Gestão de Pessoas (por exemplo: para avaliações de desempenho e para lidar com as pessoas de baixo desempenho) ou Monitoramento de desempenho (por exemplo, coleta e divulgação de indicadores de desempenho) Para evitar esta confusão, é que foram criados novos termos como EPM, CPM ou SPM
  13. 13. Gestão Integrada de Desempenho As organizações que levam à sério o gerenciamento de desempenho vão além do modelo básico mostrado na figura acima, para integrá-lo com outros processos-chave para os negócios
  14. 14. A fim de se obter o máximo de benefícios das iniciativas de gerenciamento de desempenho das organizações, é preciso garantir o perfeito alinhamento e integração dos processos, incluindo: Planejamento financeiro e orçamento, projeto e gerenciamento de programas, gestão de pessoas e recompensas, relatórios de desempenho, gestão de riscos, bem como INTELIGÊNCIA e Análise de Negócios
  15. 15. A fim de se obter o máximo de benefícios das iniciativas de gerenciamento de desempenho das organizações, é preciso garantir o perfeito alinhamento e integração dos processos, incluindo: Planejamento financeiro e orçamento, projeto e gerenciamento de programas, gestão de pessoas e recompensas, relatórios de desempenho, gestão de riscos, bem como INTELIGÊNCIA e Análise de Negócios Conforme o PROJETO INTEGRADO DE GESTÃO, como mostrado no slide abaixo:
  16. 16. Enterprise Performance Management (EPM) – Gestão de Resultados da Empresa –Básico: Usando o modelo básico de gestão estratégica de desempenho, as organizações começam com a definição de sua estratégia, em seguida passam a medir o desempenho e a usar esses indicadores para analisar o desempenho, a fim de extrair as melhores idéias e tomar decisões bem fundamentadas que levar a ações que tragam melhorias no desempenho Vamos olhar rápidamente cada um dos seguintes passos:
  17. 17. I - Planejamento Estratégico Esta etapa envolve a criação de um modelo de negócios e estratégia (corporativamente ou para uma unidade de negócio) As ferramentas de excelência que são comumente usados ​​aqui incluem os Mapas dos Resultados Estratégicos e o Mapeamento dos impulsores de valor Informadas por análises estratégicas as Organizações podem identificar quais os objectivos estratégicos a realizar e também como e quando realizá-los
  18. 18. II - Medição e Monitoramento de Desempenho Aqui organizações projetam indicadores chave de desempenho (KPIs) para medir e monitorar o quão bem eles estão cumprindo seus objetivos estratégicos O mais importante é assegurar que os parâmetros são importantes e significativos Muitos caem na armadilha de medir o que é fácil de medir, em vez de considerar aquele que proporcionará a melhor interpretação
  19. 19. 25/06/2014 J.Gretzitz 22 O Que São Os Indicadores Chave de Desempenho?
  20. 20. 25/06/2014 J.Gretzitz 23 As Cinco Etapas da Inteligência Corporativa
  21. 21. Business Intelligence (BI), Analiticas e Modelagem Neste passo organizações usam seus dados de desempenho e métricas para avalisar o desempenho Este passo é quepermite criar uma base sólida evidências para informar para a tomada de decisão Exemplos de analiticas, BI e abordagens de modelagem incluem o marketing e a análise de vendas, análise de perfis de clientes e a análise de fluxo de caixa
  22. 22. Relatórios e analise do desempenho Neste s passo as organizaçõe procuram traduzir os conhecimentos adquiridos a partir de suas informações de desempenho em relatórios gerenciais e painel onde colocam os processos de revisão em para então agir sobre os dados disponíveis Diz respeito à tomada de decisões baseadas em evidências oferecidas pelos processos de avaliação de desempenho As organizações de vanguarda promovem reuniões de melhoria de desempenho para propiciar um diálogo sobre o desempenho permitindo a tomada de decisões em conjunto
  23. 23. Alinhando Pessoas ao Código Cultural Neste último passo organizações garantir que as abordagens das pessoas, cultura e liderança Estejam focadas na melhoria do desempenho Trata-se de criar os elementos harmônicos em Uma organização de alto desempenho para garantir que os processos de gestão de desempenho realmente levem a um melhor desempenho Isto significa que as organizações têm de fechar a lacuna entre o saber e ofazer, para agir sobre as dados obtidos e decisões tomadas, a fim de gerar melhorias reais de desempenho
  24. 24. Gestão Integrada do Desempenho Empresarial Abordagens mais avançadas de gerenciamento De desempenho de integram-se com outros Processos chaves de gerenciamento de desempenho Aqui vamos olhar rápidamente para alguns Desses processos, onde, por sua vez cabe explorar a necessidade de alinhamento
  25. 25. Planejamento Financeiro, Consolidação e Orçamento Ao integrar o seu orçamento e planejamento Financeiro com os seus objectivos e prioridades as empresas vão garantir que seus recursos financeiros serão gastos com as coisas que realmente mais importam Algumas das principais organizações são capazes de atualizar seus orçamentos e previsões em Tempo real, com base em um fluxo contínuo de ambos os dados, financeiros e não financeiros
  26. 26. Projeto e Programa de Gestão Projetos e programas de gestão precisam estar alinhados com os objetivos corporativos e suas prioridades, a fim de garantir que os esforços estarão focados naquilo mais importa As atividades (projetos e programas) precisam ser priorizados com base nas necessidades estratégicas e, portanto, tem que estar alinhados com o quadro de desempenho estratégico de uma organização
  27. 27. Desempenho das Pessoas, Recompensas e Reconhecimento Para a maioria das organizações o seu público, as pessoas, são seus ativos mais valiosos e mais caros São as pessoas que entregam os projetos e implementam os planos estratégicos Ao alinhar os orçamentos e projetos com o quadro estratégico desempenho já deram grandes passos no sentido do necessário alinhamento
  28. 28. O alinhamento dos SISTEMAS de RECOMPENSA e RECONHECIMENTO Ao alinhar os sistemas de recompensa e reconhecimento, bem como os processos de gestão de desempenho pessoal com o quadro de desempenho pode-se criar uma forte integração entre o que mais importa e aquilo que as pessoas percebem como importante
  29. 29. Gestão de Riscos A gestão do risco é muitas vezes estritamente focada em riscos financeiros ou apenas nos riscos de desastres em edifícios e infra-estrutura Embora estes sejam importantes, eles não são suficientes. O quadro de desempenho identifica os principais fatores (impulsores) de desempenho futuro
  30. 30. Um dos fatores-chave para o sucesso empresarial é a capacidade de gestão em gerir eficazmente o desempenho de indivíduos e equipes O gerenciamento do desempenho está focado na distância entre a posição que o nosso pessoal se encontra agora e aquela em que a Organização quer que eles estejam num proximo momento!
  31. 31. Por Exemplo: o pessoal com as competências certas, a reputação corporativa ou parcerias-chave e, por isso, a importância de avaliar e monitorar os riscos em relação a todos os seus impulsores de desempenho, a fim de alcançar o alinhamento entre o gerenciamento de riscos e o que mais importa para o desempenho futuro
  32. 32. Os cinco fatores (impulsores) mais importantes a destacar: a) Definir as normas e acordar objetivos, metas e expectativas b) Gerenciar a qualidade do trabalho c) Medir e monitorar regularmente o trabalho d) Desenvolver as capacidades pessoais através de coaching, mentoring e treinamento e) Selecionar adequadamente as ferramentas, técnicas e recursos para alcançar oos objetivos acima
  33. 33. Relatório de desempenho, Quadro de Pontuação e Resultados Informações relevantes de desempenho é crucial não só para uma melhor tomada de decisão e melhoria de desempenho, mas também é um requisito para a maioria das organizações para demonstrar às partes externas interessadas e às agências regulador que tem alcançado os níveis desempenho desejados e que têm cumprido com as normas e regulamentos
  34. 34. Gestão de Desempenho de Vendas ou Soluções Integradas SPM permitem que as organizações de usem qualquer um dos seus dados para produzir e entregar relatórios, quadros (gráficos) de pontuação e resultados para seus stakeholders – público interno ou externo
  35. 35. Business Intelligence e integração analítica completa Ao alinhar e integrar os processos acima com quadro de desempenho as organizações criam um conjunto inestimável de dados que podem ser usados​​, de forma integrada, para informar ao tomador de decisão Por exemplo, a informação sobre condução da análise de valor, gestão de relacionamento com clientes, previsão financeira, e os registros de risco podem ser usadas para desafiar, testar e rever as estratégias corporativas
  36. 36. TECNOLOGIA DE GESTÃO DE DESEMPENHO O nível máximo de integração entre a gestão de desempenho e outros processos -chave de gerenciamento só pode ser alcançado com o apoio da tecnologia da informação (TI) Gestão de Desempenho Corporativo ou Corporate Performance Management (CPM) ou Gestão de Desempenho Empresarial ou Enterprise Performance Management (EPM), são pacotes de software desenhados para criar uma abordagem sistêmica e integrada que liga a estratégia corporativa aos processos e atividades do núcleo gerencial Sistemas de software altamente desenvolvidos para apoiar as atividades estratégicas de gestão de desempenho para: a) Integrando todos os dados conjuntos em um único banco de dados b) fornecendo dados analíticos integrados para o desenvolvimento da Inteligência Empresarial c) integração de aplicativos para criar uma abordagem fortemente alinhada e integrada da gestão empresarial (Ver a figura no slide anterior)
  37. 37. Bibliografia e Fonte de consulta Key Performance Indicators (KPI): The 75 measures every manager needs to know (Financial Times Series) - by Bernard Marr (Jun 24, 2012) The Intelligent Company: Five Steps to Success with Evidence- Based Management - by Bernard Marr (Apr 5, 2010) Strategic Performance Management - by Bernard Marr and Dina Gray (Apr 20, 2006) The Advanced Performance Institute (API) at http://www.ap-institute.com/Performance%20Management.html

×