Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Panorama ConteúDo Betel 2° Tr 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Panorama ConteúDo Betel 2° Tr 2010

  • 1,400 views
Published

palestra: Igreja, Família e Sociedade …

palestra: Igreja, Família e Sociedade
Conteúdo do 2º Tr da Revista Betel
Lições Bíblicas Betel

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,400
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
13
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Nosso Tema
    • Comentaristas: Pr Lourival, Pr Luiz Gonzaga , PrEdimar, Pr Gilmar, Ev Reginaldo Cruz
    • 2. Características do conteúdo: Ético, eclesiológico e doutrinário
    • 3. Período: Maio a Junho (13 lições)
    • 4. Ênfase educativa: ética e espiritualidade
    • 5. Objetivo do trimestre: Conscientizar a Igreja sobre os valores Cristãos fundamentais para o enfrentamento dos problemas produzidos pelas transformações sociais e culturais no seio da Família e da Igreja.
  • Nosso conteúdo é...
  • 6. O texto áureo de todo este trimestre será...
    “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam... Herança do SENHOR são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão. Feliz o homem que enche deles a sua aljava...” (Salmos 127:1a, 3, 5a).
  • 7. 4
    Falando sobre Família 1º Cenário Antiguidade
     
    Modelo Bíblico
    A configuração de família no seu surgimento está atrelada ao casamento monogâmico, heterossexual, ao modelo patriarcal e a propriedade privada.
  • 8. 5
    FAMÍLIA HOJE
     
     
    DIVERSIDADE ESTRUTURAL MAIS COMUM
     
    • FAMÍLIAS TRADICIONAIS
    • 9. FAMÍLIAS MONOPARENTAIS
    • 10. FAMÍLIAS RECASADAS
    • 11. FAMÍLIAS AMPLIADAS
    • 12. FAMÍLIAS NÃO CONVENCIONAIS
  • 6
    PARA A SOCIEDADE COMTEMPORÂNEA NÃO EXISTE UMA FAMÍLIA IDEAL (PARA OS CRISTÃOS O MODELO É O BÍBLICO)OU UM MODELO PRÉ-DETERMINADO DE FAMÍLIA, EXISTEM FAMÍLIAS REAIS.
    INDEPENDENTE DE SUA CONFIGURAÇÃO, A FAMÍLIA CONTINUA SENDO A INSTITUIÇÃO SOCIAL RESPONSÁVEL PELOS CUIDADOS, PROTEÇÃO, AFETO E EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS PEQUENAS, OU SEJA, É O PRIMEIRO E IMPORTANTE CANAL DE INICIAÇÃO DOS AFETOS, DA SOCIALIZAÇÃO, DAS RELAÇÕES DE APRENDIZAGEM.
    A IGREJA PRECISA LUTAR PELO MODELO BÍBLICO
  • 13. Família, Igreja e Sociedade...
    No chamado missionário de Israel temos o pressuposto Bíblico sobre a responsabilidade Educativa do Povo de Deus (Israel/Igreja) para formação social, a partir da Família, na perspectiva de uma ecologia e economia Divina
  • 14. Responsabilidade Educativa do Povo de Deus
    Com 600.000 famílias recém saídas da idolatria do Egito (sociedade pagã condenada pelo pecado)
    Israel(Igreja) recebe a incumbência de educar famílias para formação de uma nova sociedade
    “Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantarte.Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos” (Deuteronômio 6:6-8).
  • 15. Responsabilidade Bíblica da Família
    A família enquanto célula mater da sociedade tem uma grande responsabilidade, a saber:
    Ser um Reino de Amor (A família é uma ecologia Divina/ Ambiênte saudável)
    Ser um ambiente de serviço comunitário (dinâmica de relacionamentos) no latim família= famulus.
    Educar os filhos para perpetuação da Família
    ( Neste sentido a Igreja é solidária e auxiliadora pra o cumprimento da missão educadora da Família).
  • 16. 10
    FUNÇÕES DA FAMÍLIA
     
  • O desafio sempre foi enorme no AT, no NT e em nossos dias
  • 22. 12
    Fenômenos sociais que afetaram a Família a Igreja e a Sociedade
     
    Século XIV A RENASCENÇA
    Século XV e XVI A REFORMA
    Século XVII REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
    Século XVIII O ILUMINISMO
    Século XIX O CAPITALISMO
    Século XX MOVIMENTOS CULTURAIS
    Século XXI REVOLUÇÃO TÉCNICO CIENTÍFICA (cibercultura)
  • 23. AO QUE TUDO INDICA ESTAMOS CAMINHANDO PARA UMA DITAURA ANTI-CRISTÃVEJAMO 1JO 2.18
  • 24. 14
    FAMÍLIA
     
    A FAMÍLIA, BASE DA SOCIEDADE TEM ESPECIAL PROTEÇÃO DO ESTADO.
    (C.F capítulo VII, Art,226. 1988)
  • 25. O Estado ainda reconhece legalmente o valor da Família
    Porém com os novos rumos da sociedade (Uma nova ética, uma nova Identidade), logo chegaremos a uma nova legalidade
  • 26. CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES NA RELAÇÃO FAMÍLIA, IGREJA E SOCIEDADE
    • O PECADO NÃO É UM ATO ISOLADO; ELE POSSUI UMA SIGNIFICAÇÃO CÓSMICA, O QUE AFETA A DIMENSÃO SOCIAL
    • 27. PORTANTO PARA O CRISTÃO A LEI DE DEUS É A LEI MAIOR (ATOS 4.19);
    • 28. EXISTE UM ESPÍRITO ANTICRISTÃO QUE IMPERA NO MUNDO (1Jo 2.18)
    • 29. DIANTE DA REALIDADE DO MUNDO A IGREJA É CHAMADA A VIVER A DIMENSÃO PROFÉTICA DA FÉ (DENUNCIA E PRONUNCIA;
  • A IGREJA E SUA MISSÃO
    Auxiliadora na missão educadora da Família.
    Interlocutora na missão de educar a sociedade (Consiste em dar testemunho e anunciar Jesus a partir da experiência do encontro pessoal com Ele... = promover o REINO DA VIDA =Santidade...)
    Promotora do Reino (sendo fiel ao seu cabeça, a sua natureza e a sua missão)
  • 30. IGREJA DISCÍPULA MISSIONÁRIA...
    AÇÃO PASTORAL / EVANGELIZADORA/ MISSIONÁRIA
    Testemunho
    de
    Comunhão
    Serviço
    Diálogo
    Anúncio
    PRÁTICA DE JESUS
  • 31. PISTAS DE AÇÃO PARA A MISSÃO DA IGREJA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA
    DIMENSÕES CONSTITUTIVAS DA EVANGELIZAÇÃO:
    Serviço, Diálogo, anúncio, Testemunho de Comunhão
    1 – PROMOVER A DIGNIDADE DA PESSOA
    1.1 DESAFIO: A construção da identidade pessoal e da liberdade autêntica numa sociedade consumista.
    1.2  A FÉ CRISTÃ: A dignidade absoluta da pessoa – “Filhos de Deus, nós o somos “ (1Jo 3,2,)
  • 32. 1 – PROMOVER A DIGNIDADE DA PESSOA
    PISTAS DE AÇÃO:
    • Pessoa, testemunho, busca, acolhimento e acompanhamento;
    • 33. A pessoa e as diversas situações de vida;
    • 34. A pessoa e a família
    • 35. A pessoa, o trabalho e a moradia
    • 36. A pessoa, a pobreza, a exclusão e as ameaças à vida
    • 37. A pessoa, a oração e a celebração
  • PISTAS DE AÇÃO PARA A MISSÃO EVANGELIZADORA
    DIMENSÕES CONSTITUTIVAS DA EVANGELIZAÇÃO:
    Serviço, Diálogo, anúncio, Testemunho de Comunhão
    2 – RENOVAR O ESTILO COMUNITÁRIO
    1.1 DESAFIO: A fragmentação da vida e a busca de relações mais humanas
    1.2  A FÉ CRISTÃ: “Onde dois ou mais estiverem reunidos, eu estarei no meio deles (Mt 18,20)
  • 38. 2 – RENOVA R A COMUNIDADE
    Pistas de ação:
    • Diálogo dentro das comunidades
    • 39. Comunidades, dons, serviços e ministérios
    • 40. Comunhão (Koinonia)
    • 41. Diálogo interdenominacional.
    • 42. Comunidade essencialmente missionária
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    • Realidade brasileira: Luzes e sombras – é preciso discernir os “SINAIS DOS TEMPOS” à luz do Espírito Santo;
    • 43. Transformações profundas(ciência x tecnologia) – alcance global – afetam todas as dimensões da vida...
    • 44. A análise da realidade parte do contexto do discipulado e da missionariedade da Igreja.
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    1. SITUAÇÃO SOCIOCULTURAL
    • Fragmentação dos valores = fragmentação da vida (frustrações, ansiedades, angústias...)
    • 45. Os MCS como principais interlocutores na “destruição” dos valores e culturas...
    • 46. Globalização x incertezas, riscos...
    • 47. Individualismo x consumismo = felicidade imediata – cultura de morte
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    1. SITUAÇÃO SOCIOCULTURAL
    • O perigo da massificação – fragilidade da família (jornada de trabalho, influência da TV e da internet...)
    • 48. O olhar de fé e de esperança mostram também aspectos positivos da mudança cultural: O valor fundamental da pessoa, da liberdade... Busca do sentido da vida...
    • 49. O Senhor caminha conosco na luta em favor da vida...
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    2. SITUAÇÃO ECONÔMICA
    • Globalização – concentração de poder e riqueza nas mãos de poucos x exclusão de muitos...;
    • 50. Os novos pobres: “explorados”, “supérfluos” e “descartáveis”;
    • 51. Desemprego estrutural;
    • 52. O grande capital subordina as economias locais;
    • 53. As populações rurais sofrem com a falta de terra e condições...
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    2. SITUAÇÃO ECONÔMICA
    • Alto índice de corrupção na economia, vinculado ao narcotráfico;
    • 54. A exploração sexual...
    • 55. Apesar da disparidade de renda, algumas melhorias: o desemprego vem caindo e o nº. de emprego formais crescendo – crescimento da economia...
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    3. SITUAÇÃO SOCIOPOLÍTICA
    • Enfraquecimento da política e das relações comunitárias;
    • 56. Crescimento da violência e banalização da vida;
    • 57. Manipulação de embriões, a difusão do aborto, o desamparo às crianças e idosos...
    • 58. Falência do sistema penal e da saúde...
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    4. SITUAÇÃO ECOLÓGICA
    • A devastação da Amazônia
    • 59. A agressão à dignidade e cultura indígenas
    • 60. Apropriação indébita dos recursos naturais
    • 61. A agressão à natureza – aquecimento global
    • 62. O favorecimento a um modelo que privilegia o capital-consumista e prioriza o agronegócio.
  • CAPÍTULO 1 (VER)
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    5. SITUAÇÃO RELIGIOSA
    • Mentalidade individualista no campo religioso;
    • 63. Tendência à construção de uma “religião própria” de acordo com as convicções individuais e os SEM Religião
    • 64. Crescimento das práticas esotéricas...
    • 65. Crescimento da teologia da prosperidade
    • 66. “Religiões midiáticas”
  • SOCIEDADE
    A REALIDADE QUE NOS INTERPELA
    5. SITUAÇÃO RELIGIOSA
    • O secularismo e o relativismo
    • 67. O crescimento das seitas evangélicas
    • 68. O proselitismo destas seitas...
    • 69. A busca de Deus...
    • 70. O grande número de católicos envolvidos nas pastorais, grupos, movimentos, CEBs...
    • 71. Ainda há um Clero escasso...
    • 72. Aparecida nos conclama a uma verdadeira conversão pastoral...
  • DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS NUMA IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO
    • Igreja não é o Reino, a Igreja é promotora do Reino
    • 73. Igreja = Comunidade missionária = vocação à comunhão(Trindade = Fundamento)
    • 74. Igreja = Comunidade de Amor – seguidora de Cristo e servidora da humanidade...
    • 75. Igreja: Comunhão x Missão...
    • 76. Palavra e Comunhãonutrem a Igreja = Casa e Escola de comunhão
  • A VITALIDADE DO CASAMENTO, DA FAMÍLIA E DA IGREJA TEM COMO CONSEQUENCIA A RESTAURAÇÃO DA SOCIEDADE E ELA DEPENDE, FUNDAMENTALMENTE DA NOSSA COMUNHÃO COM O SEHOR
    Visite o blog da nossa EBD
    www.adcgnaebd.blogspot.com