Your SlideShare is downloading. ×
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Think 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Think 2010

561

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
561
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Proposta de Ciclo de Workshops | Formação Interna Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar
  • 2. Introdução «É elementar que o artista não cria a realidade; vai buscar os materiais que se lhe oferecem, que lhe são comuns com os outros homens; na escolha deles residem o seu primeiro trabalho e a sua primeira prova; em seguida — e aqui temos a sua tarefa mais alta — tece um certo número de relações entre esses elementos; quanto mais amplas elas forem, de mais universal carácter e valor, tanto mais elevado será o poema; mas, até nos casos mais simples, surge com a obra um mundo novo, um mundo que não existia com tal arquitectura, com tal ordem.» Agostinho da Silva | Desenhar um Ciclo de Workshops para uma escola pública portuguesa representa um desafio que nasce de uma ideia simples. A ideia de pensar diferente a função e os objectivos do que pode e deve ser uma actividade formativa dirigida para os docentes. De facto, esta é uma actividade integrada numa perspectiva de mudança que deseja ser um momento de reflexão sobre a importância da dinamização interna de actividades formativas de e para os docentes numa visão contínua e continuada de oferta de soluções para partilha, colaboração e aprendizagem em conjunto. Nasceu desta visão o projecto deste Ciclo de Workshops com o título de Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar, desenhado tendo como base uma estratégia de formação interna, aberta à comunidade escolar e local (outras escolas e outras organizações locais) que tem como ponto de partida a diferença das ofertas para Workshops, a qualidade e reconhecimento profissional e cultural dos formadores e a inovação na forma e conteúdo das sessões a realizar. Contexto | A existência de um plano de formação formal, no contexto da formação contínua de professores já prevista para a escola, originou a ideia de criar um momento de aprendizagem transversal que assenta a sua prática num processo de reforço da componente não-formal e informal do processo deformação. Assim, apresentamos o Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar. Concentrado no tempo máximo de uma semana e com sessões (workshops) com a duração máxima de 2 ou 3 horas cada, organizado por temas distintos, diversos e inovadores o Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar. Esta semana ou Ciclo de Workshops tem como objectivo proporcionar a troca de ideias, projectos, reflexões conjuntas, dinamização de momentos informais para partilha de práticas e, acima de tudo ser um momento de comunicação interna e externa, promovendo um conhecimento de projectos desenvolvidos ou em desenvolvimento, orientados por peritos e/ou especialistas, assim como, promover uma articulação transversal com vários agentes da comunidade escolar e local. | A organização do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar deseja ser uma oferta de formação complementar ao plano de formação que será realizado, assim como, um momento de abertura e de mudança na visão, prática e operacionalização do que hoje é e poderá ser no futuro uma visão integrada da formação como instrumento fundamental para a melhoria, partilha e colaboração na comunidade escolar e na representação do que a escola faz numa articulação aberta aos diferentes agentes locais. | Para um resultado global mais conseguido, temos que ter em conta que este plano envolverá outros agentes que não só a escola como promotor. Falamos da Câmara Municipal, meios de comunicação social, organizações sociais, outras escolas e agentes educativos (Associação de pais, etc…). 2
  • 3. Objectivos | A realização do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar tem como lógica fundamental ser um momento de excelência o que diz respeito à criação de ambientes e oportunidades de partilha informal de práticas, projectos e ideias. Assim, consideramos objectivos gerais os seguintes: • Desenvolver um momento de formação, assente numa lógica de aprendizagem informal, com base em áreas transversais dirigido a docentes; • Promover um ciclo de workshops, assente na partilha de ideias, práticas e reflexões, coordenado por formadores de mérito, reconhecimento e excelência e aberto à comunidade escolar e local. • Fomentar uma visão de colaboração e reforço da valorização profissional dos docentes e da comunidade escolar no contexto local e na envolvência com elementos externos numa interacção partilhada a médio e longo prazo. • Operacionalizar um conjunto de 6 workshops em áreas transversais (certificáveis) que consubstanciem o Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar. Destacamos a ideia que este Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar tem como elementos participantes todos os docentes, do pré-escolar ao ensino básico e secundário, assim como, outros participantes externos que desejem participar. Workshops | O Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar será o resultado de 6 Workshops temáticos enquadrados por uma sessão de abertura e um momento de balanço final. Sobre o plano de trabalho e a organização falaremos no ponto seguinte. Aqui apresentamos os temas, os formadores a convidar e o objectivo fundamental do Workshop no contexto do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar. 1 Workshop | Estética Fotográfica Resumo: Workshop centrado na criação de hábitos de reflexão e crítica e enriquecimento das perspectivas criativas do fotógrafo. Sessão teórica e prática. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento centrado no trabalho fotográfico, orientado por um formador de reconhecida excelência, para criar uma exposição sobre “olhares sobre a escola e os espaços”. 2 Workshop | Animação e Educação pela Arte Resumo: Workshop centrado na reflexão e aprendizagem de práticas de Educação e Formação pela Arte, assim como, de novas formas e visões de educação para a cultura. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de formação prática fundamentada nas experiências da educação pela arte e novas formas de animação em contexto educativo. 3
  • 4. 3 Workshop | Escrita Criativa e a Imaginação do Autor Resumo: Workshop centrado nas técnicas e conversa com autores consagrados da literatura portuguesa com vista à partilha de práticas para a escrita criativa e gestão da imaginação literária. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de formação centrada na partilha de reflexões conjuntas com autores para a dinamização de competências de escrita criativa. em simultâneo… Workshop | Contadores de Histórias e Memórias do Passado Resumo: Workshop centrado nas técnicas contar e recontar histórias. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de formação centrada no domínio das técnicas e preservação das histórias populares portuguesas. em simultâneo… Workshop | Despertar para a Leitura e o encantamento das Histórias Resumo: Workshop centrado na dinamização de formas e partilhas de práticas para o incentivo à leitura para alunos do pré-escolar e primeiro ciclo. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de troca de experiências, projectos e reflexão conjunta sobre formas e estratégias de motivação para a aprendizagem para a leitura. 4 Workshop | Cozinha Criativa e a Arte de Criar Resumo: Workshop dinamizado para promover uma actividade de criação em cozinha, centrado num trabalho informal de aprendizagem de pratos simples mas originais. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de formação centrada na vertente informal de partilha e aprendizagem de criação e decoração de pratos da cozinha portuguesa. 4
  • 5. … em simultâneo Workshop | Mundos Virtuais 3D – Tecnologia e Educação Resumo: Workshop dinamizado com o objectivo de dar a conhecer e experimentar a utilização dos ambientes virtuais 3D em Educação. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de formação com vista à promoção do conhecimento sobre a utilização dos ambientes virtuais 3D (Second Life) no contexto da educação. Partilha de projectos e práticas. 5 Workshop | Aprender/Ensinar Outdoor Resumo: Workshop dinamizado em torno de um conjunto de actividades “radicais” com vista promover uma estratégia de Team Bulding em contexto. Formador/a a convidar: Objectivo: Realizar um momento de Team Building, orientada para o reforço da coesão de grupo e aprendizagem em conjunto. 6∗ Workshop | (Re)Pensar a Escola Resumo: Sessão final de reflexão e balanço do Ciclo de Workshops que deseja ser um ponto de partida para problematizar a educação e o papel da escola no Século XIX. Formador/a a convidar: Objectivo: Reforçar um momento formal de reflexão conjunto sobre o papel da escola, desafios de futuro e visões partilhadas no contexto da comunidade escolar e local. Plano de Trabalho e Organização | O Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar decorrerá no período de uma semana. Propõe-se que esta semana decorra no 3.º Período lectivo devido a alguns workshops terem lugar em outdoor, de forma a assegurar (previsivelmente) melhores condições climatéricas, assim como, dilatar o prazo de preparação e organização necessário para um trabalho de qualidade. | O Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar decorrerá assim, de segunda-feira a sexta-feira. O horário será, preferencialmente, pós-laboral (17.00 horas/19.00 horas) podendo alguns decorrer em horários diferentes (tarde ou noite) de forma a assegurar a presença dos formadores indicados. De considerar que o workshop Aprender/Ensinar Outdoor poderá ser rentabilizado incluindo uma sessão para alunos e no decurso mais alargado de tempo, assim como a sessão final decorrer num período de tempo integrado na especificidade da mesma.  Sessão final, no modelo de conferência/debate. 5
  • 6. | As incrições serão livres e voluntárias. Deverão ser realizadas on-line no site do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar que se encontrará alojado no endereço: http://think2010aear.blogspot.com/. Poderão participar todos os professores associados ao agrupamento de escolas, assim como elementos da comunidade local, outras escolas e participantes individuais consoante a disponibilidade de vagas. | Cada workshop terá o máximo de 20 participantes com excepção das actividades abertas outdoor e da sessão final. | O Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar terá uma comissão de coordenação e organização a definir após aprovação. | O Ciclo de Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar terá um custo de inscrição global diferenciado entre docentes do agrupamento de escolas e outros elementos, valor esse que assegurará a cada participante o direito de participação, documentação e informação. O valor de inscrição será definido de forma a assegurar os custos associados e será diferenciado da participação em todos os workshops ou inscrição em pacotes de workshops, assim como, participação única. | Será solicitado ao Conselho Científico e Pedagógico da Formação Contínua a creditação do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar no âmbito do sistema de créditos para a formação contínua de professores. | Serão mobilizados todos os esforços para a dinamização de apoios financeiros, patrocínios e outras formas de redução dos custos associados à realização desta actividade por forma a garantir a sua realização. | Os workshops do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar serão realizados no espaço da escola (ou espaços apropriados para o efeito), assim como, no Auditório Municipal, sempre que julgado necessário, sendo para tal necessário assegurar o apoio da Câmara Municipal. | Serão emitidos certificados de presença e de conclusão dos workshops como o legalmente previsto. | O Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar destina-se a docentes, não docentes, elementos da comunidade local e participantes com interesse no ensino e educação em Portugal. Avaliação | Embora o Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar seja um momento de partilha de praticas, ideias e projectos a verdade é que terá, associado a cada workshop um processo de avaliação no âmbito da participação e dos resultados. Esta avaliação será dada pelo formador, numa escala de 0 a 10, integrando as componentes de partilha, reflexão, aprendizagem e valorização pessoal e profissional. Esta componente avaliativa assegura a possibilidade de creditação final. Caso o docente/participante não deseje ver aplicada esta componente poderá indicar na ficha de inscrição e não será tida em conta. 6
  • 7. Conclusão «Um dos preconceitos mais conhecidos e mais espalhados consiste em crer que cada homem possui como sua propriedade certas qualidades definidas, que há homens bons ou maus, inteligentes ou estúpidos, enérgicos ou apáticos, e assim por diante. Os homens não são feitos assim. Podemos dizer que determinado homem se mostra mais frequentemente bom do que mau, mais frequentemente inteligente do que estúpido, mais frequentemente enérgico do que apático, ou inversamente; mas seria falso afirmar de um homem que é bom ou inteligente, e de outro que é mau ou estúpido. No entanto, é assim que os julgamos. Pois isso é falso. Os homens parecem-se com os rios: todos são feitos dos mesmos elementos, mas ora são estreitos, ora rápidos, ora largos, ora plácidos, claros ou frios, turvos ou tépidos.» Leon Tolstoi | A realização do Ciclo de Workshops Think | 2010 - Pensar | Fazer | Mudar é um desafio local. Precisa para o efeito das sinergias de muitos. Da vontade de todos. E do sonho de todos aqueles que desejarem acompanhar esta aventura e ser promotor da mudança, inovação e excelência da escola pública. Esperemos que esta aventura comece aqui… 7
  • 8. 8
  • 9. 9

×