Your SlideShare is downloading. ×
0
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Gestao 2.0 Km Sul & PUC PR

1,190

Published on

Apresentacao sobre Gestao 2.0 discutindo em particular novas abordagens para o uso da Web 2.0 no contexto corporativo

Apresentacao sobre Gestao 2.0 discutindo em particular novas abordagens para o uso da Web 2.0 no contexto corporativo

Published in: Business, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,190
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
61
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Dr. Jose Claudio C. Terra TerraForum Consultores KM SUL & PUC-PR 4 dez 2009
  • 2. Jovens internautas no Brasil Hábitos dos jovens na Internet Pesquisa com 855 internautas no Brasil – Outubro de 2008 – Ong Safernet Dado Redes de 80% relacionamento Comunicadores 72% instantâneos Horas conectados 47% ficam mais de 4 horas por dia Amigos virtuais 79% possuem (37% - mais de 20) Vida sem internet 22% ficaria perdio 2.000 páginas por O que a internet é? 26% - meu principal meio de diversão mês
  • 3.  90 mil lan houses no país •100 na Rocinha, • 30 na Cidade de Deus •150 nas favelas da Maré  2,6 mil livrarias,  2,3 mil salas de cinema Fonte: FGV
  • 4. Dados da internet - Comportamento Dado Fonte Domínios visitados por 54 Datafolha – Dez/2008 internauta 53% já incluiram algum conteúdo na web Outras 26% já publicaram Ibope NetRatings – Dez/2008 informações opiniões 20% já reclamaram de empresas Tempo médio de navegação por pessoa – 22:50h 3º lugar no mundo – atrás da França e Alemanha Fonte – Nielsen Net Ratings - Dezembro/2008
  • 5. Slid
  • 6. Slid
  • 7. E como tudo isto se aplica no mundo corporativo?
  • 8. Onde estou pisando
  • 9. Marketing 2.0: os “Novos 5 Ps” Pesquisa Pós-venda Participação Posicionamento Promoção © TerraForum Consultores
  • 10. Pesquisa Maníacos por design de interiores Nível de influência dos usuários Divulgando Criação experiências Testes beta em conjunta para apoiar a tempo real compra Um novo paradigma para Ouvindo antes os grupos de falar focais Concepção Lançamento Experiência de uso Estágio do produto © TerraForum Consultores
  • 11. Pesquisa Maníacos por design de interiores Nível de influência dos usuários Divulgando Criação experiências Testes beta em conjunta para apoiar a tempo real compra Um novo paradigma para Ouvindo antes os grupos de falar focais Concepção Lançamento Experiência de uso Estágio do produto © TerraForum Consultores
  • 12. Pesquisa Maníacos por design de interiores Nível de influência dos usuários Divulgando Criação experiências Testes beta em conjunta para apoiar a tempo real compra Um novo paradigma para Ouvindo antes os grupos de falar focais Concepção Lançamento Experiência de uso Estágio do produto © TerraForum Consultores
  • 13. Posicionamento O poder da mídia Usuários tomando social para o bem a iniciativa ou para o mal Nível de influência dos usuários Fornecendo a Sua voz na ferramenta Disseminando Compartilhando página inicial para o usuário engajamento histórias Estendendo o Energizando Revivendo uma Aplicando Formando envolvimento consumidores tecnologia em valores na pacientes com entusiastas prática extinção conscientes consumidores Produto Mercado Empresa Âmbito do posicionamento © TerraForum Consultores
  • 14. Posicionamento O poder da mídia Usuários tomando social para o bem a iniciativa ou para o mal Nível de influência dos usuários Fornecendo a Sua voz na ferramenta Disseminando Compartilhando página inicial para o usuário engajamento histórias Estendendo o Energizando Revivendo uma Aplicando Formando envolvimento consumidores tecnologia em valores na pacientes com entusiastas prática extinção conscientes consumidores Produto Mercado Empresa Âmbito do posicionamento © TerraForum Consultores
  • 15. Promoção Muito mais Campeões A Roda de Amigos Relacionamento do que 30 do Super Bowl Mais Redonda com segundos Nível de influência dos usuários Do Planeta responsabilidade Conexão emocional com consumidores Fazendo negócios Fazendo outros pelo Twitter virarem pó Engajando usuários ao redor da marca Criatividade para Marketing viral Online Online + Offline Mídia © TerraForum Consultores
  • 16. Promoção Muito mais Campeões A Roda de Amigos Relacionamento do que 30 do Super Bowl Mais Redonda com segundos Nível de influência dos usuários Do Planeta responsabilidade Conexão emocional com consumidores Fazendo negócios Fazendo outros pelo Twitter virarem pó Engajando usuários ao redor da marca Criatividade para Marketing viral Online Online + Offline Mídia © TerraForum Consultores
  • 17. Pós-venda Mediando Nível de influência dos usuários Dúvidas nos companhias, impostos? consumidores e colaboradores Reconquistando Ideias e suporte Atenção onde consumidores no mesmo o cliente estiver pela agilidade lugar Suporte Inputs para inovação Nível de interação com os consumidores © TerraForum Consultores
  • 18. Inovação 2.0
  • 19. Inovação Aberta: contexto O modelo de Inovação Aberta resulta em maior abertura e flexibilidade das empresas para buscar a utilização de redes de pesquisadores, parceiros, fornecedores e clientes como fonte de inovação. Como principais resultados do uso da Inovação Aberta:  Maior utilização de conhecimento e competências disponíveis fora da empresa;  Compartilhamento e diminuição dos riscos de desenvolvimento ;  Aceleração do time-to-market de produtos e serviços.
  • 20. Inovação Fechada x Inovação Aberta Esse novo modelo apresenta grandes diferenças se comparado ao modelo tradicional, de Inovação Fechada: InovaçãoFechada InovaçãoAberta Nem todos os talentos do setor trabalham para Devemos contratar os melhores talentos nós O P&D externo pode criar valor significativo. O Nós mesmos devemos descobrir, desenvolver P&D interno é necessário para capturar parte e vender desse valor Se descobrirmos antes, conseguiremos colocar Nós não precisamos originar a pesquisa para no mercado primeiro lucrar a partir dela Se nós criarmos as maiores e melhores idéias Se fizermos o melhor uso de idéias internas e em nosso setor, venceremos externas, venceremos Devemos controlar nossa propriedade Podemos lucrar com o uso de nossa intelectual a fim de que nossos concorrentes propriedade intelectual por parte de terceiros não lucrem com nossas idéias
  • 21. O Modelo de Inovação Aberta No modelo de inovação aberta, a empresa mantém estreito relacionamento com diferentes agentes externos ao longo do funil de inovação. Pesquisa Desenvolvimento Comercialização Desenvolvimento de Joint Ventures Uso de licenciamentos Empreendimento Spin-in Aquisições P&D INTERNO MERCADO Alienação Spin-off Licenciamento Serviços de P&D
  • 22. Benchmark Parques Tecnológicos
  • 23. Casos  Internacionais  Nacionais 37
  • 24. High Tech Campus Eindhoven, um exemplo do novo conceito de Parque Tecnológicos  Parque Tecnológico moderno;  Investimentos superiores a 500 milhões de euros;  Incubadora de pequenas empresas de base tecnológica;  O design do Parque estimula a colaboração;  Proximidade à Universidades.
  • 25. Um dos braços do High Tech Campus Eindhoven é o MiPlaza  Acesso aos laboratórios instrumentos e equipe técnica dos pesquisadores da Philips;  Conceito de “Research Hotel”;  Conceitos de “colaboração forçada”.
  • 26. Nokia Research Center  10 Nokia Research Centers pelo mundo ;  Nokia Lablets;  Financiamento europeu para atividades de P&D&I;  Parceiros em todas os processos de P&D&I;  Rede de parcerias envolve mais de 100 Universidades.
  • 27. Nokia Lablets  Trabalha com Universidades através dos Lablets;  Localizam-se perto de onde estão as competências ;  Conduzem atividades de incubação para startups;  Nokia financia 100% da pesquisa;  Oferece espaço físico, tecnologia para pesquisa e suporte técnico.;
  • 28. General Mills  Departamento para Parcerias Externas  Dois centros de pesquisa em Minneapolis  Possui um site onde parceiros podem gerar idéias e um grupo de observadores de novas idéias pelo mundo.  Parceiros por todo o processo de P&D&I  Geralmente compartilha a propriedade intelectual
  • 29. Nestlé  25 Centros de P&D&I pelo mundo e 1 Research Center  Colabora mais com universidades em estágio inicial  Mais de 140 colaborações com universidades, institutos de pesquisa e centros médicos.  Usa uma ferramenta chamada FastPack,em que conceitos são trabalhados rapidamente.  Estabeleceu joint venture com a L’Oréal, chamada Innéov
  • 30. British Telecom – Adastral Park  Laboratórios de pesquisa na China, Malásia, Abu Dhabi e em parceria com o MIT (BT Disruptive Lab)  Parceiros ao longo de todo o processo  Parcerias em P&D&I com 36 universidades  Algumas universidades mantém equipe de pesquisa no “university building”, no campus do Adastral Park
  • 31. Xerox – Palo Alto Research Center  Xerox possui 4 Research Centers pelo mundo;  Criou o PARC em 1970;  Explora novas idéias;  Possui uma incubadora;  Faz parcerias com membros da cadeia de valor;  Busca, a partir da pesquisa, desenvolver novos negócios e licenciar novas tecnologias.
  • 32. Telefonica  Possui mais de 1000 parceiros em 42 países;  Colabora com 150 universidades;  Mais de 1000 pesquisadores são de fora da empresa;  Busca parcerias em serviços que não pretende desenvolver competências;  Propriedade Intelectual pode ser compartilhada;  Usa parceiros em todos processos, mas foca em pesquisa aplicada;  Centros de pesquisa localizados onde estão as competências demandadas.
  • 33. Casos  Internacionais  Nacionais 47
  • 34. Natura  Possui vários parceiros para colaboração externa (universidades, centros de pesquisa, empresas, laboratórios e fundações de apoio à inovação)  Desenvolve 50% das tecnologias externamente.  Parceiros fazem usam infra- estrutura e laboratórios da Natura.  Parceiros atuam fortemente na fase de geração de ideias  Capta ideias pela internet.
  • 35. Embraco  Trabalha há 27 anos com parcerias;  Desenvolve nos parceiros nacionais competências que eles não possuem;  Laboratórios internos e externos à empresa;  Possui globalmente uma rede de 600 pesquisadores, sendo 40% dos funcionários advindos de suas parcerias,
  • 36. Contexto do estudo de Benchmark  A TerraForum conduziu uma pesquisa nacional e internacional sobre arranjos de inovação tecnológica, com o objetivo de avaliar como as empresas estruturam as atividades de inovação aberta.  Para tanto, foi utilizado o Modelo das 4 dimensões, desenvolvido pela TerraForum, que contempla os quatro pilares para a gestão de arranjos de inovação tecnológica.
  • 37. O Modelo de Maturidade  O resultado desse estudo mostrou as diferentes práticas adotadas por empresas no que tange à Inovação Aberta ao redor do mundo.  Desta forma, a TerraForum desenvolveu o Modelo de Maturidade de Inovação Aberta, que é composto de quatro grandes níveis. A análise do modelo mostra que as empresas brasileiras estão concentradas nos níveis “Iniciantes” e “Exploradores”. As empresas dos EUA e Europa concentram-se nos níveis “Exploradores” e “Avançados”.
  • 38. Inovação 2.0: um novo conceito  Para suportar os processos da Inovação Aberta, um novo conceito tem sido explorado: a Inovação 2.0.  A inovação 2.0 se utiliza da Web 2.0 para:  Observar discussões, opiniões e interesses de grupos de consumidores.  Entender tendências tecnológicas por acesso a grupos de discussão com participantes de comunidades científicas espalhados pelo mundo.  Receber ideias de qualquer pessoa no mundo.  Realizar desenvolvimento de projetos com parceiros à distância antes dificilmente acessíveis.  Colaborar e discutir com pessoas e organizações a respeito dos seus produtos e ideias.  Capacitar-se em tecnologias à distância.  Formar / prospectar parcerias em tecnologias específicas.  Comercializar tecnologias sem precisar estar fisicamente próximo.
  • 39. Modelo de Inovação 2.0 – TerraForum Inovação2.0 - © TerraForum Inteligência Comercialização Ideias e Insights P& D &I Testes ePilotos Competitiva e Scaling Up  Previsão  Ideias  Investimento  Opinião lead-users  Comercialização  Opiniões  Concursos  Co-desenvolvimento  Plantas pilotos de tecnologias  Tendências  Tecnologias  Soluções pontuais  Feedbackem  Marketing viral  Transferênciasde massa tecnologia Web 2.0 Centros de Clientes Universidades Parceiros Concorrentes Fornecedores Pesquisa 53
  • 40. Exemplos – Inovação 2.0 nas organizações 54
  • 41. Inteligência Competitiva Inteligência Competitiva para que? Trend Hunter Estar atento as novas tendências do mercado Site especializado em busca de novas permite definir estratégias que ofereçam vantagem tendências. competitiva. Desenvolver análises estratégicas, descobrir Usuários cadastram as tendências oportunidades e mapear riscos. Vídeos e newsletters de tendências mais interessantes; Compilação de relatórios anuais das tendências de maior impacto. Utilizado: por JW Thompson e MTV como inspiração para áreas de marketing; por CNN, The Financial Times, CBC para jornalistas encontrarem novidades. 26 mil usuários 43 mil tendências 8 milhões de visitas/ mês http://www.trendhunter.com 55
  • 42. Ideias e Insights De onde surgem os insights para inovação? Dell IdeaStorm Funcionários Acesso aberto a todos usuários para idéias, Benchmark críticas e sugestões à Dell. Cada usuário pode: Fornecedores Publicar idéias Pesquisadores Comentar idéias postadas Clientes Votar nas idéias para promovê-las ou rebaixá-las A navegação do site o torna mais eficiente, pois permite visualizar as idéias: por produto, por data mais recente por popularidade por número de comentários 12 mil idéias 347 idéias implementadas 84 mil comentários http://www.ideastorm.com 56
  • 43. P&D&I InnoCentive O que fazer quando a estrutura interna de Levando os problemas até a solução. P&D não está capacitada a solucionar um Empresas publicam seus problemas de forma anônima. Pesquisadores e universidades problema? buscam soluções em troca de prêmios de até infra-estrutura de universidades Utilizar US$ 1 milhão. Dessa forma, conseguem: Fazer parcerias com pesquisadores altamente qualificados Aumentar a rede de contatos Melhorar a qualidade e velocidade das soluções Reduzir os investimentos em P&D O site conta com : Desafios cadastrados Possibilidade de cadastrar idéias Espaços para discussões Grandes empresas como Basf, Syngenta e DuPont participam. 70 mil pesquisadores 50 universidades http://www.innocentive.com 57
  • 44. P&D&I RIPA - Rede de Inovação e Prospecção Tecnológica para o Agronegócio: Colaboração nos Agronegócios  A RIPA visa à criação de um ambiente colaborativo que maximize a canalização de conhecimento tácito e explícito das organizações.  É um portal com o objetivo de reconhecer, por meio de uma visão sistêmica, as principais oportunidades e ameaças do agronegócio.  Fornece ao usuário artigos e publicações, informações de cursos e eventos e um fórum de discussão.  Possui um espaço de divulgação de ofertas e demandas tecnológicas de inovação.
  • 45. Testes e Pilotos Testes e pilotos para que? Kraft first taste Reduzir os riscos de fracasso no lançamento Comunidade para discussão de produtos Permite o aperfeiçoamento dos produtos com o ainda não lançados. feedback dos próprios clientes A Kraft lançou uma comunidade para o público interessado em conhecer seus novos Avaliar as necessidades específicas do momento produtos. de lançamento . Na comunidade qualquer usuário pode: Dar feedbacks sobre os produtos Trocar opiniões sobre os produtos Conhecer outras pessoas Os usuários mais ativos são chamados para provar os novos produtos. Assim, a Kraft aperfeiçoa seus produtos, utilizando a experiência do consumo de seus próprios clientes e capturando as particularidades de cada consumidor. http://www.kraftfirsttaste.com 59
  • 46. Comercialização & Scaling up Yet2.com Quais os benefícios de comercializar as Propriedade Intelectual em Negociação tecnologias desenvolvidas ? Empresas compram e vendem licenças para o uso de tecnologias de patentes ou as patentes Buscar o retorno do investimento feito em si. Reduzir tempo de desenvolvimento e Dessa forma, as empresas conseguem: investimento necessário em P&D Lucrar com tecnologias desenvolvidas que não estão alinhadas com sua estratégia Inovar sem pesquisar ou desenvolver internamente novas tecnologias O site conta com : Espaço para disponibilizar e pesquisar novas tecnologias, Especialistas em avaliação, licenciamento e aquisição de tecnologias, Parceria com DuPont, P&G e Honeywell. Grandes empresas como Bayer, Microsoft, Panasonic, Philips, Rhodia, Samsung, Siemens e Sony participam. 90% empresas da Fortune 500 40% capacidade mundial de P&D http://www.yet2.com 60
  • 47. Conclusão Inovação 2.0  A mudança de paradigma das empresas para a Inovação Aberta tem trazido benefícios significativos para empresas que a utilizam de forma estruturada.  A Web 2.0, por sua vez, vem desempenhando um papel significativo neste novo contexto.  No Brasil, a Inovação Aberta ainda começa a se tornar um conceito aceito.  A Inovação Aberta potencializada pela Web 2.0 demonstra um grande potencial para aumentar o entendimento das oportunidades, diminuir os custos de desenvolvimento e aumentar a probabilidade de sucesso e aceitação pelos usuários finais. 61
  • 48. Considerações Finais
  • 49. Gestão 2.0 Estamos no limiar entre o simples e uma grande revolução na forma de governar:  Simples – Fácil de utilizar, baixo custo, implementáveis em questão de dias  Revolucionário – Atingir e engajar milhares e mesmo milhões de usuários e estimular de forma bastante natural o diálogo, a colaboração e a participação Participação  Inclusão digital Gestão do Conhecimento Trabalho em rede Inovação Gestão 2.0 Colaboração
  • 50.  Monitore o MUNDO !  Inove Participação no centro da  Experimente estratégia  Corrija rapidamente
  • 51. Jose Claudio Terra jcterra@terraforum.com.br 11-3088-6021 www.slideshare.net/jcterra http://twitter.com/terraforum www.terraforum.com.br www.terraforum.ca www.terraforum.com.br/inove www.terraforum.com.br/governo

×