Your SlideShare is downloading. ×
0
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Sistemas Gestores de Bases de Dados
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sistemas Gestores de Bases de Dados

5,658

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,658
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Sistemas Gestores de Bases de Dados (utilização do Microsoft ACCESS) João Carlos Sousa Centro Nónio FCUL
  • 2. Organização de uma Base de Dados: <ul><li>FICHEIRO: </li></ul><ul><ul><li>REGISTOS </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>CAMPOS </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>CARACTERES / BITS </li></ul></ul></ul></ul>xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxxx xxxxxxxxxx
  • 3. Vantagens da utilização: <ul><li>Velocidade </li></ul><ul><li>Quantidade </li></ul><ul><li>Versatilidade </li></ul><ul><li>Flexibilidade </li></ul>
  • 4. A criação duma base de dados implica: <ul><li>Desenho da base de dados (estruturas lógica e física) </li></ul><ul><li>Especificação das tabelas individuais e dos seus campos </li></ul><ul><li>Designação dos campos de índice e das chaves de ordenação </li></ul><ul><li>Estabelecimento dos relacionamentos entre tabelas </li></ul><ul><li>Criação de formulários de entrada de dados, de consultas e de relatórios </li></ul><ul><li>Entrada dos dados reais </li></ul>
  • 5. Pontos a considerar na criação de uma Base de Dados: <ul><li>Resolver o problema </li></ul><ul><li>Evitar a redundância de informação </li></ul><ul><li>Dar flexibilidade para futuras aplicações </li></ul><ul><li>Criar uma estrutura sóbria e elegante </li></ul><ul><li>Preparar documentação de apoio </li></ul>
  • 6. Etapas da utilização: <ul><li>Concepção da Base de Dados </li></ul><ul><li>Construção da Base de Dados </li></ul><ul><li>Utilização (consulta e preenchimento) da Base de Dados </li></ul>
  • 7. Objectos de uma Base de Dados Access (I): <ul><li>Tabelas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para armazenar a informação </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Consultas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para estabelecer relações entre tabelas e seleccionar informação para formulários e relatórios </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Formulários </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para entrada e visualização de dados a partir do ecrã </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Relatórios </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para impressão de listagens </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Páginas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para publicação na internet ou intranet </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Macros </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para automatizar tarefas repetitivas </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Módulos </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para armazenar funções e procedimentos programados </li></ul></ul></ul></ul>
  • 8. Objectos de uma Base de Dados Access (II): <ul><li>Tabelas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para armazenar a informação </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Consultas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para estabelecer relações entre tabelas e seleccionar informação para formulários e relatórios </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Formulários </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para entrada e visualização de dados a partir do ecrã </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Relatórios </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para impressão de listagens </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Páginas </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para publicação na internet ou intranet </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Macros </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para automatizar tarefas repetitivas </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Módulos </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>para armazenar funções e procedimentos programados </li></ul></ul></ul></ul>
  • 9. Tipos de dados dos campos de uma Tabela Access: <ul><li>Texto </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter texto até 255 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Memo </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter texto até 32000 caracteres, mas não é indexável </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Número </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter informação numérica em múltiplos formatos </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Data/hora </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter datas ou horas entre o ano 100 e 9999 </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Moeda </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter valores monetários </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Numeração Automática </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>campo de preenchimento automático, numérico e sequencial </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Sim/Não </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>campo lógico, não indexável </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Objecto OLE </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter elementos de outras aplicações </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>Hiperligação </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter hiperligações a documentos locais ou páginas web </li></ul></ul></ul></ul>
  • 10. Consultas do Access: <ul><li>Texto </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>pode conter texto até 255 caracteres </li></ul></ul></ul></ul>
  • 11. Construção de uma Base de Dados de uma Biblioteca (I) Livros Editores Leitores
  • 12. Construção de uma Base de Dados de uma Biblioteca (II) <ul><li>Desenhar as tabelas </li></ul><ul><li>Criar as tabelas com o Access </li></ul><ul><li>Criar os relacionamentos entre tabelas </li></ul><ul><li>Criar Formulários para consulta/alteração no ecrã </li></ul><ul><li>Criar um menú de navegação na Base de Dados </li></ul>
  • 13. Construção de uma Base de Dados de uma Biblioteca (III) <ul><ul><li>Tabela dos Livros : </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Nome do Livro texto 255 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Autor texto 60 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Local de Edição texto 50 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ano de edição texto 4 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Tipo texto 30 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Cota texto 10 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Código de Editora número </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Código de Leitor número </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Código do Livro (Numeração automática) </li></ul></ul></ul></ul>
  • 14. Construção de uma Base de Dados de uma Biblioteca (II) <ul><ul><li>Tabela dos Leitores </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Código de leitor Numeração automática </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Nome do Leitor Texto </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Data de requisição Data </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Morada Texto 255 caracteres </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Telefone Texto 9 caracteres </li></ul></ul></ul></ul>
  • 15. Construção de uma Base de Dados de um stand de usados (I) Viaturas: Código de viatura Preço Cor Ano de matrícula Código de marca Marca e Modelo: Código de marca Marca Modelo Cilindrada

×