Prefácios missal romano
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Prefácios missal romano

on

  • 911 views

 

Statistics

Views

Total Views
911
Views on SlideShare
911
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
31
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Prefácios missal romano Prefácios missal romano Document Transcript

  • PrefáciosMissal Romano
  • IndiceÍndicePREFÁCIO DO ADVENTO 1 7 As duas vindas de Cristo 7PREFÁCIO DO ADVENTO I/A 8 Cristo, Senhor e juiz da história 8PREFÁCIO DO ADVENTO II 9 A dupla expectativa de Cristo 9PREFÁCIO DO ADVENTO II/A 10 Maria, nova Eva 10PREFÁCIO DO NATAL I 11 Cristo, luz do mundo 11PREFÁCIO DO NATAL II 12 Na encarnação Cristo renova o universo 12PREFÁCIO DO NATAL III 13 A admirável permuta realizada na encarnação do Verbo 13PREFÁCIO DA EPIFANIA 14 Cristo, luz das nações 14PREFÁCIO DA QUARESMA I 15 Significado espiritual da Quaresma 15PREFÁCIO DA QUARESMA lI 16 A penitência espiritual 16PREFÁCIO DA QUARESMA III 17 Os frutos da penitência 17PREFÁCIO DA QUARESMA IV 18 Os frutos da penitência 18PREFÁCIO DA QUARESMA V 19 O caminho do êxodo no deserto quaresmal 19
  • PREFÁCIO DA QUARESMA VI 20 O sacramento da reconciliação no Espirito 20PREFÁCIO DA PAIXÃO I 21 O poder da cruz 21PREFÁCIO DA PAIXÃO II 22 O triunfo da Paixão 22PREFÁCIO PASCAL I 23 O mistério pascal 23PREFÁCIO PASCAL II 24 A vida nova em Cristo 24PREFÁCIO PASCAL III 25 Cristo vive eternamente e intercede por nós 25PREFÁCIO PASCAL IV 26 A renovação do universo pelo mistério Pascal 26PREFÁCIO PASCAL V 27 Cristo, sacerdote e vítima 27PREFÁCIO DA ASCENSÃO I 28 O mistério da Ascensão 28PREFÁCIO DA ASCENSÃO II 29 O mistério da Ascensão 29PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM I 30 O mistério pascal e o povo de Deus 30PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM II 31 O mistério da salvação 31PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM III 32 A salvação do homem pelo Filho do homem 32PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM IV 33 A história da salvação 33PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM V 34
  • A criação 34PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM VI 35 O penhor da Páscoa eterna 35PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM VII 36 A salvação pela obediência de Cristo 36PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM VIII 37A Igreja reunida à imagem da Santíssima Trindade 37PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM IX 38 A acção do Espírito Santo na igreja 38PREFÁCIO DOS DOMINGOS DO TEMPO COMUM X 39 O dia do Senhor 39PREFÁCIO DE NOSSA SENHORA I 40 A maternidade divina de Maria 40PREFÁCIO DE NOSSA SENHORA II 41 A Igreja louva o Senhor com as palavras de Maria 41PREFÁCIO DE NOSSA SENHORA III 42 Maria, imagem e mãe da Igreja 42PREFÁCIO DE NOSSA SENHORA IV 43 Maria, sinal de consolação e de esperança 43PREFÁCIO DE NOSSA SENHORA V 44 Maria, imagem da nova humanidade 44PREFÁCIO DOS ANJOS 45 A glória de Deus resplandece nos Anjos. 45PREFÁCIO DE SÁO JOSÉ, ESPOSO DA VIRGEM SANTA MARIA 46 A missão de São José 46PREFACIO DOS APÓSTOLOS I 46 Os Apóstolos, pastores do povo de Deus 47PREFÁCIO DOS APÓSTOLOS II 48 A Igreja, fundada sobre os Apóstolos e seu testemunho 48
  • PREFÁCIO DOS SANTOS I 49 A glória dos Santos 49PREFÁCIO DOS SANTOS II 50 O exemplo e a intercessão dos Santos 50PREFÁCIO DOS SANTOS MÁRTIRES 51 O sinal e o exemplo do martírio 51PREFÁCIO DOS SANTOS PASTORES DA IGREJA 52 A presença dos Santos Pastores na Igreja 52PREFÁCIO DAS SANTAS VIRGENS 53E DOS SANTOS RELIGIOSOS 53 O sinal da vida consagrada a Deus 53PREFÁCIO COMUM I 54 A restauração universal em Cristo 54PREFÁCIO COMUM II 55 A salvação por Cristo 55PREFÁCIO COMUM III 56 Louvor a Deus pela criação e redenção do homem 56PREFÁCIO COMUM IV 57 O louvor é um dom de Deus 57PREFÁCIO COMUM V 58 Proclamação do mistério de Cristo 58PREFÁCIO COMUM VI 59 O mistério da salvação em Cristo 59PREFÁCIO COMUM VII 60 Cristo, hóspede e peregrino no meio de nós 60PREFÁCIO COMUM VIII 61 Cristo, o bom samaritano 61PREFÁCIO COMUM IX 62 A glória de Deus é o homem vivo 62
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS I 63 A esperança da ressurreição em Cristo 63PREFÁCIO DOS DEFUNTOS II 64 Cristo morreu pela nossa vida 64PREFÁCIO DOS DEFUNTOS III 65 Cristo, salvação e vida 65PREFÁCIO DOS DEFUNTOS IV 66 Da vida terrena à vida celeste 66PREFÁCIO DOS DEFUNTOS V 67 A nossa ressurreição por meio da morte de Cristo 67
  • PREFÁCIO DO ÁDVENTO 1As duas vindas de CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparle por Cristo, nosso Senhor.Ele veio a primeira vez, na humildade da natureza humana,Realizar o eterno desígnio do vosso amore abrir-nos o caminho da salvação;de novo há-de vir, no esplendor da sua glória, para nos dar emplenitude os bens prometidos que, entretanto, vigilantes na fé,ousamos esperar.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DO ÁDVENTO I/ÁCristo, Senhor e juiz da históriaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Demos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Pai santo, Deus eterno e omnipotente, princípio e fim de todas ascoisas, é verdadeiramente nosso dever dar-Vos graças e cantar-Vos um hino de bênção e de louvor.Vós nos escondestes o dia e a hora, em que Jesus Cristo, vossoFilho, Senhor e juiz da história, aparecerá sobre as nuvens do céurevestido de poder e majestade.Nesse dia tremendo e glorioso, passará o mundo presentee aparecerão os novos céus e a nova terra.Agora Ele vem ao nosso encontro,em cada homem e em cada tempo,para que O recebamos na fé e na caridadee dêmos testemunho da gloriosa esperança do seu reino.Por isso, na esperança da sua vinda,com os Anjos e os Santos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo.Indice
  • PREFÁCIO DO ÁDVENTO IIA dupla expectativa de CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Foi Ele que os Profetas anunciaram,a Virgem Mãe esperou com inefável amor,João Baptista proclamou estar para vire mostrou já presente no meio dos homens.E Ele que nos dá a graça dc nos prepararmos com alegriapara o mistério do seu nascimento,a fim de nos encontrar vigilantes na oraçãoe celebrando os seus louvores.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vosso glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DO ÁDVENTO II/ÁMaria, nova EvaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alio.R. O nosso coração está em Deus.V. Demos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramente nossodever dar-Vos graças, sempre e em toda a parte.Nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos,nós Vos glorificamos pelo admirável mistério da Virgem Mãe: Doantigo adversário veio a ruína, do seio virginal da Filha de Siãogerminou Aquele que nos alimenta com o pão dos Anjos e brotoupara todo o género humano a salvação e a paz.A graça que em Eva nos foi tirada, foi-nos restituída em Maria.Nela, Mãe de todos os homens, a maternidade, resgatada dopecado e da morte, recebe, o dom da vida nova:onde abundou a culpa, superabundou a misericórdia por Cristo,nosso Salvador.Por isso, na esperança da sua vinda, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo.Indice
  • PREFÁCIO DO NÁTÁL ICristo, luz do mundoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pelo mistério do Verbo Encarnado,nova luz da vossa glória brilhou sobre nós,para que, contemplando a Deus visível aos nossos olhos,aprendamos a amar o que é invisível.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, SantoIndice
  • PREFÁCIO DO NÁTÁL IINa encarnação Cristo renova o universoV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. E nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.No mistério do seu nascimento,Aquele que, por sua natureza, era invisíveltornou-Se visível aos nossos olhos.Gerado desde toda a eternidade, começou a existir no tempo, pararenovar cm Si a natureza decaída, restaurar o universo e reconduzirao reino dos céus o homem perdido pelo pecado.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DO NÁTÁL IIIA admirável permuta realizada na encarnação do VerboV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação..Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor,Por Ele resplandece hoje para os homenso mistério da encarnação redentora:a nossa fragilidade humana é assumida pelo Verbo,o homem mortal é elevado à dignidade imortale, unido a Vós em comunhão admirável,torna-se participante da vida eterna.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ EPIFÁNIÁCristo, luz das naçõesV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em Ioda a parte:Em Cristo, luz do mundo,revelastes hoje a todos os povos o mistério da salvaçãoe, manifestando-O na nossa natureza mortal,nos renovastes com o esplendor da sua imortalidade.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e Iodos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ ISignificado espiritual da QuaresmaV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Todos os anos concedeis aos vossos fiéisa graça de se prepararem,na alegria do coração purificado,para celebrar as festas pascais,a fim de que, pela oração mais intensa,pela caridade mais diligente,participando nos mistérios da renovação cristã,alcancem a plenitude da filiação divina.Por isso, com os Anjos c os Santos c todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ lIA penitência espiritualV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Para renovar na santidade os vossos filhos,concedeis este tempo de salvação,a fim de que, libertando-se do fermento do pecado,se convertam a Vós de todo o coraçãoe vivam de tal modo as realidades temporaisque procurem sempre os bens eternos.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ IIIOs frutos da penitênciaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio dc nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós nos ensinais, pela penitência quaresmal,a manifestar-Vos a nossa gratidão,a dominar os excessos da nossa inclinação para o male a dar alimento aos que têm fome,imitando a vossa divina bondade.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ IVOs frutos da penitênciaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pelo jejum quaresmal reprimis os vícios e elevais o espírito, infundisa fortaleza e dais a recompensa, por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestesproclamam alegremente a vossa glória. Permiti que nos associemosàs suas vozes, cantando humildemente o vosso louvor:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ VO caminho do êxodo no deserto quaresmalV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, rico de misericórdia,é verdadeiramente nossa salvação bendizer o vosso nome,no nosso itinerário para a luz pascal,seguindo os passos de Cristo,mestre e exemplo da humanidade reconciliada no vosso amor.Vós abris de novo à Igreja o caminho do Êxodo,através do deserto quaresmal,para que, aos pés da montanha santa,de coração contrito e humilhado,tome consciência da sua vocação como povo da aliança,reunido para cantar o vosso louvor,escutar a vossa palavrae viver a experiência admirável dos vossos prodígios.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ QUÁRESMÁ VIO sacramento da reconciliação no EspiritoV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus omnipotente e misericordioso, éverdadeiramente nosso dever, é nossa salvação louvar-Vose dar-Vos graças por todos os benefíciose especialmente pela graça do perdão.Ao homem, náufrago do pecado e da morte, pelo sacramento dareconciliação abristes em Cristo, morto e ressuscitado, o porto damisericórdia e da paz. Pelo poder do vosso Espírito, estabelecestespara a Igreja, santa e também pecadora,uma segunda tábua de salvação depois do Baptismoe continuamente a renovaispara a reunir no banquete do vosso amor.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo.Indice
  • PREFÁCIO DÁ PÁIXÁO IO poder da cruzV. O Senhor esteja convosco.R. Ele esta no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. E nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pela paixão redentora do vosso Filho, abristes aos homens ocaminho da fé, para proclamarem a glória do vosso nome.No admirável poder da cruz resplandece o julgamento do mundoe a vitória do Crucificado.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, SantoIndice
  • PREFÁCIO DÁ PÁIXÁO IIO triunfo da PaixãoV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio dc nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte, por Cristo, nosso Senhor.Aproximam-se os dias solenes da paixão salvadora e daressurreição gloriosa, em que é vencida a iniquidade da antigaserpente e se renova o mistério da nossa redenção.Por isso, com a multidão dos Anjosque adoram a vossa majestadee se alegram eternamente na vossa presença,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO PÁSCÁL IO mistério pascalV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.v: Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação que sempre Vos louvemos,mas com maior solenidade [nesta noite - neste dia - neste tempo],em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.Ele é o Cordeiro de Deus que tirou o pecado do mundo:morrendo destruiu a mortee ressuscitando restaurou a vida.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO PÁSCÁL IIA vida nova em CristoV O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãoque sempre Vos louvemos,mas com maior solenidade neste tempoem que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.Por Ele nascem os filhos da luz para a vida eternae se abrem para os fiéis as portas do reino dos céus;porque a nossa morte foi redimida pela sua mortee na sua ressurreição ressurgiu a vida do género humano.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, SantoIndice
  • PREFÁCIO PÁSCÁL IIICristo vive eternamente e intercede por nósV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio dc nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãoque sempre Vos louvemos,mas com maior solenidade neste tempo,em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.Ele Se oferece continuamente por nósc nos defende com a sua intercessão.Foi imolado sobre a cruz, mas não morrerá jamais;foi morto, mas agora vive para sempre.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO PÁSCÁL IVA renovação do universo pelo mistério PascalV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.v. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãoque sempre Vos louvemos,mas com maior solenidade neste tempo,em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.Porque, vencendo a antiga corrupção do pecado,renovou a vida do universo com uma nova criaçãoe restaurou o género humano na sua integridade original.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por Ioda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, .Santo,Indice
  • PREFÁCIO PÁSCÁL VCristo, sacerdote e vítimaV. O Senhor esteja convosco.R Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, c nossa salvaçãoque sempre Vos louvemos,mas com maior solenidade neste tempo,em que Cristo, nossa Páscoa, foi imolado.Pela oblação do seu Corpo na cruz,levou à plenitude os sacrifícios antigose, entregando-Se a Vós pela nossa salvação,tornou-Se Ele mesmo o sacerdote, o altar e o cordeiro.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁ ÁSCENSÁO IO mistério da AscensãoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio dc nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está em Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Porque o Senhor Jesus Cristo, Rei da glória,vencedor da morte e do pecado, subiu [hoje] ao mais alto dos céus,ante a admiração dos Anjos, e foi constituído mediador entre Deuse os homens, juiz do mundo e Senhor dos senhores.Ele não abandonou a nossa condição humana,mas, subindo aos céus, como nossa cabeça e primogénito,deu-nos a esperança de irmos um dia ao seu encontro,como membros do seu Corpo, para nos unir à sua glória imortal.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo.Indice
  • PREFÁCIO DÁ ÁSCENSÁO IIO mistério da Ascensãov O Senhor esteja convosco.R Ele está no meio de nós.V. Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Depois da sua ressurreição,apareceu a lodos os discípulose à vista deles subiu aos céus,para nos tornar participantes da sua divindade.Por isso, na plenitude da alegria pascal,exultam os homens por toda a terrae com os Anjos e os Santos proclamam a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM IO mistério pascal e o povo de DeusV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Pelo seu mistério pascal.Ele realizou a obra admirávelde nos chamar do pecado c da morteà glória de geração escolhida, sacerdócio real,nação santa, povo resgatado,a fim de que, libertos do poder das trevaspara a claridade da vossa luz,anunciemos por toda a parte as vossas maravilhas.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM IIO mistério da salvaçãoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação..Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre c em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Compadecido dos errados caminhos dos homens, dignou-Senascer da Virgem Maria; com a sua morte na cruz, livrou-nos damorte eterna; com a sua ressurreição, deu-nos a vida imortal.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM IIIA salvação do homem pelo Filho do homemV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Para manifestar o esplendor da vossa glória,viestes em auxílio da fragilidade humanacom o poder da vossa divindade;da nossa condição mortaltirastes o remédio para vencer a mortec da nossa ruína abristes o caminho da salvação,por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, com a multidão dos Anjos,que adoram a vossa majestadee se alegram eternamente na vossa presença,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM IVA história da salvaçãoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Nascendo da Virgem Maria,Ele renovou a antiga condição humana;com a sua morte destruiu os nossos pecados;com a sua ressurreição conduziu-nos à vida eterna;e na sua ascensão abriu-nos as portas do céu.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM VA criaçãoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós criastes os elementos do mundo,estabelecendo o curso dos tempos e as estações do ano;formastes o homem à vossa imagem e semelhançae lhe confiastes as maravilhas do universo,para que, em vosso nome, domine sobre todas as criaturase Vos glorifique sem cessar pela grandeza das vossas obras,por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM VIO penhor da Páscoa eternaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Em Vós vivemos, nos movemos e existimose, durante a nossa vida terrena,sentimos cada dia os efeitos da vossa bondadee possuímos desde já o penhor da vida futura;tendo recebido as primícias do Espírito,pelo qual ressuscitastes Jesus Cristo de entre os mortos,vivemos na esperança da Páscoa eterna.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM VIIA salvação pela obediência de CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno c omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Na vossa infinita misericórdia,de tal modo amastes o mundoque nos enviastes Jesus Cristo, nosso Salvador,em tudo semelhante ao homem, menos no pecado,para poderdes amar em nóso que amáveis era vosso Filho Unigénito:pela sua obediência Ele restaurou a aliançaque a nossa desobediência tinha destruído.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM VIIIA Igreja reunida à imagem da Santíssima TrindadeV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pelo sangue do vosso Filho e pela força do Espírito, quisestesreconduzir à unidade do vosso povo os filhos dispersos pelopecado, para que a Igreja,reunida à imagem da Santíssima Trindade, apareça no mundocomo corpo de Cristo e templo do Espírito Santo, para louvor davossa infinita sabedoria.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM IXA acção do Espírito Santo na igrejaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Com admirável providência ordenais a evolução dos tempose com o poder do Espírito Santo conduzis a vossa Igreja,para que, sempre fiel ao vosso amor,nunca deixe de invocar-Vos nas suas tribulaçõesnem de Vos dar graças nas suas alegrias,por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DOMINGOS DOTEMPO COMUM XO dia do SenhorV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, fonte da verdade e da vida,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãobendizer-Vos e dar-Vos graças,porque neste dia de festanos congregastes na vossa casa.Hoje a vossa família, reunida para escutar a palavra da salvaçãoe participar no pão da vida,celebra o memorial do Senhor ressuscitado,na esperança do domingo que não tem ocaso,quando toda a humanidade entrar no vosso descanso.Então veremos o vosso rostoe louvaremos sem fim a vossa misericórdia.Nesta feliz esperança, com os Anjos e os Santos proclamamos avossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DE NOSSÁ SENHORÁ IA maternidade divina de MariaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãodar-Vos graças, sempre e em toda a partee louvar-Vos, bendizer-Vos e glorificar-Vosna [memória - festa - solenidade] da Virgem Santa Maria.Pelo poder do Espírito SantoEla concebeu o vosso Filho Unigénitoe, sem perder a glória da sua virgindade,deu ao mundo a luz eterna, Jesus Cristo, nosso Senhor.Por Ele, numa só voz, os Anjos e os Arcanjos e todos os coroscelestes proclamam alegremente a vossa glória. Permiti que nosassociemos às suas vozes, cantando humildemente o vosso louvor:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DE NOSSÁ SENHORÁ IIA Igreja louva o Senhor com as palavras de MariaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação celebrar o vosso poder admirável naperfeição dos Santos e exaltar a vossa bondadena [memória - festa solenidade] da Virgem Santa Maria,inspirando-nos no seu cântico de louvor.Vós fizestes maravilhas a favor de todos os povose manifestastes de geração em geração a vossa misericórdia,quando olhastes para a humildade da vossa servae por ela nos destes o Salvador do mundo,Jesus Cristo, nosso Senhor.Por Ele, com a multidão dos Anjos,que adoram a vossa majestadee se alegram eternamente na vossa presença,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DE NOSSÁ SENHORÁ IIIMaria, imagem e mãe da IgrejaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, e exaltar a vossa infinita bondadeao celebrarmos a festa [memória] da Virgem Santa Maria.Recebendo o vosso Verbo em seu coração imaculado,Ela mereceu concebê-lO em seu seio virginal e, dando à luz oCriador do universo, preparou o nascimento da igreja.Junto à cruz, aceitou o testamento da caridade divina e recebeutodos os homens como seus filhos, pela morte de Cristo geradospara a vida eterna.Enquanto esperava, com os Apóstolos, a vinda do Espírito Santo,associando-se às preces dos discípulos, tornou-se modeloadmirável da Igreja em oração.Elevada à glória do céu, assiste com amor materno a Igreja aindaperegrina sobre a terra, protegendo misericordiosamente os seuspassos a caminho da pátria celeste, enquanto espera a vindagloriosa do Senhor. Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:
  • Santo, Santo, Santo. IndicePREFÁCIO DE NOSSÁ SENHORÁ IVMaria, sinal de consolação e de esperançaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever dar-Vos graças,é nossa salvação glorificar-Vos.Nós Vos louvamos e bendizemospor Jesus Cristo, vosso Filho,na festa [memoria] da Virgem Santa Maria.Humilde serva, acolheu a vossa palavrae guardou-a no seu coração;admiravelmente unida ao mistério da redenção,perseverou com os Apóstolos em oração,esperando a vinda do Espírito Santo;agora resplandece no caminho da nossa vidacomo sinal de consolação e de firme esperança.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,
  • IndicePREFÁCIO DE NOSSÁ SENHORÁ VMaria, imagem da nova humanidadeV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, fonte de vida e de alegria, é verdadeiramentenosso dever dar-Vos graças na festa [memória]da Virgem Santa Maria.Vós revelastes na plenitude dos temposo mistério escondido desde os tempos antigos,para que se renove para o mundo inteiro a vida e a esperança.Em Cristo, novo Adão,e em Maria, nova Eva,manifestastes finalmente a vossa Igreja,primícias da humanidade redimida.Por este dom admirável,toda a criação, pelo poder do Espírito Santo,volta de novo ao caminho original para a Páscoa eterna.Por isso, com os Anjos c os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS ÁNJOSA glória de Deus resplandece nos Anjos.V. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Proclamamos a vossa imensa glória, que resplandece nos Anjos enos Arcanjos, e, honrando estes mensageiros celestes, exaltamos avossa infinita bondade, porque a veneração que eles merecem ésinal da vossa incomparável grandeza sobre todas as criaturas.Por isso, com a multidão dos Anjos,que celebram a vossa divina majestade,nós Vos adoramos e bendizemos, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DE SÁO JOSEA missão de São JoséV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno c omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãodar-Vos graças, sempre e em toda a parte,e exaltar, bendizer e proclamar a vossa bondadena [memória - festa - solenidade] do bem-aventurado São José.Homem justo, foi por Vós escolhido para Esposo da Mãe de Deus;servo fiel e prudente, foi constituído chefe da vossa família,para guardar com paterna solicitudeo vosso Filho Unigénito,concebido pelo poder do Espírito Santo,Jesus Cristo, nosso Senhor.Por Ele, numa só voz,os Anjos e os Arcanjos e lodos os coros celestes proclamamalegremente a vossa glória. Permiti que nos associemos às suasvozes, cantando humildemente o vosso louvor:Santo, Santo, Santo.Indice
  • PREFÁCIO DOS ÁPOSTOLOS IOs Apóstolos, pastores do povo de DeusV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pastor eterno,não abandonais o vosso rebanho,mas sempre o guardais e protegeispor meio dos santos Apóstolos,para que seja conduzido, através dos tempos,pelos mesmos chefes que pusestes à sua frentecomo representantes do vosso Filho, Jesus Cristo.Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS ÁPOSTOLOS IIA Igreja, fundada sobre os Apóstolos e seu testemunhoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparle, por Cristo, nosso Senhor.Vós fundastes a Igreja sobre o alicerce dos Apóstolos, para queseja na terra, através dos tempos, o sinal vivo da vossa santidade eanuncie a todos os povos o Evangelho do reino dos céus.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos, agora esempre, a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS SÁNTOS IA glória dos SantosV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação..Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós sois glorificado na assembleia dos Santose, ao coroar os seus méritos,coroais os vossos próprios dons.Na sua vida dais-nos um exemplo,na comunhão com eles uma famíliae na sua intercessão um auxílio,para que, confirmados por tão grandes testemunhas,possamos vencer o bom combate da fée receber com eles a eterna coroa dc glória,por Cristo, nosso Senhor.Por isso, com os Anjos e todos os Santos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS SÁNTOS IIO exemplo e a intercessão dos SantosV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparle, por Cristo, nosso Senhor.Pelo testemunho admirável dos Santos,aumentais e fortaleceis sempre a vossa Igrejae nos dais provas evidentes do vosso amor.O exemplo dos Santos nos estimulae a sua intercessão nos ajudaa celebrar os mistérios da salvação.Por isso, com os Anjos e todos os Santos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS SÁNTOS MÁRTIRESO sinal e o exemplo do martírioV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dai-Vos graças,sempre e em toda a parte.A imitação de Cristo, vosso Filho, o sangue do glorioso mártir SãoN., derramado pela confissão do vosso nome, manifesta asmaravilhas do vosso poder. No seu martírio. Senhor, tirais força dafraqueza humana e fazeis da nossa fragilidade o testemunho davossa grandeza, por Cristo, nosso Senhor.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS SÁNTOS PÁSTORESDÁ IGREJÁA presença dos Santos Pastores na IgrejaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Ao celebrar hoje a festa [memória] de São N.,a vossa Igreja exulta de alegria,porque a fortaleceis com o exemplo da sua vida,a instruís com a sua palavrae a protegeis com a sua intercessão.Por isso, com a inumerável assembleia dos Anjos e dos Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DÁS SÁNTÁS VIRGENSE DOS SÁNTOS RELIGIOSOSO sinal da vida consagrada a DeusV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Ao recordar os Santos que, por amor do reino dos céus,se consagraram a Cristo, vosso Filho,celebramos a vossa admirável providência.Neles restituís ao homem a santidade originale nos fazeis saborear na terraos dons que reservastes para a vida futura.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM IA restauração universal em CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.NEle quisestes restaurar todas as coisase a todos destes a graça de participar da sua plenitude.Sendo Ele dc condição divina, aniquilou-Se a Si próprioe, pelo sangue derramado na cruz,deu a paz a todo o universo.Por isso foi exaltado sobre todas as criaturase tornou-Se, para todos os que Lhe obedecem,fonte de salvação eterna.Por Ele, com os Anjos e os Santos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM IIA salvação por CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Por amor criastes O homem; e, embora justamente condenado, emvossa misericórdia o salvastes por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, numa só voz,os Anjos c os Arcanjos e todos os coros celestes proclamamalegremente a vossa glória. Permiti que nos associemos às suasvozes, cantando humildemente o vosso louvor:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM IIILouvor a Deus pela criação e redenção do homemV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Pelo vosso Filho muito amado, criastes o homem à vossa imageme o fizestes renascer para a vida nova.Por isso Vos servem todas as criaturas.Vos louvam todos os redimidose Vos aclamara os Anjos e os Santos.Com eles, também nós proclamamos a vossa glória,cantando com alegria:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM IVO louvor é um dom de DeusV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós não precisais dos nossos louvorese poder glorificar-Vos é dom da vossa bondade;porque os nossos hinos de bênção,nada aumentando à vossa infinita grandeza,alcançam-nos a graça da salvação,por Cristo, nosso Senhor.Por Ele, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM VProclamação do mistério de CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação, dar-Vos graças, sempre e em todaa parte, por Cristo, nosso Senhor.Unidos na caridade, celebramos a sua morte; com fé viva,proclamamos a sua ressurreição; com ardente esperança,aguardamos a sua vinda gloriosa.Por isso, com os Anjos e os Santos,glorificamos e bendizemos, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM VIO mistério da salvação em CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Ele é a vossa palavra,por quem tudo criastes.Enviado por Vós como Salvador e Redentor,fez-Se homem pelo poder do Espírito Santoe nasceu da Virgem Maria.Para cumprir a vossa vontadee adquirir para Vós um povo santo,estendeu os braços e morreu na cruz;e, destruindo assim a morte,manifestou a vitória da ressurreição.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO COMUM VIICristo, hóspede e peregrino no meio de nósV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus da aliança e da paz, c verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós chamastes e fizestes sair Abraão da sua terra para o constituirpai de todas as nações. Suscitastes Moisés para libertar o vossopovo e conduzi-lo à terra prometida. Na plenitude dos tempos,enviastes o vosso Filho, hóspede e peregrino no meio de nós, paranos redimir do pecado e da morte; e destes ao mundo o vossoEspírito, para fazer de todas as nações um só povo, que caminhapara o vosso reino na liberdade dos filhos de Deus, segundo omandamento novo do amor.Por isso, com os Anjos e os Santos, proclamamos a vossa glória,cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.Indice
  • PREFÁCIO COMUM VIIICristo, o bom samaritanoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvaçãolouvar-Vos e dar-Vos graças, em todos os momentos da nossa vida,na saúde e na doença, no sofrimento e na alegria,por Cristo, vosso servo e nosso Redentor.Na sua vida mortal, Ele passou fazendo o beme socorrendo todos os que eram prisioneiros do mal.Ainda hoje, como bom samaritano,vem ao encontro de todos os homensatribulados no corpo ou no espíritoe derrama sobre as suas feridaso óleo da consolação e o vinho da esperança.Por este dom da vossa graça,também a noite da dor se abre à luz pascaldo vosso Filho crucificado e ressuscitado.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo. Indice
  • PREFÁCIO COMUM IXA glória de Deus é o homem vivoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação louvar-Vos e dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.Vós sois o único Deus vivo e verdadeiroe estais presente em todo o universo;mas c sobretudo no homem, criado à vossa imagem,que imprimistes o sinal da vossa glória.Vós o chamais a colaborar, com o trabalho de cada dia,no projecto da criaçãoe lhe dais o vosso Espíritopara que em Cristo, homem novo,se torne construtor da justiça c da paz.Por isso, com os Anjos e os Santos, proclamamos a vossa glória,cantando com alegria:Santo, Santo, Santo, Indice
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS IA esperança da ressurreição em CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação, dar-Vos graças, sempre e em todaa parte, por Cristo, nosso Senhor.NEle brilhou para nós a esperança da feliz ressurreição;e se a certeza da morte nos entristece,conforta-nos a promessa da imortalidade.Para os que crêem em Vós, Senhor,a vida não acaba, apenas se transforma;e, desfeita a morada deste exílio terrestre,adquirimos no céu uma habitação eterna,Por isso, com os Anjos e os Arcanjos e todos os coros celestes,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS IICristo morreu pela nossa vidaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Tomando sobre Si a nossa morte. Ele livrou-nos da morte eterna;oferecendo por nós a sua vida, abriu-nos as portas da vida imortal.Por isso, com todos os coros dos Anjos, proclamamos a vossaglória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS IIICristo, salvação e vidaV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo. Deus eterno e omnipotente, c verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças, sempre e em toda aparte, por Cristo, nosso Senhor.Ele é a salvação do mundo,a vida dos homense a ressurreição dos mortos.Por Ele, com a multidão dos Anjos,que adoram a vossa majestadee se alegram eternamente na vossa presença,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS IVDa vida terrena à vida celesteV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.A vossa vontade nos chama à vida,a vossa providência nos governae se, por vossa ordem, em castigo do pecado,voltamos à terra donde fomos tirados,pela morte redentora do vosso Filhoo vosso poder nos despertapara tomar parte na ressurreição gloriosa.Por isso, com os Anjos e os Santos,proclamamos a vossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, Santo,Indice
  • PREFÁCIO DOS DEFUNTOS VA nossa ressurreição por meio da morte de CristoV. O Senhor esteja convosco.R. Ele está no meio de nós.V Corações ao alto.R. O nosso coração está cm Deus.V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.R. É nosso dever, é nossa salvação.Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente, é verdadeiramentenosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças,sempre e em toda a parte.A morte c herança comum de todos os homens; mas, por dommaravilhoso da vossa bondade, Cristo, com a sua vitória, nosredime da morte e nos chama a tomar parte na sua vida gloriosa.Por isso, com os Anjos e os Santos no céu, proclamamos na terra avossa glória, cantando numa só voz:Santo, Santo, SantoIndice