Projecto CicloRia
             Mudar o padrão de mobilidade urbana afirmando, de modo
             criativo, o potencial d...
Objectivos

                    Estimular o uso dos
                       modos suaves
                    (pedonal e cic...
Propostas -> Acção no terreno




                                3
Projecto
               ‘Cicloria’

•Reunião motivada pela CM Estarreja a
desafiar os municípios de Murtosa e Ovar e a
Uni...
Enquadramento

A candidatura conjunta dos municípios de Estarreja, Murtosa e
Ovar ao Programa Operacional Valorização do T...
Conceito


• A definição de um sistema de vias cicláveis de carácter urbano e ribeirinho (com os
  equipamentos e infra-es...
METODOLOGIA
                                                                                           AVALIAÇÃO
 CICLORIA...
ÁREA DE PROJECTO E INICIATIVAS PILOTO
  CICLORIA


                                               P4




                 ...
COMUNICAÇÃO
PROJECTO - CICLORIA




                                   EQUIPA




   Comissão Executiva:
   mobiciclavel@c...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cicloria 24 Set09 ApresentaçãO

404

Published on

Published in: Education, Technology, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
404
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Cicloria 24 Set09 ApresentaçãO"

  1. 1. Projecto CicloRia Mudar o padrão de mobilidade urbana afirmando, de modo criativo, o potencial da região de Aveiro para a promoção dos modos suaves de mobilidade No âmbito do Programa Operacional Valorização do Território (POVT) Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana Apresentação Pública do Projecto, 24 Setembro, Murtosa Projecto Mobilidade Sustentável Município da Murtosa Hipótese … aplicação do conceito de mobilidade sustentável como um desafio para o desenvolvimento local (com destaque para as áreas rurais), para a valorização de recursos naturais, para sustentar a cultura e identidade locais, promovendo meios de transporte amigos do ambiente (bicicleta) e explorar oportunidades económicas… “Opening minds (“building bridges”), instead of opening roads (“cycle paths”)” Danuta Hübner - Commissioner for Regional Policy universidade Câmara Municipal de aveiro da Murtosa 1
  2. 2. Objectivos Estimular o uso dos modos suaves (pedonal e ciclável) em segurança Valorização da mobilidade ciclável como oportunidade económica Quadro Orientador À MOBILIDADE CICLÁVEL VIAS CICLÁVEIS CRIANÇAS E JOVENS Dimensão 1 POPULAÇÃO ACTIVA E ESTACIONAMENTO Dimensão 2 EMPRESAS Actividades de Actividades de EQUIPAMENTOS DE Apoio e Prestação APOIO Dinamização da de Serviços à TURISTAS Mobilidade Ciclável SERVIÇOS DE APOIO Mobilidade Ciclável FAMILIAS E OUTROS QUADRO INSTITUCIONAL DE APOIO À MOBILIDADE CICLÁVEL QUADRO INSTITUCIONAL DE Dimensão 4 ANIMAÇÃO Dimensão 3 Actividades de I&D Actividades de ligados à SERVIÇOS Animação da mobilidade ciclável Mobilidade Ciclável INFORMAÇÃO NOVOS PRODUTOS GESTÃO SISTEMAS ORGANIZAÇÃO BICICLETAS PÚBLICAS NÍVEL NACIONAL, REGIONAL E LOCAL 2
  3. 3. Propostas -> Acção no terreno 3
  4. 4. Projecto ‘Cicloria’ •Reunião motivada pela CM Estarreja a desafiar os municípios de Murtosa e Ovar e a Universidade de Aveiro para o desenvolvimento de uma candidatura conjunta ao Programa Operacional Valorização do Território (POVT) - Eixo IX – Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano - Acessibilidade e Mobilidade Urbana •Uma das 13 candidaturas aprovadas pelo POVT – Mobilidade Urbana •Investimento aprovado 1 milhão euros (70% financiado pelo POVT) 4
  5. 5. Enquadramento A candidatura conjunta dos municípios de Estarreja, Murtosa e Ovar ao Programa Operacional Valorização do Território foi realizada no âmbito do Eixo IX do POVT, dedicado ao apoio ao desenvolvimento de Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano, na temática da Acessibilidade e Mobilidade Urbana, em particular ao abrigo da alínea c) referente a operações que se realizem em aglomerados que: “… demonstrem ser um território pertinente para os resultados que se pretendem alcançar, em particular quanto ao potencial de replicação das soluções implementadas” (Regulamento das Acções Inovadoras para o Desenvolvimento Urbano, temática da Acessibilidade e Mobilidade Urbana) Parceria • a ria de Aveiro como elemento comum, apesar de disporem de elementos naturais com características diferenciadas, com percursos ribeirinhos, marginais à ria, percursos rurais (Baixo Vouga lagunar), mas partilhando o seu elevado valor ambiental; • a ocupação urbana nos três municípios apresenta um padrão semelhante, sendo caracterizada por uma ocupação dispersa de média/baixa densidade (à excepção dos centros urbanos, sede de concelho), com orografia semelhante, esbatendo a noção de fronteira entre os municípios. • padrão semelhante de mobilidade, com um peso significativo dos modos suaves nas deslocações casa- trabalho ou casa-escola. • um esforço de dotação, nos seus territórios, de condições para a utilização da bicicleta, o que permite equacionar uma visão integradora das abordagens, reforçando uma perspectiva de rede ciclável supra- municipal. • a Universidade de Aveiro tem estado envolvida no desenvolvimento de um vasto conjunto de projectos de investigação sobre os municípios em causa (Mobilidade Sustentável Murtosa) 5
  6. 6. Conceito • A definição de um sistema de vias cicláveis de carácter urbano e ribeirinho (com os equipamentos e infra-estruturas de apoio adequados) e a selecção de áreas/troços para o desenvolvimento de acções experimentais; • A oferta de um sistema de bicicletas de utilização colectiva (em sistema “rent-a- bike”) em cada uma áreas de intervenção onde vão ser desenvolvidas as acções experimentais; • A organização de circuitos temáticos cicláveis, baseados no desenvolvimento de estudos de identificação dos elementos marcantes do património natural, cultural e científico, susceptíveis de serem valorizados enquanto factores de atracção; • A mobilização dos actores locais (cultura, ambiente, desporto e lazer) no desenvolvimento de acções de animação; • A produção e organização dos conteúdos, anteriormente definidos, em suportes digitais (Web – Site e Blogue - http://cicloria.blogs.sapo.pt/, GPS, Audio/Vídeo), em papel (brochuras, folhetos,…) e em placards informativos, orientados para os diferentes tipos de utilizadores (escolas, turistas, residentes,…). • A articulação com os Projectos Educativos das escolas dos três municípios; • A organização de eventos de animação dos projectos experimentais; • A promoção de acções de fomento de empreendedorismo na área da mobilidade ciclável, do ecoturismo e de áreas afins, com o apoio da Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro; • A organização de acções de sensibilização e divulgação do projecto a nível local, nacional e internacional; • A troca de experiências e inserção em redes internacionais, potenciando iniciativas em curso, designadamente no âmbito do Interreg IV-C (Projecto BICARE). 6
  7. 7. METODOLOGIA AVALIAÇÃO CICLORIA Avaliação estudos SISTEMA produzidos para a área Projectos da MOBILIDADE (Investigadores UA) CICLÁVEL Rede de Ciclovias da Ria de Aveiro Estudo Fauna/Flora Levantamento . de Campo Estudo Património/Cultura Casos de Estudo Conferência/Workshop Nacionais e Mobilidade Ciclável Internacionais SIG Execução das Ria de SIG Boas Práticas Obras Ciclovias Aveiro & Cicloria (Circuitos Cicláveis, (Áreas Piloto) Dão Lafões Definição e Organização de Programa Circuitos Cicláveis Temáticos de Animação e Pedagógico) Site/Blogue e newsletter Programa de Animação Programa Pedagógico (Agentes Locais) (Escolas) Folheto/ Brochura/ Aquisição de Guia Bicicletas e Sistema de Festival Ciclável da Bicicletas GPS Oficina na Escola Colectivas Ria de Aveiro Cicloria Calendarização 7
  8. 8. ÁREA DE PROJECTO E INICIATIVAS PILOTO CICLORIA P4 P5 P3.3 P1 LEGENDA Projectos de Vias Cícláveis da Área Territorial envolvente à Ria P6 (Murtosa, Ovar e Estarreja) Verde/Amarelo – projecto Cicloria P3.1 P3.2 Branco – outros projectos municipais P2 Azul – já executado CMM EQUIPA EXECUTIVA E OPERACIONAL DO Coordenação Geral e Operacional Autarquias PROJECTO - CICLORIA Professor Artur Rosa Pires Executivo Professor Jorge Carvalho CM Murtosa, Estarreja e Ovar Mestre José Carlos Mota Coordenação Financeira ESTRUTURA DE SUSTRANS (UK) E VIAS VERDES (ES) Dr.ª Maria Manuela Ribeiro COORDENAÇÃO . (CM Murtosa) CIRA, PÓLIS LITORAL - RIA AVEIRO SA ABIMOTA, TURISMO CENTRO Apoio à Coordenação e Técnicos CM Murtosa, Estarreja e Ovar Contratação Pública Definição de Circuitos . Serviços e Empreitadas Cicláveis Temáticos Investigadores UA Técnico 1 Agentes Locais e Escolas Investigação sobre Coordenação do Circuitos Cicláveis e Programas Programa de Animação de Promoção + Comunicação e Programa Pedagógico Técnico2 Técnico 1 Sistema de Informação Geográfico Técnico (CM Murtosa) Técnico (CM Ovar) Cicloria Programa de Animação e Programa de Animação e Técnico SIG Programa Pedagógico Programa Pedagógico 12m Técnico (CM Estarreja) Programa de Animação e Programa Pedagógico 8
  9. 9. COMUNICAÇÃO PROJECTO - CICLORIA EQUIPA Comissão Executiva: mobiciclavel@csjp.ua.pt e cicloria@gmail.com Nota final aos agentes sociais, culturais e económicos e estabelecimentos de ensino 9

×