Apresentação cursos técnicos

3,158 views

Published on

Apresentação Escola Gomes Cardim - Vitória ES - 27 - 3222-2332

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,158
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
391
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação cursos técnicos

  1. 1. ESCOLA ESTADUAL GOMES CARDIM 2011
  2. 2. IDENTIFICAÇÃO• A Escola Estadual de Ensino Médio Gomes Cardim - instituição de Ensino Público Estadual, vinculada ao Sistema Estadual de Educação mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo através da Secretaria de Estado da Educação – SEDU, sob a jurisdição da Superintendência Regional de Carapina.• Telefone (027) 3222-2332 Rua Wilson Freitas s/n, centro, Vitória- ES E-mail: escolagomescardim@sedu.es.gov.br.
  3. 3. HISTÓRICO DA ESCOLA A Escola Estadual de Ensino Médio “Gomes Cardim” foi autorizada a funcionar pela Lei 166 de 05 Setembro de 1908. Inicialmente instalada na antiga Escola D. Pedro II – atual Escola Estadual Maria Ortiz.
  4. 4. HISTÓRICO DA ESCOLA Em 1928, a Escola Primária “Gomes Cardim”, foi instalada no prédio construído especialmente pra abrigá-la. Neste prédio hoje funciona a Escola de Arte FAFI, sob a administração da Prefeitura Municipal de Vitória. Anos depois foi transferida, para onde é hoje a FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo). No início dos anos 1980, a Escola foi transferida para sua sede atual. Até o ano de 1998, a Escola funcionava no turno diurno, e com turmas de 1º e 2º ciclo de ensino fundamental que acabou sendo extinto devido à municipalização do ensino em Vitória.
  5. 5. FAFI
  6. 6. HISTÓRICO DA ESCOLA A partir de 2006 passou funcionar atendendo somente alunos do Ensino Médio e Cursos Técnicos. Possui todos os seus cursos reconhecidos pelo CEE-ES Sua atual de denominação:ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO GOMES CARDIM.
  7. 7. HISTÓRICOPROF. GOMES CARDIM O nome da Escola é uma referência ao Prof. Carlos Alberto Gomes Cardim que pertencia à tradicional família paulistana, que veio ao Estado do Espírito Santo a fim de reformar o ensino primário e secundário, como Secretário de Educação ( 1908 – 1910 ). Nasceu em São Paulo, a 10 de fevereiro de 1875 e faleceu a 2 de junho de 1938. Foram seus pais, o comendador e Maestro João Pedro Gomes Cardim e D. Ana Amélia Montclaro Gomes Cardim.
  8. 8. Vitória-ES - 1910
  9. 9. Av. Jerônimo Monteiro - 1910
  10. 10. Antiga Escola de ComércioAtual “Gomes Cardim”
  11. 11. FUNCIONAMENTOMATUTINO:ENSINO MÉDIO : 02 TURMAS DE 1ºs 02 TURMAS DE 2ºs 02 TURMAS DE 3ºsCURSOS TÉCNICOS:• INFORMÁTICA• MANUTENÇÃO E SUPORTE
  12. 12. FUNCIONAMENTOTURNO VESPERTINO – TÉCNICOS EM:• ADMINISTRAÇÃO;• BIBLIOTECONOMIA;• GUIA DE TURISMO;• INFORMÁTICA;• MANUTENÇÃO E SUPORTE .
  13. 13. FUNCIONAMENTOTURNO NOTURNO :• ADMINISTRAÇÃO;• EVENTOS;• INFORMÁTICA PARA INTERNET;• MANUTENÇÃO E SUPORTE;• REDES;• INFORMÁTICA
  14. 14. COMUNIDADE A Escola está localizada no Centro de Vitória, sendo predominantemente um bairro comercial. Apesar de várias transferências de órgãos públicos para aregião norte da cidade, o Centro continua sendo o coração da cidade.
  15. 15. COMUNIDADE Devido à localização da escola, na parte alta da cidade, ladeada por reserva florestal e por um sítio histórico, faz a escola possuir dois tipos de comunidade: A primeira seria a comunidade limítrofe, formada por moradores da região norte- rua Coronel Monjardim, fica localizada no sopé da escola, esse logradouro é habitado em sua maioria por aposentados e por alguns universitários que se utilizam das residências para moradias estudantis-“repúblicas”. Onde se localiza a entrada oficial do Parque Gruta da Onça.
  16. 16. Entrada Gruta da Onça
  17. 17. Comunidade Escolar Na parte Leste, ainda no sopé da escola, temos a escadaria Ex-Combatentes , que faz a ligação da escola com a Av. Jerônimo Monteiro – principal logradouro comercial do Centro de Vitória, possuindo uma arquitetura eclética ocupado em quase sua totalidade com atividades comerciais.
  18. 18. Escadaria
  19. 19. Comunidade Escolar Na parte Sul da escola está a rua Wilson Freitas, principal via de acesso a escola, com edifícios antigos, habitados em sua maioria por moradores já aposentados, sem filhos na idade escolares, por moradores de temporários (alugueis), e há concentração de atividades comerciais (padaria, hotel, restaurante e outros) além de associações religiosas e sindicais.
  20. 20. Comunidade Escolar A segunda comunidade seria a comunidade escolar, está formada por pais, alunos e ou responsáveis, que habitam bairros próximos a escola. Em sua maioria são moradores dos bairros: Centro, Romão, Forte São João, Ilha Príncipe, Piedade, Ilha de Santa Maria e de outros bairros e cidades da Grande Vitória.
  21. 21. Comunidade Escolar As duas comunidades compartilham com a escola de diversas maneiras, seja através de convites públicos para participarem de: reuniões do Conselho de Escola, atividades festivas, apresentações acadêmicas e culturais de programas como o Escola Aberta, ou quando também solicitam parceria através dos movimentos sociais do bairro e ou da família escolar.
  22. 22. Conselho de Escola O conselho escolar, articulado com a gestão escolar é fundamentado nos princípios legais que regem a gestão democrática da educação, constitui-se em colegiado de natureza consultiva, deliberativa, fiscalizadora e mobilizadora, formado por representantes de todos os segmentos da comunidade escolar.
  23. 23. Composição do Conselho de Escola Representante de Professores: Wolmyr e Marilena Representante Funcionário:Hilda e Cristina Representante de alunos: Representante de pais:
  24. 24. Conselho de Classe: I - apresentar e debater o aproveitamento geral da turma, analisando as causas de baixo e alto rendimento; II - decidir pela aplicação, repetição ou anulação do mecanismo de avaliação do desempenho do educando, no qual ocorra irregularidade ou dúvida quanto ao resultado; III - estabelecer mecanismos de recuperação de estudos, concomitantes ao processo de ensino aprendizagem, que atendam à real necessidade do educando, em consonância com a proposta pedagógica da unidade de ensino; IV - decidir sobre a aprovação, a reprovação e a recuperação do educando, quando o resultado final de aproveitamento apresentar dúvida;
  25. 25. DA DIREÇÃO A direção escolar é exercida por profissional efetivo do magistério, designado por ato do Secretário de Estado da Educação, nos termos da legislação vigente, sendo responsável pelo gerenciamento das atividades administrativas e pedagógicas na unidade de ensino. Diretor: Walace Bonicenha
  26. 26. O setor pedagógico: Gerenciamento das atividades relacionadas ao processo ensino-aprendizagem, com vistas à permanência do educando na unidade de ensino; Coordenar, monitorar e avaliar os processos pedagógicos que constituem o cotidiano da unidade de ensino; Pedagoga: Marilena e Aracy
  27. 27. PROJETOS EXTRA CURRICULARES
  28. 28. • PRÊMIO – CIÊNCIAS• MOSTRAS
  29. 29. • PORTAL• WWW.ESCOLOGOMESCARDIM.COM

×