0
Novos espaços (virtuais) de aprendizagem<br />Centro de Competência da Beira Interior<br />admin@centrononio.com.com<br />
Com o desenvolvimento tecnológico, um novo paradigma educacional<br />um novo papel é exigido ao professor <br />um fácil ...
Novas Tecnologias da Informação e a Escola<br />As atitudes do professor<br />Vantagens e inconvenientes das TIC na educaç...
Atitude negligente (passiva)<br /><ul><li>Contribui para que a ESCOLA seja um mundo cada vez mais distante da realidade on...
A educação para os Media</li></li></ul><li>Possíveis vantagens<br />Variedade metodológica e atenção à diversidade<br />Fa...
Possíveis inconvenientes<br />Percepção do MEIO como “fácil” – passividade<br />Uso inadequado e abuso<br />Estrutura e or...
riscos e benefícios  do uso da Internet na educação<br />
Por vezes perde-se muito tempo para localizar a informação de que necessitamos (muitas vezes perdemo-nos no imenso mar inf...
Desenvolvimento de competências na comunicação interpessoal, conhecimento de outras línguas (especialmente o inglês) e out...
Ambiente propício a uma aprendizagem cooperativa, a construção compartilhada do conhecimento, a resolução de problemas e a...
Aproxima a escola do mundo real, quebrando o isolamento das quatro paredes da sala de aula.<br />Prepara os jovens de hoje...
Webquest – o que é?<br />WebQuest é uma metodologia extremamente simples e rica para dimensionar usos educativos da Web, c...
A estrutura da WebQuest<br />Introdução<br />Tarefa<br />Processo<br />Recursos<br />Avaliação<br />Conclusão<br />
WebQuest -  a introdução<br />A Introdução é um texto curto que prepara o palco para a acção que se espera dos alunos. O c...
WebQuest – a tarefa<br />A Tarefa é o coração da WebQuest. Ela sugere a criação de um evento ou produto, similar ou idênti...
WebQuest – o processo<br />O processo descreve os caminhos que os alunos precisam percorrer para obter um bom resultado na...
WebQuest –os recursos<br />Os recursos ou fontes a consultar devem estar disponíveis na Web. Mas podem ser dadas referênci...
WebQuest – a avaliação<br />A avaliação situa os níveis de desempenho que podem ser alcançados dentro de cada característi...
WebQuest – a conclusão<br />A conclusão reitera aspectos abordados na Introdução. E, como essa última, tem como função pri...
Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />Gestão de informação<br />Caça ao tesouro<br />Webquest(<br />Testes online...
Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />A plataforma publicação de conteúdos<br />www.anossaescola.com<br />O centr...
Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />A plataforma de eLearning<br />Moodle.ccbi.com.pt<br />
Novos espacos de_aprendizagem_v2
Novos espacos de_aprendizagem_v2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Novos espacos de_aprendizagem_v2

559

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
559
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Novos espacos de_aprendizagem_v2"

  1. 1. Novos espaços (virtuais) de aprendizagem<br />Centro de Competência da Beira Interior<br />admin@centrononio.com.com<br />
  2. 2. Com o desenvolvimento tecnológico, um novo paradigma educacional<br />um novo papel é exigido ao professor <br />um fácil acesso à informação <br />mais recursos partilhados<br />
  3. 3. Novas Tecnologias da Informação e a Escola<br />As atitudes do professor<br />Vantagens e inconvenientes das TIC na educação<br />
  4. 4. Atitude negligente (passiva)<br /><ul><li>Contribui para que a ESCOLA seja um mundo cada vez mais distante da realidade onde se insere o aluno.</li></li></ul><li>Atitude hipercrítica<br /><ul><li>Vê nas TIC uma séria ameaça para a nossa cultura e trata de proteger delas, os seus alunos.</li></li></ul><li>Atitude Crítica<br /><ul><li>Propõe a integração das TIC nos currículos, numa perspectiva que ultrapasse os limites da ESCOLA, para reflectir sobre as implicações sociais dos novos meios.
  5. 5. A educação para os Media</li></li></ul><li>Possíveis vantagens<br />Variedade metodológica e atenção à diversidade<br />Facilita o tratamento, a apresentação e a compreensão da informação<br />Facilita o protagonismo do aluno no processo de aprendizagem<br />Motiva e propicia o trabalho colaborativo<br />Permite ao aluno o acesso a mundos e situações que, de outra forma, estariam fora do seu alcance.<br />
  6. 6. Possíveis inconvenientes<br />Percepção do MEIO como “fácil” – passividade<br />Uso inadequado e abuso<br />Estrutura e organização da informação nos documentos multimédia.<br />Tecnofobia ou tecnofília de alguns alunos e professores<br />Dificuldades organizativas e problemas técnicos.<br />
  7. 7. riscos e benefícios do uso da Internet na educação<br />
  8. 8. Por vezes perde-se muito tempo para localizar a informação de que necessitamos (muitas vezes perdemo-nos no imenso mar informativo da Internet).<br />Existe muita informação que é pouco fiável (e alguma, mesmo pouco recomendável) na Internet.<br />Facilidade de plagiar informação (copiar-colar)<br />
  9. 9. Desenvolvimento de competências na comunicação interpessoal, conhecimento de outras línguas (especialmente o inglês) e outras culturas.<br />Globalização da informação. Acesso fácil e económico a um imenso caudal de informação multimédia (e actualizada) de todo o tipo.<br />
  10. 10. Ambiente propício a uma aprendizagem cooperativa, a construção compartilhada do conhecimento, a resolução de problemas e a realização de projectos.<br />Muda o foco da aprendizagem passando de absorção de informação para construção de conhecimento.<br />
  11. 11. Aproxima a escola do mundo real, quebrando o isolamento das quatro paredes da sala de aula.<br />Prepara os jovens de hoje para o mundo do trabalho de amanhã, que cada vez mais envolverá conhecimentos tecnológicos.<br />
  12. 12. Webquest – o que é?<br />WebQuest é uma metodologia extremamente simples e rica para dimensionar usos educativos da Web, com fundamento em aprendizagem cooperativa e processos investigativos na construção do saber. Foi proposto por Bernie Dodge em 1995.<br />
  13. 13. A estrutura da WebQuest<br />Introdução<br />Tarefa<br />Processo<br />Recursos<br />Avaliação<br />Conclusão<br />
  14. 14. WebQuest - a introdução<br />A Introdução é um texto curto que prepara o palco para a acção que se espera dos alunos. O conceito orientador dessa componente é motivação. Por essa razão, o texto introdutório deve ser uma peça de comunicação que busque relacionar prováveis interesses dos alunos com o tema de estudo.<br />
  15. 15. WebQuest – a tarefa<br />A Tarefa é o coração da WebQuest. Ela sugere a criação de um evento ou produto, similar ou idêntico, a eventos ou produtos que fazem parte do dia-a-dia do mundo em que vivemos. <br />A proposta de uma tarefa deve procurar superar o artificialismo dos conteúdos escolares, criticado por muitos.<br />Além de autenticidade, a tarefa deve possuir outra virtude: a exigência de transformação da informação.<br />
  16. 16. WebQuest – o processo<br />O processo descreve os caminhos que os alunos precisam percorrer para obter um bom resultado na execução da tarefa. Dentro da perspectiva construtivista que inspira o modelo WebQuest, o processo ajuda os alunos a elabor um saber capaz de resolver o problema proposto pela tarefa. <br />Também deve incorporar um outro princípio central das WebQuests: a aprendizagem cooperativa.<br />
  17. 17. WebQuest –os recursos<br />Os recursos ou fontes a consultar devem estar disponíveis na Web. Mas podem ser dadas referências não disponíveis online, sempre que a temática o justifique.<br />
  18. 18. WebQuest – a avaliação<br />A avaliação situa os níveis de desempenho que podem ser alcançados dentro de cada característica importante do produto elaborado pelos aprendizes.<br />Pode-se dizer que a avaliação autêntica no âmbito de uma WQ tem a qualidade do produto criado pelos alunos como foco principal, bem como a sua participação no processo de produção<br />
  19. 19. WebQuest – a conclusão<br />A conclusão reitera aspectos abordados na Introdução. E, como essa última, tem como função principal buscar o interesse do aluno pelo assunto em estudo.<br />
  20. 20. Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />Gestão de informação<br />Caça ao tesouro<br />Webquest(<br />Testes online (HotPotatoes) (1)(2)(3)<br />
  21. 21. Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />A plataforma publicação de conteúdos<br />www.anossaescola.com<br />O centro de recursos online<br />www.anossaescola.com/cr<br />jcantunes1@gmail.com<br />
  22. 22. Novos espaços (virtuais) de aprendizagem <br />A plataforma de eLearning<br />Moodle.ccbi.com.pt<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×