Plantas da Nossa Terra - Um Olhar Sobre a Flora Pernambucana

4,842
-1

Published on

Neste trabalho ilustramos algumas espécies vegetais, muitas delas desconhecidas para a maioria das
pessoas. Escolhemos também representantes de diferentes ecossistemas e habitates, como também de diferentes formas de vida (ervas, arbustos, árvores, epífitas, saprófitas, parasitas, etc.). Cada ilustração contém descrições sucintas e detalhes de sua distribuição geográfica e características
ecológicas.
Também colocamos descrições simples dos tipos de
vegetação encontrados em Pernambuco, como
florestas, restingas, caatingas, cerrados, manguezais,
etc.
Um glossário com o significado dos termos técnicos aqui abordados também foi incluído.

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,842
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
125
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Plantas da Nossa Terra - Um Olhar Sobre a Flora Pernambucana

  1. 1. Plantas da Nossa Terra 2 Sumário Sumário..................................................................................................................................................... 2  Restrições de uso deste eBook.................................................................................................................. 4  Sobre o Autor............................................................................................................................................ 5  Apresentação............................................................................................................................................. 6  Tipos de Vegetação de Pernambuco......................................................................................................... 7  1. Florestas ............................................................................................................................................ 7  2. Restinga............................................................................................................................................. 8  3. Manguezais ....................................................................................................................................... 9  4. Caatinga ............................................................................................................................................ 9  5. Cerrado.............................................................................................................................................. 9  6. Tabuleiros........................................................................................................................................ 10  7. Afloramentos rochosos ................................................................................................................... 10  8. Prados Marinhos ............................................................................................................................. 10  9. Ecótonos.......................................................................................................................................... 11  Ilustrações ............................................................................................................................................... 12  Tillandsia bulbosa ............................................................................................................................... 13  Melocactus violaceus.......................................................................................................................... 14  Neomarica gracilis .............................................................................................................................. 15  Opuntia Inamoena............................................................................................................................... 16  Cryptanthus fosterianus ...................................................................................................................... 17  Passiflora cincinnata ........................................................................................................................... 18  Mandevilla tenuifolia.......................................................................................................................... 19  Tillandsia recurvata............................................................................................................................. 20  Turnera ulmifolia ................................................................................................................................ 21  Monstera adansonii ............................................................................................................................. 22  Rizophora Mangle............................................................................................................................... 23  Voyria aphylla..................................................................................................................................... 24  Utricularia gibba ................................................................................................................................. 25  Psittacanthus dichrous......................................................................................................................... 26  Cassytha filiformes ............................................................................................................................. 27  Heliconia psittacorum ......................................................................................................................... 28  Epidendrum cinnabarinum.................................................................................................................. 29  Pistia stratiotes .................................................................................................................................... 30  Catasetum discolor.............................................................................................................................. 31  Cattleya granulosa............................................................................................................................... 32  Sesuvium portulacastrum.................................................................................................................... 33  Caryocar brasilensis............................................................................................................................ 34  Halodule wrightii ................................................................................................................................ 35  Hancornia speciosa ............................................................................................................................. 36  Typha domingensis Pers. .................................................................................................................... 37  Lantana camara L................................................................................................................................ 38  Catharantus roseus L........................................................................................................................... 39  Hippeastrum stylosum Herb. .............................................................................................................. 40  Ipomoea pes-caprae (L.) R. Brown..................................................................................................... 41 
  2. 2. Plantas da Nossa Terra 3 Glossário ................................................................................................................................................. 42 
  3. 3. Plantas da Nossa Terra 4 Restrições de uso deste eBook. Não utilizar este eBook ou qualquer parte dele comercialmente, sem permissão do autor. É proibido distribuí-lo, das seguintes formas: como conteúdo de sites comerciais; como conteúdo de sites privados que usufruam de financiamento público; como conteúdo de CDs comerciais, e como conteúdo de portais comerciais. Você poderá distribuí-lo livremente desde que respeitadas às condições acima descritas. Este eBook é livre pra você ler, salvar, imprimir e distribuí-lo para seus amigos. E também pode ser distribuídos em sites que não tenha fins comerciais. A alteração de seu conteúdo sem permissão do autor e expressamente proibida.
  4. 4. Plantas da Nossa Terra 5 Sobre o Autor O autor desse eBook é James Cantarelli, Engenheiro Agrônomo e Msc. em Botânica. O autor já percorreu dezenas de municípios de Pernambuco e de outros estados para pesquisar a flora e a vegetação. Já visitou áreas de Caatinga, vários tipos de Florestas, Manguezais, Cerrados, diferentes fisionomias de Restinga e de afloramentos rochosos, Tabuleiros e Pântanos. As ilustrações foram todas desenhadas no Macromedia Fireworks 8, usando diversos tipos de gradientes, texturas e efeitos. Os modelos originais foram fotografias, plantas vivas e exsicatas. Na medida do possível tentamos manter a máxima semelhança com a planta viva. Se quiserem contatar o autor seu e-mail é: jamescantarelli@hotmail.com. Dúvidas, sugestões e críticas serão bem vindas.
  5. 5. Plantas da Nossa Terra 6 Apresentação Neste trabalho ilustramos algumas espécies vegetais, muitas delas desconhecidas para a maioria das pessoas. Escolhemos também representantes de diferentes ecossistemas e habitates, como também de diferentes formas de vida (ervas, arbustos, árvores, epífitas, saprófitas, parasitas, etc.). Cada ilustração contém descrições sucintas e detalhes de sua distribuição geográfica e características ecológicas. Também colocamos descrições simples dos tipos de vegetação encontrados em Pernambuco, como florestas, restingas, caatingas, cerrados, manguezais, etc. Um glossário com o significado dos termos técnicos aqui abordados também foi incluído. Nosso principal objetivo com este pequeno trabalho é contribuir para o conhecimento e valorização da flora e da vegetação nordestina, especialmente a pernambucana.
  6. 6. Plantas da Nossa Terra 7 Tipos de Vegetação de Pernambuco O Estado de Pernambuco foi contemplado com uma grande diversidade de tipos de vegetação, cada um deles possui elemento de sua flora e fauna que o caracterizam. A vegetação de cada um dos tipos e subtipos também possui características fisionômicas e estruturais próprias. A seguir apresentamos descrições simples dos tipos de vegetação encontrados no Estado. 1. Florestas Pernambuco atualmente apresenta no máximo 5% da sua cobertura florestal original. No litoral e zona da Mata (deveria ser Zona da Cana-de-Açúcar), as florestas foram praticamente substituídas pelo cultivo da cana-de-açúcar, inclusive áreas que não são permitidas pelo atual código florestal (Lei nº 4.771, de 15 de setembro de 1965). Estes tipos de florestas diferenciam se das florestas de restinga, por se assentarem sobre solos argilosos ou argilo-arenosos (poucas vezes sobre solo arenoso, mas neste caso a sua origem geológica não é quaternária), especialmente da Formação Barreiras. Também encontramos florestas em serras do Planalto da Borborema, geralmente em altitudes acima dos
  7. 7. Plantas da Nossa Terra 8 500 metros. Estas florestas ocorrem também no domínio das Caatingas, e são denominadas de Brejos de altitudes. De acordo com a altitude as florestas são classificadas em: Florestas de Terras Baixas (0-100 m), Florestas Sub-montanas (100 – 500 m) e Florestas Montanas (acima de 500 m). Também são classificadas de acordo com a queda de folhas em: Perenifólia, Sub- Perenifólia e Estacional. Apesar da intensa degradação que sofreram e sofrem, ainda apresentam uma grande diversidade. 2. Restinga As restingas ocupam terrenos arenosos de origem quaternária e sofrem ou sofreram influência flúvio- marinha ou marinha. Apresentam uma grande diversidade de fisionomias: campos, frutícetos e florestas, que podem ser alagadas temporariamente ou permanentemente, ou não sofrerem alagamento. A maioria das espécies da restinga também ocorre em outros ecossistemas. Em Pernambuco praticamente foram dizimadas, primeiramente pela cultura do coco, e atualmente pela especulação imobiliária e a carcinocultura.
  8. 8. Plantas da Nossa Terra 9 3. Manguezais Os manguezais são bosques periodicamente inundados pelas marés. A sua flora é pouco diversificada, e as espécies típicas possuem adaptações que lhes permitem viver em um ambiente com alta salinidade e substrato móvel. Entre as principais adaptações, temos: glândulas secretoras de sal, pneumatóros e rizóforos (antes denominados de raízes escoras). 4. Caatinga A vegetação da Caatinga ocupa áreas semi-áridas do Nordeste e parte de minas gerais. As caatingas apresentam uma grande diversidade biológica. São reconhecidos 12 tipos diferentes de Caatingas As espécies deste ambiente possuem notáveis adaptações aos habitates semi-áridos. Estas adaptações podem explicar, parcialmente, a grande diversidade de espécies vegetais, muitas das quais endêmicas da Caatinga. 5. Cerrado As áreas de cerrado pernambucano encontram-se pouco estudadas e á informação sobre elas é mínima. Essas áreas encontram-se no noroeste
  9. 9. Plantas da Nossa Terra 10 pernambucano, na Chapada do Araripe. 6. Tabuleiros Denomina-se Tabuleiro, a vegetação aberta e semelhante ao cerrado que se assenta sobre chãs de solo arenoso da Formação Barreiras. Assim como os Cerrados, existem pouquíssima referências sobre este tipo de vegetação. 7. Afloramentos rochosos Próximos às florestas ou caatingas, muitas vezes temos afloramentos rochosos, que sofrem influencia do clima e da altitude. Estes fatores propiciam uma grande e diversificada flora. As espécies mais comuns nestes lugares são bromélias, orquídeas e euforbiáceas. Geralmente estes ambientes possuem uma enorme beleza cênica. 8. Prados Marinhos São campos submersos formados por fanerógamas marinhas, às vezes ocupam extensas áreas do leito marinho. Em Pernambuco a espécie mais comum neste ambiente é Halodule wirightii. São muito importantes para a fauna marinha, servindo tanto como alimento, quanto para abrigo.
  10. 10. Plantas da Nossa Terra 11 9. Ecótonos Além desses tipos, existem os ecótonos que são áreas de transição entre ecossistemas. Nesses locais é freqüente encontrar espécies comuns a ambos os ecossistemas próximos.
  11. 11. Plantas da Nossa Terra 12 Ilustrações
  12. 12. Plantas da Nossa Terra 13 Tillandsia bulbosa Hook. Família: Bromeliaceae Nome popular: Princesa das alturas Pequena bromélia epífita que ocorre em ramos finos nas partes mais altas das árvores. Em Pernambuco pode ser encontrada nos fragmentos remanescentes de Mata Atlântica em melhor estado de conservação.
  13. 13. Plantas da Nossa Terra 14 Melocactus violaceus Pfeiff. Família: Cactaceae Nome popular: Coroa de frade da praia Cacto de forma globosa que atinge no máximo 10 cm de diâmetro. No Estado de Pernambuco, encontra-se extremamente ameaçada, ocorrendo atualmente apenas na restinga da Praia de Guadalupe, no município de Sirinhaém.
  14. 14. Plantas da Nossa Terra 15 Neomarica gracilis Sprague Família: Iridaceae Nome popular: Íris da praia Herbácea ereta com cerca de 1 m de altura, folhas rosuladas dispostas em um único plano. Apresenta lindas flores perfumadas, no entanto, são muito efêmeras. Em Pernambuco pode ser encontrada em áreas de Restinga.
  15. 15. Plantas da Nossa Terra 16 Opuntia Inamoena K. Schum. Família: Cactaceae Nome popular: Quipá Pequeno cacto de cladódios armados com gloquídios terríveis. Possui lindas flores alaranjadas e frutos carnosos que servem de alimento para os pássaros. Apresenta ampla distribuição na Caatinga Nordestina.
  16. 16. Plantas da Nossa Terra 17 Cryptanthus fosterianus L.B.Smith Família: Bromeliaceae Nome popular: Estrela da terra Pequena Bromeliácea terrestre de alto valor ornamental. Apesar de muito cultivada em todo o mundo, corre risco de extinção em seu habitat natural, o Centro de Endemismo Pernambuco. Em Pernambuco encontra se em umas poucas áreas de Mata Atlântica e Restinga.
  17. 17. Plantas da Nossa Terra 18 Passiflora cincinnata Mast. Família: Passifloraceae Nome popular: Maracujá do mato Trepadeira que se fixa ao suporte por gavinhas e como as demais espécies do gênero apresenta lindas flores. A sua polinização é realizada por mamangavas. E seu fruto é comestível e de sabor mais adocicado que os frutos de Passiflora edulis, o Maracujá-comum.
  18. 18. Plantas da Nossa Terra 19 Mandevilla tenuifolia (J.C.Mikan) Woodson Família: Apocynaceae Nome popular: Rainha do abismo Erva pequena, ereta ou trepadeira com lindas flores róseas. Formam lindos conjuntos com orquídeas, bromélias e begoniáceas, em concavidades de rochas onde se acumula húmus. Em Pernambuco ocorre em afloramentos rochosos acima dos 500 m de altitude.
  19. 19. Plantas da Nossa Terra 20 Tillandsia recurvata L. Família: Bromeliaceae Nome popular: Ninho Pequena epífita ou rupícola que ocorre tanto em ramos finos de árvores e arbustos, como também em rochas e até em fios elétricos. Ocorre em todo o Agreste pernambucano.
  20. 20. Plantas da Nossa Terra 21 Turnera ulmifolia L. Família: Turneraceae Nome popular: Chanana Pequena herbácea com muitas flores belas, mas apesar disso, é desprezada como ornamental. Ocorrem em áreas abertas como restingas, caatingas, terrenos baldios e capoeiras.
  21. 21. Plantas da Nossa Terra 22 Monstera adansonii Schott. Família: Araceae Nome popular: Planta queijo Hemiepífita que atinge grande tamanho. Possui uma espádice protegidas por uma enorme espata amarelada. Muito comum nas florestas úmidas de Pernambuco.
  22. 22. Plantas da Nossa Terra 23 Rizophora Mangle L. Família: Rizophoraceae Nome popular: Mangue verdadeiro, mangue vermelho. Uma das espécies mais freqüentes nos manguezais pernambucanos, podendo atingir até 25 metros de altura. Seus rizóforos (antes denominados de raízes escoras) lhe permitem ocupar terrenos movediços como os do manguezal. Seus propágulos podem flutuar por meses no mar ou nos estuários.
  23. 23. Plantas da Nossa Terra 24 Voyria aphylla (Jacq.) Pers. Família: Gentianaceae Nome popular: Erva fantasma Erva saprófita diminuta quase incolor. Apesar de relativamente freqüente, geralmente passa despercebida pela maioria das pessoas, por causa de sua cor e tamanho. Habita o solo de florestas úmidas, e provavelmente ocorra em toda a Mata Atlântica pernambucana.
  24. 24. Plantas da Nossa Terra 25 Utricularia gibba L. Família: Lentibulariaceae Nome popular: Boca de leão d’água Pequena erva aquática que captura pequenos insetos e crustáceos com seus utrículos. É muito comum em açudes e riachos da zona da mata. É mais conspícua quando está florida. Apesar de ser uma planta “carnívora”, por causa de seu tamanho é pouco cultivada.
  25. 25. Plantas da Nossa Terra 26 Psittacanthus dichrous (Mart.) Mart. Família: Loranthaceae Nome popular: Enxerto de passarinho Hemiparasita com cerca de 50 cm de comprimento, flores vermelho-alaranjadas. Ocorre em florestas e restingas.
  26. 26. Plantas da Nossa Terra 27 Cassytha filiformes L. Família: Lauracee Nome popular: Cipó chumbo Holoparasita muito agressiva e de crescimento rápido. Ocorre na maioria dos ecossistemas pernambucanos. Em áreas cultivadas pode se tornar uma verdadeira praga.
  27. 27. Plantas da Nossa Terra 28 Heliconia psittacorum L. Família: Heliconiaceae Nome popular: Paquevira, heliconia. Herbácea rizomatosa de cerca de 1m de altura. Inflorescências com vistosas brácteas alaranjadas. Em Pernambuco é muito comum em florestas, capoeiras e restingas. É muito utilizada como ornamental.
  28. 28. Plantas da Nossa Terra 29 Epidendrum cinnabarinum Salzm. Família: Orchidaceae Nome popular: Orquídea, parasita. Orquídea terrestre de lindas flores alaranjadas. A planta atinge até um metro e meio de altura. Ocorre na restinga e em afloramentos rochosos, sempre em locais de intensa insolação. Está sendo bastante coletada para fins ornamentais, o que vem causando seu desaparecimento em muitos locais.
  29. 29. Plantas da Nossa Terra 30 Pistia stratiotes L. Família: Araceae Nome popular: Alface d'água Erva aquática de crescimento muito rápido. Ocorre em pequenas lagoas, represas e rios. Pode ser encontrado em todo o Estado. Grandes populações dessa planta podem causar problemas em represas ou açudes.
  30. 30. Plantas da Nossa Terra 31 Catasetum discolor Lindl. Família: Orchidaceae Nome popular: Rabo de tatu Pequena herbácea que ocorre em afloramentos rochosos e na restinga. O gênero a que pertence é o único da Família das Orquidáceas que possui flores unissexuais. As flores são muito aromáticas.
  31. 31. Plantas da Nossa Terra 32 Cattleya granulosa Lindl. Família: Orchidaceae Nome popular: Parasita, orquídea Linda orquídea epífita de flores amarronzadas até verdes, perfumadas. Em Pernambuco ocorria nas restingas e florestas de terras baixas. Atualmente é muito rara e com a intensa retirada ilegal de plantas das matas pode vir a se extinguir neste Estado.
  32. 32. Plantas da Nossa Terra 33 Sesuvium portulacastrum L. Família: Aizoaceae Nome popular: Bredo-da-praia Herbácea halófita, com pequenas flores róseas. Encontra se em locais salinizados em todo o Estado de Pernambuco. Nos manguezais são típicas das áreas denominadas de “salgados”. Tem potencial alimentar e forrageiro.
  33. 33. Plantas da Nossa Terra 34 Caryocar brasilensis Camb. Família: Caryocaraceae Nome popular: Pequi Árvore pequena típica de áreas de cerrado. Em Pernambuco pode ser encontrada na parte pernambucana da Chapada do Araripe. Seus frutos são comestíveis e muito utilizados na culinária.
  34. 34. Plantas da Nossa Terra 35 Halodule wrightii Asch. Família: Cymodoceaceae Nome popular: Capim agulha Pequena fanerógama marinha, que podem formar grandes prados marinhos, ocorre ao longo do litoral pernambucano, especialmente em Itamaracá, Goiana e Tamandaré. É utilizada pelos animais marinhos, como fonte de alimentação e proteção. Alimento básico do peixe-boi-marinho.
  35. 35. Plantas da Nossa Terra 36 Hancornia speciosa Gomes Família: Apocynaceae Nome popular: Mangaba Árvore pequena típica de áreas de cerrado e tabuleiros. Seus frutos são comestíveis e muito utilizados para preparar sucos e sorvetes.
  36. 36. Plantas da Nossa Terra 37 Typha domingensis Pers. Família: Typhaceae Nome popular: Tabôa Herbácea rizomatosa típica de ambientes alagados. Em Pernambuco ocorre praticamente em todos os locais onde existam áreas propícias ao seu desenvolvimento. É utilizada para a fabricação de esteiras, cestas, bolsas etc. Age como depuradora de águas poluídas, absorvendo metais pesados.
  37. 37. Plantas da Nossa Terra 38 Lantana camara L. Família: Verbenaceae Nome popular: Cambará Subarbusto que forma moitas de até 1,5 m de altura. Ocorre em áreas ruderais, campos, bordas de mata e capoeiras. A diferença da cor de suas flores está relacionada a polinização. (principalmente por borboletas) As flores vermelhas ou alaranjadas indicam q já foram polinizadas, enquanto que, as amarelas demonstram q ainda não foram.
  38. 38. Plantas da Nossa Terra 39 Catharantus roseus L. Família: Apocynaceae Nome popular: Vinca Subarbusto que atinge cerca de 0,50 m de altura. Ocorre em áreas ruderais, campos de restingas e é muita cultivada nos jardins. Existem variedades de diferentes cores.
  39. 39. Plantas da Nossa Terra 40 Hippeastrum stylosum Herb. Família: Amarylidaceae Nome popular: Lírio Herbácea bulbosa de escapos com cerca de 0,50 m de altura. Flores em pares ou mais, quando florida não apresenta folhas. Em Pernambuco é muito comum em ambientes abertos. É muito utilizada como ornamental.
  40. 40. Plantas da Nossa Terra 41 Ipomoea pes-caprae (L.) R. Brown Família: Convolvulaceae Nome popular: Salsa-da-praia Herbácea rastejante comum em áreas próximas a água doce ou salgada, muito comum nas praias pernambucanas, floresce em profusão durante a manhã. Importante fixadora de dunas.
  41. 41. Plantas da Nossa Terra 42 Glossário Arbusto - Vegetal lenhoso de porte variável, mas não superior a 6m de altura, e cujo caule emite ramificações muito próximas do solo, ou a partir deste. Árvore - Vegetal lenhoso de porte muito variável, que apresenta um caule principal ereto e indiviso, o tronco, e que emite ramificações a uma altura variável, sempre distantes do solo, e formadoras da copa. Bosques - Vegetação semelhante à floresta, só que menos extensa e com menos espécies que a floresta. Bráctea - Folha modificada, localizada abaixo de uma flor ou no eixo central de uma inflorescência, que se diferencia, na forma, consistência, tamanho e cor, das folhas normais e de outras folhas modificadas. Campos - Vegetação constituída essencialmente de plantas herbáceas, destituída de formas arbóreas ou arbustivas. Carcinocultura - Cultivo de camarões. Chãs - Local de relevo plano ou com muito pouca declividade.
  42. 42. Plantas da Nossa Terra 43 Cladódios - Os caules modificados das cactáceas. Ecossistemas - Sistema que inclui os seres vivos e o ambiente, e as inter-relações entre ambos. Endêmicas - Plantas que ocorrem apenas em determinada região geográfica. Epífita - Planta que vive sobre um vegetal, usando - o apenas como suporte, sem retirar nutrimento, como as bromélias e orquídeas sobre o tronco e os ramos das árvores. Erva - Plantas que não possuem caules lenhosos e podem ser anuais ou perenes. O mesmo que herbácea. Escapo – Sai do rizoma ou bulbo, não possui ramificações e folhas, e sustenta flores na sua extremidade. Ocorre em plantas cujo caule é muito reduzido ou subterrâneo e suas folhas aparentam nascer diretamente do solo. Espádice - Tipo de inflorescência constituída de um eixo carnoso com flores geralmente unissexuadas e diminutas, envolvidas por uma espata. É característica das aráceas e das palmeiras.
  43. 43. Plantas da Nossa Terra 44 Espata - Bráctea que protege uma espádice. Exsicata - Fragmento ou exemplar vegetal, dessecado e prensado, acompanhado de etiquetas, das quais constam informações diversas sobre o espécime, como o nome da espécie, local e data de coleta, nome do coletor etc., conservado em herbário para estudo. Fanerógama – denominação de qualquer vegetal que se reproduz através de sementes, em vez de esporos ou gametas. Fisionomia - Aspecto característico de uma vegetação ou comunidade vegetal, relacionados às formas de vida, proporções e arranjo dos indivíduos. Flores unissexuais - Flores que apresentam apenas um sexo. Floresta - Denso conjunto de árvores que cobrem vasta extensão de terra. Folhas rosuladas - Folhas que se dispõe em roseta, como as bromélias. Formação barreiras – São sedimentos de origem Terciária que são encontrados em quase toda extensão da região litorânea do Nordeste.
  44. 44. Plantas da Nossa Terra 45 Frutíceto - Vegetação onde há um predomínio de arbustos. Gloquídio - Pêlo unicelular com pequenas pontas apicais voltadas pra trás, que penetra facilmente em um corpo estranho e é difícil de ser extraído devido à forma de suas pontas. Habitates - Conjunto de circunstâncias físicas e geográficas que oferece condições favoráveis à vida e ao desenvolvimento de determinada espécie animal ou vegetal. Halófita – Vegetal que vive em ambiente onde existem grandes concentrações de sais. Hemiepífita - Que germina e inicia seu desenvolvimento sobre os ramos de uma árvore e logo produz raízes que alcançam o solo, de onde passam a retirarem nutrientes. Hemiparasita - Planta que, embora possua capacidade de realizar fotossíntese e sintetizar compostos orgânicos, extrai água e minerais (seiva bruta) da planta hospedeira. Holoparasita - Planta aclorofilada que necessita obter da planta hospedeira a seiva elaborada, que contém as substâncias orgânicas que ele não pode sintetizar.
  45. 45. Plantas da Nossa Terra 46 Húmus - Quantidade de matérias de origem orgânica, predominantemente vegetal, decompostas ou em decomposição. Pneumatóforo - Tipo de raiz com função respiratória, comum em plantas de regiões alagadas como os mangues, que apresenta geotropismo negativo, de forma que sua extremidade fica a descoberto fornecendo oxigênio às partes submersas. Polinização - Transporte do grão de pólen da antera para o estigma. Rizóforo - Órgão cilíndrico e alongado que brota nas bifurcações dos ramos e produz raízes ao atingir o solo Saprófita - Vegetal que obtém os nutrientes vitais a partir de matéria orgânica em decomposição Trepadeira - Planta que cresce apoiando-se sobre outra, ou sobre uma grande variedade de substratos (barrancos, penhascos, muros, cercas etc.), através de apêndices fixadores, de raízes aéreas ou de caules e ramos volúveis.
  46. 46. Plantas da Nossa Terra 47 Utrículo - Pequena vesícula de origem foliar, que se fecha por uma válvula, e cuja função é aprisionar e digerir minúsculos animais aquáticos.

×