Introdução a  Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Quem somos? <ul><li>Teamware do Brasil </li></ul><ul><li>Pioneira no Brasil em melhoria de processos com foco exclusivo em...
Quem sou eu? <ul><li>Juan Esteban Bernabó </li></ul><ul><li>Fundador Teamware do Brasil </li></ul><ul><li>Fundador da Agil...
PERIGOS A FRENTE! <ul><li>Horrores de Português a Frente! </li></ul><ul><ul><li>Palestra em portunhol, por favor não se ho...
Minhas metas para esta palestra <ul><li>Você conhecera alguns dos conceitos chave da Gestão Àgil de Projetos </li></ul><ul...
Pensando de forma ágil
“ Deve haver alguma outra forma de descer a escada...”
Algumas idéias tem sobrevivido a seu tempo <ul><li>“ A maioria das nossas supocisões sobre negócios, tecnologia e organiza...
Estamos perdendo a carreira de revezamento… <ul><li>“ A abordagem de ‘corrida de revezamento’ para desenvolvimento de prod...
Scrum em 100 palavras <ul><li>Scrum é um processo ágil que nos permite focar na entrega de maior valor de negocio no menor...
Influencias de Scrum <ul><li>Lean Thinking </li></ul><ul><li>Artigo “The New New Product Development Game” de Nonaka e Tak...
Scrum é usado por... <ul><li>Microsoft </li></ul><ul><li>Yahoo </li></ul><ul><li>Google </li></ul><ul><li>Electronic Arts ...
Scrum é usado para... <ul><li>Software comercial </li></ul><ul><li>Desenvolvimento interno </li></ul><ul><li>Desenvolvimen...
Características <ul><li>Equipes auto-organizadas </li></ul><ul><li>Produto progressa em uma serie de “sprints” de dois sem...
O Manifesto Ágil – Os valores Processos e ferramentas Indivíduos e interações sobre Seguir um plano Responder a mudanças s...
Números sobre a adoção do Scrum no mercado
Pesquisa diz: Ágilidade Funciona na Pratica <ul><li>Pesquisa com 4232 profissionais de TI em março de 2006 publicada na re...
Que metodologia segue mais de perto? Scrum 40% XP 23% Híbrido 14% DSDM 8% Outras 15%
Qual o tipo de melhorias experimentadas?   Nada Melhoria Significat Habilidade de mudar de prioridades  8% 52% 40% Aumento...
Processos Empíricos & Prescritivos
Tipos de Processos <ul><li>“ É típico adotar a abordagem de modelagem  definida  (teórica) quando os mecanismos subjacente...
Processos Prescritivos <ul><li>Modelo de processo definido com mecanismos subjacentes claramente entendidos </li></ul><ul>...
Processos Empíricos <ul><li>Complexos, caóticos ou com muita incerteza, seus detalhes ainda são desconhecidos </li></ul><u...
Gestão de Processos Empíricos <ul><li>Fixar a maior quantidade de parâmetros: </li></ul><ul><ul><li>Paramentos do contexto...
Gestão de Processos Empíricos PLAN DO CHECK ACT
Gestão Ágil com Scrum Sprint  Planning 1 e 2 SPRINT Sprint Review Sprint Retrospective
Gestão de Processos Empíricos <ul><li>Aplicar </li></ul><ul><ul><li>Ciclo de Sheward/Deming PDCA </li></ul></ul><ul><ul><l...
Sprints <ul><li>Projetos Scrum fazem progresso em uma serie de “Sprints” </li></ul><ul><li>Analogo as iterações de XP </li...
Desenvolvimento seqüencial versus simultâneo Ao inves de fazer uma coisa por vêz... ...equipes Scrum fazem tudo simultanea...
Scrum num Gantt Chart
Scrum framework <ul><li>Product owner </li></ul><ul><li>ScrumMaster </li></ul><ul><li>Team </li></ul>Papeis <ul><li>Sprint...
Scrum Flow <ul><li>Sprint Planning 1, 2 </li></ul><ul><li>Sprint (Execução) </li></ul><ul><li>Sprint Review </li></ul><ul>...
Scrum na Prática
Scrum em ação Product backlog Cancel Gift wrap Return Sprint 2-4 semanas Return Objetivo do Sprint Sprint backlog Incremen...
Juntando tudo
Duvidas?
Próximos passos <ul><li>www.teamware.com.br </li></ul><ul><li>“ Gestão Ágil de Projetos com Scrum” </li></ul><ul><li>22 e ...
Teamware do Brasil <ul><li>Muito Obrigado! </li></ul><ul><li>Juan Esteban Bernabó </li></ul><ul><li>[email_address] </li><...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum

3,123 views
3,023 views

Published on

1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
3,123
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
45
Actions
Shares
0
Downloads
348
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum

  1. 1. Introdução a Gestão Ágil de Projetos com Scrum
  2. 2. Quem somos? <ul><li>Teamware do Brasil </li></ul><ul><li>Pioneira no Brasil em melhoria de processos com foco exclusivo em Abordagens Ágeis </li></ul><ul><li>Fundadora da Agile Alliance Brasil e Corporate Member da Agile Alliance e Scrum Alliance </li></ul><ul><li>Consultores Especializados Nacionais e Internacionais em: </li></ul><ul><ul><li>Agile Process Improvement </li></ul></ul><ul><ul><li>Scrum, Lean, XP, OpenUP, FDD </li></ul></ul><ul><ul><li>Agile RUP, Agile CMMi, TOC </li></ul></ul><ul><ul><li>Inovação, Knowledge Teams, OpenSourcing </li></ul></ul><ul><li>Nosso propósito: “Desenvolver equipes, projetos, produtos e organizações baseadas em conhecimento altamente eficazes, inovadoras e de alto valor agregado” </li></ul>
  3. 3. Quem sou eu? <ul><li>Juan Esteban Bernabó </li></ul><ul><li>Fundador Teamware do Brasil </li></ul><ul><li>Fundador da Agile Alliance Brasil </li></ul><ul><li>Ex-Diretor Executivo da Object Magazine </li></ul><ul><li>Projetos em Argentina, Brasil, Uruguay, Bolivia, Estados Unidos </li></ul><ul><li>Telecomunicações, Segurança, Saúde, Internet, Call Center, Ferramentas de Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Primeiro treinamento aberto de Certified Scrum Master no Brasil </li></ul><ul><li>Arquitetura, Modelagem de Domínio, Liderança de Equipes, C++, Java e C# </li></ul><ul><li>Foco em Tecnologia, Inovação e Pessoas </li></ul>
  4. 4. PERIGOS A FRENTE! <ul><li>Horrores de Português a Frente! </li></ul><ul><ul><li>Palestra em portunhol, por favor não se horrorize com os horrores de português. </li></ul></ul><ul><li>Perigo de Mexerem no seu Queijo </li></ul><ul><ul><li>O conteúdo desta palestra pode afetar a sua visão de mundo e ter seu queijo mexido. </li></ul></ul>
  5. 5. Minhas metas para esta palestra <ul><li>Você conhecera alguns dos conceitos chave da Gestão Àgil de Projetos </li></ul><ul><li>Você entendera porque Scrum é diferente </li></ul><ul><li>Com sorte você tenha interesse em saber mais sobre o assunto </li></ul>
  6. 6. Pensando de forma ágil
  7. 7. “ Deve haver alguma outra forma de descer a escada...”
  8. 8. Algumas idéias tem sobrevivido a seu tempo <ul><li>“ A maioria das nossas supocisões sobre negócios, tecnologia e organizações tem pelo menos 50 anos. Elas tem sobrevivido a seu tempo. Como resultado, estamos pregando, ensinando, e praticando políticas que estão cada vez mais desalinhadas com a realidade e são contra producentes.” </li></ul><ul><li>Peter Druker (1998) </li></ul>
  9. 9. Estamos perdendo a carreira de revezamento… <ul><li>“ A abordagem de ‘corrida de revezamento’ para desenvolvimento de produtos… pode conflitar com as metas de máxima velocidade e flexibilidade. Ao invés uma abordagem holística ou estilo rugby onde a equipe tenta ir toda a distancia como uma unidade, passando a bola para frente e para atras - pode servir melhor nossos requisitos de competividade de hoje.” </li></ul><ul><li>Hirotaka Takeuchi and Ikujiro Nonaka, “The New New Product Development Game”, Harvard Business Review, January 1986. </li></ul>
  10. 10. Scrum em 100 palavras <ul><li>Scrum é um processo ágil que nos permite focar na entrega de maior valor de negocio no menor tempo. </li></ul><ul><li>Ele nos permite rapida e repetidamente inspecionar software funcionando (a cada duas a quatro semanas). </li></ul><ul><li>O negocio define as prioridades. A equipe se auto-organiza para determinar qual é a melhor forma de entregar a funcionalidades de maior prioridade. </li></ul><ul><li>A cada duas semanas a um mês todos podem ver software real funcionando e decidir entregalo como esta ou continuar incrementando ele por outra sprint. </li></ul>
  11. 11. Influencias de Scrum <ul><li>Lean Thinking </li></ul><ul><li>Artigo “The New New Product Development Game” de Nonaka e Takeushi na Hardvard Bussines Review </li></ul><ul><li>Desenvolvimento Iterativo e incremental </li></ul>
  12. 12. Scrum é usado por... <ul><li>Microsoft </li></ul><ul><li>Yahoo </li></ul><ul><li>Google </li></ul><ul><li>Electronic Arts </li></ul><ul><li>High Moon Studios </li></ul><ul><li>Lockheed Martin </li></ul><ul><li>Philips </li></ul><ul><li>Siemens </li></ul><ul><li>Nokia </li></ul><ul><li>Capital One </li></ul><ul><li>BBC </li></ul><ul><li>CESAR </li></ul><ul><li>CERTI </li></ul><ul><li>Intuit </li></ul><ul><li>Nielsen Media </li></ul><ul><li>First American Real Estate </li></ul><ul><li>BMC Software </li></ul><ul><li>Ipswitch </li></ul><ul><li>John Deere </li></ul><ul><li>Lexis Nexis </li></ul><ul><li>Sabre </li></ul><ul><li>Salesforce.com </li></ul><ul><li>Time Warner </li></ul><ul><li>Turner Broadcasting </li></ul><ul><li>Oce </li></ul>
  13. 13. Scrum é usado para... <ul><li>Software comercial </li></ul><ul><li>Desenvolvimento interno </li></ul><ul><li>Desenvolvimento por Terceirizado </li></ul><ul><li>Projetos de Preço Fixo </li></ul><ul><li>Aplicações financeiras </li></ul><ul><li>Aplicações certificadas ISO9001 </li></ul><ul><li>Sistemas embarcados </li></ul><ul><li>Systemas 24x7 com 99.999% de uptime requerido </li></ul><ul><li>O avião Joint Strike Figther </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de Vídeo Games </li></ul><ul><li>Sistemas críticos, aprovados pelo FDA </li></ul><ul><li>Software de controle de Satélites </li></ul><ul><li>Websites </li></ul><ul><li>Software para portáteis </li></ul><ul><li>Telefones celulares </li></ul><ul><li>Aplicações de controle de redes </li></ul><ul><li>Aplicações ISV </li></ul><ul><li>Algumas das maiores aplicações em uso na atualidade </li></ul>
  14. 14. Características <ul><li>Equipes auto-organizadas </li></ul><ul><li>Produto progressa em uma serie de “sprints” de dois semanas a um mês </li></ul><ul><li>Requisitos são capturados como itens em uma lista de “product backlog” </li></ul><ul><li>Nenhuma praticas especifica de engenharia é prescrita </li></ul><ul><li>Usa regras generativas para criar um ambiente ágil para entregar projetos </li></ul><ul><li>Ele é um dos “processos ágil” </li></ul>
  15. 15. O Manifesto Ágil – Os valores Processos e ferramentas Indivíduos e interações sobre Seguir um plano Responder a mudanças sobre Documentação abrangente Software funcional sobre Negociação contratual Colaboração com cliente sobre
  16. 16. Números sobre a adoção do Scrum no mercado
  17. 17. Pesquisa diz: Ágilidade Funciona na Pratica <ul><li>Pesquisa com 4232 profissionais de TI em março de 2006 publicada na revista Dr. Dobbs mostra: </li></ul><ul><ul><li>65% trabalham em organizações que tem adaptado uma ou mais técnicas de desenvolvimento ágil </li></ul></ul><ul><ul><li>41% trabalham em organizações que tem adotado uma ou mais metodologias ágeis </li></ul></ul><ul><ul><li>60% reportaram aumento na produtividade </li></ul></ul><ul><ul><li>66% reportaram aumento na qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>58% reportaram melhoria na satisfação dos stakeholders </li></ul></ul>
  18. 18. Que metodologia segue mais de perto? Scrum 40% XP 23% Híbrido 14% DSDM 8% Outras 15%
  19. 19. Qual o tipo de melhorias experimentadas? Nada Melhoria Significat Habilidade de mudar de prioridades 8% 52% 40% Aumento da Produtividade 25% 58% 17% Melhoria da Moral da Equipe 26% 54% 20% Aumento da Qualidade do Software 26% 50% 24% Redução do Time-To-Market 29% 51% 20% Redução de Riscos de Projeto 28% 55% 17% Alinhamento entre os Objetivos de TI e de Negocio 34% 44% 22%
  20. 20. Processos Empíricos & Prescritivos
  21. 21. Tipos de Processos <ul><li>“ É típico adotar a abordagem de modelagem definida (teórica) quando os mecanismos subjacentes pelos quais um processo opera são razoavelmente bem entendidos . </li></ul><ul><li>Quando o processo é muito complexo para ser definido, a abordagem empírica é a escolha apropriada.” </li></ul><ul><li>Process Dynamics, Modeling, and Control, </li></ul><ul><li>Ogunnaike and Ray, Oxford University Press, 1992 </li></ul>
  22. 22. Processos Prescritivos <ul><li>Modelo de processo definido com mecanismos subjacentes claramente entendidos </li></ul><ul><li>Sucessão de atividades claramente definidas e lineares </li></ul><ul><li>Capacidade de estimar tempos de execução de cada atividade </li></ul>
  23. 23. Processos Empíricos <ul><li>Complexos, caóticos ou com muita incerteza, seus detalhes ainda são desconhecidos </li></ul><ul><li>Atividades podem ser cíclicas e tem durações com muita variações </li></ul><ul><li>É difícil estimar tempos de execução ou mesmo definir atividades a serem realizadas Gestão </li></ul>
  24. 24. Gestão de Processos Empíricos <ul><li>Fixar a maior quantidade de parâmetros: </li></ul><ul><ul><li>Paramentos do contexto </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prazo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Esforço </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estrutura da Equipe </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Parâmetros da saída fixos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Objetivo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Critério de avaliação (Pronto!) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Parâmetros de entrada fixos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Backlog </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prioridades </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estimativa </li></ul></ul></ul>
  25. 25. Gestão de Processos Empíricos PLAN DO CHECK ACT
  26. 26. Gestão Ágil com Scrum Sprint Planning 1 e 2 SPRINT Sprint Review Sprint Retrospective
  27. 27. Gestão de Processos Empíricos <ul><li>Aplicar </li></ul><ul><ul><li>Ciclo de Sheward/Deming PDCA </li></ul></ul><ul><ul><li>Validar saída com planejado </li></ul></ul><ul><ul><li>Pensar em melhorias </li></ul></ul><ul><ul><li>Injetar o aprendido como feedback para o próximo ciclo de planejamento </li></ul></ul><ul><li>Basicamente o que faz Scrum com suas reuniões: </li></ul><ul><ul><li>Sprint Planning (Plan) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sprint (Do) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sprint Review (Check) </li></ul></ul><ul><ul><li>Sprint Retrospective (Act) </li></ul></ul>
  28. 28. Sprints <ul><li>Projetos Scrum fazem progresso em uma serie de “Sprints” </li></ul><ul><li>Analogo as iterações de XP </li></ul><ul><li>Duração tipica de 2 a 4 semanas ou um mês de calendario como maximo. </li></ul><ul><li>Uma duração constante leva uma melhor cadencia </li></ul><ul><li>O produto é projetado, codificado e testado durante o sprint </li></ul>
  29. 29. Desenvolvimento seqüencial versus simultâneo Ao inves de fazer uma coisa por vêz... ...equipes Scrum fazem tudo simultaneamente... Requisitos Projeto Codificação Teste
  30. 30. Scrum num Gantt Chart
  31. 31. Scrum framework <ul><li>Product owner </li></ul><ul><li>ScrumMaster </li></ul><ul><li>Team </li></ul>Papeis <ul><li>Sprint planning </li></ul><ul><li>Sprint review </li></ul><ul><li>Sprint retrospective </li></ul><ul><li>Daily scrum meeting </li></ul>Cerimônias <ul><li>Product backlog </li></ul><ul><li>Sprint backlog </li></ul><ul><li>Burndown charts </li></ul>Artefatos
  32. 32. Scrum Flow <ul><li>Sprint Planning 1, 2 </li></ul><ul><li>Sprint (Execução) </li></ul><ul><li>Sprint Review </li></ul><ul><li>Sprint Retrospective </li></ul>
  33. 33. Scrum na Prática
  34. 34. Scrum em ação Product backlog Cancel Gift wrap Return Sprint 2-4 semanas Return Objetivo do Sprint Sprint backlog Incremento de Produto potencialmente entregável Coupons Gift wrap Coupons Cancel 24 horas
  35. 35. Juntando tudo
  36. 36. Duvidas?
  37. 37. Próximos passos <ul><li>www.teamware.com.br </li></ul><ul><li>“ Gestão Ágil de Projetos com Scrum” </li></ul><ul><li>22 e 23 de Setembro em São Paulo </li></ul><ul><li>26 e 27 de Setembro em Brasília </li></ul><ul><li>Treinamento Certified Scrum Master </li></ul><ul><li>26 e 27 de Outubro em São Paulo </li></ul><ul><li>Fernanda – BlueStar </li></ul><ul><li>Sergio Oliveira </li></ul><ul><li>Regional Manager Brasilia </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>Copyrigth© 2007 Todos os direitos reservados </li></ul>
  38. 38. Teamware do Brasil <ul><li>Muito Obrigado! </li></ul><ul><li>Juan Esteban Bernabó </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>www.teamware.com.br </li></ul><ul><li>Copyrigth© 2007 Todos os direitos reservados </li></ul>

×