Estratégia empresarial

  • 510 views
Uploaded on

A estratégia competitiva de custo é onde a empresa centra os esforços na busca pela eficiência na produtividade, e na diminuição dos gastos com propagandas, assistência técnica, distribuição, pesquisa …

A estratégia competitiva de custo é onde a empresa centra os esforços na busca pela eficiência na produtividade, e na diminuição dos gastos com propagandas, assistência técnica, distribuição, pesquisa e desenvolvimento. A opção por estratégia competitiva faz com que se invista em mais imagem, com finalidade de criar diferenciais ao consumidor. E a estratégia competitiva de foco significa buscar um alvo restrito no qual por meio da diferenciação ou custo, onde a empresa ira se especializar atendendo em segmentos do ninho especifico.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
510
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDA DE CUIABÁ – CAMPUS SORRISO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGIA EMPRESARIAL ALINE SANTOS BRUNA HOFFMANN CARLOS PLETSCH ELETICIA JANISEK GLEICE MARIA IRACEMA ROMA JANETE MACIEL JEAN LEONARDO LETICIA GIACOMINI MAENESON SOUZA MARCOS PAULO FIGUEIREDO DA CRUZ Sorriso 2013/12
  • 2. ALINE SANTOS BRUNA HOFFMANN CARLOS PLETSCH ELETICIA JANISEK GLEICE MARIA IRACEMA ROMA JANETE MACIEL JEAN LEONARDO LETICIA GIACOMINI MAENESON SOUZA MARCOS PAULO FIGUEIREDO DA CRUZ ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Trabalho apresentado à faculdade de Administração da Universidade de Cuiabá – Campus Sorriso, para obtenção de título de Bacharel em Administração. Sobre orientação do Prof. Esp. Jazon Pereira. Sorriso 2013/12
  • 3. SUMÁRIO 1. TIPOS DE ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS ..........................................................02 2. A ESTRATÉGIA E A CRIAÇÃO DE VALOR ..........................................................03 3. O PROCESSO DE DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA ................................................04
  • 4. 1. TIPOS DE ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS A estratégia competitiva de custo é onde a empresa centra os esforços na busca pela eficiência na produtividade, e na diminuição dos gastos com propagandas, assistência técnica, distribuição, pesquisa e desenvolvimento. A opção por estratégia competitiva faz com que se invista em mais imagem, com finalidade de criar diferenciais ao consumidor. E a estratégia competitiva de foco significa buscar um alvo restrito no qual por meio da diferenciação ou custo, onde a empresa ira se especializar atendendo em segmentos do ninho especifico. Qualquer estratégia competitiva tem riscos e armadilhas na estratégia de custos as principais são; a excessiva importância que se dá a fabricação: a possibilidade de acabar com qualquer diferenciação; a dificuldade de estabelecer um critério ABC de controle de custos; e a mais importante a de que apareça um novo concorrente com uma nova tecnologia, novo processo e abocanhe parcela do mercado ou o mercado e passe a valorar o produto por critérios diferentes. Na estratégia de diferenciação as principais armadilhas são apresentadas por diferenciação excessiva, pelo preço muito elevado, por um enfoque exagerado no produto e pela possibilidade de ignorar critérios. Já a estratégia de foco o risco é no segmento escolhido não propiciar massa critica que permite a empresa operar. A Joint Venture é a união de uma organização com outro para realizar projetos específicos, essa é uma maneira das organizações se fundir, formando uma nova e assim fica melhor para controlar. Estratégia refere-se ao plano da alta administração alcançando os resultados da missão e os objetivos da organização. Os três pontos de vantagens  Desenvolvimento da estratégia;  Implementação da estratégia;  Controle estratégico. A estratégia envolve todos os contextos internos e externos. A alta administração deve realizar as seguintes tarefas:
  • 5.  Analisar as oportunidades e ameaças que existe no ambiente externo;  Analisar os pontos fortes e fracos;  Estabelecer a missão e os objetivos;  Formular as estratégias (nível empresarial, nível unidade da negociação e o nível funcional) a onde a organização combina os pontos fortes e fracos com a oportunidade e ameaças;  Implementar as estratégias;  Realizar atividades de controle para assegurar os objetivos sejam atingidos. 2. A ESTRATÉGIA E A CRIAÇÃO DE VALOR O novo papel da gerencia rompe com os pressupostos do passado para reconhecer que as sociedades não são economias de mercado, ou seja, são economias empresariais, desse modo para que isso aconteça as empresas devem ter uma boa qualidade de gerencia e alicerce de contrato moral com os funcionários e sociedade, substituindo exploração paternalistas, apropriação de valor através do oferecimento de emprego e a criação de valor a onde os destinos sejam compartilhados. O enfraquecimento da empresa ocorre quando a se perde legitimidade. Isso acontece com a monarquia, religiões organizadas e o Estado. Para que isso não aconteça os administradores devem atribuir prioridade à tarefa coletiva e individual, para reconstrução da credibilidade e legitimidade e melhorar o desempenho econômico da empresa. As ideias antigas de estratégia nunca desaparecem, elas se infectam clandestinamente nas novas praticas. A flexibilidade uma das praticas mais influente e se baseia em dois caminhos: baixo custo e diferenciação, que estão centrados na economia de produtos ou no fornecimento de melhor produto. Em pesquisas realizadas em mais de cem empresas, desenvolveram o modelo Delta, que gerou quatro contribuições:  O triangulo que captura três posições estratégicas diferentes e reflete a lucratividade;
  • 6.  Os processos adaptativos alinham as tarefas de execução com a opção desejada;  Medições agregada estabelecer as condições gerais do desempenho da empresa;  Medições granulares para fornecer um entendimento aos condutores do negocio; de aprender, inovar e mudar utilizando mecanismo de feedback adequado. 3. O PROCESSO DE DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA Os planos no geral incluem a analise SWOT e outras analise de mercado, mas as decisões são tomadas com bases nas previsões de vendas, investimentos e custos. A empresa manterá percentuais de custos fixos, se ocorrerem um aumento nas venda os lucros aumentam. Embora as empresas se concentrem numa única estratégia, ela deve desenvolver e manter um portfólio de opção estratégica para o futuro. A definição portfólio de opções futuras envolve quatro etapas principais:  Detecção das limitações ocultas ao futuro da empresa;  Definição de processo para o desenvolvimento de novas opções estratégicos;  Otimização do portfólio de opções estratégicas;  Combinação de planejamento e oportunismo.