Sia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Sia

on

  • 173 views

SIA - Sistema de Informação para Arqueologia

SIA - Sistema de Informação para Arqueologia
Autor: Jayme Mattos de Souza

Statistics

Views

Total Views
173
Views on SlideShare
173
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sia Sia Presentation Transcript

  • Introdução • A proposta deste trabalho é automatizar o gerenciamento de informações arqueológicas. • A aplicação será utilizada durante o processo de coleta de dados com auxilio de um dispositivo móvel (tablet ou smartphone).
  • Objetivos • Entender as diferentes fases do processo de exploração arqueológica. • Avaliar as tecnologias necessárias para o desenvolvimento do sistema. • Avaliar as necessidades de operação do sistema em condições de campo.
  • Ferramentas Utilizadas
  • Justificativa • Os sítios arqueológicos geram toda uma gama de informação que acaba por ser armazenada em papel.
  • Justificativa • Melhorar a organização dos projetos e a diminuição do retrabalho no processo de gerenciamento dos mesmos.
  • A Arqueologia • É uma disciplina científica que estuda as culturas e os modos de vida do passado a partir da análise de vestígios materiais. • No Brasil teve início em 1834, com o botânico dinamarquês Peter Wilhelm Lund.
  • Trabalho Arqueológico • São todas as ações que visem a detecção, o estudo e a valorização de bens do patrimônio. • IPHAN – Responsável pela regulamentação e aprovação dos trabalhos.
  • Sítio Arqueológico • Local utilizado pelos grupos antigos para as suas habitações, cujos testemunhos (vestígios arqueológicos) encontram-se especialmente distribuídos. • Cerâmicos ou líticos • Arte Rupestre • Históricos • Sambaquis
  • O Projeto • Composto por 5 etapas: – Diagnóstico – Prospecção – Escavação – Monitoramento
  • Diagnóstico • Etapa de coleta de informações sobre o local - Entrevistas - Pesquisa Histórica - Vistoria
  • Prospecção Onde é feito um estudo mais aprofundado do local. • Sondagem – Pontos • Níveis
  • Pontos • Delimitação da área e marcação dos pontos.
  • Níveis • Perfuração dos pontos, e o registro das informações.
  • Escavação • Prospecção • Escavação (Registros) – Nome do Sítio – Cidade – Pesquisadores – Fichas
  • Monitoramento • • • • • Tipo de Atividade Condições Climáticas Percorrimento Geomorfologia Tipo de Sítio Arqueológico
  • Registro de Imagens
  • Relatórios • Entrevista • Monitoramento • Pesquisa Histórica • Escavação • Sítios Arqueológicos
  • Soluções • Registro e gerenciamento de projetos.
  • Soluções • Acompanhamento das Atividades.
  • Soluções • Registro dos Sítios.
  • Soluções • Armazenamento das imagens.
  • Soluções • Automatizar os registros dos níveis em campo.
  • Soluções • Substituir as fichar de preenchimento por formulários. RELATÓRIO DE MONITORAMENTO ARQUEOLÓGICO Projeto: Data: Arqueólogo responsável: Dra. Deisi Scunderlick Eloy de Farias. Equipe de Pesquisa monitoramento: Membro da equipe: Empresa: Trecho Condições climáticas: ( ) dia claro e limpo com sol; ( ) dia nublado com sol; ( ) dia nublado sem sol; ( ) dia nublado com chuva; ( ) dia variando de nublado a limpo com sol e chuva; ( ) dia variando de desmonte (bordas das elevações-zona de contato entre colúvio e alúvio – sedimentos). ( ) áreas vizinhas Tipos de sedimentos: ( ) argilosos; ( ) arenosos; ( ) areno-argilosos; ( ) conchas; ( ) material arqueológico; ( ) saturados; ( ) supersaturados; Descrição: Sedimento arenoso cinza claro Presença de sítio arqueológico: ( ) sim; ( x ) não; Tipo de sítio arqueológico: ( ) Sambaqui; ( ) cerâmico; ( ) lítico; ( ) histórico; ( ) multicomponencial; Grau de significância: ( ) na faixa de domínio da obra; ( ) fora da faixa de domínio da obra; Confirmação pelo Informações –( )
  • Autor: Jayme Mattos de Souza Junho, 2012
  • Considerações • Dificuldades encontradas. • Implementações futuras.
  • Questionamentos?