Your SlideShare is downloading. ×

Tempo vento

729

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
729
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Iracema Prof. VanderleiO TEMPO E O VENTO ERICO VERISSIMO
  • 2. Iracema Prof. Vanderlei OBRA DIVIDIDA EM TRÊS PARTES:  O CONTINENTE – 1745 – 1895  O RETRATO – 1909 – 1915  O ARQUIPÉLAGO – 1922 – 1945Formação política – histórica – social do RS
  • 3. Iracema Prof. VanderleiO CONTINENTE
  • 4. Iracema Prof. Vanderlei Continente: estabelecimento do Rio Grande do Sul O capítulo O Sobrado é dividido em sete partes distribuídas aolongo de O continente e representa o final cronológico da primeira parte O sobrado I > início: “Era uma noite fria de lua cheia. As estrelas cintilavam sobre a cidade de Santa Fé, que de tão quieta e deserta parecia um cemitério abandonado.”
  • 5. Iracema Prof. Vanderlei A FONTE  Guerra nas Missões > Portugal/Espanha x índios/jesuítas Padre Alonzo > padre atormentado com seu passado devasso /padrinho de um menino filho de uma índia e de um desconhecido  Pedro: adaptado à cultura dada pelo padre / visões de Nossa Senhora & Sepé > vê a morte deste último em combate Pedro: fuga da região (em meio a um incêndio)
  • 6. Iracema Prof. Vanderlei ANA TERRA Ana Terra: família de SP / desejo de viver numa cidade maior Ana encontra um índio ferido > Pedro Missioneiro > carta de apresentação portuguesa > incorpora-se à vida da família  Maneco Terra > desconfiança  Atração Ana x Pedro > gravidez / visão de sua morte > cometida por Antônio e Horácio  Pedro Terra > filho Ataque dos castelhanos à casa > Ana é violentada diversas vezes
  • 7. Iracema Prof. Vanderlei  Ana Terra protegia o que restara de sua família (os homens haviam sido assassinados Ana leva o filho, a cunhada e a sobrinha para um povoado que estava surgindo sob o domínio do coronel Ricardo Amaral > Santa Fé  Ana torna-se parteira do povoado  Pedro Terra casa-se com Arminda > Juvenal e Bibiana
  • 8. Iracema Prof. Vanderlei UM CERTO CAPITÃO RODRIGO  Chegada do Capitão Rodrigo a Santa Fé > “- Buenas eespalho! Nos pequenos dou de prancha e nos grandes dou de talho.” Juvenal demonstra contrariedade > Rodrigo diz não quererbrigar e pergunta das mulheres da cidade > tornam-se amigos  Bibiana > solteira / desejada por Bento Amaral  Duelo Rodrigo (tiro) x Bento (“R” sem a perninha)
  • 9. Iracema Prof. Vanderlei  Rodrigo & Juvenal > comércio Rodrigo x Bibiana > casamento > gravidez > ele viaja para Rio Pardo (foge da monogamia)  Filhos: Bolívar / Anita (morre x Rodrigo no jogo) / Leonor  Rodrigo x Helga Kunz (imigrante alemã) Rodrigo entra na Revolução Farroupilha > morre num ataque ao casarão da família Amaral
  • 10. Iracema Prof. Vanderlei A TEINIAGUÁ Chegada de Aguinaldo Silva > constrói o Sobrado na cidadeem terras que haviam sido tomadas de Pedro Terra por falta de pagamento de dívidas  Luzia (neta de Aguinaldo) > mulher sedutora > Bolívar e Florêncio  Bibiana aceita a aproximação de Bolívar x Luzia > poderia recuperar a terra que fora do seu pai  Noivado x enforcamento de um negro amigo de Bolívar
  • 11. Iracema Prof. Vanderlei  Luzia > sentimentos obscuros > sadismo > ela insistira para que o noivado não tivesse o horário alterado Luzia > sadismo > acompanha o sofrimento do avô / insiste em ir a POA (cólera)  Guerra Bibiana x Luzia  Quarentena ao Sobrado > cólera > Bolívar tenta romper o cerco > morre  Licurgo > filho de Bolívar e Luzia  Karl Winter > alemão > relaciona Luzia x Teiniaguá
  • 12. Iracema Prof. Vanderlei A GUERRA  Guerra do Paraguai > famílias de Santa Fé envolvidas Florêncio (filho de Juvenal) > sequelas no joelho > pai de Maria Valéria e Alice Licurgo > criado na fazenda Angico > Fandango lhe ensina as lide campeiras  Luzia > tumor / assediada por um major / tenta convencer o filho a sair de Santa Fé > ele nega-se  Guerra Bibiana x Luzia
  • 13. Iracema Prof. Vanderlei ISMÁLIA CARÉ  Licurgo > oposição a Bento Amaral / republicano  Licurgo x Alice x Maria Valéria x Ismália Caré Licurgo > abolicionista x nojo dos negros no Sobrado / exige que Ismália Caré aborte Simulação de guerra > mouros x cristãos > Licurgo x Alvarino Amaral
  • 14. Iracema Prof. Vanderlei O SOBRADO Cerco ao Sobrado durante a Revolução Federalista > falta de comida / água  Licurgo x Alice > Toríbio e Rodrigo  Alice grávida de Aurora > nasce morta  Maria Valéria insiste para que Licurgo peça uma trégua Licurgo > decide levantar bandeira branca > prestes a fazê-lo, vê a bandeira branca sendo levantada pelos inimigos
  • 15. Iracema Prof. VanderleiO RETRATO
  • 16. Iracema Prof. Vanderlei Início do século XX Fortalecimento do clãInício: deslocamento temporal: volta de Rodrigo do Rio de Janeiro a Santa Fé (1945) > capítulo Rosa-dos-ventos
  • 17. Iracema Prof. Vanderlei CHANTECLER Rodrigo volta da Faculdade de Medicina (POA) > desejos sociais / políticos > quer fundar um jornal de oposição  Toríbio > homem ligado ao campo / turrão  Rodrigo > deseja casar-se com Flora (filha de Aderbal Quadros, homem rico que fora à falência por ser péssimo administrador)  Licurgo vivia no Sobrado com Maria Valéria > tensão
  • 18. Iracema Prof. Vanderlei  Licurgo ainda mantinha o caso com Ismália Caré Rodrigo mantém um caso com uma Caré (ninguém sabe quem é o pai) > ela também se relaciona com outros  Rodrigo tem seus luxos mantidos pelo pai > consultório /farmácia / jornal A farpa > ataques Titi Trindade > responde aosataque no jornal A voz da serra / leva um capanga (Dente Seco) para ameaçar Rodrigo (espanca o capanga numa briga)  Eleições > Rodrigo quase não consegue votos para Rui Barbosa
  • 19. Iracema Prof. Vanderlei Rodrigo dedica-se à Medicina > nojo da pobreza real x apreço pela pobreza literária Rodrigo > juiz de paz / caridade aos pobres x casos amorosos x casamento com Flora  O retrato > pintado por D. Pepe é chamado pelo artista de Chantecler
  • 20. Iracema Prof. Vanderlei A SOMBRA DO ANJO  Rodrigo > casado com Flora e pai de Floriano e Alicinha Rodrigo volta a ser envolver na política > seria indicado a deputado Rodrigo x Toni Weber (família de músicos austríacos) > elacomete suicídio > noiva de Erwin > Rodrigo refugia-se no na fazenda Angico
  • 21. Iracema Prof. Vanderlei UMA VELA PRO NEGRINHO Floriano (filho de Rodrigo) retorna a Santa Fé após anos nos USA > visita um cemitério > ele pensa em escrever outro romance  Filhos de Rodrigo: Eduardo (comunista) / Bibi (bon vivant)  Final: Maria Valéria acende uma vela para o negrinho do pastoreio > para que a gente do Sobrado encontrasse o que perdera
  • 22. Iracema Prof. VanderleiO ARQUIPÉLAGO
  • 23. Iracema Prof. Vanderlei O ARQUIPÉLAGO - terceira parte da trilogia, centrada nosacontecimentos político-histórico-sociais entre os anos de 1922- 1945Como ocorre nas outras duas partes, há um rompimento com aexposição cronológica dos fatos, alternando o presente (1945) com os acontecimentos a partir de 1922
  • 24. Iracema Prof. Vanderlei A obra apresenta 9 capítulos (em ordem cronológica): Odeputado, Lenço encarnado, Um certo major Toribio, O cavalo e o obelisco, Noite de ano bom, Reunião de Família, Do diário de Sílvia, Encruzilhada e Caderno de pauta simples O capítulo Caderno de pauta simples servem de intermezzos, de capítulos intermediários entre os diversos acontecimentos da história.
  • 25. Iracema Prof. Vanderlei O DEPUTADO Contexto: disputa eleitora entre Borges x Assis Brasil em 1922  Rodrigo x Flora > filhos: Floriano / Eduardo / Bibi / Jango / Alicinha  A família Terra Cambará apóia Assis Brasil x Borges de Medeiros  Licurgo x Ismália / Toríbio (campo) x Rodrigo (bon vivant)
  • 26. Iracema Prof. Vanderlei LENÇO ENCARNADO Revolução de 1923 > Rodrigo insiste para entrar na linha de frente > Licurgo hesita mas aceita Rodrigo > escapa da morte com o auxílio de um empregado / Toríbio > lanceiro / Licurgo > morre na guerra > enterrado na fazenda Angico  Rodrigo > peso na consciência
  • 27. Iracema Prof. Vanderlei UM CERTO MAJOR TORÍBIO Morte de Alicinha > Rodrigo = culpa > lembra de Toni Weber Floriano vê o pai transando com Antônia Caré > ele afasta-se do pai  Floriano estuda em POA Toríbio entra para a Coluna Prestes > quase morre na Bahia:fuzilamento / intervenção do espírito de Licurgo / preso no RJ > solto com a intervenção de Getúlio Vargas
  • 28. Iracema Prof. Vanderlei O CAVALO E O OBELISCO  Revolução de 1930 Rodrigo prepara um ataque ao quartel de Santa Fé > levaFloriano > Bernardo Quaresma resiste ao ataque e atira em Rodrigo > Floriano não atende ao pedido de reação do pai  Floriano x Rodrigo > afastam-se  Rodrigo parte para o Rio de Janeiro > governo Vargas
  • 29. Iracema Prof. Vanderlei NOITE DE ANO BOM  Estado Novo  Rodrigo volta a Santa Fé > noivado de Silvia e Jango  Floriano x Sílvia > romance controlado Toríbio x Rodrigo > divergências > Estado Novo > discussão > Toríbio vai a um cabaré > briga > morte
  • 30. Iracema Prof. Vanderlei REUNIÃO DE FAMÍLIA  Dividido em 6 capítulos  Rodrigo > prestes a morrer > ataques cardíacos Floriano > sabe que teve vantagens pela carreira do pai Sílvia x Floriano > consciência de que poderiam ter ficado juntos Toríbio lutara contra Getúlio Vargas na Revolução de 32
  • 31. Iracema Prof. Vanderlei DO DIÁRIO DE SÍLVIA  Reflexões de Sílvia Ciente de que não deveria ter se casado com Jango
  • 32. Iracema Prof. Vanderlei ENCRUZILHADA  Rodrigo pede para que Sílvia não abandonasse Jango  Floriano beija Sílvia - ela lhe dá seu diário - diz que nunca ficariam juntos Conversa entre Rodrigo e Floriano - exposição dos traumas de cada um Rodrigo morre pouco antes de ser levado para o Rio de Janeiro
  • 33. Iracema Prof. Vanderlei Floriano começa a escrever o seu romance:“Era uma noite fria de lua cheia. As estrelas cintilavam sobre a cidade de Santa Fé, que de tão quieta e deserta parecia um cemitério abandonado.” – exatamente o primeiro parágrafo de O tempo e o vento.

×