SemináRio Gd

872 views
817 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
872
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

SemináRio Gd

  1. 1. <ul><li>Universidade Regional de Blumenau FURB </li></ul><ul><li>Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática </li></ul><ul><li>Disciplina: Pesquisa em Ensino de Ciências e Matemática </li></ul><ul><li>Professor: Dr. Edson Schoroeder </li></ul><ul><li>Mestrandos: Odair Hammes </li></ul><ul><li>Saulo Vargas </li></ul>
  2. 2. Como Usar a Geometria Dinâmica? O Papel do Professor e do Aluno Frente às Novas Tecnologias Anais do XXVI Congresso da SBC XII Workshop de Informática na Escola 14 a 20 de julho de 2006 - Campo Grande, MS
  3. 3. Análise do evento Congresso da Sociedade Brasileira de Computação É promovido pela SBC, ocorre anualmente e tem como principal objetivo discutir os avanços na área da computação. Reune cientistas, técnicos, profissionais da computação, além de estudantes, com o objetivo de trocar informações e experiências entre a comunidade científica de todo o país. Workshop de Informática na Escola É promovido anualmente pela Comissão Especial de Informática na Educação, como um dos eventos do Congresso Anual da Sociedade Brasileira de Computação, tendo como principal objetivo a divulgação de iniciativas nacionais de aplicação tecnológica do computador na escola.
  4. 4. Site da Sociedade Brasileira de Computação http://www.sbc.org.br/
  5. 5. Sobre os autores Leônidas de Oliveira Brandão possui Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1988) , Mestrado em Matemática Aplicada pela Universidade de São Paulo (1994) e Doutorado em Matemática Aplicada pela Universidade de São Paulo (1999) . Atualmente é Professor assistente da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Ciência da Computação , com ênfase em Informática na Educação.
  6. 6. Sobre os autores Seiji Isotani , possui Bacharelado (2002) e Mestrado (2005) em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo. Concluiu o doutorado em engenharia da Informação no Instituto de Pesquisas Científicas e Industriais da Universidade de Osaka, Japão, e atualmente é pesquisador na Carnegie Mellon University (EUA). Tem experiência na área de Ciência da Computação e desenvolvimento de ferramentas educacionais. Atualmente faz pesquisas sobre os seguintes temas: sistemas educacionais inteligentes, ontologias, CSCL, ensino de matemática, web semântica, educação a distância e informática na educação. Recebeu prêmios da SBC em 2006 (melhor dissertação de mestrado), da ACM em 2007 (2 º lugar na competição de pesquisas lideradas por estudantes) e do IEEE em 2008 (aluno premiado por mérito acadêmico).
  7. 7. http://www.matematica.br/igeom/ Produção dos autores nessa área de pesquisa
  8. 8. Produção dos autores nessa área de pesquisa Desenvolvimento de ferramentas no iGeom: utilizando a geometria dinâmica no ensino presencial e a distância SEIJI ISOTANI Orientador: LEÔNIDAS DE OLIVEIRA BRANDÃO DISSERTAÇÃO APRESENTADA AO INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMO PARTE DOS REQUISITOS PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE MESTRE EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO São Paulo Abril de 2005 http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-17092005-063522 /
  9. 9. http://www.br-ie.org/pub/index.php/rbie/article/view/38 Produção dos autores nessa área de pesquisa
  10. 10. RPM 49 - GD - Geometria dinâmica: Dois artigos Produção dos autores nessa área de pesquisa
  11. 11. Título <ul><li>Como Usar a Geometria Dinâmica? O Papel do Professor e do Aluno Frente às Novas Tecnologias </li></ul><ul><li>O título traz a idéia central do artigo, sendo possível reconhecer sobre que assuntos versam, bem como as áreas do conhecimento relacionadas. </li></ul>
  12. 12. Resumo <ul><li>Traz, de forma concisa, a os elementos de maior importância e interesse do artigo – objetivo, resultados e conclusões. </li></ul><ul><li>Objetivo: Discutir as dificuldades encontradas por professores e alunos diante a inserção de novas tecnologias, destacando a GD no ensino de Geometria. </li></ul><ul><li>Resultados: Economia do tempo do professor com a avaliação automática e participação ativa do aluno em seu processo de aprendizagem. </li></ul><ul><li>Conclusões: A importância do ensino de Geometria assistida por um computador e os benefícios de um programa de Geometria Dinâmica. </li></ul>
  13. 13. Palavras-Chave <ul><li>São os termos que esclarecem o conteúdo do artigo. </li></ul><ul><li>Nesse artigo não há palavras-chave. Acreditamos que seja uma orientação do evento. </li></ul>
  14. 14. Introdução Na introdução os autores expõe os objetivos, definem o problema, justificam a escolha e relevância do tema e descrevem seu referencial teórico. Problema: A reestruturação do método tradicional de ensino devido a utilização das novas tecnologias, em especial a GD para o ensino da geometria. Justificativa e relevância: Os benefícios que o uso do computador pode trazer para o ensino e aprendizagem. Objetivo: Discutir o papel do professor e do aluno frente ao uso de GD e das novas tecnologias... Referencial teórico: Freire – concepção bancária da educação. Clementes, Marrades & Gutiérrez – educação problematizadora.
  15. 15. Desenvolvimento <ul><li>Nessa parte do artigo os autores demonstraram como desenvolveram a pesquisa, descrevendo sobre: </li></ul><ul><li>A geometria dinâmica e alguns benefícios </li></ul><ul><li>O professor </li></ul><ul><li>O aluno </li></ul><ul><li>Um exemplo de aplicação </li></ul><ul><li>Ficando implícito que utilizaram pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. </li></ul><ul><li>Pesquisa bibliográfica: consulta a bibliografias </li></ul><ul><li>Pesquisa de campo: estudo dos alunos da disciplina MAC 118. </li></ul>
  16. 16. Desenvolvimento <ul><li>A geometria dinâmica e alguns benefícios </li></ul><ul><li>O programa de GD é a implementação computacional da régua e compasso. Após a realização de uma construção o usuário (estudante) pode alterar as posição dos objetos iniciais que o programa redesenha a construção preservando as propriedades. </li></ul><ul><li>Permite ao usuário realizar vários testes com uma mesma construção, incentivando seu espírito investigativo. </li></ul>
  17. 17. Desenvolvimento <ul><li>O professor </li></ul><ul><li>Como os computadores estão cada vez mais presentes no cotidiano dos alunos, o professor terá que incorporar esse recurso no seu projeto educativo. </li></ul><ul><li>Com o programa de GD o professor estimulará a criatividade e a interação do aluno com o assunto abordado, elaborando atividades que visem à exploração e a descoberta. Podendo ainda se valer dessas novas tecnologias para validar e gerenciar atividades. </li></ul>
  18. 18. Desenvolvimento <ul><li>O aluno </li></ul><ul><li>Com as novas tecnologias o estudante deve abandonar seu papel passivo na aprendizagem, tornado-se sujeito de sua aprendizagem. </li></ul><ul><li>Devido a interatividade do programa de GD, cabe ao aluno aventurar-se na busca de desafios, compartilhando suas descobertas/dúvidas com colegas e professores, o que lhe possibilitará atingir os níveis mais altos do conhecimento em Geometria. </li></ul>
  19. 19. Desenvolvimento <ul><li>Um exemplo </li></ul><ul><li>Como exemplo os autores exploram o conceito de algoritmo. O que pode ser trabalhoso na geometria estática (régua e compasso), pode ser encantador na GD sem perder o rigor das construções. </li></ul>
  20. 20. Conclusão <ul><li>É fundamentada nos objetivos do estudo. </li></ul><ul><li>Para que as novas tecnologias sejam melhor incorporada é importante que os benefícios sejam rapidamente percebidos por professores e alunos. </li></ul><ul><li>A implantação da GD a um sistema de gerenciador de curso auxilia o professor na elaboração de atividades e a correção das mesmas, e possibilita maior envolvimento dos alunos. </li></ul>
  21. 21. Tem no máximo 10 páginas. O artigo não traz palavras-chave. O primeiro parágrafo de cada título não tem recuo. O título não está todo com letras maiúsculas como de costume. O resumo em inglês vem antes do resumo em português. Análise Técnica
  22. 22. BRANDÃO, Leônidas de Oliveira. SEIJI Isotani. Como Usar a Geometria Dinâmica? O Papel do Professor e do Aluno Frente às Novas Tecnologias. In: WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 12. ,2006, Campo Grande. Anais... Campo Grande: SBC, 2006. p. 120-128. Referência
  23. 23. <ul><li>a presença do computador nas escolas; </li></ul><ul><li>a diversidade de softwares de GD livres e de qualidade; </li></ul><ul><li>os softwares de GD com uma altermativa para o ensino de geometria; </li></ul><ul><li>o professor poderia familiarizar-se com pelo menos um desses; </li></ul><ul><li>período de familiarização dos estudantes e a resolução de problemas; </li></ul><ul><li>criação de uma biblioteca de problemas; </li></ul><ul><li>participação ativa dos estudantes; </li></ul>Nossas considerações sobre o assunto do artigo
  24. 24. Biblioteca Virtual da SBC: http://www.sbc.org.br/bibliotecadigital/ Sistema de Aprendizagem pela Web – SAW: http://milanesa.ime.usp.br/saw/sobre/ XIX Congresso da SBC – 2009: http://csbc2009.inf.ufrgs.br/index.php?option=com_content&task=view&id=44&Itemid=78 iGeom: http://www.matematica.br/igeom/ Endereços
  25. 25. Anais do XXVI Congresso da SBC XII Workshop de Informática na Escola 14 a 20 de julho de 2006 - Campo Grande, MS Como Usar a Geometria Dinâmica? O Papel do Professor e do Aluno Frente às Novas Tecnologias Leônidas de Oliveira Brandão Instituto de Matemática e Estatística – Universidade de São Paulo (IME-USP) Seiji Isotani Institute of Scientific and Industrial Research – Osaka University Osaka, Japan Disponível em : http://www.ei.sanken.osaka-u.ac.jp/~isotani/artigos/WIE06_GD.pdf

×