0
Consciência
Ambiental
Éticas Tradicionais
Centradas, somente, nas relações
entre seres humanos
Gregos
Aristóteles
Natureza = hierárquica
Homem --- ápice
Ética das
Virtudes:
Desenvolvimento do
caráter
do homem
Cristianismo
“Façamos o ser humano à
nossa imagem e
semelhança, para que
domine sobre os peixes do
mar, sobre as aves do c...
Tomás de Aquino
Não exclui a preocupação pela
natureza, desde que essa
preocupação possa estar
relacionada com o bem-estar...
Utilitarismo
Modernidade:
Maximizar a
felicidade geral
Deontologismo:
Regras e Valores absolutos
Homem:
pela racionalidade está
acima de tudo
O Fracasso da Tradição
Revolução Industrial
(Séc. XVIII)
•• Mentalidade predatória da naturezaMentalidade predatória da natureza
•• Mito da inesgotabilidade dosMito da inesgotabil...
• Confiança no desenvolvimento
tecnológico
• Manipulação da natureza
• Desenvolvimento econômico
Uso da máquina a vapor,
motor diesel, motor a explosão e
combustíveis fósseis
Processo de industrialização desmedido
Novas...
Despertar:
Movimento Ambiental
Donald WorsterDonald Worster
Consciência do poder de destruiçãoConsciência do poder de destruição
humanohumano
Bomba H – 1...
Rachel CarsonRachel Carson
19621962
““Primavera silenciosa”Primavera silenciosa”
[“Silent spring”][“Silent spring”]
Pestic...
Lynn White Jr.
1967
Crítica ao modelo judaico-cristão
Paul Ehrlich
1968
Crescimento populacional
Primeira Conferência das
Nações Unidas
sobre o Meio Ambiente
1972
Declaração de Estocolmo
“ A Educação Ambiental tem uma i...
Conferência
Intergovernamental
Sobre Educação Ambiental
1977
Tbilisi (Geórgia)Tbilisi (Geórgia)
RússiaRússia
Comissão Mundial para
o Meio Ambiente e
Desenvolvimento
1983 – ONU
Gro Harlem Brundtland
Noruega
Problemas Ambientais
Perspectiva Global
1987
Relatório Brundtland
[Our Common Future]
Desenvolvimento Sustentável”
“Nova Ordem Mundial”
Conciliar:
Conservação da natureza
Crescimento econômico
ECO – 92
Rio de Janeiro
Conferência das Nações Unidas para o
Meio Ambiente e o Desenvolvimento
(CNUMAD)
ECO-92 – Rio-92 – ...
Protocolo de Quioto – 1997
Assinaturas: Março / 1998
Ratificação: Março / 1999
Ética
Ambiental
ÉTICA AMBIENTAL
Definição:
Estudo crítico das questões normativas e dos
princípios relacionados às interações humanas com
...
Constitui uma área de reflexão ética
importante para:
● a conduta dos indivíduos;
● das corporações e;
● dos governos;
Visa estabelecer princípios
que determinem:
● as políticas,
● o estilo de vida e,
● as ações no diz respeito as questões a...
ÉTICA AMBIENTAL
1. Questiona a suposta e assumida superioridade
moral dos seres humanos em relação aos membros
de outras e...
Definições:
Valor Intrínseco:
Em si mesmo
Valor Instrumental:
Meio para
Considerabilidade Moral
.
REAÇÕES:
Consciência e sensibilidade
ecológica
ONGs – luta pela defesa da
Ecologia
Políticas de planejamento e
impacto ambiental
.Fundos para preservação e
proteção ambiental
Criação de leis ambientais
NOVOS PARADIGMAS
● Sociais
● Culturais
● Econômicos
● Políticos
● Éticos
DEBATE:DEBATE:
[1] De que ser humano estamos falando?[1] De que ser humano estamos falando?
[2] Qual seu papel?[2] Qual se...
PROBLEMAS
AMBIENTAIS
PROBLEMAS ÉTICOS
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Consciência ambiental

574

Published on

Elaborado por Pedro Leite

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
574
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Consciência ambiental"

  1. 1. Consciência Ambiental
  2. 2. Éticas Tradicionais Centradas, somente, nas relações entre seres humanos
  3. 3. Gregos Aristóteles Natureza = hierárquica Homem --- ápice
  4. 4. Ética das Virtudes: Desenvolvimento do caráter do homem
  5. 5. Cristianismo “Façamos o ser humano à nossa imagem e semelhança, para que domine sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos e sobre todos os répteis que rastejam pela terra”
  6. 6. Tomás de Aquino Não exclui a preocupação pela natureza, desde que essa preocupação possa estar relacionada com o bem-estar humano
  7. 7. Utilitarismo Modernidade: Maximizar a felicidade geral
  8. 8. Deontologismo: Regras e Valores absolutos Homem: pela racionalidade está acima de tudo
  9. 9. O Fracasso da Tradição Revolução Industrial (Séc. XVIII)
  10. 10. •• Mentalidade predatória da naturezaMentalidade predatória da natureza •• Mito da inesgotabilidade dosMito da inesgotabilidade dos recursos naturaisrecursos naturais •• Exploração histórica dosExploração histórica dos recursos naturaisrecursos naturais
  11. 11. • Confiança no desenvolvimento tecnológico • Manipulação da natureza • Desenvolvimento econômico
  12. 12. Uso da máquina a vapor, motor diesel, motor a explosão e combustíveis fósseis Processo de industrialização desmedido Novas tecnologias
  13. 13. Despertar: Movimento Ambiental
  14. 14. Donald WorsterDonald Worster Consciência do poder de destruiçãoConsciência do poder de destruição humanohumano Bomba H – 1945Bomba H – 1945
  15. 15. Rachel CarsonRachel Carson 19621962 ““Primavera silenciosa”Primavera silenciosa” [“Silent spring”][“Silent spring”] Pesticidas nas lavouras – DDTPesticidas nas lavouras – DDT Desaparecimento de espéciesDesaparecimento de espécies
  16. 16. Lynn White Jr. 1967 Crítica ao modelo judaico-cristão Paul Ehrlich 1968 Crescimento populacional
  17. 17. Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente 1972 Declaração de Estocolmo “ A Educação Ambiental tem uma importância estratégica na busca pela qualidade de vida”.
  18. 18. Conferência Intergovernamental Sobre Educação Ambiental 1977 Tbilisi (Geórgia)Tbilisi (Geórgia) RússiaRússia
  19. 19. Comissão Mundial para o Meio Ambiente e Desenvolvimento 1983 – ONU Gro Harlem Brundtland Noruega
  20. 20. Problemas Ambientais Perspectiva Global 1987 Relatório Brundtland [Our Common Future]
  21. 21. Desenvolvimento Sustentável” “Nova Ordem Mundial” Conciliar: Conservação da natureza Crescimento econômico
  22. 22. ECO – 92 Rio de Janeiro Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (CNUMAD) ECO-92 – Rio-92 – Cúpula da Terra
  23. 23. Protocolo de Quioto – 1997 Assinaturas: Março / 1998 Ratificação: Março / 1999
  24. 24. Ética Ambiental
  25. 25. ÉTICA AMBIENTAL Definição: Estudo crítico das questões normativas e dos princípios relacionados às interações humanas com o ambiente natural e com seu contexto e conseqüências.
  26. 26. Constitui uma área de reflexão ética importante para: ● a conduta dos indivíduos; ● das corporações e; ● dos governos;
  27. 27. Visa estabelecer princípios que determinem: ● as políticas, ● o estilo de vida e, ● as ações no diz respeito as questões ambientais.
  28. 28. ÉTICA AMBIENTAL 1. Questiona a suposta e assumida superioridade moral dos seres humanos em relação aos membros de outras espécies. 2. Investiga a possibilidade de formular argumentos racionais para assegurar valor intrínseco aos seres não-humanos que compõem o meio ambiente.
  29. 29. Definições: Valor Intrínseco: Em si mesmo Valor Instrumental: Meio para Considerabilidade Moral
  30. 30. . REAÇÕES: Consciência e sensibilidade ecológica ONGs – luta pela defesa da Ecologia
  31. 31. Políticas de planejamento e impacto ambiental
  32. 32. .Fundos para preservação e proteção ambiental Criação de leis ambientais
  33. 33. NOVOS PARADIGMAS ● Sociais ● Culturais ● Econômicos ● Políticos ● Éticos
  34. 34. DEBATE:DEBATE: [1] De que ser humano estamos falando?[1] De que ser humano estamos falando? [2] Qual seu papel?[2] Qual seu papel? [3] Qual o contexto:[3] Qual o contexto: ●● Primeiro mundo;Primeiro mundo; ●● Terceiro mundo;Terceiro mundo; ●● Países em desenvolvimentoPaíses em desenvolvimento..
  35. 35. PROBLEMAS AMBIENTAIS PROBLEMAS ÉTICOS
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×