• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Sindrome uremica trabalho.corrigido
 

Sindrome uremica trabalho.corrigido

on

  • 6,937 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,937
Views on SlideShare
4,778
Embed Views
2,159

Actions

Likes
0
Downloads
29
Comments
0

4 Embeds 2,159

http://discussoesclinicas.com.br 2150
https://www.google.com 4
http://www.google.com.br 3
https://www.google.com.br 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as OpenOffice

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Sindrome uremica trabalho.corrigido Sindrome uremica trabalho.corrigido Presentation Transcript

    • Programa de Residência MédicaHospital Geral Roberto SantosSíndrome UrêmicaApresentador:MR1 Murilo Fernandes TelesAbril, 2013
    • Síndrome UrêmicaFunção Renal➢ Excreção de toxinas➢ Regulação equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico➢ Função endócrina – eritropoetina, calcitriol
    • Síndrome UrêmicaAvaliação da Função Renal➢ Creatinina sérica➢ Clearance de creatinina● Cockcroft-gault: Cl Cr (ml/min)→(140 – idade) X peso /72 X Creat(VR: 90 a 150 ml/min)➢ Clearence de inulina ( padrão-ouro )➢ Cistatina C (metabolizada após filtração glomerular)
    • Síndrome Urêmica- LRADefinição➢ Anomalia funcional ou estrutural do rim que se manifesta ematé 48 horas➢ Aumento creatinina sérica de 0,3mg/dL ou aumentopercentual de 50% creatinina sérica➢ Redução do débito urinário em 0,5ml/kg/hora por mais de 6horas
    • Síndrome Urêmica- LRAEtiopatogenia➢Pré-renal ( hipoperfusão renal → Integridade parênquima )➢ Renal intrínseca➢ Pós-renal (obstrutiva )
    • Síndrome Urêmica- LRAPré Renal – Causas➢ ↓ volume intravascular ( hemorragias; perdas TGI,pele oumucosas; ingestão reduzida➢ ICC ; Cirrose hepática com ascite➢ Sepse➢ AINE ; IECA ; Ant. ANGIO II
    • Síndrome Urêmica- LRARenal – Causas➢NTA ( principal causa )- isquêmica ( choque, sepse)- rabdomiólise, hemólise- medicamentos (aminoglicosídicos, anfo B, contraste iodado)- síndrome da lise tumoral ( ácido úrico )
    • Síndrome Urêmica- LRARenal – Causas➢ Leptospirose➢ NIA ; GNDA➢ GNRP ; SHU➢ Nefroesclerose hipertensiva maligna➢ Ateroembolismo por colesterol
    • Síndrome Urêmica- LRAPós-Renal – Causas➢ HPB (principal causa)➢ Cálculos➢ Neoplasia➢ Bexiga neurogênica
    • Síndrome Urêmica- LRAQuadro Clínico➢ Sobrecarga volume intravascular- Edema periférico/ascite- Aumento de peso- HAS- EAP
    • Síndrome Urêmica- LRAQuadro Clínico➢ Distúrbio Hidroeletrolíticos- Hiponatremia- Hipercalemia- Hipermagnesemia- Hiperfosfatemia/hipocalcemia
    • Síndrome Urêmica- LRAQuadro clínico➢ HIPOCALEMIA● Leptospirose● Lesão renal por aminoglicosídeos● lesão renal pela Anfotericina B
    • Síndrome Urêmica- LRAQuadro Clínico➢ Acidose metabólica – Retenção de ácidos dometabolismo protéico – Ácido sulfúrico→ ( âniongap ↑)➢ Hiperuricemia➢ Pericardite➢Disfunção plaquetária ( ↓ adesão/agregação – TSalargado )
    • Síndrome Urêmica- LRAQuadro Clínico➢Manifestações neurológicas → Encefalopatia aguda● Desorientação● Surto psicótico● Convulsões tônico-clônicas● Disartria● Coma
    • Síndrome Urêmica- LRADiagnóstico➢ Redução do débito urinário➢ Sinais e sintomas da síndrome urêmica➢ Azotemia assintomática
    • Síndrome Urêmica- LRADiagnóstico➢ Bioquímica urináriaParâmetro Pre-renal RenalNa Urinário < 20 mEq/L >40 mEq/LOsm urinário >500mOm/L <350mOm/LFr exc. Na < 1 % > 1%Ureia plas/cretplas>40 < 20
    • Síndrome Urêmica- LRADiagnóstico➢ Sedimento urinário● Pré-renal : acelular/cilindros hialinos →sedimento urinário benigno● Pós-renal : hematúria/piúria ( obstrução intraluminal)● Intrínseca :- Cilindros granulares pigmentados e de células epiteliais tubulares ( NTA )- Cilindros hemáticos( lesão glomerular aguda)- Cilindros leucocitários e granulosos não pigmentados ( nefrite intersticial )- Eosinofilúria ( nefrite intersticial por drogas / ateroembolimo
    • Síndrome Urêmica- LRADiagnóstico➢ Exames Imagem● USG ( tamanho , ecogenicidade , presença de hidronefrose)● TC / RNM – risco de lesão renal ( contraste)➢ Biópsia renal● Reservada apenas para os casos de lesão renal intrínseca, nãoesclarecida por outros exames complementares
    • Síndrome Urêmica- LRATratamento➢ Pré-renal● Reposição de cristalóides● Suspender AINE; IECA; Ant Angio II➢ Pós-renal● HPB ( cateter de foley; cistostomia)● Obstrução Ureteral ( cateter duplo J; nefrostomia percutânea)● Cálculos obstrutivos - remoção
    • Síndrome Urêmica- LRATratamento➢ Intrínseca● Tratamento específico ( causa base)● Controle Hidroeletrolítico / Ácido-Básico● Suporte nutricional ( restrição moderada de proteínas )● Diurético de Alça ( controverso ) - tratar hipervolemia, manipulação dobalanço hídrico
    • Síndrome Urêmica- LRATratamento➢ Diálise de Urgência:● Acidose metabólica grave refratária ou recorrente● Hipercalemia grave refratária ou recorrente● Hipervolemia grave refratária ( HAS, edema pulmonar)● Síndrome urêmica com encefalopatia, hemorragia, pericardite● Sepse/choque com disfunção orgânica e NTA
    • Síndrome Urêmica- DRCDefinição➢ Perda progressiva e geralmente irreversível da função renal➢ Presença de lesão renal há pelo menos 3 meses, com ousem redução da TFG➢ TFG < 60 ml/min
    • Síndrome Urêmica- DRCEtiologia➢ DM➢ HAS➢ Glomerulopatias➢ Doença renal policística➢ Pielonefrite crônica➢ LES➢ Vasculites
    • Síndrome Urêmica- DRCEtiologia➢ Nefrite intersticial crônica➢ Nefropatia isquêmica➢ Nefropatia relacionada ao HIV➢ Mieloma múltiplo➢ Neoplasia renal➢ Anomalias renais congênitas➢ Uropatia obstrutiva congênita
    • Síndrome Urêmica- DRCFisiopatologia➢Agressão renal →Perda irreversível de néfrons➢ Hipertrofia funcional e estrutural néfrons remanescentes➢ Hiperfiltração adaptativa➢Esclerose → Perda função renal
    • Síndrome Urêmica- DRCClassificação➢ Estágio 0 : TFG ≥90ml/min, ausência de lesão estrutural, compresença de fatores de risco para DRC ( HAS, DM )➢ Estágio 1 : TFG ≥90ml/min, com lesão renal estrutural(proteinúria persistente)➢ Estágio 2 : TFG 60-89ml/min ( Leve)➢ Estágio 3 : TFG 30-59ml/min ( moderada)➢ Estágio 4 : TFG 15-29ml/min ( Grave) – Sint. Urêmicos iniciais➢ Estágio 5 : TFG < 15ml/min – DRFT – Uremia grave - Diálise
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢ Distúrbios hidroeletrolíticos e ácido-básicos➢ Manifestações gastrointestinais➢ Distúrbios de hemostasia➢ Distúrbios cardiovasculares
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢Manifestações neurológicas→Encefalopatia Crônica● Amnésia anterógrada● Alteração de comportamento ou personalidade● Sonolência ou insônia● Mononeuropatia/polineuropatia
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢ Manifestações cutâneas ( xerose, prurido)➢ Dislipidemia ( hipertrigliceridemia)➢ Pericardite➢ Distúrbio imunológico ( imunodeficiência moderada -↓ função neutrófilos, linfopenia )
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢ Anemia● Deficiência de eritropoetina● Deficiência de ferro/ ácido fólico● Sangramento gastrointestinal● Retenção de sangue nos aparelhos de diálise / coletasfrequentes de sangue
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢ Anemia● Deficiência de eritropoetina● Deficiência de ferro/ ácido fólico● Sangramento gastrointestinal● Retenção de sangue nos aparelhos de diálise / coletasfrequentes de sangue
    • Síndrome Urêmica- DRCQuadro clínico➢ Osteodistrofia renal● Hiperfosfatemia → (↓calcitriol , hipocalcemia )● ↑ PTH ( hiperparatireoidismo secundário)● Reabsorção / neoformação óssea● Ossos fragéis ( fraturas / deformidades)● Depósitos teciduais e vasculares de cálcio
    • Síndrome Urêmica- DRCDiagnóstico ( sugerem DRC)➢ Rins simétricos e de tamanho reduzido ( ˂8,5cm)➢ Perda da relação córticomedular➢ Anemia➢ Hiperfosfatemia/hipocalcemia➢ PTH elevado
    • Síndrome Urêmica- DRCDiagnóstico ( sugerem DRC)➢ DRC com rins de tamanho normal ou aumentado:● Doença renal policística● Amiloidose● DM● Anemia falciforme● Nefropatia obstrutiva
    • Síndrome Urêmica- DRCTratamento➢ Fase precoce: Estágio 1 e 2 :● Diagnóstico precoce● Tratamento doença de base/ inibir progressão● Restrição protéica● Controle de PA ≤ 130/80 mmHg ( IECA/ A. ANGIO II )● Controle glicemia, obesidade, hiperlipidemia
    • Síndrome Urêmica- DRCTratamento➢ Fase inicial da sínd. Urêmica: Estágio 3 e 4:● Furosemida● IECA / A. ANGIO II ( fazer com cuidado)➢ Doença renal em fase terminal: Estágio 5 :● Diálise● Transplante renal
    • Síndrome Urêmica- DRCTratamento➢ Anemia :● Eritropoetina recombinante● Sulfato ferroso● Ácido fólico
    • Síndrome Urêmica- DRCTratamento➢ Osteodistrofia renal :● Restrição fosfato na dieta● Quelantes orais de fosfato● Paratireoidectomia subtotal
    • Referências bibliográficas➢ Anderson S et al:Renal and systemic manifestations of glomerulardisease, in Brenner Rectors The Kidney, 8th ed, BM Brenner. Philadelphia,Saunders, 2008, pp 820-838➢ www.sbn.org.br/podcast/artigo2.pdf➢ www.sbn.org.br/CasosApoio/NefropatiaDiabetica.pps➢ Devarajan P:update on mechanisms of ischemic acute kidney injury. J Amson nephrol 17:1503,2006➢ Meyer TW et al:Uremia. N Engl J Med 357,2007