• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Material ordem unida
 

Material ordem unida

on

  • 6,335 views

Breve material sobre Ordem Unida para militares.

Breve material sobre Ordem Unida para militares.

Statistics

Views

Total Views
6,335
Views on SlideShare
6,296
Embed Views
39

Actions

Likes
0
Downloads
143
Comments
0

2 Embeds 39

http://bcinform.blogspot.com.br 23
http://bcinform.blogspot.com 16

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Material ordem unida Material ordem unida Presentation Transcript

    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND II –– PPAARRTTEE OOBBJJEETTIIVVOOSS DDAA OORRDDEEMM UUNNIIDDAA - O QUE É ORDEM UNIDA  A Ordem Unida é uma atividade à prática da Chefia e Liderança e a criação de reflexos da disciplina.  A ordem Unida é a forma mais elementar de iniciação do militar na prática do comando.  Pela Ordem Unida, a tropa evidencia claramente os índices de eficiência:  MORAL – pela superação das dificuldades  DISCIPLINA – pela presteza e atenção com que obedece aos comandos.  ESPÍRITO DE CORPO – pela boa apresentação coletiva e uniformidade.  PROFICIÊNCIA – manutenção da exatidão na execução. - OBJETIVOS DA ORDEM UNIDA  Proporcionar aos homens os meios de se apresentarem e se deslocarem em perfeita ordem, harmonia.  Desenvolver o sentimento de coesão e os reflexos da obediência  Construir uma escola de disciplina  Treinar graduados no comando da tropa  Possibilitar que a tropa se apresente em deslocamento com aspecto enérgico e marcial  Tropa a Pé Firme  Na passagem de outra tropa faz SENTIDO.  Na passagem de Oficiais Intermediários e Subalternos, faz SENTIDO.  Na passagem de Oficial Superior, faz SENTIDO, caso a tropa esteja armado faz OMBRO-ARMA.  Na passagem de Oficial General e demais autoridades, faz SENTIDO e APRESENTAR-ARMA, faz a continência individual, OLHAR-A-DIREITA/ESQUERDA, caso a tropa esteja armada SENTIDO, OMBRO-ARMA, APRESENTAR-ARMA e OLHAR-A- DIREITA;ESQUERDA.
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND - PARA RETIRAR-SE DO RECINTO  Procede a continência individual à da apresentação  Pede licença para retirar-se  Faz MEIA-VOLTA, rompendo MARCHA com o pé esquerdo - QUANDO PRESTAR CONTINÊNCIA INDIVIDUAL  ARMADO EM DESLOCAMENTO:  Na passagem de um superior, faz OMBRO-ARMA  Na passagem da tropa, faz ALTO, volta-se para a tropa e faz OMBRO-ARMA  ARMADO PARADO:  Ao passar Oficiais Generais, faz APRESENTAR-ARMA  Ao passar os demais militares e tropa, faz OMBRO-ARMA - CONTINÊNCIA DA TROPA – QUEM VENCE  O Que é Tropa – Para efeito de continência, TROPA é a reunião de dois ou mais militares devidamente comandados.  Os símbolos e as autoridades  Os Oficiais da Reserva, quando uniformizados  Os Oficiais, apenas na OM onde exerce a função e nas que lhe são subordinadas (quando ocorrer, apenas comanda ATENÇÃO e somente o comandante da tropa faz a continência individual)  Entre o arraiar da Bandeira Nacional e o toque da alvorada no dia seguinte a tropa só presta a continência a:  Bandeira Nacional  Presidente da República  Outra Tropa - TERMOS MILITARES TERMO CONCEITO REPRESENTAÇÃO COLUNA Dispositivo de uma tropa, cujos elementos estão uns atrás dos outros.             COLUNA POR UM Formação de uma tropa, cujos elementos são colocados uns atrás dos outros.     DISTÂNCIA Espaço entre dois elementos um atrás do outro.          LINHA Dispositivo de uma tropa, cujos elementos estão um ao lado do outro, é caracterizada pela frente maior que a profundidade. (FILEIRA é a frente menor).                
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND FILEIRA É a formação de uma tropa cujos elementos estão colocados na mesma linha, um ao lado do outro.             INTERVALO Espaço entre dois elementos um ao lado do outro.             ALINHAMENTO Disposição de uma tropa, cujos elementos ficam em linha reta, um al lado do outro.             COBERTURA Disposição de uma tropa, cujos elementos ficam exatamente um atrás do outro.              Palma da mão voltada para o rosto  Dedos unidos e distendidos  Braço sensivelmente na horizontal  Formando um ângulo de 45 graus com a linha dos ombros - APRESENTAÇÃO INDIVIDUAL  À distância do aperto de mão  Toma-se a posição de SENTIDO  Faz a Continência Individual  Pronuncia: Grau Hierárquico (SD PM Nº 80.341), Nome de Guerra (FREIRE), Função (MONITOR) e OM (APM)  Desfaz a continência individual  Permanece na posição de SENTIDO até que se comanda DESCANSAR ou À VONTADE. - PARA ENTRAR NUM RECINTO  DESARMADO  Retira a cobertura com a mão direita  Coloca debaixo do braço esquerdo  O interior da cobertura voltada para o corpo  Procede a apresentação individual  ARMADO  Faz ALTO a distância de dois passos  Faz OMBRO-ARMA  Procede a apresentação individual
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND - O MILITAR MANIFESTA ESSE RESPEITO A SEUS SUBORDINADOS, PARES E SUPERIORES PELA:  Continência  Dirigindo-se de modo disciplinado  Observando a procedência hirerárquica - O QUE É CONTINÊNCIA  É a saudação do militar, pode ser individual ou da tropa  É impessoal, visa a AUTORIDADE e não a PESSOA  Parte sempre do de menor precedência hierárquica, na mesma graduação, se houver dúvida, deve ser simultaneamente.  Todo militar deve obrigatoriamente retribuir a continência  Em traje civil, responde com um movimento de cabeça  O militar não se curva ao cumprimentar ou responder ao cumprimento - ELEMENTOS DA CONTINÊNCIA  ATITUDE – Postura marcial e comportamento respeitoso e adequado às circunstâncias e ao ambiente  GESTO – Conjunto de movimento do corpo, braço e mãos, com ou sem arma  DURAÇÃO – o tempo a quaL ASSUME A atitude e executa o GESTO - COMO FAZER A CONTINÊNCIA INDIVIDUAL  Movimento enérgico  Mão direita ao lado direito da cobertura  Toca com a falange do indicador a borda da pala  Mão no prolongamento do antebraço CERRA-FILA É o graduado colocado à retaguarda de uma tropa, com a missão de cuidar da correção da marcha e dos movimentos.             HOMEM BASE É o militar pelo qual a tropa regula sua MARCHA, COBERTURA e ALINHAMENTO.       FORMAÇÃO LINHA FORMAÇÃO COLUNA O homem base é o primeiro da fila base no CENTRO, ESQUERDA ou DIREITA, conforme determinado. O homem base é o da direita EMASSADO    NORMAL       TESTA É o primeiro elemento de uma coluna    
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND CAUDA É o último elemento de uma coluna.     PROFUNDIDADE É o espaço compreendido entre a testa do primeiro e a cauda do último elemento de qualquer formação.     FRENTE É o espaço, em largura, ocupado por uma tropa em linha.             ESCOLA É um grupo de homens constituído para melhor aproveitamento da instrução.             - DIVISÃO DA VOZ DE COMANDO  VOZ DE ADVERTÊNCIA – é um alerta Ex: Atenção, Pelotão, Companhia, Curso  COMANDO PROPRIAMENTE DITO – é o que indica o movimento Ex: Direita, Meia-Volta, Ombro, Esquerda  VOZ DE EXECUÇÃO – determina o movimento Ex: Sentido!, Descansar!, Volver!, Armas!, Marche! - SINAIS DE RESPEITO  Quando se deslocam dois militares juntos, o de menor antiguidade dá a direita ao mais antigo.  Quando em grupo, o de maior antiguidade fica no centro, distribuindo segundo as procedências alternando direita e esquerda.  Para falar a um superior, o militar emprega o tratamento “SENHOR” ou “SENHORA”.  Para falar a um Oficial General, empregamos “VOSSA EXCELÊNCIA” mais o Posto “SENHOR ALMIRANTE, GENERAL, BRIGADEIRO”.  No mesmo Posto ou Graduação o tratamento é “VOCE”.  No rancho ou alojamento das praças, ao entrar no recinto o Comandante, Diretor, ou Chefe, o mais antigo da voz ATENÇÃO, param de conversar até que seja dada a voz À VONTADE. - TRATAMENTO DO MILITAR  Todo militar deve trata com: Respeito e consideração os seus superiores Afeição e camaradagem seus pares Bondade, dignidade e urbanidade seus subordinados
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND  SEM COBERTURA  Movimento enérgico  Mão direita tocando com a falange do dedo médio o lado direito da fronte  PARA DESFAZER A CONTINÊNCIA  Abaixa a mão em movimento enérgico  Voltando a posição de sentido J) SENTADO (AO SOLO)  Após o comando de APRESENTAR-ARMA
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND IIII –– PPAARRTTEE MMOOVVIIMMEENNTTOOSS AA PPÉÉ FFIIRRMMEE DDEESSAARRMMAADDOO 1) DESARMADO A) SENTIDO  PARA TOMAR A POSIÇÃO DE SENTIDO O HOMEM  Unirá os calcanhares com energia e vivacidade  Trará as mãos para os lados do corpo batendo com energia ao colar as coxas  O calcanhar esquerdo deve levantar o pé direito para não arrastar ao solo  Afastará os braços cerca de 20 cm do corpo, antes de colar as mãos às coxas  O homem fica imóvel  Com a frente voltada para o ponto indicado  Calcanhares unidos  Ponta dos pés voltada para fora  Formando um ângulo aproximadamente de 60 graus  Corpo levemente inclinado para a frente  Braços caídos e ligeiramente curvos  Cotovelos um pouco projetado para a frente e na mesma altura  Mãos espalmadas coladas na parte externa das coxas  Dedos unidos e distendidos  O dedo médio deverá coincidir com a costura lateral da calça B) DESCANSAR  Deslocar o pé esquerdo, a uma distancia igual à altura dos seus ombros para a esquerda  Elevar ligeiramente o corpo sobre a ponta do pé direito, para não arrastar o pé esquerdo no solo  A mão esquerda baterá energicamente com a mão direita  A mão esquerda segura o braço direito pelo pulso  A mão direita fechada colocada as costas, pouco abaixo da cintura  Permanecendo em silêncio e imóvel. C) À VONTADE  Só pode ser dado após a tropa ficar na posição de DESCANSAR  O homem manterá em forma  Conservando o alinhamento e a cobertura  Pode mover o corpo e falar D) EM FORMA  Comanda-se: PELOTÃO, BASE TAL HOMEM, FRENTE PARA TAL PONTO, COLUNA(S) POR UM (DOIS ETC) OU LINHA EM UMA (DUAS OU MAIS) FILEIRA(S), seguido de EM FORMA  Cada homem desloca-se rapidamente para o seu lugar  Com o braço esquerdo distendido para frente  Toma a distância regulamentar  Tomará a posição de DESCANSAR
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND  Em seguida continuará marchando no mesmo lugar  Elevando os joelhos até que os pés fiquem à altura de 20 cm do solo  Mantendo a cadência do PASSO ORDINÁRIO  Os braços não oscila, punhos cerrados, costas das mãos voltadas para frente  Curta duração EM FRENTE  O comando deve ser dado quando o homem assentar o pé esquerdo no solo  O homem dará um passo com o pé direito  Rompendo marcha em seguida com o pé esquerdo TROCAR PASSO  O homem levará o pé que está atrás para a retaguarda do que acabar de tocar o solo  Prosseguirá naturalmente a marcha  Este comando é para título de aprendizagem I) APRESENTAR ARMA  Deverá ser dado quando os homens estiverem na posição de “SENTIDO”.  COM COBERTURA  Movimento enérgico  Mão direita ao lado da cobertura  Tocando com a falange do indicador a borda da pala  Mão no prolongamento do antebraço  Palma da mão voltada para o rosto  Dedos unidos e distendidos  Braço sensivelmente na horizontal  Formando ângulo de 45º com a linha dos ombros  Olhar franco  Naturalmente voltado para o superior H) MARCHAS (DESOLCAMENTOS) Nas marchas existe um número de passos executados por minuto, isso se chama de CADÊNCIA, nas marchas em PASSO DE ORDINÁRIO E ACELERADO. Os deslocamentos poderão ser feitos nos passos: ORDINÁRIO  é o passo com aproximadamente 75 cm de extensão, o homem conservará a atitude marcial e numa cadência de 116 passos por minuto. SEM CADÊNCIA  é o passo executado na amplitude que convém ao homem, de acordo com a sua conformação física e com o terreno. O homem é obrigado a conservar a atitude correta, a distância e o alinhamento. DE ESTRADA  é o passo sem cadência em que na há a obrigação de conservar a mesma atitude do PASSO SEM CADÊNCIA. ACELERADO  é o passo executado com a extensão de 75 a 80 cm, conforme o terreno e numa cadência de 180 passos por minuto.  O rompimento das MARCHAS é sempre feito no PÉ ESQUERDO.  Partindo da posição de SENTIDO e ao comando de: o ORDINÁRIO MARCHE! o SEM CADÊNCIA MARCHE! o PASSO DE ESTRADA MARCHE! o ACELERADO MARCHE! ALTO  No ALTO o comando deve ser dado quando o homem assentar o pé esquerdo no solo  Ele dará mais dois passos (um com o pé direito e outro com o pé esquerdo)  Unindo o pé direito ao esquerdo com energia batendo forte nos calcanhares  Cessando o movimento dos braços, colando as mãos às coxas com uma batida MARCA PASSO  O comando deve ser dado quando o homem assentar o pé esquerdo no solo  Ele dará mais dois passos (um com o pé direito e outro com o pé esquerdo)  Unindo o pé direito ao esquerdo com energia batendo forte nos calcanhares, fazendo ALTO
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND E) COBRIR  A tropa está na posição de SENTIDO  O homem estenderá o braço esquerdo para frente  A palma da mão para baixo  Dedos unidos  Tocar levemente com a ponta do dedo médio a retaguarda do ombro (ou mochila) do homem da frente  Mão direita permanece colada a coxa  Os homens da testa, com exceção da esquerda – permanecerá na posição de SENTIDO – estenderá os braços esquerdos para o lado F) PERFILAR  Para este comando a tropa tem que está em linha  O comando é o seguinte: BASE TAL HOMEM (FRAÇÃO) , PELA DIREITA (ESQUERDA OU CENTRO), PERFILAR  APÓS ANUNCIAR “BASE TAL HOMEM”  PELA DIREITA (ESQUERDA OU CENTRO) A TROPA TOMA A POSIÇÃO DE SENTIDO  ENTÃO COMANDA PERFILAR  Os homens da testa e da coluna do HOMEM-BASE procederão como no movimento de COBRIR  O restante da tropa voltará o rosto com energia para a coluna do HOMEM-BASE  Tomarão os intervalos e distâncias sem erguer o braço esquerdo G) SEM INTERVALO COBRIR  Os homens da testa colocarão a mão esquerda fechada na cintura  Punho no prolongamento do antebraço  Costas das mãos para frente  Cotovelo para a esquerda tocando levemente o braço direito do companheiro a sua esquerda  O restante da tropa procederá como no comando de COBRIR H) SEM INTERVALO PERFILAR  Para este comando a tropa tem que está em linha  O comando é o seguinte: BASE TAL HOMEM (FRAÇÃO), SEM INTERVALO, PELA DIREITA (ESQUERDA OU CENTRO), PERFILAR  A tropa fará idêntico ao PERFILAR e SEM INTERVALO COBRIR. I) FORA DE FORMA  Comando: FORA DE FORMA! MARCHE!  Romperão marcha com o pé esquerdo  Sairão de forma com rapidez COLUNA TESTA
    • CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS – CFSD.2004 Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND Disciplina: Ordem Unida Instrutor: ST CHATEAUBRIAND J) OLHAR A DIREITA / ESQUERDA  Após o comando de APRESENTAR-ARMA  Gira a cabeça para o lado indicado (DIREITA ou ESQUERDA)  Olha francamente para a autoridade  A medida que desloca, acompanha com a vista  Voltando naturalmente a cabeça até que seja atingido o último homem da (esquerda/direita)  Após o comando OLHAR, FRENTE!  Volta a cabeça para frente, energicamente K) VOLTAS A PÉ FIRME DIREITA VOLVER  À voz de execução “VOLVER”, o homem voltar-se-á para o lado indicado  Um quarto de círculo  Sobre o calcanhar do pé DIREITO e a planta do pé ESQUERDO  Terminada a volta assentará a planta do pé DIREITO no solo  Unirá depois o pé ESQUERDO ao DIREITO  Batendo energicamente os calcanhares ESQUERDA VOLVER E MEIA VOLTA VOLVER  À voz de execução “VOLVER”, o homem voltar-se-á para o lado indicado  Um quarto de círculo  Sobre o calcanhar do pé ESQUERDO e a planta do pé DIREITO  Terminada a volta assentará a planta do pé ESQUERDO no solo  Unirá depois o pé DIREITO ao ESQUERDO  Batendo energicamente os calcanhares OITAVO A DIREITA VOLVER  Será executada do mesmo modo que DIREITA VOLVER  Mas a volta é de apenas 45 graus OITAVO A ESQUEDA VOLVER  Será executada do mesmo modo que ESQUERDA VOLVER  Mas a volta é de apenas 45 graus