Reciclagem de professores 2010-02
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,827
On Slideshare
2,827
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
28
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. RECICLAGEM DE PROFESSORES
    ENSINANDO E APRENDENDO NA INTERNET
    DIFERENTES POSSIBILIDADES DE INTERAÇÃO E COLABORAÇÃO
  • 2. PROGRAMA:PROGRAMA:
    • CIBERCULTURA E CIBERESPAÇO
    • 3. EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA
    • 4. A REDE
    • 5. INTERAÇÃO E INTERATIVIDADE
    • 6. APRENDIZAGEM COLABORATIVA
    • 7. AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
    • 8. REDES SOCIAIS
  • CIBERESPAÇO E CIBERCULTURA
    • O ciberespaço (ou “rede”) é o novo meio de comunicação que surge da interação mundial dos computadores.
    • 9. A cibercultura de de acordo com Lévy (2001) é um conjunto de técnicas (materiais e intelectuais), de práticas, de atitudes, de modos de pensamento e de valores que se desenvolvem junto com o crescimento do ciberespaço.
  • EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA
    O ciberespaço suporta tecnologias intelectuais que amplificam, exteriorizam e modificam numerosas funções cognitivas:
    memória, imaginação, percepção, raciocínio
  • 10. EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA
    NOVAS FORMAS DE ACESSO À INFORMAÇÃO
    NOVOS ESTILOS DE RACIOCÍNIO E CONHECIMENTO
    TECNOLOGIAS INTELECTUAIS QUE PODEM SER COMPARTILHADAS
    POTENCIAL DE INTELIGÊNCIA COLETIVA
  • 11. EDUCAÇÃO E CIBERCULTURA
    • O ciberespaço não pode ser reduzido a um espaço tecnológico que permite assegurar melhor a transmissão do saber;
    • 12. O Saber não é produto pré-constituído e midiaticamente distribuído, é resultado de um trabalho de construção individual ou coletivo;
    • 13. O ciberespaço deve servir de alavanca da evolução das práticas em um enfoque construtivista;
  • A REDE...
    Redes Sociais
    Mundo virtual
    Software social
    Internet
    AVA
    Wikis
    Audio/
    video
    Mensa-geiros
    Blogs
  • 14. INTERAÇÃO E INTERATIVIDADE
    Abordagem epistemológica
    (Piaget, PerretClermont, Dolleetc)
    Abordagem Tecnológica
    (Primo, Silva, Lévyetc)
    A interatividade representa o diálogo homem – máquina em que a interação é mediada por computador
  • 15. Sobre interatividade...
    Facilidades de acesso, de consulta, é possível selecionar o que se deseja ver.
    • Seleção de conteúdos
    Possibilidade de modificar/criar conteúdo/imagens
    • Intervenção de conteúdos
    Junção de interatividade de seleção e conteúdo
    • Interações Mistas
  • Sobre interatividade...
    Navegação direcionada pelo programa, possibilitando pouco controle do aluno sobre o programa.
    REATIVO
    Aluno tem como controlar a sequência, ritmo, estilo.
    COATIVO
    Aluno controla estrutura e conteúdo.
    PROATIVO
  • 16. AVA
    • Um AVA é um espaço social, constituindo-se de interações cognitivo-sociais sobre ou em torno de um objeto de conhecimento: um lugar na WEB, cneários onde as pessoas interagem, mediada pela linguagem hipermídia, cujos fluxos de comunicação entre os interagentes são possibilitados pela interface gráfica. (Valentini, Soares, p.19)
    • 17. O AVA oferece diversos recursos de comunicação, interação, construção entre os sujeitos participantes do ambiente.
  • Aprendizagem em AVA
    • A utilização de AVAs questionam concepções tradicionais de ensino-aprendizagem
    • 18. Novas aprendizagens se constituem nesses contextos digitais de interação
    • 19. AVA entendido como um espaço relacional, espaço de trocas energéticas, materiais e informações.
  • Aprendizagem em Rede
    • As redes de computadores tanto exigem quanto permitem novas formas de ensino e aprendizagem e isso cria a base para mudanças na maneira pela qual a educação será conceituada e praticada.
  • Comunidades Virtuais
    • A formação de comunidades virtuais, baseadas na comunicação online, foi interpretada como a culminação de um processo histórico de desvinculação entre localidade e sociabilidade
    • 20. Valor da comunicação livre, horizontal, caracterizada pela comunicação online de muitos para muitos
    • 21. As comunidades virtuais constituem novos suportes tecnológicos para a sociabilidade, diferentes de outras formas de interação, mas não inferiores
  • Referências
    ALAVA, Seraphin (Org). CIBERESPAÇO e formações abertas: rumo a novas práticas educacionais?. Porto Alegre, RS: Artes Médicas, 2002.
    LEMOS, André. Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 3.ed. Porto Alegre, RS: Sulina Universitária, 2007.
    LÉVY, Pierre. Ciberculatura. 2.ed. São Paulo, SP: Editora 34, 2001.
    PRIMO, Alex. Interação mediada por computador: comunicação, cibercultura, cognição. Porto Alegre: Sulina, 2007.
    VALENTINI, Carla Beatris, SOARES, Eliana Maria do S (orgs). Aprendizagem em ambientes virtuais: compartilhando ideias e construindo cenários. Caxias do Sul: Educs, 2005