Your SlideShare is downloading. ×
Defesa de Mestrado Janaira Franca
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Defesa de Mestrado Janaira Franca

613
views

Published on

Apresentação usada na Banca de Defesa do Mestrado em Comunicação na Faculdade Cásper Líbero. Autor: Janaíra Franca.

Apresentação usada na Banca de Defesa do Mestrado em Comunicação na Faculdade Cásper Líbero. Autor: Janaíra Franca.

Published in: Education

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
613
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Janaíra Dantas da Silva FrançaMestrado em Comunicação na ContemporaneidadeEspecialista em Marketing Estratégico e Marketing DigitalFaculdade Cásper Líbero – São Paulo (SP)Outubro de 2012
  • 2. As grandes conquistas na vida de qualquer pessoa não são resultados apenas de esforço e dedicação do indivíduo, são também possibilitadas pelas pessoas que participam de nossas jornadas. A Deus Ao meus pais, que sempre acreditaram em mim Ao meu filho Artur por pacientemente entender minhas ausências Ao meu marido Mauricio, que não se divorciou de mim durante o mestrado A querida professora Dulcília Aos professores José Eugênio e Elisabeth A Amanda, Maíra, Rafael e Zé Geraldo e demais colegas de mestrado E aos corajosos aqui presentes@JanairaFranca 2
  • 3. @JanairaFranca 3
  • 4. Introdução Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Considerações• Contextualiza • Cibercultura, • Twitter Rosa: • Twitternar- • Apresentação o tema de sites de redes as mulheres rativas: sobre os pesquisa e sociais e comunicado- Metodologia primeiros comenta sobre mídias sociais ras empregada, resultados a visão geral • Twitter e suas • Grupo pressupostos deste trabalho do trabalho. especificida- selecionado, teóricos e des critérios e análise das perfis mensagens@JanairaFranca 4
  • 5. Cibercultura Perfis e Selecionados Twitter Ciberespaço Monitorados (ambiente) Mulheres Mídias Profissionais da Sociais Comunicação Redes Análise Sociais Mensagens Analógicas e Narrativas Etapa 1 Digitais Identitárias Etapa 2 Etapa 3@JanairaFranca 5
  • 6. Beth Saad Adriana Amaral Alex Primo Robert Erick Felinto Kozinets Israel Comm Lev Manovich Cristine Hine Ana Marshall Rosana Guber Brambilla Mulheres McLuhan A terceira mulher Raquel Recuero Gilles Lipovetsky Roman Danah Boyd Jakobson Nicolle Ellison Eni Orlandi Pierre Levy Sherry Turkle Sadie Plant Stuart Hall Lucia Etapa 1 Luis Mauro Santaella Etapa 2 Georger Gebner Etapa 3@JanairaFranca 6
  • 7.  Entender como as mulheres usam a plataforma de comunicação on- line;  Identificar os perfis: representações, apropriações do Twitter na produção e divulgação de conteúdo;  Analisar das mensagens e possíveis classificações;  Identificar as narrativas identitárias e seus processos de construção.@JanairaFranca 7
  • 8. Lipovetsky (2000) afirma que a visão tradicional da mulher como “ser de excessos”, desmedido e dedicado ao amor, além da imagem construída pelas ideologias modernas que se recusam a encará-la como um indivíduo autônomo “vivendo para e por si” devem ser reformuladas. Um desafio que transpassa a fronteira das políticas sociais e invade o campo da pesquisa científica. Para o autor, a vontade feminina estar em firmar-se como protagonista de sua própria vida. As mulheres buscam sentidos para suas vidas como sujeitos de sua própria existência, exigência individual e identitária de autoafirmação. Se antes, a sua existência estava ligada a representações de papéis sociais: filha, esposa, mãe, trabalhadora, agora ela reivindica apenas o seu “Eu”. Esse “eu” está carregado de complexidade e sedento de respostas às perguntas que antes eram sufocadas pela condição social e física da figura feminina.@JanairaFranca 8
  • 9. 60% delas usam o No Brasil são 49% tempo conectado 57% dos usuários 46% dos usuários de das usuárias de para Mídias Sociais, mundiais do Twitter Internet no Mundo Internet E-mail e Mensagens são mulheres Instantâneas Fontes: comScore (2011) e Information is Beautiful (2009)@JanairaFranca 9
  • 10. Requisitos para a seleção do grupo: • Perfis cadastrados no Brasil; • Perfis de mulheres (personagens e entidades femininas não fazem parte da amostra); • Mulheres que declarassem sua atuação profissional na Bio; • Contas públicas cuja timeline estivesse disponível para monitoramento; • Mulheres que atuassem nas áreas de comunicação, marketing e Social Media, como especialistas, palestrantes, consultoras, pesquisadoras, professoras, gestoras e similares; • Usuárias com perfil Heavy Users e Medium Users; • Conectadas entre si, como Followers e Following.@JanairaFranca 10
  • 11. @JanairaFranca 11
  • 12. 80 arquivos das imagens dos perfis Mulheres Meses de (monitoradas acompanhamento A Netnografia como semanalmente) das mudanças nas metodologia selecionada páginas pessoais para o desenvolvimento no Twitter desta pesquisa. Adriana Amaral Robert Kozinets Cristine Hine Rosana Guber@JanairaFranca 12
  • 13. 16 mil tweets 800 msg por usuária 2.811 páginas Período: Outubro, Meses de Novembro e Dezembro Mulheres Armazenamento (monitoradas de Mensagens semanalmente) (diários) Ferramenta: Twitário Roman Jakobson e funções da linguagem e Eni Orlandi e os tipos de discurso para análise das mensagens@JanairaFranca 13
  • 14. Páginas Representação Pessoais Visual Perfis Femininos Mensagens Narrativas Publicadas Identitárias Mulheres Comunicadoras@JanairaFranca 14
  • 15. @JanairaFranca 15
  • 16. @JanairaFranca 16
  • 17. @JanairaFranca 17
  • 18. @JanairaFranca 18
  • 19. 5.188 mensagens no período, uma média de 57,64 tweets diários. Suas redes apresentaram crescimentos de 10,56% de followers, aumentou os following em 11,52%. Uma usuária heavy user que mantém suas redes de contato equilibradas.@JanairaFranca 19
  • 20. Códigos de Linguagem: #Hashtags e Ícones Funções de Linguagem Expressiva e Referencial@JanairaFranca 20
  • 21. Funções de Linguagem Expressiva e Referencial@JanairaFranca 21
  • 22. Predominância das funções A impossibilidade de definir de linguagem denominada os tipos de discurso, visto por expressiva; seguida pela que a teoria considera a referencial. presença da interlocução, neste estudo, não foi Os códigos de linguagem do considerada a relação entre Twitter são dominados por emissor e receptor. todas as usuárias.@JanairaFranca 22
  • 23. Orlandi (1996), admite que não existem modelos prontos e formatados que permitam analisar os múltiplos sentidos de um texto, há apenas a interpretação do leitor e pesquisador. Para Martinho (2010), Gerbner autor do The Stories We Tell serve para levantar duas questões importantes sobre a identidade: pensar a partir da comunicação, significa pensar em como são construídas as narrativas de identidade e como essas narrativas são “trabalhadas” nos meios de comunicação. Para o pesquisador, existe uma relação direta de identidade e os meios de comunicação, pelos quais são disseminados discursos e narrativas, que permitem que essas pessoas se reconheçam como parte de algum grupo ou mesmo diferente de outros.@JanairaFranca 23
  • 24. Elementos das Narrativas Identitárias Imagéticos Textuais/Hipertextuais@JanairaFranca 24
  • 25. Este ser “feminino” mantém a complexidade histórica que conhecemos por autores que dedicaram anos de estudos sobre a mulher, com o objetivo de desvendá-la como pessoa e também entender as facetas de sua identidade. E mesmo depois de tanto esforço, o tema está aberto, passível de explicações multidisciplinares de várias áreas do conhecimento científico. Essa complexidade se mantém ampliada no ciberespaço, dentro dos sites de redes sociais e pelas narrativas digitais. O fato observado entre o grupo estudado é que essas mulheres não negligenciam seus perfis e elaboraram cuidadosamente a representação de suas figuras no ambiente digital, confirmando que a visibilidade é muito importante para elas e as plataformas de comunicação on-line servem como mirantes para a reprodução de suas identidades digitais.@JanairaFranca 25
  • 26. Momento de fechar esta etapa da jornada, sem encerrá-la, visto que os temas estudados neste trabalho não estão concluídos, estão em transito, assim como os demais campos: comunicação, cibercultura, ciberespaço, mídias sociais, universo feminino e identidade. Esta pesquisa nunca teve a pretensão de desbravar tantos caminhos, mas à medida que ia se aprofundando, o desafio estava em articular conceitos, teorias, autores e metodologias que ajudassem na constituição de um trabalho que cumprisse os objetivos iniciais e mantivesse sua relevância acadêmica. Debruçar-se sobre um grupo de mulheres tão representativas em suas áreas e analisar tantos elementos como perfis, mensagens, narrativas, foi uma experiência que evidencia a complexidade humana e a complexidade do campo da comunicação. As limitações deste trabalho instigam a busca de novos caminhos de estudo e pesquisa. Não considero essas limitações como obstáculos, mas, como trampolins para novos mergulhos no campo da comunicação.@JanairaFranca 26
  • 27. E-mail: janaira.franca@terra.com.br Twitter: @janairafranca Facebook: Janaíra França Slide Share: Janaíra França (11) 98596-9780@JanairaFranca 27