Geografia – meio urbano 01 – 2013

  • 1,246 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,246
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
23
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 – 2013 01. Das alternativas abaixo, todas representam problemas vivenciados no espaço urbano, EXCETO: a) Ilhas de Calor. b) Inversão Térmica. c) Favelização. d) Segregação Espacial. e) Concentração Fundiária. 02. O que significa favelização? Quais são as suas principais causas? 03. (UFRS) Como efeito da atuação inadequada do homem sobre o meio ambiente, surge o problema da poluição das águas. No Brasil, vários rios agonizam, como o Tietê, que atravessa o estado de São Paulo, e o dos Sinos, que recebe poluentes industriais de várias cidades da Grande Porto Alegre. Quais medidas abaixo, se adotadas, amenizariam, a situação descrita? I – Tratamento dos esgotos urbanos e despejos industriais; II – Controle do uso de fertilizantes e pesticidas químicos na agricultura desenvolvida nas bacias hidrográficas; III – Envolvimento da comunidade em campanhas pela recuperação da qualidade da água; IV – Plantio de espécies nativas junto às margens dos rios, para refazer a mata ciliar. a) Apenas I e II c) Apenas I, III e IV. b) Apenas I e III. d) Apenas II, III e IV. e) I, II, III e IV. 04. (UEL) Analise a figura a seguir. Com base na charge e nos conhecimentos sobre exclusão social em grandes cidades, considere as afirmativas a seguir. I. A charge remete ao problema da exclusão social nas grandes cidades, cuja população afetada acaba fazendo das ruas seu local de moradia, expressão territorial das enormes desigualdades sociais dos países em desenvolvimento como o Brasil. II. A charge mostra a estupefação dos moradores de rua da metrópole paulistana, que foram obrigados a fazer parte do cenário de comemoração dos 450 anos da cidade, a fim de demonstrarem o quanto os recentes governos municipais estiveram comprometidos com sua causa. III. A charge faz referência à tendência de redução do número dos “sem teto”, um problema característico das regiões metropolitanas brasileiras, em função do processo de Globalização e da consequente formação de uma aldeia global. IV. A charge remete à segregação socioespacial nas grandes cidades e mostra que os moradores de rua têm poucos motivos para comemorar o aniversário das metrópoles onde moram, haja vista que sua sobrevivência tem sido constantemente ameaçada. Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e III. b) I e IV. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 c) II e III. d) I, II e IV. e) II, III e IV. Página 1
  • 2. 05. Entende-se por Conurbação: a) A expansão vertical das cidades, ocasionando problemas ambientais referentes à circulação do ar (ilhas de calor); b) O encontro de duas ou mais cidades, formando grandes aglomerados urbanos intermunicipais; c) problemas gerados pela grande população sem moradia nas cidades; d) problemas urbanos referentes à ineficácia dos transportes públicos; e) processo de migração em massa de pessoas do campo para a cidade. 06. Diferencie cidade e município descrevendo os seus respectivos conceitos. 07. (PUC) Nos países industrializados, a migração campo-cidade tem como causa fundamental: a) carência de melhores condições sociais no campo. b) baixa produtividade agrícola. c) pressão demográfica no campo. d) dificuldade de aquisição de terras. e) liberação de mão-de-obra pela mecanização. 08. (UFAC) A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em sérios problemas sociais urbanos, entre os quais podemos destacar: a) Falta de infraestrutura, limitações das liberdades individuais e altas condições de vida nos centros urbanos. b) Aumento do número de favelas e cortiços, falta de infraestrutura e todas as formas de violência. c) Conflitos e violência urbana, luta pela posse da terra e acentuado êxodo rural. d) Acentuado êxodo rural, mudanças no destino das correntes migratórias e aumento no número de favelas e cortiços. e) Luta pela posse da terra, falta de infraestrutura e altas condições de vida nos centros urbanos. 09. Analise as alternativas sobre aspectos relacionados ao lixo e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas. a) O lixo é caracterizado como tudo aquilo que não tem mais utilidade e não apresenta nenhum valor para o homem e, consequentemente, é jogado fora. b) A destinação inadequada do lixo pode desencadear vários problemas socioambientais, como, por exemplo, poluição do solo, entupimento de bueiros e poluição visual. c) A produção de lixo não é tão prejudicial ao meio ambiente, visto que em todas as cidades brasileiras ocorrem a coleta e o tratamento adequado desse material. d) O lixo urbano recebe classificação de acordo com sua fonte geradora e composição do material, havendo a necessidade de tratamento específico para cada tipo de lixo. e) A população não deve se preocupar em reduzir a produção de lixo, pois todo esse material é reciclado, fato que fortalece a economia local. Leia o texto abaixo e responda às questões 10 e 11assinalando a alternativa correta: Segundo o Relatório Mundial de Acompanhamento 2013 dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) sobre a América Latina e Caribe, a urbanização é um estímulo importante para retirar os cidadãos da pobreza e promover o desenvolvimento. O documento avalia o progresso dos países da região no alcance dos ODM. Levando em conta que mais de 80% dos bens e serviços mundiais são produzidos nas cidades, os países com elevados níveis de urbanização, desde a China até os da América Latina, desempenharam um papel essencial na redução da pobreza. No entanto, o relatório adverte que, se a urbanização não for administrada de modo adequado, também poderá gerar um crescimento descontrolado de favelas, doenças e delinquência.[...] GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 2
  • 3. As áreas urbanas oferecem empregos mais bem remunerados e serviços básicos. Por esta razão, os pobres rurais estão dispostos a migrar e pagar para ter acesso a serviços essenciais. No Brasil, os trabalhadores rurais, cujo salário mínimo é de cerca de sete reais por hora, estavam dispostos a migrar e pagar 420 reais por ano para acesso a melhores serviços de saúde, 87 reais por água limpa e 42 reais por eletricidade. Organização das Nações Unidas no Brasil. Urbanização adequada pode reduzir pobreza na América Latina e Caribe, diz ONU. Disponível em ONU.org 10. A frase do texto “os pobres rurais estão dispostos a migrar e pagar para ter acesso a serviços essenciais” assinala o processo de: a) migração rururbana b) urbanização planejada c) êxodo rural d) urbanização do meio agrário e) abandono rural 11. O processo de favelização das cidades realiza-se em virtude: a) da urbanização má planejada ou desordenada b) da falta de empregos c) da ausência de espaços nas cidades d) da carência dos recursos públicos e) da desinformação da população sobre a disponibilidade de empregos 12. O processo de urbanização está diretamente ligado à industrialização das sociedades. Percebe-se tal afirmação no fato de cada uma das sucessivas revoluções industriais terem sido acompanhadas por sucessivas explosões demográficas em diversas cidades do mundo. Sobre o processo de urbanização associado à industrialização, julgue as afirmações abaixo com V (para verdadeiro) e F (para falso). I. ( ) A I Revolução Industrial foi caracterizada pela forma democrática com que ocorreu, distribuindo-se por todos os grandes países do mundo, que passaram por acentuados índices de urbanização das suas cidades. II. ( ) A urbanização é um processo mais recente nos países subdesenvolvidos em virtude da industrialização tardia de suas economias. III. ( ) A III revolução industrial foi a grande responsável pela urbanização de países subdesenvolvidos, pois possibilitou a presença de indústrias estrangeiras nesses países e elevou o índice de pessoas em busca de empregos nas cidades. IV. ( ) A Ásia Meridional e a África Subsaariana foram as primeiras regiões do mundo a se urbanizarem depois da Europa. 13. (UNIFENAS) Analise o gráfico abaixo a respeito da evolução da urbanização brasileira: A partir dos dados observados no gráfico e mais seus conhecimentos sobre a evolução dos índices de urbanização no Brasil, você pode constatar corretamente que I) o Brasil é um país urbano, pois possui uma população superior a 80% vivendo nas cidades. II) o ritmo de crescimento da taxa de urbanização tende a diminuir no Brasil atual, pois a população rural já é pouco expressiva, não havendo grandes contingentes para migrar para as cidades. Fonte: IBGE.Censo 2010 (Folha de São Paulo,30/04/2011) GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 3
  • 4. III) o Censo 2010 apresenta uma população mais urbanizada que há uma década atrás. IV) as regiões brasileiras com as maiores taxas de urbanização são, pela ordem, Sudeste (92,9%), Centro-Oeste (88,8%) e Sul (84,9%). V) segundo o Censo 2010 a população residente no campo apresenta uma taxa inferior a 20%, demonstrando que o êxodo rural vem perdendo força no país. Estão corretas as alternativas a) I e II, apenas. d) I, III e V, apenas. b) Todas. e) II, IV e V, apenas. c) III e IV, apenas. 14. (FUVEST) As imagens acima ilustram uma contradição característica de médios e grandes centros urbanos no Brasil, destacando-se o fato de que ambas dizem respeito a formas de segregação socioespacial. Considerando as imagens e seus conhecimentos, identifique e explique a) duas causas socioeconômicas geradoras do tipo de segregação retratado na Imagem 1; b) o tipo de segregação retratado na Imagem 2 e uma causa socioeconômica responsável por sua ocorrência. b) o tipo de segregação retratado na Imagem 2 e uma causa socioeconômica responsável por sua ocorrência. 15. (UNICAMP) O Brasil experimentou, na segunda metade do século 20, uma das mais rápidas transições urbanas da história mundial. Ela transformou rapidamente um país rural e agrícola em um país urbano e metropolitano, no qual grande parte da população passou a morar em cidades grandes. Hoje, quase dois quintos da população total residem em uma cidade de pelo menos um milhão de habitantes. (Adaptado de George Martine e Gordon McGranahan, “A transição urbana brasileira: trajetória, dificuldades e lições aprendidas”, em Rosana Baeninger (org.), População e cidades: subsídios para o planejamento e para as políticas sociais. Campinas: Nepo / Brasília: UNFPA, 2010, p. 11.) Considerando o trecho acima, assinale a alternativa correta. a) A partir de 1930, a ocupação das fronteiras agrícolas (na Amazônia, no Centro-Oeste, no Paraná) foi o fator gerador de deslocamentos de população no Brasil. b) Uma das características mais marcantes da urbanização no período 1930-1980 foi a distribuição da população urbana em cidades de diferentes tamanhos, em especial nas cidades médias. c) Os últimos censos têm mostrado que as grandes cidades (mais de 500 mil habitantes) têm tido crescimento relativo mais acelerado em comparação com as médias e as pequenas. d) Com a crise de 1929, o Brasil voltou-se para o desenvolvimento do mercado interno através de uma industrialização por substituição de importações, o que demandou mão de obra urbana numerosa. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 4
  • 5. 16. (FGV-RJ) Observe o gráfico: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/sinopse/sinopse_tab_bras Sobre os fatores relacionados ao processo de urbanização nas regiões brasileiras, assinale a alternativa correta: a) A urbanização é mais lenta nas regiões onde predomina a agricultura de alta intensidade técnica. b) Na Região Norte, o processo de urbanização é a principal causa do desmatamento. c) Na Região Centro-Oeste, a urbanização é alimentada pelo êxodo rural resultante da crise do setor agrícola. d) No Sudeste, o elevado grau de urbanização é um reflexo da baixa produtividade do setor agrícola. e) No Sul, a urbanização foi impulsionada pela concentração da propriedade fundiária e pela modernização técnica da agricultura. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 5
  • 6. GABARITO - GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 – 2013 01. A concentração fundiária é um problema existente no meio agrário, uma vez que esse termo é utilizado para designar o aumento do número de terras sob a posse de um número cada vez menor de latifundiários. Ilhas de Calor e Inversão térmica são problemas ambientais presentes nas cidades, e Favelização e Segregação Urbana são problemas sociais urbanos. Portanto, a alternativa correta é a letra (e). 02. Favelização é o processo de formação de moradias irregulares, ocorrido através da invasão de terrenos públicos e particulares, geralmente em condições geológicas não favoráveis à ocupação. A favelização é resultante da ausência de planejamento urbano e das desigualdades sociais, em que pessoas, que não dispõem de lugar para morar e nem possuem condições para pagar aluguel, acabam invadindo áreas que, em tese, não deveriam ser habitadas, improvisando casas e instalações elétricas. Além disso, a favelização está diretamente ligada ao êxodo rural, em que grandes massas populacionais deixam o campo para morar nas cidades e não encontram condições estruturais e econômicas para se sustentar, formando grandes contingentes de pobres e miseráveis que acabam não tendo outra opção senão aquela de morar na favela. 03. Tratamento de esgotos urbanos, controlar o uso dos fertilizantes na agricultura, envolver a comunidade na recuperação dos rios poluídos e recuperar a mata ciliar para diminuir a erosão e proteger as margens são medidas que contribuem significativamente para a recuperação de cursos d’água poluídos. Portanto, todas as alternativas estão corretas. Letra e. 04. I – Correta – Ao observar a charge, é possível perceber que os personagens vivem em condições de exclusão social, vítimas da falta de planejamento das cidades, sobretudo em países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil; II – Incorreta – A charge traz uma ironia à condição de vida da população de rua em 450 anos de vida da cidade de São Paulo; III – Incorreta – Na verdade, a charge faz referência ao aumento da população sem teto e não o contrário; IV – Correta – A segregação socioespacial gera a formação de pessoas extremamente pobres no seio das cidades, o que ocasiona a ocupação de áreas irregulares ou muito afastadas dos grandes centros, proporcionando também o aumento da ocorrência de pessoas em condições de rua. Portanto, a alternativa correta é a letra (b) I e IV. 05. Letra a. Conurbação é o encontro entre diferentes cidades, ocorre geralmente entre capitais estaduais e nacionais e as cidades que formam o seu entorno (região metropolitana). 06. Município é a área politicamente delimitada cuja responsabilidade administrativa é da prefeitura, enquanto que cidade é a porção não politicamente delimitada concernente à área urbanizada dos municípios. Um município pode ter duas ou mais cidades, que nesse caso se dividem entre os distritos e o distrito-sede. 07. A principal causa da migração campo-cidade – também chamada de êxodo rural – é a substituição do trabalhador rural pela máquina no meio agrário, o que faz com que tais trabalhadores procurem a cidade em busca de empregos e melhores condições de vida. Letra e. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 6
  • 7. 08. Letra B. A urbanização brasileira se deu em um curto espaço de tempo em razão da industrialização tardia. Por isso, não houve um planejamento urbano que desse conta das grandes massas de trabalhadores que migraram do campo para as cidades durante a segunda metade do século XX. Além disso, os baixos salários não permitiam aos trabalhadores o acesso a lugares com custos mais elevados. Diante disso, surgiram e agravaram-se os processos de favelização, segregação urbana e surgimento de cortiços. 09. a) Verdadeiro – O lixo é classificado como qualquer coisa que não tenha mais utilidade, sem valor, sujeira, imprestável para o homem, sendo, portanto, um material inútil, que é jogado fora. b) Verdadeiro – A destinação inadequada do lixo pode promover diversos problemas socioambientais. Esse material tem grande potencial para poluir o solo, gerar transtornos visuais, bloquear a passagem de água nos bueiros, entre outros. c) Falso – A produção de lixo é extremamente prejudicial ao meio ambiente. A maioria das cidades brasileiras não possui o sistema de coleta e tratamento adequado do lixo, onde grande parte dos resíduos tem como destino os lixões a céu aberto, fato que gera várias doenças, odor, diversos tipos de poluição (atmosférica, do solo, hídrica), entre outros aspectos negativos. d) Verdadeiro – O lixo recebe classificação de acordo com a sua composição, pois cada tipo de resíduo deve passar por transporte e tratamento final diferenciado. e) Falso – A reciclagem do lixo ainda é insuficiente no Brasil, havendo a necessidade de redução na geração de resíduos. Para facilitar o processo de reciclagem, a população deve realizar a coleta seletiva do lixo. 10. O processo de migração em massa da população rural para as cidades é denominado de êxodo rural. Letra C. 11. A formação das favelas no espaço urbano ocorre pelo crescimento desordenado das cidades, que não são capazes de absorver toda a mão de obra existente, de forma que parte da população não consegue ter acesso a zonas que, geralmente, possuem áreas muito especuladas e que encarecem a todo momento. Tais fatores são recorrentes do mau planejamento do crescimento da urbanização. Portanto, letra A. 12. F V V F 13. (UNIFENAS) Analise o gráfico abaixo a respeito da evolução da urbanização brasileira: A partir dos dados observados no gráfico e mais seus conhecimentos sobre a evolução dos índices de urbanização no Brasil, você pode constatar corretamente que I) o Brasil é um país urbano, pois possui uma população superior a 80% vivendo nas cidades. II) o ritmo de crescimento da taxa de urbanização tende a diminuir no Brasil atual, pois a população rural já é pouco expressiva, não havendo grandes contingentes para migrar para as cidades. Fonte: IBGE.Censo 2010 (Folha de São Paulo,30/04/2011) GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 7
  • 8. III) o Censo 2010 apresenta uma população mais urbanizada que há uma década atrás. IV) as regiões brasileiras com as maiores taxas de urbanização são, pela ordem, Sudeste (92,9%), Centro-Oeste (88,8%) e Sul (84,9%). V) segundo o Censo 2010 a população residente no campo apresenta uma taxa inferior a 20%, demonstrando que o êxodo rural vem perdendo força no país. Estão corretas as alternativas a) I e II, apenas. d) I, III e V, apenas. b) Todas. e) II, IV e V, apenas. c) III e IV, apenas. 14. (FUVEST) As imagens acima ilustram uma contradição característica de médios e grandes centros urbanos no Brasil, destacando-se o fato de que ambas dizem respeito a formas de segregação socioespacial. Considerando as imagens e seus conhecimentos, identifique e explique c) duas causas socioeconômicas geradoras do tipo de segregação retratado na Imagem 1; b) o tipo de segregação retratado na Imagem 2 e uma causa socioeconômica responsável por sua ocorrência. d) Resposta: a) Crescimento urbano acelerado, resultante do êxodo rural e da industrialização nos centros urbano que gerou ocupações irregulares e desordenadas, em áreas de riscos (áreas de encostas) com total falta de infraestrutura e sem políticas públicas. b) A figura ilustra os condomínios fechados, procurados pelas classes dominantes em busca de fugir da violência e obter tranquilidade. Embora seja legitimo, só ponto de vista do indivíduo, buscar maior segurança para si e para sua família, esse fenômeno acentua a exclusão social e reduz os espaços urbanos públicos, uma vez que propicia o crescimento de espaços privados e de circulação restrita. 15. (UNICAMP) O Brasil experimentou, na segunda metade do século 20, uma das mais rápidas transições urbanas da história mundial. Ela transformou rapidamente um país rural e agrícola em um país urbano e metropolitano, no qual grande parte da população passou a morar em cidades grandes. Hoje, quase dois quintos da população total residem em uma cidade de pelo menos um milhão de habitantes. (Adaptado de George Martine e Gordon McGranahan, “A transição urbana brasileira: trajetória, dificuldades e lições aprendidas”, em Rosana Baeninger (org.), População e cidades: subsídios para o planejamento e para as políticas sociais. Campinas: Nepo / Brasília: UNFPA, 2010, p. 11.) Considerando o trecho acima, assinale a alternativa correta. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 8
  • 9. a) A partir de 1930, a ocupação das fronteiras agrícolas (na Amazônia, no Centro-Oeste, no Paraná) foi o fator gerador de deslocamentos de população no Brasil. b) Uma das características mais marcantes da urbanização no período 1930-1980 foi a distribuição da população urbana em cidades de diferentes tamanhos, em especial nas cidades médias. c) Os últimos censos têm mostrado que as grandes cidades (mais de 500 mil habitantes) têm tido crescimento relativo mais acelerado em comparação com as médias e as pequenas. d) Com a crise de 1929, o Brasil voltou-se para o desenvolvimento do mercado interno através de uma industrialização por substituição de importações, o que demandou mão de obra urbana numerosa. 16. (FGV-RJ) Observe o gráfico: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/sinopse/sinopse_tab_bras Sobre os fatores relacionados ao processo de urbanização nas regiões brasileiras, assinale a alternativa correta: a) A urbanização é mais lenta nas regiões onde predomina a agricultura de alta intensidade técnica. b) Na Região Norte, o processo de urbanização é a principal causa do desmatamento. c) Na Região Centro-Oeste, a urbanização é alimentada pelo êxodo rural resultante da crise do setor agrícola. d) No Sudeste, o elevado grau de urbanização é um reflexo da baixa produtividade do setor agrícola. e) No Sul, a urbanização foi impulsionada pela concentração da propriedade fundiária e pela modernização técnica da agricultura. GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 9
  • 10. FONTE http://exercicios.brasilescola.com/geografia/exercicios-sobre-problemas-urbanos.htm#questao4089 http://exercicios.brasilescola.com/geografia/exercicios-sobre-geografia-urbana.htm http://exercicios.brasilescola.com/geografia/exercicios-sobre-lixo-urbano.htm#questao-1333 http://exercicios.brasilescola.com/geografia/exercicios-sobre-processo-urbanizacao.htm#questao4200 http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/01/provas-e-gabaritos-sobre-urbanizacao-no.html GEOGRAFIA – MEIO URBANO 01 – 2013 - 2013 Página 10