Your SlideShare is downloading. ×
Geografia   globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Geografia globalização e desenvolvimento 01 – 2013 – ifba

4,478
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,478
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
41
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA 01) Estados Unidos, Canadá e México criaram o bloco econômico denominado NAFTA. Um de seus principais pontos é eliminar tarifas alfandegárias e obstáculos para a livre circulação de bens e serviços. A criação deste bloco compõe um quadro que aponta para uma das contradições socioeconômicas mais marcantes da globalização. São elementos constituintes dessa contradição: a) Poder das empresas globais / desorganização da sociedade civil. b) Incentivo à integração econômica / fragmentação política pelo nacionalismo. c) Facilidade para a circulação de riquezas / restrição à circulação de pessoas. d) Democracia nos países desenvolvidos / autoritarismo nas nações subdesenvolvidas. 02) Todas as alternativas abaixo apresentam características ou indicadores do processo de globalização das atividades econômicas ocorrido no final do século XX, EXCETO: a) A aceleração das transformações demográficas. b) A revolução ocasionada pelos avanços da informática. c) O aperfeiçoamento dos meios de transporte e das comunicações. d) O desenvolvimento tecnológico e científico. 03) Marque a alternativa que NÃO corresponde à globalização. a) Os avanços tecnológicos como transporte, comunicação e informática. b) O fortalecimento do Estado-Nação. c) Aprofundamento da divisão internacional do trabalho ou da produção. d) A ampliação das desigualdades socioeconômicas norte-sul. e) O aumento das migrações internacionais. 04) A rede Mc Donald’s tornou-se um dos símbolos das principais mudanças ocorridas em diversos países nos últimos cinqüenta anos. Sua história se confunde com a das relações econômicas internacionais . Hoje cerca de 50 milhões de pessoas por dia comem em um Mc Donald’s em mais de 120 países. Uma mudança que pode ser representada pela expansão dessa rede e sua respectiva causa histórica, são: a) Mundialização da cultura / extinção da dualidade local/global. b) Padronização do consumo – expansão de empresas transnacionais. c) Americanização dos costumes – internalização tecnológica do setor industrial. d) Uniformização dos hábitos alimentares – integração mundial dos mercados nacionais. 05) O desenvolvimento dos meios de comunicação de massa trouxe benefícios e prejuízos para a humanidade. Que fator positivo eles proporcionam ao homem? (a) O acesso á informação (c) A redução do consumo (b) A melhoria na distribuição de renda (d) A redução da violência 06) Desde o final do século XX, no mundo todo, cresceu a globalização financeira que se destaca (a) Pela perda de valor do dólar americano. (b) Pelo crescimento da especulação nas bolsas de valores. (c) Pela pequena concorrência entre bancos. (d) Pela estabilidade das bolsas de valores. 07) Sony, Siemens, Revlon, Nike, Sansung, IBM, Adidas, JVC, Shell, etc, estão cada vez mais presentes na vida das cidades. Elas representam: GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 1
  • 2. a) A mundialização do capital. c) A vulgarização da internet. b) O poderio da robótica. d) O fortalecimento do mercado interno. 08) Considerando o espaço político e geoeconômico do mundo globalizado, assinale a alternativa que corresponde às afirmativas dadas. ( ) A globalização tem contribuído para o aumento do desemprego, porque acarreta grandes mudanças no processo produtivo, tal como a introdução de tecnologias liberadoras de mão-deobra. ( ) O processo de globalização contribui para a formação e o fortalecimento de grandes conglomerados, com faturamento superior ao de muitos países, gerando acumulação e concentração de capitais. ( ) A economia globalizada estimulou o declínio do comércio mundial, em níveis sem precedentes, tal que propiciou a falência de inúmeras nações na América Latina, Europa e Ásia. ( ) A globalização conduz à nacionalização dos territórios nacionais e ao fortalecimento das economias regionais, principalmente dos países da América Latina e da Ásia. Assinale a sequência correta. A) V, F, V, F B) F, V, F, V C) V, V, F, F D) F, V, V, F 09) Em plena era de globalização, mais da metade do gênero humano jamais discou um número de telefone. Há mais linhas telefônicas em Manhattan (EUA) do que em toda a África, ao sul do Saara. (Mbeki, vice-presidente da África do Sul, 1995. Adaptado) Considerando-se o texto anterior, assinale a alternativa correta. a) O nível de vida das populações e o grau de desenvolvimento tecnológico dos países explicam a desigual distribuição da rede Internet. b) A cibercultura é universal e constitui um instrumento de massificação e construção de uma identidade cultural global. c) Os fluxos de informação telefônica não devem ser confundidos com as infovias que têm uma distribuição mais igualitária no mundo. d) Os custos de conexão virtual são mais elevados nos países ricos que nos pobres, o que explica a sua desigual distribuição. 10. (Unimontes) Após a Segunda Guerra Mundial, além de se formarem os grandes blocos, diversos países se reuniram em organizações geopolíticas e econômicas, constituindo blocos econômicos regionais de diversos tipos. Fonte: TERRA, L. e COELHO, M. de A. Geografia Geral e Geografia do Brasil: O espaço natural e socioeconômico. São Paulo: Moderna, 2005. Considerando a integração econômica que ocorre no interior dos blocos regionais, relacione as colunas. 1 - Mercado comum ( ) Circulação de bens com taxas alfandegárias reduzidas ou 2 - Zona de livre comércio eliminadas. 3 - União aduaneira ( ) Padronização de tarifas para diversos itens relacionadas ao comércio com países que não pertencem ao bloco. ( ) Livre circulação comercial e financeira de pessoas, bens e serviços. Assinale a sequência correta. a) 1, 2, 3. b) 3, 2, 1. c) 2, 3, 1. d) 2,1, 3. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 2
  • 3. 11. (UFBA - 2012) De acordo com a ilustração e com os conhecimentos sobre as economias ricas e em expansão, a) relacione os principais grupos de países que constituem o G-20; b) indique o objetivo da criação do G-20, em 1999; c) aponte uma característica econômica que sobressai em cada país do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China). 12. (FGV-SP) As commodities representaram 71% do valor exportado pelo Brasil de janeiro a maio. Nos cinco primeiros meses do ano passado essa participação era de 67%. As vendas ao exterior desses produtos avançaram 39,1%, muito mais que as dos manufaturados, 15,1%. Os cálculos são da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), obedecendo a critérios diferentes dos seguidos pelo Ministério do Desenvolvimento, já que incluem commodities classificadas como semimanufaturados e mesmo alguns produtos considerados manufaturados pelas estatísticas oficiais. Entre esses itens estão açúcar refinado, combustíveis, café solúvel e alumínio em barras. http://www.iedi.org.br/artigos/imprensa/2011/ iedi_na_imprensa_20110629_commodities_ja_representam_71_das_exportacoes_do_pais.html A reportagem revela uma mudança gradual no perfil das exportações brasileiras. Sobre esse tema, é correto afirmar: a) Apesar do aumento da participação das commodities na pauta de exportações, o Brasil apresenta superávit na balança comercial dos produtos manufaturados. b) O aumento da exportação brasileira de commodities, mencionado na reportagem, está fortemente baseado no crescimento da demanda asiática. c) Nos últimos anos, o Brasil vem aumentando exponencialmente a sua participação no comércio de produtos de alta e média intensidade tecnológica. d) A mudança revelada pela reportagem resulta da maior diversificação do setor produtivo brasileiro. e) O câmbio valorizado foi um dos fatores que contribuíram para o aumento das vendas externas, tanto de commodities como de manufaturados. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 3
  • 4. 13. (UNESP) Observe a tabela e compare a evolução das exportações brasileiras para blocos econômicos, em valores totais (US$), e quantidade em toneladas (ton), nos períodos de 12 meses, jun/mai 2000/01 e 2010/11 * Percentual sobre o total da exportação brasileira para os blocos indicados. (Carta Capital. Exportações brasileiras para os principais blocos econômicos, ano XVI, n° 651, junho de 2011. Adaptado.) A respeito da evolução das exportações brasileiras, pode-se afirmar que a) a China, Hong Kong e Macau, em porcentagem sobre o valor total das exportações, passaram de 3% (2000/01) para 17% (2010/11), trazendo os maiores ganhos comerciais nos períodos. b) a participação em valor dos países desenvolvidos vem diminuindo, passando de 60% no primeiro período para 41% no segundo, sendo acompanhada pela queda do valor da tonelada exportada. c) a maioria das exportações brasileiras atuais destina-se aos países em desenvolvimento, que lideram tanto em valor do total exportado quanto em quantidade exportada. d) o mais importante parceiro comercial na balança das exportações brasileiras são os Estados Unidos, apresentando um desempenho crescente em valor do total exportado e em toneladas. e) os blocos analisados mantiveram o mesmo ritmo de participação nas exportações brasileiras durante a década analisada. 14. (U. E. SANTA CRUZ) GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 4
  • 5. A análise do mapa e os conhecimentos sobre a OMC, organização internacional que dispõe, atualmente, de mais de 150 países membros, envolvidos com as questões de comércio internacional, permitem afirmar: a) O principal objetivo da organização é normatizar e ampliar o comércio internacional. b) A organização tem sua sede localizada na Itália, em Roma, e foi criada para substituir o Pacto de Varsóvia, após a Segunda Guerra Mundial. c) A OMC agrega todos os países da África, da Europa e da América, com exceção do Caribe. d) A atuação da Instituição é pautada em acordos bilaterais entre os blocos regionais, o que favorece o protecionismo e aumenta as restrições. e) A OMC realiza conferências mundiais a cada cinco anos e conseguiu eliminar o protecionismo no comércio internacional. 15. (UFJF) Leia a charge a seguir. a) Cite 4 países que fazem parte do G-8. b) Cite 4 países que fazem parte do G-20. c) Nessa charge, apresenta-se uma nova divisão do poder econômico mundial. Como essa divisão difere da divisão que agrupava os países como sendo do Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo? 16. (URCA) Sobre o Mercado Comum do Sul: Mercosul. Marque a opção que não está correta. a) O Mercado Comum do Sul (Mercosul) foi criado em 26/03/1991 com a assinatura do Tratado de Assunção no Paraguai. Os membros deste importante bloco econômico da América do Sul são os seguintes países: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela (entrou em julho de 2006). b) Chile, Equador, Colômbia, Peru e Bolívia e México poderão entrar neste bloco econômico, pois assinaram tratados comerciais e já estão organizando suas economias para tanto. Participam até o momento como países associados ao Mercosul. c) No ano de 1995, foi instalada a zona de livre comércio entre os países membros. A partir deste ano, cerca de 90% das mercadorias produzidas nos países membros podem ser comercializadas sem tarifas comerciais. d) Em julho de 1999, um importante passo foi dado no sentido de integração econômica entre os países membros. estabelece-se um plano de UNIFORmização de taxas de juros, índice de déficit e taxas de inflação. Futuramente, há planos para a adoção de uma moeda única, a exemplo do fez o Mercado Comum Europeu. e) Atualmente, os países do Mercosul juntos concentram uma população estimada em 311 milhões de habitantes e um PIB ( Produto Interno Bruto ) de aproximadamente 2 trilhões de dólares. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 5
  • 6. 17. (UNESP) Quanto mais a globalização econômica avança, mais o mundo é marcado pela fragmentação do espaço geográfico por meio de megablocos regionais, como mostra a figura. Em contrapartida, quanto mais abrangente for a integração do bloco, maior a perda de soberania dos Estados participantes. MEGABLOCOS REGIONAIS Os blocos I, II, III e IV, representados na figura, são, respectivamente: a) Nafta, Comunidade Econômica Européia, Alca e Mercosul. b) União Européia, Apec, Aladi e Alca. c) CEI, União Européia, Mercosul e Nafta. d) Pacto Andino, Comunidade Econômica Européia, CEI e Nafta. e) Nafta, Mercosul, União Européia e CEI. 18. (Espcex (Aman) 2012) Com relação ao Mercado Comum do Sul (Mercosul), podemos afirmar que: I. A aproximação geopolítica entre Brasil e Argentina, que representou uma ruptura com a tradição de rivalidade das relações entre esses dois países, foi fator determinante para o seu surgimento. II. O Tratado de Assunção, em 1991, o constituiu formal e juridicamente e contou, além do Brasil e da Argentina, com a participação do Paraguai e do Chile como países-membros do novo Bloco. III. A Zona de Livre Comércio estabelecida entre os países-membros implica na adoção de uma Tarifa Externa Comum (TEC) pelos seus integrantes. IV. Não há soberania compartilhada, de modo que cada Estado conserva a prerrogativa de impedir a adoção de decisões com as quais não concorda. Assinale a alternativa que apresenta todas as afirmativas corretas: a) I e II b) I, II e III c) I e IV d) II, III e IV e) III e IV 19. (Ufpr 2012) O termo BRICS tem sido utilizado para designar os países Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Sobre esses países, é correto afirmar que: a) formam um bloco econômico que, a exemplo do Mercosul e da União Europeia, estão estabelecendo um conjunto de tratados e acordos visando a integração da economia. b) são considerados países emergentes, embora possuam diferenças expressivas entre si, no que diz respeito a população, território, recursos naturais e industrialização. c) sua importância como bloco econômico e político tem reformulado a geopolítica mundial e rivalizado com outras entidades supranacionais, a exemplo da ONU. d) Uma das suas características é a semelhança no regime político adotado, mostrando que o mundo ainda se divide por questões de natureza ideológica. e) sua emergência como bloco foi consequência da alta capacidade em articular necessidades globais com interesses regionais, acima dos interesses econômicos e políticos. 20. (Ufu 2011) A mundialização da economia capitalista é um processo que se intensifica nos dias atuais. A formação dos grandes monopólios capitalistas, denominados transnacionais que operam a unificação mundial do capital em diferentes localidades, é a expressão moderna da etapa monopolista do capital mundial como demonstra a figura abaixo. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 6
  • 7. Sobre os blocos econômicos comerciais, analise as afirmativas a seguir. I - O Mercosul (Mercado Comum do Sul) foi criado a partir do Tratado de Assunção, em março de 1991, do qual fazem parte principalmente o Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Bolívia. O objetivo deste bloco era promover a livre circulação de bens e de serviços e adotar uma política comercial comum em relação a outros estados ou agrupamentos de estados, utilizando, por exemplo, a redução ou a eliminação de tarifas alfandegárias. II - A Alca (Área de Livre Comércio das Américas), criada em 1989, pretendia formar uma vasta zona econômica ou zona de livre comércio que englobaria, pelo menos, 35 países do continente (com exceção de Cuba), em qual os Estados Unidos seria o maior beneficiado. Dentre os problemas apresentados para a implantação desse bloco, destaca-se a inflexibilidade dos Estados Unidos em discutir o anti-dumping e os subsídios à agricultura. III - A União Europeia (UE) foi criada pelo Tratado de Roma (em 1957), mas só recebeu esta denominação em 1994. O objetivo deste bloco era recuperar a economia dos países membros, a partir da livre circulação de mercadorias, serviços, capitais e pessoas e implantação de uma moeda única, o Euro. IV - A APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) surgiu em 1993, como um projeto para criar até 2020, a maior zona de livre comércio do mundo, reunindo mais de 20 países. O grande problema desse bloco são as características muito distintas dos países membros. Compõem este bloco os Estados Unidos, Malásia, Canadá, Vietnã, Filipinas, Coreia do Sul, Chile, Peru, Japão, Austrália, entre outros. Assinale a alternativa que apresenta as afirmativas corretas. a) As afirmativas I, II, III e IV estão incorretas. b) As afirmativas I, III e IV estão incorretas. c) As afirmativas II e IV estão incorretas. d) As afirmativas I, II, III e IV estão corretas. 21. (Uel 2007) Há mais de um ano existem divergências acentuadas nas relações comerciais entre Argentina e Uruguai, fato que contribui para fragilizar ainda mais o Mercosul. Devido ainda a outros fatores de ordem econômica, parte do governo uruguaio já se mostra disposta a assinar um tratado de livre comércio com os Estados Unidos. Sobre as relações entre Argentina e Uruguai e as atuais relações comerciais entre os membros do Mercosul, considere as afirmativas a seguir. I. Uma das divergências entre Argentina e Uruguai está relacionada à construção de duas fábricas de papel de celulose que já direcionaram seus investimentos para o Uruguai. II. As exportações do Uruguai para os Estados Unidos representam, hoje, mais que o total das exportações para os três países do Mercosul. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 7
  • 8. III. Uma das divergências entre Argentina e Uruguai se deve ao fato de a Argentina afirmar que as fábricas de papel de celulose a serem instaladas são poluentes e poderão afetar o rio Uruguai que divide os dois países. IV. As exportações do Uruguai para os Estados Unidos representam, hoje, apenas a metade das exportações para os três países do Mercosul. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é: a) I e II. b) II e IV. c) III e IV. d) I, II e III. e) II, III e IV. 22. (Pucsp 2006) Comparando-se o Mercosul e a União Europeia é correto afirmar que: a) Enquanto a União Europeia conheceu ampla integração territorial por meio das infraestruturas (ferrovias, rodovias, hidrovias) antes mesmo de sua institucionalização, o Mercosul passou a expandir tais infraestruturas somente após sua criação e ainda assim em ritmo bastante lento. b) Não são passíveis de comparação, pois a União Europeia resultou de um tratado amplo e antigo entre países desenvolvidos e o Mercosul é um acordo de Livre Comércio entre países subdesenvolvidos que nunca visou a qualquer tipo de integração regional. c) A integração regional da União Europeia atinge as esferas econômica, social, política e cultural do mesmo modo que o Mercosul, que projeta para o futuro a plena integração comercial em todos os setores da economia e uma moeda comum ainda para 2006. d) Nos dois casos verificou-se que, após as tentativas de integração regional, as relações comerciais entre os países membros praticamente não foram afetadas, pondo em dúvida a eficácia dessas organizações supranacionais. e) A União Europeia tem colhido fracassos em razão de ser composta por países que têm um histórico recente de conflitos armados, ao passo que os sucessos do Mercosul devem-se à harmonia natural de países vizinhos sem histórico de conflitos. 23. (Cftce 2006) Blocos Econômicos: A iniciativa para as Américas, lançada pelo presidente George Bush em junho de 1990, se inseria na orientação reformista: a sua meta consistia na formação de uma zona de livre comércio em todo o continente americano, com a exclusão de Cuba. Essa zona de integração econômica é chamada de: a) Mercado Comum do Sul (Mercosul). b) União Europeia. c) Área de Livre Comércio das Américas (ALCA). d) Zona da Bacia do Pacífico. e) Novos Países Industrializados (NPIs). GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 8
  • 9. GABARITO - GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA 1 – C /// 2 – A /// 3 – B /// 4 – A /// 5 – A /// 6 – B /// 7 – A /// 8 – C /// 9 – A /// 10 – C /// 11. a) G-8 (formado por todos os países do G-7 e mais a Federação Russa) os maiores países emergentes e a União Europeia (formada por 27 países), representada pelo líder do país que estiver ocupando a presidência do Conselho e pelo presidente do Banco Central Europeu. b) Tornou-se o principal fórum internacional de países para o debate de problemas mundiais, em geral, com enfoque econômico, comercial e também político. c) Os quatro grandes emergentes exercem papéis econômicos diferentes. O Brasil tem como destaque a agricultura e a mineração. A Rússia exporta principalmente petróleo. A Índia desenvolve bem o setor de serviços e, como a China, é manufatureira. 12. B /// 13. C /// 14. D /// 15. a) Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido, EUA, Rússia. b) África do Sul, Egito, Nigéria, Tanzânia, Zimbábue, China, Filipinas, Índia, Indonésia, Paquistão, Tailândia, Turquia, República Tcheca, Hungria, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Cuba, Guatemala, México, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Equador, Peru. c) A diferença entre a divisão que agrupava os países como sendo do Primeiro, Segundo e Terceiro Mundo e a nova divisão do poder econômico mundial relaciona-se ao fato de que a antiga divisão apoiava-se no grau de industrialização dos países e na divisão político-ideológica entre países capitalistas e socialistas. As novas formas de organização político-econômica que emergem face à abertura dos mercados e fim da Guerra Fria e, consequentemente, o desmonte da União Soviética, resultou na extinção do grupo denominado Segundo Mundo. Entende-se como G-8 e G-20: o G-8, grupo de países das sete maiores economias industrializadas e ainda a Rússia e, o G-20, que reúne membros com a importância mundial na produção e comércio agrícolas. Atualmente, tanto o G-8 quanto o G-20 são formados, em sua quase totalidade, por países capitalistas. O G-8 visa estabelecer acordos sobre assuntos econômicos atuais relacionados aos interesses dos países membros. Já o G-20 exige concessões substanciais dos países ricos na redenção de seus subsídios agrícolas e não aceitam incluir na discussão a abertura dos seus mercados aos produtos manufaturados dos países desenvolvidos. A divisão do poder econômico mundial está diretamente relacionada aos interesses de cada grupo de países de acordo com a sua inserção na divisão internacional do trabalho. 16. B /// 17. E /// 18. C /// 19. B /// 20. A (I, II, III, IV) /// 21. D (I, II E III) /// 22. A /// 23. C /// 24. GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 9
  • 10. FONTE http://gustavo-kasten.webnode.com.br/a8%C2%BA%20ano/exercicio%20%20globaliza%C3%A7%C3%A3o%20e%20blocos%20economicos/ http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/01/vestibular-2011-uneal-observe-o-mapa.html http://www.chumanas.com/2012/02/o-brasil-e-os-blocos-economicos.html GEOGRAFIA - GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO 01 – 2013 – IFBA Página 10