Doenças ocupacionais - Asbestose e Silicose (Jaime Alves)

6,165 views
5,854 views

Published on

Trabalho sobre Doenças Ocupacionais, exigido no Curso técnico em Segurança do trabalho do SENAI CFP Turmalina - MG

Published in: Health & Medicine
1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
  • valeuuuuuu
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
6,165
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
233
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Doenças ocupacionais - Asbestose e Silicose (Jaime Alves)

  1. 1. DOENÇAS OCUPACIONAIS Asbestose - Silicose Cleide Castro Fernando Pereira Gabriel Ramos Jaime Alves Jéssica Siqueira Marcos Vinicius Maryelle Cardoso
  2. 2. ASBESTOSE  A asbestose é uma doença pulmonar causada pela aspiração de pó de asbesto. O mineral quando inalado e absorvido pelos pulmões desencadeia uma reação inflamatória que, em última análise, leva a fibrose do pulmão, substituindo o tecido pulmonar saudável e funcionante por cicatrizes.  O sintomas da asbestose só costumam aparecer após 2 ou 3 décadas da sua exposição, o que faz com que em alguns países a sua incidência esteja aumentando, uma vez que os pacientes estão manifestando hoje sintomas de uma doença que se iniciou nas décadas de 1970 e 1980, período em que ainda não havia um grande controle sob a exploração do asbesto.  O desenvolvimento da asbestose depende do tempo de exposição, do tipo de asbesto exposto e da quantidade de pó inalada. Todos os tipos de amianto podem causar asbestose.
  3. 3. Sintomas da asbestose  Os primeiros sintomas da asbestose são a falta de ar e a intolerância aos esforços, causados pela fibrose pulmonar. Com a progressão da doença, surgem a tosse seca e dor torácica ao respirar. A falta de ar tende a piorar com o tempo, e em fases avançadas, está presente mesmo quando o paciente encontra-se em repouso.  O surgimento de baqueteamento digital (dedos em forma de baquetas) é um sinal de doença pulmonar e má oxigenação crônica.  O aparecimento de placas nas pleuras e o derrame pleural são outras manifestações comuns da asbestose.  A destruição do tecido pulmonar pode levar a hipertensão pulmonar, que por sua vez, leva ao cor pulmonale, a insuficiência cardíaca causada por doenças do pulmão
  4. 4. Como prevenir a asbestose?  Evitar ou diminuir ao máximo possível a exposição ao pó de amianto.  Os trabalhadores que tiverem necessariamente que exporem-se ao pó de amianto devem usar os equipamentos de proteção adequados.  O câncer de pulmão é mais incidente nos fumantes que estejam em contato com o amianto. Assim, eles podem reduzir o risco de câncer deixando de fumar.  OBS: Não existe tratamento para curar asbestose. A fibrose que ocorre nos pulmões é irreversível e o tratamento se limita a descontinuar a exposição ao amianto, evitar o tabagismo – que acelera a destruição dos pulmões – e administração de oxigênio naqueles com falta de ar importante.
  5. 5. Entre os profissionais com maior risco de exposição ao ASBESTO encontram- se:  Encanadores  Soldadores  Zeladores  Eletricista  Carpinteiros  Trabalhadores da construção civil e naval  Mineradores  Pessoas que trabalham com materiais isolantes FONTE:MD.Saúde http://www.mdsaude.com/2010/06/mesotelio ma-asbesto-asbestose-amianto.html#ixzz2w5ANENGI
  6. 6. SILICOSE  O que é Silicose?  A Silicose é uma pneumoconiose (doenças pulmonares causadas pelo acúmulo de poeira nos pulmões) causada pela inalação de partículas de sílica. A sílica (ou óxido de silício) é o principal componente da areia e matéria prima para a fabricação do vidro e do cimento. As consequências da inalação dessa substância (principalmente se muito duradoura), limita muito a capacidade respiratória da pessoa afetada, tanto no que diz respeito à capacidade de oxigenação do sangue quanto à expansão pulmonar, com repercussão em outras funções orgânicas, sobretudo cardíaca. A Silicose é, pois, uma doença profissional e geralmente afeta os mineiros que trabalham em túneis e galerias e todas as demais pessoas expostas ao pó de sílica.  A sílica se deposita nos alvéolos pulmonares, causando graves danos a eles e levando a uma fibrose pulmonar nodular irreversível.
  7. 7. Quais são as causas da Silicose?  A Silicose é causada pela inalação geralmente crônica de partículas de sílica e leva alguns anos para manifestar sintomas, os quais são, no entanto, inevitáveis, a menos que a inalação seja precocemente interrompida. A princípio podem aparecer nos pulmões pequenas áreas cicatriciais, que são conhecidas como Silicose nodular simples, as quais posteriormente evoluem para áreas mais extensas de fibrose pulmonar.
  8. 8. Como prevenir a Silicose?  A melhor maneira de prevenir a Silicose é evitar expor-se ao pó de sílica, mas se isso for de tudo impossível, procure adotar as medidas de segurança do trabalho, adequadas para o caso, já que a Silicose é uma doença profissional.
  9. 9. Turma: Técnico em Segurança do Trabalho Prof. Marcílio Lopes COMPONENTES: Cleide Castro - Fernando Pereira - Gabriel Ramos Jaime Alves - Jéssica Siqueira - Marcos Vinicius Maryelle Cardoso

×