Your SlideShare is downloading. ×
0
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O uso da tecnologia nas aulas de língua portuguesa

4,396

Published on

Apresentação de relatório de pesquisa

Apresentação de relatório de pesquisa

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,396
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
59
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU INSTITUTO DE LETRAS E LINGÜÍSTICA - ILEEL O uso da tecnologia nas aulas de Língua Portuguesa – das séries iniciais ao 5º ano - do ensino fundamental de uma escola pública de Uberlândia. Jamille Rabelo de Freitas Larissa Gomes Dias Maria de Jesus dos Santos Thiago Martins
  • 2. OBJETIVO
    • Compreender de que modo os professores de uma escola pública de Uberlândia utilizam a tecnologia nas aulas de Língua Portuguesa aplicadas nas turmas de séries iniciais até o 5º ano do ensino fundamental.
  • 3. QUESTÕES PESQUISADAS
    • PROFESSORES
    • De que maneira os professores utilizam a informática para abordar o conteúdo programático exigido?
    • Há alguma diferença entre a aula aplicada com auxílio da informática para a aula aplicada sem a utilização deste recurso? Se houver, quais?
    • Como é a receptividade dos alunos?
  • 4. QUESTÕES PESQUISADAS
      • ALUNOS
      • Você gosta da maneira como as aulas são aplicadas em sua sala de aula? Por quê?
      • Você gostaria que essas aulas fossem aplicadas de que forma?
      • Você gosta das aulas aplicadas na sala de informática? Por quê?
      • Você aprende melhor o conteúdo das matérias quando explicado e escrito no quadro ou quando ele é abordado na sala de informática? Por quê?
  • 5. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
    • DOWBOR, Ladislau. Tecnologias do conhecimento: os desafios da educação . Disponível em: http://dowbor.org/tecnconhec.asp. Acesso em 10 de dezembro de 2010.
  • 6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
    • “ O mundo que hoje surge constitui, ao mesmo tempo, um desafio ao mundo da educação, e uma oportunidade. É um desafio, porque o universo de conhecimentos está sendo revolucionado tão profundamente, que ninguém vai sequer perguntar à educação se ela quer se atualizar.”
    • (DOWBOR, 2001, p. 2)
  • 7. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
    • “ [...] E na medida em que a educação não é uma área em si, mas um processo permanente de construção de pontes entre o mundo da escola e o universo que nos cerca, a nossa visão tem de incluir estas transformações. Não é apenas a técnica de ensino que muda, incorporando uma nova tecnologia. É a própria concepção do ensino que tem de repensar os seus caminhos.”
    • (DOWBOR, 2001, p. 2)
  • 8. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
    • “ A mudança é hoje uma questão de sobrevivência, e a contestação não virá de “autoridades”, e sim do crescente e insustentável “saco cheio” dos alunos, que diariamente comparam os excelentes filmes e reportagens científicos que surgem na televisão e nos jornais, com as mofadas apostilas e repetitivas lições da escola. “
    • (DOWBOR, 2001, p. 2)
  • 9. CONTEXTO DA PESQUISA
    • Método:
    • Pesquisa qualitativa.
    • Ferramentas:
    • Questionários
    • Observação de aula.
    • Participantes:
    • Professores;
    • Alunos da rede pública.
  • 10. DADOS
  • 11. De que maneira os professores utilizam a informática para abordar o conteúdo programático exigido?
    • “ Tento adequar as aulas disponíveis no laboratório com os conteúdos que estão sendo trabalhados em sala e quando possível montar aulas para que o laboratorista monte e aplique no computador para meus alunos.”
    • (PROFESSORA A)
    • “ Eu a utilizo hora como introdução de conteúdo outras vezes como fixação de conteúdos. E ainda para revisá-los.”
    • (PROFESSORA B)
  • 12. Você nota alguma diferença entre a aula aplicada com auxílio da informática para a aula aplicada sem a utilização deste recurso tecnológico?
    • “ Eu identifico muita diferença. O que as vezes passa despercebido da atenção do aluno em sala de aula, no laboratório eles as encontram inevitavelmente e lhes dá atenção devida, seja nos passos do processo, regras, excessões, normas, acelerando-se a apreensão e compreensão.”
    • (PROFESSORA B)
    •  
    • “ Sim, devido os recursos tecnológicos como animação de tela ou visual (colorido) os alunos assimilam com maior facilidade o conteúdo trabalhado sendo assim a aula torna-se uma troca de experiências.”
    • (PROFESSORA E)
  • 13. Como é a receptividade dos alunos?
    • “ A receptividade por parte dos alunos é excelente. Eles ficam eufóricos, qdo informados destas aulas, apesar de ser mais difícil conter a disciplina por causa da euforia.” (PROFESSORA A)
    • “ Os alunos no início participam, quando as atividades se tornam rotineiras começam a surgir reclamações.” (PROFESSORA C)
    • Eles demonstram grande satisfação quando descobrem as aulas de informáticas inclusas nos horários do dia. (PROFESSORA B)
    • “ Bastante acolhedora. “
    • (PROFESSORA D)
    •  
    •  “ Com muito entusiasmo. “
    • (PROFESSORA E)
    •  
  • 14. Você gosta das aulas aplicadas na sala de informática? Por quê?
    • “ Sim, aprendo mais sobre matemática, geografia, ciências, português etc ... e é tudo como se uma maneira de se divertir .” (ALUNO A)
    • “ Sim. Por quê na informática, é muito importante, para mim e para os outros. Para reforçar o meu, aprendizado.” (ALUNO B)
    • “ Sim. Porque é legal.” (ALUNO C)
    • “ Sim. Porque a professora é muito legal.” (ALUNO D)
    • “ Sim. Porquê eu tenho facilidade no computador.” (ALUNO E)
    •  
    • “ Sim, por que as atividades são interresante.” ( ALUNO F)
  • 15. Você aprende melhor o conteúdo das matérias quando explicado e escrito no quadro ou quando ele é abordado na sala de informática? Por quê?  
    • “ Explicado no quadro, por que assim aprendo mais rrapido e mais facio e so depois vou para informatica estudar sobre a materia que aprendi na sala de aulas.” (A)
    • “ Explicado e escrito no quadro porque é melhor. “ (C)
    • Sim porque a professora não explica muito. (D)
    • Quando está na sala de aula. Por que eu aprendo melhor. E entendo com mais facilidade explicando. (B)
    • Na sala de informática por que e tudo mais colorido. (E)
    • No quadro, por que e mais fácil de aprender, por que também a professora explica melhor. (F)
  • 16.  
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.  
  • 20. CONCLUSÃO
    • Diante os dados apresentados pudemos perceber que os professores entendem que a tecnologia é importante no sentido de complementar para que suas aulas fiquem melhores. Para os alunos é interessante mostrar que estes ainda são resistentes ao recurso tecnológico que é utilizado na sala de aula, pois de acordo com os dados obtidos, grande parte deles preferem que o professor ministre as aulas no quadro, porque aprendem mais.

×