Your SlideShare is downloading. ×
0
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
TRÓIA 1MF ITALO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

TRÓIA 1MF ITALO

2,366

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,366
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2. CONTINUAÇÃO Na verdade, a busca de Agamenon por honra é suplantada por sua ganância – ele precisa controlar Tróia para garantir a supremacia de seu vasto império. A cidade cercada de muralhas, comandada pelo rei Príamo (PETER O'TOOLE) e defendida pelo poderoso príncipe Heitor (ERIC BANA), é uma fortaleza que nenhum exército jamais conseguiu invadir. A chave da derrota ou da vitória sobre Tróia é um único homem: Aquiles (BRAD PITT), tido como o maior guerreiro vivo. Arrogante, rebelde e aparentemente invencível, Aquiles não tem lealdade a nada nem a ninguém, a não ser à sua própria glória. É sua sede insaciável pelo eterno reconhecimento que o leva a atacar os portões de Tróia sob a bandeira de Agamenon – mas será o amor que acabará por decidir seu destino. Dois mundos entrarão em guerra por honra e poder. Milhares perecerão em busca de glória. E, por amor, uma nação será reduzida a cinzas.
  • 3. CONTEXTO HISTÓRICO A Guerra de Tróia realmente aconteceu? A extensão do apelo que a estória tem exercido sobre sucessivas gerações é demonstrada pelos esforços de incontáveis historiadores, arqueólogos e românticos entusiastas para estabelecer a base histórica para a guerra de Tróia. Atualmente, é geralmente aceito que o local foi corretamente identificado no final do século XIX por Heinrich Schliemann no monte Hissarlik, na planície dos Dardanelos, na costa noroeste da Turquia. Entretanto, a afirmação de Schliemann de ter descoberto a Tróia da guerra de Tróia é nos dias de hoje largamente desacreditada. O monte Hissarlik contém numerosos níveis sucessivos de habitação, e foi num dos mais recentes que Schliemann afirmava ter descoberto o maravilhoso tesouro: esta posição é agora considerada como sendo nova demais da ordem de mil anos, para ter sido destruída pelos gregos dos palácios de Micenas do continente grego .
  • 4. <ul><li>A guerra de Tróia foi um episódio sangrento da antiguidade , que teve lugar muito provavelmente entre 1300 a.C. e 1200 a.C, que culminou com a destruição da cidade de Tróia e facilitou o fim da Idade do Bronze no Mediterrâneo . A causa daquele conflito de mais de dez anos foi o rapto de Helena de Tróia por Páris , príncipe de Tróia. Segundo a mitologia , a cidade de Tróia acabou por ser tomada, após um longo cerco, através do uso do Cavalo de Tróia . </li></ul><ul><li>Os gregos antigos acreditavam que a guerra de Tróia era um fato histórico, ocorrido no período micênico, mas durante séculos os estudiosos tiveram dúvidas se ela de fato ocorreu. Até à descoberta do sítio arqueológico na Turquia , acreditava-se que Tróia era uma cidade mitológica. </li></ul><ul><li>A Ilíada , de Homero , descreve os acontecimentos finais da guerra, que incluem as mortes de Pátroclo , Heitor e Ájax que se matou com a espada que Heitor lhe deu. A obra Odisséia é a continuação da Ilíada, que conta a volta de Odisseu a Ítaca , onde passou mais dez anos até chegar a seu destino. </li></ul>
  • 5. MITO <ul><li>A guerra de Tróia se deu quando os aqueus atacaram Tróia, buscando vingar o rapto de Helena, esposa de Menelau , irmão de Agamenon . Os aqueus eram os povos que hoje conhecemos como gregos, que compartilhavam uma cultura e língua comuns, mas na época se enxergavam como vários reinos, e não como um povo só. </li></ul><ul><li>A lenda conta que a deusa ( ninfa ) do mar Tétis era desejada como esposa por Zeus e por Posídon . Porém Prometeu fez uma profecia que o filho da deusa seria maior que seu pai, então os deuses resolveram dá-la como esposa a Peleu, um mortal já idoso, intencionando enfraquecer o filho, que seria apenas um humano. O filho de ambos foi Aquiles , e sua mãe, visando fortalecer sua natureza mortal, o mergulhou quando ainda bebê nas águas do mitológico rio Estige. As águas tornaram o herói invulnerável, exceto no calcanhar, por onde a mãe o segurou para mergulhá-lo no rio (daí a expressão “ calcanhar de Aquiles ”, significando ponto vulnerável). Aquiles se torna o mais poderoso dos guerreiros, porém, ainda é mortal. Mais tarde, sua mãe profetisa que ele poderá escolher entre dois destinos: lutar em Tróia e alcançar a glória eterna, mas morrer jovem, ou permanecer em sua terra natal e ter uma longa vida, porém ser logo esquecido. </li></ul>
  • 6. <ul><li>Quando Páris foi a Esparta em missão diplomática, apaixonou-se por Helena e ambos fugiram para Tróia, enfurecendo Menelau. Este apelou aos antigos pretendentes de Helena, lembrando o juramento que haviam feito. Agamenon então assumiu o comando de um exército de mil naus e atravessou o mar Egeu para atacar Tróia. As naus gregas desembarcam na praia próxima a Tróia e iniciam um cerco que iria durar dez anos e custaria a vida a muitos heróis de ambos os lados. Dois dos mais notáveis heróis a perderem a vida na guerra de Tróia foram Heitor e Aquiles. </li></ul><ul><li>Finalmente, seguindo um estratagema proposto por Odisseu, o famoso cavalo de Tróia, os gregos invadiram a cidade governada por Príamo e terminaram a guerra. O cavalo de Tróia revelou-se uma armadilha, um falso pedido de paz grego. Sendo um presente para o rei, os troianos levaram o cavalo para dentro das muralhas da cidade; à noite, quando todos dormiam, os soldados gregos que se escondiam dentro da estrutura ôca de madeira do cavalo saíram e abriram os portões para que todo o exército entrasse e queimasse a cidade. </li></ul>
  • 7. <ul><li>Para o casamento de Peleu e Tétis todos os deuses foram convidados, menos Éris , ou Discórdia. Ofendida, a deusa compareceu invisível e deixou à mesa um pomo de ouro com a inscrição “À mais bela”. As deusas Hera , Atena e Afrodite disputaram o título de mais bela e o pomo. Zeus não quis ser o juiz, para não descontentar duas das deusas, então ordenou que o príncipe troiano Páris, à época sendo criado como um pastor ali perto, resolvesse a disputa. Para ganhar o título de “mais bela”, Atena ofereceu a Páris poder na batalha e sabedoria, Hera ofereceu riqueza e poder e Afrodite, o amor da mulher mais bela do mundo. Páris deu o pomo à Afrodite, ganhando sua proteção e o ódio das outras duas deusas contra si e contra Tróia. </li></ul><ul><li>A mulher mais bela do mundo era Helena de Esparta) , filha de Zeus e de Leda , rainha de Esparta . </li></ul>
  • 8. RESUMO Do aclamado diretor de Mar em Fúria... Ao longo do tempo, os homens travaram guerras. Uns pelo poder, outros pela glória, outros pela honra – e alguns por amor. Na Grécia antiga, a paixão de um dos casais mais lendários da História, Páris, príncipe de Tróia (ORLANDO BLOOM), e Helena (DIANE KRUGER), rainha de Esparta, desencadeia uma guerra que irá devastar uma civilização. Páris rouba Helena de seu marido, o rei Menelau (BRENDAN GLEESON), e este é um insulto que não pode ser tolerado. A honra da família determina que uma afronta a Menelau seja considerada uma afronta a seu irmão Agamenon (BRIAN COX), o poderoso rei de Micenas, que logo une todas as tribos da Grécia para trazer Helena de volta, em defesa da honra do irmão.
  • 9. Ficha técnica <ul><li>Publicado em 14/05/2004  -  02:00 </li></ul><ul><li>Diretor: Wolfgang Petersen </li></ul><ul><li>Roteirista: David Benioff </li></ul><ul><li>Produtores: Wolfgang Petersen, Diana Rathbun e Colin Wilson </li></ul><ul><li>Diretor de fotografia: Roger Pratt B.S.C </li></ul><ul><li>Desenhista de Produção: Nigel Phelps </li></ul><ul><li>Editor: Peter Honess A.C.E </li></ul><ul><li>Figurinista: Bob Ringwood </li></ul><ul><li>Música: James Horner </li></ul><ul><li>* Obra baseada nos poemas Ilíada e Odisséia, de Homero </li></ul><ul><li>Fonte: Divulgação da Warner Bros. </li></ul>
  • 10.  
  • 11.  
  • 12.  
  • 13. EQUIPE: ADEMAR DIEGO NATAN JONAS ANDERSON RENILDO

×