Calorimetria

4,730 views
4,487 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,730
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,751
Actions
Shares
0
Downloads
143
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Calorimetria

  1. 1. É a energia transferida de um corpo paraoutro graças a diferença de temperaturaentre eles.Medida! Grau de agitação das moléculas Energia Média das moléculas
  2. 2. As diferentes sensações térmicas que temos de corpos em um mesmoambiente, recebendo a mesma quantidade de calor, num mesmo intervalo detempo, são explicadas pela natureza de cada material.Isso significa que, para que para elevar em 1°C a temperatura de 1g, cadamaterial necessita de uma quantidade diferente de calor, definida como calorespecífico do material.O calor específico é uma característica da substância e não do corpo. Assim, cadasubstância tem o seu calor específico, diferentes blocos de chumbo têm o mesmocalor específico, pois são de mesma substância.
  3. 3. Calor específico dealgumas substâncias
  4. 4. Quem aumenta primeiro a temperatura em 1°C: 1 litrode leite ou 2 litros de leite? E qual esfria primeiro? Para elevar em 1°C a temperatura de 2 litros de leite é necessária uma quantidade de calor maior que para elevar em 1°C a temperatura de 1litro do mesmo material. Ou seja: corpos diferentes necessitam de diferentes quantidade de calor para elevar a sua temperatura em 1°C. Portanto, 1litro de leite aquece primeiro e esfria primeiro também. A capacidade térmica é uma característica do corpo e não da substância. Assim, diferentes blocos de chumbo têm diferentes capacidades térmicas, apesar de serem de mesma substância (chumbo).
  5. 5. Quando um corpo recebe ou cede calor, podem ocorrer dois fenômenos:  Variação de temperatura  Mudança de estado físico No primeiro caso, dizemos que se trata de calor sensível e, nosegundo, calor latente. Ao colocar no fogo uma barra de ferro, logo verificamos que elase aquece, isto é, sofre uma elevação na sua temperatura. Se, entretantofizermos o mesmo com um bloco de gelo a 0 ºC, verificasse que ele sederrete, isto é, se transforma em líquido, mas sua temperatura não semodifica.
  6. 6. C c  C  c.m m Q C  Q  C.  Logo: Q  m.c. A unidade de quantidade de calor é o joule (J). Entretanto por razõeshistóricas, existe outra unidade, a caloria (cal), cuja relação é: 1 cal = 4.186 J e 1 kcal = 1.000 cal
  7. 7. Exemplo:1. (UFRGS) Um corpo de 2 Kg recebe 8000 J de calor e sofre uma variação de temperatura de 100ºC. O valor do calor específico desse corpo, em J/Kg.ºC, é:Resolução: Q  m.c. 8000( J )  2(kg ).c.100(C ) 8000( J ) c 2(kg ).100(C ) 8000( J ) c 200(kg .C ) J c  40 kg.C
  8. 8. Enquanto o corpo (substância pura) muda de fase, a sua temperatura permanece constante!
  9. 9. A quantidade de calor que devemos dar (ou retirar) de um corpo para alterar sua fase depende da massa do corpo e da substância de que é feito o corpo. Q  m.L
  10. 10. Dois corpos de temperaturas diferentes trocam calor entre siquando colocados em contato. Por exemplo, se você tocar uma vidraça,pode passar calor de sua mão para ela; sua mão, portanto, esfria porqueperdeu calor e consequentemente teve a temperatura diminuída. Por outrolado, a parte da vidraça que você tocou recebeu calor econsequentemente sua temperatura aumentou.Em um sistema termicamente isolado:...A quantidade de calor trocada entre os corpos é tal que a soma daquantidade de calor (ΔQ) recebida com a quantidade de calor cedida énula...: ΔQrecebida + ΔQcedida = 0 ΔQrecebida = - ΔQcedida

×