Redes Sociais - Planejamento e Mensuração
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Redes Sociais - Planejamento e Mensuração

on

  • 9,390 views

Apresentação realizada com Camila Leite no evento "Dias Digitais", promovido pela Universidade Estácio, em 27 de maio de 2010.

Apresentação realizada com Camila Leite no evento "Dias Digitais", promovido pela Universidade Estácio, em 27 de maio de 2010.

Statistics

Views

Total Views
9,390
Views on SlideShare
3,617
Embed Views
5,773

Actions

Likes
16
Downloads
131
Comments
0

11 Embeds 5,773

http://www.conrado.com.br 3034
http://conrado.com.br 2700
http://ivanovitch.net 15
http://webcache.googleusercontent.com 8
http://www.livrogooglemarketing.com.br 6
http://www.linkedin.com 3
http://www.google.com.br 3
http://rodrigoberlinck.com.br 1
http://bitly.com 1
http://static.slidesharecdn.com 1
https://conrado.com.br 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Redes Sociais - Planejamento e Mensuração Redes Sociais - Planejamento e Mensuração Presentation Transcript

  • redes sociais planejamento e mensuração #nosdarede
  • sempre vivemos em redes
  • antes: escola, trabalho, igreja, clubes, time de futebol, música etc. agora: escola, trabalho, igreja, clubes, time de futebol, música + facebook, twitter, orkut, formspring, f lickr, last.fm, myspace etc.
  • sempre vivemos em redes e agora também estamos on-line
  • o que nos une: relacionamentos afetivos ou profissionais interesses e objetivos em comum compartilhar ideias
  • o que importa: o relacionamento. portanto continue: ouvindo [entender as latências para obter um diálogo] se relacionando [o que você vê é somente parte do que a pessoa é] aprendendo [planejar, criar, monitorar, mensurar e começar tudo de novo]
  • ok, mas alguma coisa mudou... a dinâmica da informação a distância entre as pessoas o crescimento da população novas necessidades ...você também e quem mais vai chegar.
  • como planejar se o amanhã é o agora?
  • monitore tudo o que puder, analise tudo o que tiver, redefina se for preciso. hoje. e recomece, pois o cenário é veloz e mutante.
  • mas, atenção aos mitos da web • complicado de entender • ter facebook e twitter • é grátis • não gera resultado financeiro • tudo é viral • gera tráfego rápido sozinho • não necessita de um profissional na gestão • não é possível medir resultados • quanto mais amigos/seguidores, melhor • não importa o conteúdo, nem quem o gera
  • transformações por segundo o mundo em constante mutação
  • transformações por segundo o mundo em constante mutação
  • independente da tecnologia o importante é: interação [ inf luência ] conteúdo [ relevância ] participação [engajamento]
  • inf luência Visualizações - Número de exibições. Visitantes - Quantidade de pessoas que acessaram Membros - Quantidade de pessoas. Conexões - Quantidade de métricas de comparação com conexões dos participantes. outras mídias tradicionais
  • relevância Referrals – Quantidade de referências e incoming links F avoritos – Quantidade de vezes que foi “favoritada” Likes e Avaliações – Quantidade avaliações por usuários. Ratings/Rankings – Avaliação do canal ou conteúdo. Métricas digitais que não têm paralelo com outras Retweets - Vezes que uma mídias mensagem foi retransmitida. Avaliação qualitativa – Intervenção humana
  • engajamento Membros ativos – Pessoas realmente participando Perfis preenchidos – Quanto mais completo mais engajado Frequência de participação – Diária, semanal ou mensal Respostas ao conteúdo – Comentários, assinantes de feed Posts, grupos, foruns, Métricas que servem como tópicos – Vezes que uma mensagem base de comparação com foi retransmitida. modelos de comportamento em outras mídias
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta compartilha consome Fonte: Charlene Li
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta compartilha Crie parcerias: consultores e criadores de conteúdos diferenciados, empresas. consome
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta ‘Premie’ os mais participativos com ações de reconhecimento. compartilha Utilize modelos de ‘revenue share’ com quem tem sinergia com o seu discurso. consome
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta compartilha Possibilite comentários em todas as páginas. Responda, consome interaja, seja ágil e claro.
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta Seja simples e ‘compartilhável’ para outras redes. Reconheça a compartilha autoria e não dissemine conteúdos irrelevantes. consome
  • análise a partir da economia do engajamento cuida cria comenta compartilha Entenda o conteúdo que eles estão consumindo para ser relevante e gerar engajamento. consome
  • exemplo de pirâmide de engajamento: Twitter cuida #hashtag cria Tweet comenta @reply compartilha Re-tweet (RT) consome Lê tweets Fonte: Charlene Li
  • Pirâmide de engajamento: cuida Brasil <1% cria 46,5% comenta 53,2% compartilha 75,9% consome 89,8% Fonte: Global Wave Index, Trendstream.net, julho de 2009
  • a economia do engajamento Quais os elementos essenciais para engajar seu cliente em um cenário de colaboração? crie incentivos emocionais: economia das emoções. Orgulho, curiosidade, amor, sentir-se inteligente são moedas de troca poderosas para incentivar colaboração. entenda a pirâmide de participação: poucos geram muito conteúdo que é con- sumido por muitos. Conheça seus inf luenciadores e tenham uma relação de amizade e parceria com eles. aumente o ciclo de vida da participação: crie mecanismos divertidos que se tornam relevantes para os clientes. Na internet, as pessoas adoram “jogar” (Homo Ludens). Fonte: Charlene Li
  • “Nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir.” Sêneca
  • estruture o diagnóstico, defina objetivos. só depois, escolha as ferramentas.
  • estratégia 2.0 P people - Avalie onde ocorrem as atividades sociais dos seus consumidores na Internet O objectives - Decida onde quer chegar. S strategies - Planeje como o relacionamento com o seu consumidor vai mudar. T technology - Decida qual ferramenta social deve usar. Charlene Li, autora do livro Groundswell: fenômenos sociais nos negócios
  • convergência de métricas Interação com quantitativas uma interface • visualizações de páginas • visitas • visitas únicas • taxa de rejeição • tempo de visita Google Analytics , Google Adwords, • cliques/conversão ferramentas de disparo de e-mail • origem do tráfego marketing, Adserver etc
  • qualitativas • quantidade de membros ativos, seguidores por participantes • avaliações – comunidades, fãs, cálculo de comentários por post • comentários – efetuados no próprio canal ( scraps, trackback, co-tweet ) • conexões – quantidade que seu conteúdo foi armazenado em book- marking : youtube, delicious, Interação com videolog outras pessoas • respostas/ participações – menções por período, sazonalidade • re-tweets – tweetstats, twitter grader, twitterlyser, twitterinf luence
  • o lado doce e amargo das redes sociais cases
  • #tabu
  • #tabu
  • #mistureiactivia • No dia 11-05, 12.000 menções ao Activia nas redes sociais – 99,4% via Twitter. • O perfil @mistureiactivia, criado no dia 05-05, possui 5.076 followers. • A hashtag #mistureiactivia aparece em 1.346 tweets.
  • #fail nestlé
  • #fail GM “Temperatures are rising. The polar ice caps are melting. Global warming is happening now. What will you tell your kids that you drove?” new Chevy Tahoe
  • #fail GM “Temperatures are rising. The polar ice caps are melting. Global warming is happening now. What will you tell your kids that you drove?” “Undermine the legitimate operation of the contest may be a violation of criminal new Chevy Tahoe and civil laws.”
  • obrigado. @camila_a_leite @mivanovitch @noscomunicacao