Obtendo ajuda no Linux

1,082 views
1,028 views

Published on

Material de apoio - Instalação e configuração de sistemas operacionais de redes Linux.

Obtendo ajuda no Linux

Published in: Technology
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • ola td bem , hoje é dia 1-10-2013 peço com urgencia una ajuda para problema em server centros 5 whm/cpainel ( para troca de nome no server e e dns) se alguem tem conhecimento suficiente eu pago na hora TM europa 351 919284089 meu skype é radiokiko43
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,082
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Obtendo ajuda no Linux

  1. 1. Instalação e configuração de Sistemas Operacionais de Redes Obtendo ajuda no Linux Profª Ivani Nascimento
  2. 2. Apresentação Ter dúvidas durante a utilização do Linux é a coisa mais comum quese existe, mas para resolver esse problema e saber as respostas para suasperguntas, existem várias maneiras. O Linux é um sistema bem documentado, e, provavelmente tudo oque imaginar fazer ou aprender já está disponível para leitura. Vamos agora conhecer os comandos de ajuda para obterinformaçãoes sobre comandos ou componentes do Linux.
  3. 3. man A documentação padrão do GNU/Linux, chamada de "man pages",contém ajuda para quase todos comandos ou programas. Elas trazem uma descrição básica do comando/programa e detalhessobre o funcionamento de opção, além de também documentar parâmetrosusados em alguns arquivos de configuração. Para ter acesso às man pages, utilizamos o comando man, queapresenta todos tópicos do manual Linux. As man pages, são divididas em nove seções como veremos a seguir:
  4. 4. man1 – Programas executáveis ou comandos internos2 – Chamadas do sistema (funções oferecidas pelo kernel)3 – Chamadas de Bibliotecas (funções dentro de biblioteca do sistema)4 – Arquivos especiais (normalmente encontrados no diretório /dev)5 – Formatos de arquivos e convenções (Exemplo: /etc/passwd)6 – Jogos7 – Pacotes de macros e convenções (por exemplo, man)8 – Comandos de Administração do Sistema9 – Rotinas do Kernel (não padrões)
  5. 5. manPara utilizar o comando man, basta digitar o comando man, e o tópicodesejado. Exemplos: ✔ Consultar o manual do comando ls: # man ls ✔ Consultar o manual do arquivo /etc/passwd: # man 5 passwd
  6. 6. info As "info pages" são como as páginas manuais, porém são utilizadascom navegação mas é usada navegação entre as páginas. Elas são acessadasatravés do comando info. O comando info é útil quando já sabemos o nome do comando e sóqueremos saber qual sua respectiva função. A navegação das info pages é feita através de nomes marcados comum "*" (hipertextos) que, se pressionarmos <Enter>, nos levará até a seçãocorrespondente. Para sair do comando info, basta teclar "q" (sem aspas).
  7. 7. infoExemplos: ✔ Exibe a lista de todos os manuais de comandos/programas disponíveis: # info ✔ Exibe as informações do comando ls: # info ls
  8. 8. help O comando help fornece ajuda rápida, e útil para saber que opçõespodem ser usadas com os comandos internos do interpretador de comandos(shell). Exemplos: ✔ Exibe ajuda rápida para todos comandos internos: # help ✔ Exibe ajuda rápida para o comando cd (interno): # help cd
  9. 9. helpObservação: O comando help somente mostra a ajuda para comandos internos;para comandos externos, o help aparece como parâmetro. Exemplo: ✔ Ajuda rápida para o comando ls (externo): # ls --help
  10. 10. apropos O comando apropos é utilizado quando não se sabe qualdocumentação acessar para um determinado assunto, mostrando as manpages que contém a palavra-chave que foi especificada. Para localizar as man pages, o comando apropos utiliza um banco dedados construído com o comando catman (executado pelo administrador dosistema, root). Exemplos: ✔ Constrói o banco de dados do comando apropos: # catman
  11. 11. aproposLocaliza man pages que contém a palavra user: # apropos user passwd (1) - change user password passwd (1ssl) - compute password hashes passwd (5) - the password file gpasswd (1) - administer the /etc/group file
  12. 12. whatis O comando whatis tem basicamente a mesma função que ocomando apropos. A diferença entre eles, está no fato do whatis, realizarbuscas mais específicas. Enquanto o comando apropos busca as páginas de manuais demaneira geral, ou seja, ele traz manuais seja como nome, parte do nome ouna descrição do que o usuário solicitou, o comando whatis trará somente omanual com nome exato da palavra pesquisada.
  13. 13. whatisLocaliza o binário, o arquivo de configuração, e a localização das páginasde manuais do passwd:# whatis passwdpasswd (5) - the password filepasswd (1) - change user passwordpasswd (1ssl) - compute password hashes
  14. 14. whereisO comando whereis é utilizado para mostrar a localização do binário docomando, do arquivo de configuração (caso exista) e a localização daspáginas de manuais de um comando ou arquivo.Exemplo: localizar binário, arquivo de configuração e páginas de manuais dopasswd: # whereis passwd Passwd: /usr/bin/passwd /etc/passwd /usr/X11R6/bin/passwd /usr/bin/X11/passwd /usr/share/man/man5/passwd.5.gz /usr/share/man/man1/passwd.1.gz /usr/share/man/man1/passwd.1ssl.gz
  15. 15. which O comando which tem basicamente a mesma função que o comandowhereis. A diferença entre eles, é que o comando which só mostra alocalização do binário do comando. Exemplo: localizar onde está o binário do comando passwd: # which passwd /usr/bin/passwd
  16. 16. ReferênciasMORIMOTO, Carlos E.. Linux, guia prático. Porto Alegre: Sul Editores, 2009.FERREIRA, Rubem E.. Linux: guia do administrador do sistema. São Paulo: Novatec, 2008.MOTA FILHO, João Eriberto. Descobrindo o Linux: entenda o sistema operacional GNU/linux. São Paulo: Novatec, 2007.
  17. 17. Referências• RIBEIRO, Uirá, Certificação Linux, 1ª Ed, Rio de Janeiro, Axcel Books, 2004.• Certificação Linux LPI- Nível 1 Exames 101 e 102. Vários, 1ª Ed, São Paulo, Alta Books.• NORTON, Peter; GRIFFITH, Arthur. Guia Completo do Linux. Tradução Sérgio Facchim – Complete Guide to Linux. São Paulo, Berkeley, 2000.

×