Estrutura de diretorios
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Estrutura de diretorios

on

  • 1,945 views

Material de apoio - Instalação e configuração de sistemas operacionais de redes Linux.

Material de apoio - Instalação e configuração de sistemas operacionais de redes Linux.
Estrutura de diretórios

Statistics

Views

Total Views
1,945
Views on SlideShare
1,830
Embed Views
115

Actions

Likes
0
Downloads
35
Comments
0

1 Embed 115

http://ivanix.wordpress.com 115

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Estrutura de diretorios Estrutura de diretorios Presentation Transcript

  • Instalação e configuração de Sistemas Operacionais de Redes Estrutura de Diretórios Profª Ivani Nascimento
  • Apresentação A estrutura de diretórios também é chamada de Árvore de Diretóriosporque é parecida com uma árvore de cabeça para baixo. Cada diretório do sistema tem seus respectivos arquivos que sãoarmazenados conforme regras definidas pela FHS – Filesystem HierarchyStandard, ou Hierarquia Padrão do Sistema de Arquivos, que define que tipode arquivo deve ser guardado em cada diretório.
  • / - raiz• É na raiz que ficam todos os diretórios do GNU/Linux.
  • /bin O diretório /bin guarda os comandos essenciais para ofuncionamento do sistema. Esse é um diretório público; sendo assim, os comandos que estãonele podem ser utilizados por qualquer usuário do sistema. Entre os comandos, estão o bash, ls, echo, cp e outros.
  • /boot No diretório /boot estão os arquivos estáticos necessários àinicialização do sistema e os arquivos do gerenciador de boot. O Gerenciador de Boot é um programa que carrega um sistemaoperacional e/ou permite escolher qual será iniciado. Normalmente este programa é gravado no Setor de Boot da partiçãoativa ou no Master Boot Record (MBR) do disco rígido.
  • /dev No diretório /dev ficam todos os arquivos de dispositivos. O Linux faza comunicação com os periféricos através de links simbólicos (atalhos) queficam armazenados nesse diretório facilitando assim, o acesso aos mesmos. Os dispositivos (devices) não são arquivos de dados no sentidoexplícito, mas podem ser acessados, conforme o caso, por programas queusualmente editam, filtram ou processam de maneira geral arquivosconvencionais.
  • /etc No diretório /etc estão os arquivos de configuração do sistema damáquina local, tais como: scripts de inicialização do sistema em seus vários níveis (armazenados nos diretórios /etc/r*c); tabela do filesystem (arquivo /etc/fstab) configuração da inicialização do sistema para cada nível (arquivo /etc/inittab); configuração default para todos os logins (arquivo /etc/profile); um número considerável de arquivos para configuração de rede e outros aspectos do sistema, incluindo a parte gráfica.
  • /home Contém os diretórios pessoais dos usuários cadastrados no sistema.Sempre que um novo usuários é criado no sistema, um diretório comomesmo nome é criado no /home. Com isso, o usuário fica limitado a salvar todos seus arquivossomente no seu diretório e isso ajuda a manter o sistema organizado, alémde evitar que usuários escrevam em diretórios que não sejam o seu.
  • /lib No diretório /lib estão as bibliotecas compartilhadas e módulos dokernel. As bibliotecas, conhecidas como libs, são como as dlls para oWindows. No caso do Linux, quando um programa é instalado, todas asbibliotecas para o seu funcionamento ficam armazenadas nesse diretório.
  • /media e /mnt/media Ponto de montagem para mídias removíveis, tais como: cd, dvd, floppy disk, pendrive, câmera digital, etc./mnt Este diretório foi previsto para o administador montar temporariamente sistemas de arquivos remotos. O conteúdo deste diretório é um assunto local e não deve afetar a maneira que executamos nenhum programa.
  • /opt Normalmente, é utilizado por programas que foram instalados com osistema já em funcionamento, e que precisam de uma quantidade de umaespaço maior para sua instalação como é o caso do OpenOffice, KDE, AdobeReader, Receita Federal e outros. Além disso, é criado uma estrutura de diretórios parecida com o /,mas somente os programas que estão no /opt irão utilizar.
  • /proc O /proc é um diretório virtual, mantido pelo kernel ondeencontramos a configuração atual do sistema, dados estatísticos, dispositivosjá montados, interrupções, endereços e estados das portas físicas, dadossobre as redes, etc. Aqui, temos subdiretórios, com o nome que corresponde ao PID(Process ID – Identificação do Processo) de cada processo; dentro deles,vamos encontrar diversos arquivos texto, que representam uma importantefunção do programa em execução.
  • /root Diretório pessoal do superusuário root. O root é o administrador do sistema, e pode alterar a configuraçãodo sistema tais como: configurar interfaces de rede, manipular usuários egrupos, alterar a prioridades de processos, entre outros. Utilize uma conta de usuário normal ao invés da conta root paraoperar seu sistema.
  • /sbin O diretório /sbin guarda os comandos utilizados para inicializar,reparar, restaurar e/ou recuperar o sistema. Isso quer dizer que esse diretório também é de comandos essenciais,mas os mesmos são utilizados apenas pelo usuário root. Entre os comandos estão o halt, ifconfig, init, iptables e outros.
  • /srv Diretório para dados de serviços fornecidos pelo sistema e, cujaaplicação é de alcance geral, ou seja, os dados não são específicos de umusuário. Por exemplo, /srv/www (servidor web), /srv/ftp (servidor ftp), etc.
  • /tmp Diretório para armazenamento de arquivos temporários. É utilizado principalmente para guardar pequenas informações queprecisam estar em algum lugar até que a operação seja completada, como éo caso de um download. Enquanto não for concluído, o arquivo fica registrado em /tmp, e,assim que é finalizado, é encaminhado para o local correto.
  • /usr O diretório /usr armazena dados compartilhados, somente paraleitura, sendo considerado um dos mais importantes de todo o sistema. É nele que todos os programas que não fazem parte do Linux sãoinstalados. O diretório /usr requer a existência dos seguintes subdiretórios: • /usr/bin: programas de usuários, não essenciais para a inicialização do sistema. • /usr/include: arquivos de cabeçalho utilizados por programas C/C++. • /usr/lib: bibliotecas • /usr/local: uso do administrador de sistemas para instalação local e/ou pós-instalação de software. • /usr/sbin: binários, não essenciais, do sistema. • /usr/share: dados independentes de arquitetura (ex.: páginas de manual, documentação, etc).
  • /var O diretório /var contém arquivos de dados variáveis, isto é, dadosque são alterados com frequência. Por padrão os programas que geram um arquivo de registro paraconsulta, mais conhecido como log, ficam armazenados nesse diretório. Alémdo log, os arquivos que estão aguardando liberação, ficam localizados em/var/spool. Os principais arquivos que se utilizam do diretório /var, são asmensagens de e-mail e os arquivos a serem impressos.
  • ReferênciasMORIMOTO, Carlos E.. Linux, guia prático. Porto Alegre: Sul Editores, 2009.FERREIRA, Rubem E.. Linux: guia do administrador do sistema. São Paulo: Novatec, 2008.MOTA FILHO, João Eriberto. Descobrindo o Linux: entenda o sistema operacional GNU/linux. São Paulo: Novatec, 2007.
  • Referências• RIBEIRO, Uirá, Certificação Linux, 1ª Ed, Rio de Janeiro, Axcel Books, 2004.• Certificação Linux LPI- Nível 1 Exames 101 e 102. Vários, 1ª Ed, São Paulo, Alta Books.• NORTON, Peter; GRIFFITH, Arthur. Guia Completo do Linux. Tradução Sérgio Facchim – Complete Guide to Linux. São Paulo, Berkeley, 2000.