Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Introdução à Música
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Introdução à Música

  • 571 views
Published

 

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
571
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
26
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Introdução à Música
  • 2. Arte A arte é a revelação do belo. 1. Visuais: arquitetura, pintura, etc. 2. Sonoras: músicas. 3. Combinadas: teatro, ópera, balé.
  • 3. Música A música é a arte e a ciência de combinar sons, que se desenvolve desde as eras remotas. Ex.: Os chineses, desde o século III a.C, segundo documentos históricos, trabalham desenvolvendo o que chamamos de círculo das quintas.
  • 4. Círculo das Quintas
  • 5. Agentes da Música Compositor Interprete Ouvinte
  • 6. Ciência Musical Ciência Musical Músicos TécnicaTalento
  • 7. Conhecimentos Musicais a) Teoria b) Solfejo c) Ritmo d) Percepção melódica e) Percepção rítmica f) Percepção tímbrica g) Harmonia h) Contraponto i) História j) Acústica k) Etc... Esses são considerados meios de se aprender e melhorar os conhecimentos musicais.
  • 8. Objetos de Estudo Inicial Sistema Musical Ocidental Grafia Musical
  • 9. Principais Elementos da Música 1. Melodia: conjunto de sons dispostos em ordem sucessiva (concepção horizontal); 2. Harmonia: conjunto de sons dispostos em ordem simultânea (concepção vertical); 3. Contraponto: conjunto de melodias dispostas em ordem simultânea (concepção horizontal/vertical); 4. Ritmo: ordem e a proporção que estão dispostos os sons que constituem a melodia e a harmonia.
  • 10. O Som É a sensação produzida no ouvido pelas vibrações de corpos elásticos que se propagam movimentando o ar. i. Vibrações Regulares: sons de altura definida, constituindo as notas musicais; ii. Vibrações Irregulares: sons de altura indefinida, constituindo os barulhos e ruídos.
  • 11. Principais Elementos do Som 1. Altura: determinada pela frequência das vibrações, definindo o som em agudo ou grave; 2. Duração: extensão do som, ou seja o tempo de emissão das vibrações; 3. Intensidade: amplitude das vibrações, determinada pela força ou volume que as produz; 4. Timbre: combinação das vibrações harmônicas do instrumento que a produz – a “cor do som”.
  • 12. Notação Musical São os códigos ou sinais que representam a escrita musical. Pentagrama Claves Notas Sinais de Intensidade Etc
  • 13. Som X Notação Musical 1. Altura: determinada pela posição da nota no pentagrama, resultando na harmonia ou melodia; 2. Duração: determinada pela figura da nota e pelo andamento, caracterizando o ritmo; 3. Intensidade: determinada pelos sinais de dinâmica que alternam as diferentes intensidades; 4. Timbre: determinada pela indicação da voz ou instrumento a ser utilizado (a alternância de timbres diferentes é chamada de instrumentação).
  • 14. Pentagrama Musical ou Pauta
  • 15. Clave de Sol Clave é um sinal colocado na pauta e dar nome seu nome a nota escrita em sua linha.
  • 16. Clave de Sol
  • 17. Clave de Fá Clave é um sinal colocado na pauta e dar nome seu nome a nota escrita em sua linha.
  • 18. Transposição de Claves – Sol e Fá Dó Central – a nota assinalada, tem exatamente a mesma altura nas duas claves.
  • 19. Transposição de Claves – Sol e Fá
  • 20. Transposição de Claves Exemplo Online Noteflight
  • 21. Sistema Tonal Ocidental Intervalo de Semitom: é o menor intervalo adotado entre duas notas no sistema ocidental; Intervalo de Tom: é o intervalo resultante da soma de dois semitons.
  • 22. Escala Diatônica Quando temos intervalos de tons ou de semitons na mesma escala. OU Dó Tom Ré Tom Mi Semitom Fá Tom Sol Tom Lá Tom Si Semitom Dó
  • 23. Alterações ou Acidentes Musicais Acidentes Musicais Básicos: Sustenido: eleva a altura da nota natural em um semitom (alteração ascendente); Bemol: abaixa a altura da nota natural em um semitom (alteração descendente).
  • 24. Escala Cromática Quando temos intervalos apenas de semitons na escala. Dó Dó# Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó
  • 25. Escala de Dó Maior Natural Seguindo a mesma sequência de intervalos da escala de Dó Maior Natural podemos formar as demais escalas, a partir das escalas cromáticas. Para escala de Ré Maior Natural temos então: Dó Tom Ré Tom Mi Semitom Fá Tom Sol Tom Lá Tom Si Semitom Dó Dó Dó# Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó Ré Tom Mi Tom Fá# Semitom Sol Tom Lá Tom Si Tom Dó# Semitom Ré Ré Ré# Mi Fá Fá# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó Dó# Ré
  • 26. Cifras das Notas Musicais Dó = C Ré = D Mi = E Fá = F Sol = G Lá = A Si = B
  • 27. Alterações ou Acidentes Musicais Outros acidentes Musicais: Dobrado Sustenido: eleva a altura da nota natural em um tom (alteração ascendente); Dobrado Bemol: abaixa a altura da nota natural em um tom (alteração descendente).
  • 28. Escalas Maiores Naturais
  • 29. Referências MED, Bohumill. Teoria da Música. 4ª Ed. Brasília, DF: Musimed, 1996. Imagens disponíveis no dia 17/05/2014, nos links: http://adrianodozol.blogspot.com.br/2011/02/pauta-ou-pentagrama-musical.html http://www.lpi.tel.uva.es/~nacho/docencia/ing_ond_1/trabajos_06_07/io5/public _html/p3_clip_image001_0000.gif http://valedamusica.wordpress.com/2011/02/24/claves/ http://bolicua.com/pentagrama.html http://www.maestrovirtual.com.br/old/tm_22.php