Jornalde cristalina (3)

1,926 views
1,797 views

Published on

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,926
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jornalde cristalina (3)

  1. 1. Março de 2013 JORNAL DE CRISTALINA 1 ANO III - Nº 27 - MARÇO DE 2013 Apae inaugura moderno prédio em Cristalina A Associação dos Pais e Amigos do Excepcional – Apae, inau-gurou um moderno prédio que vai melhorar sensivelmente o aten-dimento aos alunos especiais que são atendidos pela escola. Emo-ção, gratidão e alegria foram sentimentos que marcaram a históri- No descerramento da placa, ao inaugurar as novas instalações, alegria e emo-ca data. Página 8 ção eram visíveis em todos os presentes que participaram do evento No mês das mulheres, homenagem a elas!!! Entrevista com o governador Marconi Março é o mês em que se co- Marconi Perillo (PSDB), quememora o Dia Internacional da governa Goiás pela terceira vez,Mulher. Como em Cristalina exis- concedeu entrevista exclusiva aote uma infinidade de seres que são Jornal de Cristalina. Ele faz balan-exemplos para a sociedade, confi- ço dos dois primeiros anos de man-ra a homenagem a milhares, em dato, comenta o final da CPI donome de 10 belíssimas “flores” Cachoeira, fala sobre o PAC doque enfeitam o jardim da Serra dos Entorno, diz que tem afinidadeCristais, como a Dona Sebastiana. com Cristalina e que está focadoPágina 8 em administrar Goiás. Página 3 Desapropriações assustam Cristalina Girassol abre suas portas em Cristalina Projetos de lei enviados pelo A empresa Girassol começouPrefeito Municipal, Luiz Attié, à suas atividades em Cristalina. Re-Câmara de Vereadores, têm causa- vendedora dos fertilizantes Giga-do indignação a muitas pessoas, mix e Agropex, a Girassol nascemas principalmente aos que são sob a liderança de quem conheceafetados diretamente pelos atos o mercado e tem afinidade com ados agentes públicos. Um grupo, produção de alimentos, que são osque se diz prejudicado pelas ações engenheiros agrônomos Antôniodos ocupantes de cargo eletivo, Carlos Arruda Vieira e Guilhermerealizou um protesto em dia de ses- Luiz Sala, além do agricultor Valentin Luiz Sala. Na foto a dupla Mo-são na Câmara. Página 4 giano e Mogianinho, o locutor Pimentinha e Antônio Carlos. Vem aí a 3ª edição do Top Crystal. Não fique de fora do grande evento que condecora quem está na ponta do desenvolvimento de Cristalina. Dia 19 de abril, na AABB. Você que é servidor público: municipal, estadual ou federal, aposentado ou pensionista do INSS, o Banco BMG oferece a você empréstimo sem consultas ao SCP/Serasa no consignado. Documentação necessária: RG/CPF, comprovante de residência (atual), contra-cheque (atual). Para maiores esclarecimentos, encontre-nos na Rua Visconde de Mauá (próximo ao Chatobol), Nº 1485 Fone: (61) 3612-4404
  2. 2. 2 JORNAL DE CRISTALINA Março de 2013 O direito à vida: lute por eleH á alguns dias escrevi um artigo intitulado “O des- leixo é a regra”, publica-do aqui, no prestigiado Jornal público o mundo trágico e dan- tesco dos hospitais e das UTI’s brasileiras, onde vidas são sor- teadas a critério de médicos e No mais das vezes, as ações e omissões de agentes públi- cos são colocadas para debai- xo do tapete e ficam sem a de- agentes políticos em garanti- rem o cumprimento da norma constitucional. Devemos sempre ficar aten-de Cristalina, onde me referia administradores. Segundo a vida apuração e punição além, tos à questão da saúde, pois oà tragédia havida em Santa investigação policial, essa mé- é óbvio, do poder público ten- que acontece nos hospitaisMaria e que vitimou centenas dica deixava morrer os pacien- tar se esquivar das responsa- quase nunca é divulgado e ode jovens na boate Kiss. Ao tes atendidos pelo sistema bilidades. Segundo o renoma- grito rouco das famílias nãofinal do texto eu disse: “Em al- SUS, liberando, assim, leitos do jurista brasileiro, Celso ecoa na sociedade, pois sãoguns meses, o nosso costumei- para pacientes conveniados, Antonio de Melo, a conduta abafados pela força do siste-ro desleixo fará com que essa que rendiam mais para o caixa omissiva da Administração ma.catástrofe no Sul vá para os hospitalar. Ela chegou a dizer Pública é sempre ilícita. Ele Mas uma coisa é fato: oarquivos da memória nacio- às enfermeiras, segundo vi parte da idéia de que a respon- município e seus agentes pú-nal, pois outras tantas catás- ontem no Fantástico, que ali sabilidade do Estado nasce do blicos e políticos, ao final, sãotrofes, mais ou menos graves, “ela era Deus” e decidia quem fato de que este, tendo o dever os responsáveis por fornecer àestão à espreita em alguma iria viver e morrer, numa mos- de agir, não agiu. Logo, des- comunidade um atendimentogrande ou pequena cidade tra de insensibilidade incabí- está entubado, em coma nor- cumpriu um dever legal; agiu de saúde de qualidade e quebrasileira, prontas para nos vel. mal ou induzido e, completa- ilicitamente e a responsabili- vise proteger e garantir o di-levar aos prantos, à tristeza Os hospitais brasileiros, mente apagado, fica à mercê dade objetiva é conseqüência. reito à dignidade da pessoageneralizada e, novamente, à notadamente os públicos e as dos outros. O acesso à saúde é um direito humana, o direito à saúde e,contumaz falta de atitude so- suas UTI’s, sempre foram uma Vemos tantas notícias de do cidadão e um dever da ad- antes de mais nada, o própriocial. Esperemos o acaso se caixa preta que todos temem. maus tratos e mortes em redes ministração pública, como de- direito à vida.manifestar, e enquanto isso É absolutamente discutível a de saúde, também nas priva- termina a nossa Constituição Coloque a boca no trombo-seguiremos com as nossas vi- eficácia médica dos atendi- das, mas notadamente nos hos- Federal. ne sem medo e lute por seusdas até que a dor reiterada mentos, pois quando o doente pitais públicos, que chega a E por isso vemos interminá- direitos; notadamente pelo seuconsiga ressoar em tantos co- “dá entrada” no hospital, está nos causar indignação: são veis ações na justiça movidas direito à vida!rações e mentes que nos levem isolado do seu mundo, dos mortes súbitas de bebês, mor- por pessoas que buscam limi-a uma efetiva mudança de ati- seus entes queridos e da reali- tes no parto, tanto da criança nares que obriguem os hospi- * Guilherme Castelo Brancotude”. dade que o cerca e fica total- quanto da mãe, outras em de- tais públicos a procederem a é advogado e Presidente do Agora, o Brasil inteiro mente a mercê de uma equipe corrência de infecção hospita- internações urgentes, forneci- Partido Verde em Cristalina/acompanha, perplexo, a prisão de médicos entre os quais pode lar, filas intermináveis, exames mento de remédios de alto cus- GO. Eleito em 2012 suplentede uma médica, Virgínia Soa- estar mais uma “doutora Vir- que não são feitos, profissio- to, cirurgias e tratamentos di- de vereador em Cristalina/res, no Paraná, que chefiava gínia”. Paciente de UTI então, nais de saúde que não cum- versos e outros procedimentos GO, é membro efetivo dauma UTI num grande hospital não tem nem direito a recla- prem os seus horários, falta de e providências, onde mais uma Executiva Estadual do PV eda capital. mar, aliás, ele nem tem a quem remédios e médicos, erros de vez o Poder Judiciário tem que Secretário Estadual de Mo- A prisão da médica traz ao reclamar, pois normalmente procedimento, etc, etc e etc. intervir frente à omissão dos bilização Partidária “Quero ajudar o Prefeito” O vereador Bernardo Fachinello (PP), que é o primeiro secretário da Câmara, começou o mandato de forma oti- mista e entusiasmada. “Quero trabalhar comMarquinho e o presidente da Agel, ex-prefeito Marquinho Abrão, presidente do PPS de Cris- equilíbrio, observando ade Luziânia, dr. Célio Silveira talina, ao lado do deputado Valcenôr Braz legalidade, o que é cor- reto e fazer o melhor para Abrão visita Dr. Célio e Valcenôr nossa gente, para a co- munidade”, afirmou Ber- nardo, lembrando queM arquinho Abrão, presi- dente do PPS de Cristali- na, esteve em Goiânia nofinal de fevereiro para realizar te ajudando o município ao tra- zer para cá vários benefícios”, falou, destacando ainda que o deputado tem as portas de seu ele é um homem que faz da vida pública um instrumento para ajudar as cidades do En- torno e o estado de Goiás a faz parte da Base do Pre- Bernardo acredita que o man- feito. dato 2013/2016 será histórico “Vamos conversar com todos, discutir os projetos, ne-uma série de visitas a órgãos gabinete escancaradas para a crescer e a se desenvolver”, gociar. Só não aceito ofensas à minha família. Exijo res-públicos e fazer contatos polí- população cristalinense. salientou Marquinho, prome- peito, porque respeitamos todas as pessoas”, falou o ve-ticos. Na Assembleia Legisla- Outra visita feita por Mar- tendo intensificar suas idas na reador, que ficou chateado com a distribuição de uma cartativa Marquinho visitou Valce- quinho Abrão foi ao ex-prefei- capital goiana. anônima por ocasião da discussão de um projeto de desa-nôr Braz, deputado estadual to de Luziânia, Dr. Célio Sil- “Mesmo sem cargo vou propriação na Fazenda Furnas.que, segundo avaliação do ex- veira, que assumiu há poucas continuar trabalhando para overeador, tem prestado impor- semanas a Agência Goiana de povo, com o apoio da socie- Bernardo esteve em Brasília recentemente, onde visi-tantes serviços para a cidade. Esporte e Lazer - Agel. “Dr. dade e dos amigos”, infor- tou o INCRA, o deputado federal Roberto Balestra, do“O Valcenôr é um amigo anti- Célio esteve presente em nos- mou o ex-vereador, afirman- seu partido e o gabinete da senadora Lúcia Vânia. “Vougo, pessoa de bem e que me- so palanque em 2012, nos do ainda que, como faz há atrás dos benefícios, de emendas, quero ajudar o prefeitorece nosso respeito por tudo apoiou e nos incentivou, por vários anos, vai distribuir Luiz Attié”, disse o filho do vice prefeito João Fachine-que têm feito em favor de seg- isso não poderia deixar de ir ovos de páscoa para crianças llo, contando que já conseguiu R$ 300 mil através dementos organizados de Crista- visitá-lo e desejar-lhe sorte carentes que estudam em es- emenda da senadora e uma motoniveladora com Bales-lina e cidadãos que o procu- nesta nova empreitada, que sei, colas públicas e creches do tra, para ser entregue ainda este ano.ram, além de estar efetivamen- será coroada de êxito, já que município.
  3. 3. Março de 2013 JORNAL DE CRISTALINA 3 “Sempre tive muito respaldo da população de Cristalina” Como dois anos atrás o Jornal de Cristalina solicitou uma entrevista com o governador Marconi Perillo (PSDB),via Twitter, no que foi prontamente atendido. Com agenda lotada por causa de compromissos em Brasília e Goiânia,além de atenções voltadas para o encontro do PSDB, que aconteceu na segunda-feira, 4 de março, Marconi encon-trou um tempo na agenda para responder as perguntas que foram enviadas para o e-mail do chefe de gabinete deimprensa da governadoria, Isanulfo Cordeiro. Confira a íntegra da entrevista: Jornal de Cristalina –Cumprida a metade do seumandato, o senhor acha queos compromissos de campa-nha já foram resgatados, es-pecificamente quanto aoEntorno de Brasília? Marconi Perillo – Na me-tade do mandato, estamos res-gatando, sim, nossos compro-missos, haja vista nossa de-terminação no sentido de quea região do Entorno do DFseja prioritária em todas asações de Governo. A orienta-ção é essa, e todo o Governoestá atento a ela. E tem sidoassim na área da segurança No Palácio das esmeraldas, Marconi recebe o Jornal de Crista- Diferentemente do encontro do PSDB, onde deu coletiva, Marconipública, com o aumento do lina, com a publicação de sua entrevista, em março de 2011 concedeu entrevista exclusiva ao Jornal de Cristalinaefetivo, tanto da Polícia Ci- e quando ficou evidente que guimos, de R$ 1,5 bilhão jun- obras a serem realizadas com agora parece ser seu aliado.vil quanto da Militar, e a ins- ela foi criada pura e simples- to ao BNDES. Além disso, os recursos que conseguimos Isso lhe traz mais compro-talação de uma Companhia mente para fazer perseguições logo teremos em funciona- junto ao BNDES. misso com a cidade?Militar; redobramos nossa de natureza política. mento a ferrovia Norte-Sul Jornal de Cristalina – A Marconi Perillo – Sempreatenção na área da saúde; fi- para melhorar ainda mais o UEG, que o senhor trouxe tive muito respaldo da popu-zemos parcerias com as pre- “Sei da escoamento da produção goi- para Cristalina em seu pri- lação de Cristalina, e issofeituras; priorizamos atenção importância de ana. meiro mandato, foi embora mostra minha afinidade comno desenvolvimento do agro- Jornal de Cristalina – Es- sem a comunidade saber o o município e com seus líde-negócio; desenvolvemos um Cristalina no sas demandas incluem Cris- real motivo, e os jovens sen- res. Procuro a boa convivên-trabalho muito interessante na desenvolvimento talina, maior PIB agrícola tem falta da instituição. Há cia com todas as lideranças,área da educação, com a me- do agronegócio de do Brasil e carente de mais possibilidades de um retor- incluindo aí o prefeito Luizlhoria da qualidade, atestada energia para ampliar a área no? Attié e nossos companheirospelo Ideb, e na reforma de Goiás, e nosso irrigada (que já é a maior Marconi Perillo – A UEG do PSDB e dos partidos queescolas, repassando os recur- Governo está da América Latina) e de cresceu muito e começou a são nossos aliados na cidade.sos diretamente para a dire- ações mais efetivas para sair do eixo inicialmente pro- Essa afinidade e a boa convi-ção. Estamos investindo mui- atento a isso” melhorar e conservar estra- gramado para ela. Idealiza- vência que procuramos mos-to na recuperação, na recons- Jornal de Cristalina – Goi- das. Como o Governo pode mos uma universidade que tram que nossos compromis-trução e na construção de ro- ás é visto como um estado agir para que o município pudesse suprir as deficiênci- sos são cada vez maiores comdovias. É preciso deixar cla- emergente, principalmente receba do Estado o apoio as regionais que tínhamos Cristalina. E mais parceriasro também que esses primei- por causa do crescimento necessário nesses dois im- com o ensino superior. Feliz- faremos para melhorar cadaros dois anos de governo exi- industrial e do agronegócio. portantes aspectos? mente, essa não é uma carên- vez mais a vida da populaçãogiram muito de nós para a co- Porém, existem ainda fortes Marconi Perillo – Sei da cia na região do Entorno do do município.locação da casa em ordem, demandas relativas a pro- importância de Cristalina no DF. Mas não descarto a pos- Jornal de Cristalina – Seupois recebemos o Governo blemas como de capacida- desenvolvimento do agrone- sibilidade de a gente discutir nome está sempre em evi-com uma folha de salário atra- de energética e de infraes- gócio de Goiás, e nosso Go- o retorno da UEG. dência dentro do PSDB na-sada, cinco das seis metas fis- trutura. O que seu governo verno está atento a isso. Pro- cional, que o apóia semprecais desaprovadas pela Secre- já fez até aqui e o que ainda pus ao Governo Federal a cri- “Vamos lutar e o considera um dos melho-taria do Tesouro Nacional e planeja fazer para atrair ação do PAC do Entorno, que incessantemente res quadros do partido. Di-um déficit de mais de R$ 2,5 mais investimentos? deve sair logo, justamente ante disso, podemos suporbilhões. Não foi tarefa fácil Marconi Perillo – Rece- para melhorar as condições de para que saia o que o senhor é candidato àcolocar tudo isso em dia e, bemos a Celg, já no meu pri- produção da região e para au- PAC do Entorno, um reeleição e que o senadorainda, construir uma platafor- meiro governo com graves mentar a geração de emprego projeto que tive o Aécio Neves será candidatoma que nos desse condições problemas financeiros, e Goi- e de renda. à presidência da República?de realizar novos investimen- ás inteiro é prova de que ten- prazer de propor e Marconi Perillo – Focadotos. tamos federalizá-la em 2001 “Sempre tive muito que foi amplamente exclusivamente no propósito “Ficou evidente e não conseguimos justamen- respaldo da aceito pelo governo de administrar bem Goiás, te por causa da coincidência não tenho qualquer ansieda- que ela (a CPI do com o período do apagão. A população de da presidente de quanto à sucessão de 2014. Cachoeira) foi partir daí os problemas se Cristalina, e isso Dilma” Não estou pensando nisso acumularam. Recebi a empre- mostra minha agora. Quero apenas e tão so- criada pura e sa no atual governo pratica- Jornal de Cristalina – O se- mente trabalhar e cumprir simplesmente para mente aniquilada, o que nos afinidade com o nhor está satisfeito com os meus compromissos adminis- fazer perseguições custou um enorme esforço município e com investimentos feitos em edu- trativos no Governo de Goi- para saná-la e negociá-la com cação, saúde e segurança no ás. Quanto ao senador Aécio de natureza a Eletrobrás, graças também seus líderes” Entorno e em Cristalina? Neves, pode ser que se viabi- à boa vontade da presidente Jornal de Cristalina – Uma Marconi Perillo – Estou lize. Vai depender mais dele. política” Dilma Rousseff. Agora, esta- ponte na GO-309, entre os satisfeito, por enquanto, com Acho que é um nome forte em Jornal de Cristalina – Os mos solicitando semanalmen- municípios de Cristalina e a prioridade que demos ao as- nosso partido.episódios que ocorreram em te à Eletrobrás que faça no- Unaí (MG), foi destruída to- sunto. E vamos lutar inces- Jornal de Cristalina – Qual2012, em relação à CPI do vos investimentos, para a talmente e aguarda provi- santemente para que saia o a mensagem que o senhorCachoeira, que, segundo melhoria da infraestrutura dências há mais dois anos, PAC do Entorno, um projeto deixa para o povo de Cris-adversários e analistas po- energética de Goiás. Alguns com custo inferior a R$ 200 que tive o prazer de propor e talina?líticos, causaram desgastes investimentos estão sendo mil, mas a Agetop, embora que foi amplamente aceito Marconi Perillo – Queà sua imagem e ao governo, feitos e tivemos a garantia de já tivesse recebido a deter- pelo governo da presidente continuarei trabalhando pelojá foram plenamente supe- que nestes próximos dois minação do governador Dilma, justamente para me- desenvolvimento de Cristali-rados? anos serão investidos nela re- desde o início de 2011, se- lhorar a situação dessa impor- na, com muita determinação Marconi Perillo – Sim, cursos da ordem de R$ 1 bi- quer visitou o local. O se- tante e querida região. e alegria. Deixo o meu abra-mesmo porque a CPI ficou lhão. Temos investido tam- nhor tem conhecimento dis- Jornal de Cristalina – O se- ço à população do municípiodesmoralizada quando mirou bém na recuperação da nossa so? nhor se relaciona bem com e reafirmo as parcerias com anum negócio particular de malha rodoviária e na cons- Marconi Perillo – Tenho, todas as principais lideran- administração municipal, navenda da minha casa, a preço trução de novos trechos, com sim, e já determinei providên- ças políticas de Cristalina. certeza de que, juntos, fare-de mercado, quando teve o re- recursos oriundos do Fundo cias para ainda este ano. A Inclusive com o atual pre- mos muito mais pelo progres-latório desaprovado, um caso Estadual de Transporte e de ponte integra, conforme pla- feito, Luiz Attié (PSD), que so e pela melhoria das condi-inédito em se tratando de CPI, um empréstimo que conse- nejado, os novos processos de era seu adversário, mas ções de vida de todos.
  4. 4. 4 JORNAL DE CRISTALINA Março de 2013 Desapropriar é prioridade em início de mandato Grandes áreas de terra estão sendo alvo de desapropriação por parte da prefeitura. Clima é de tensão entre vereadores, proprietários e representantes do Poder ExecutivoA Prefeitura de Cristalina e a Câmara de Vereado- res elegeram como pri-oridade no início do man- da Base de Attié defende- ram o projeto justificando que ninguém iria ser preju- dicado, já que os ocupantes “Há dois anos aconteceu isso, mas como eles não ti- nham maioria, o projeto não prosperou. Agora tentam dedato 2013/2016 desapropri- são “invasores” e não me- novo”, falou.ar áreas na sede do municí- recem atenção. De acordo Herman acha que a justi-pio e no distrito de Campos com levantamento feito ficativa do projeto, que éLindos. Os projetos mais pela reportagem, são cerca para criar no local um polopolêmicos e que mereceram de 10 produtores rurais que, industrial, não é verdadei-mais discussão no plenário sendo posseiros ou não, se- ra. “O local é acidentado,da Câmara até o momento rão prejudicados, pois terão tem pedreiras, não é às mar-foram os pedidos de desa- que cessar suas atividades. gens da rodovia (BR-040).propriação, por parte do Não há justificativa Lá tem muita areia e cristalPoder Executivo, de cerca O vereador Daniel do e esse pode ser o verdadei-de 1.000 hectares no distri- Sindicato ficou indignado ro motivo da desapropria-to que fica a mais de 100 com a situação. “Não há ção”, disse Herman, garan- No protesto pacífico, proprietários colocaram faixas no pátiokilômetros da cidade e ou- justificativa para o projeto. tindo que todos têm casas da Câmara para chamar atenção da população e vereadorestro de cerca de 900 hecta- É uma desapropriação em no local e que estão ali há por causa do risco que estão correndores na Fazenda Furnas, dis- que ninguém sabe o que muito tempo, com casos emtante oito kilômetros da ci- será feito no local”, falou, que as propriedades foramdade, local onde existem 20 enfatizando que “produto- passadas de pai para filhosproprietários aproximada- res rurais que trabalham e e chegaram até aos netos.mente. produzem devem ser res- “Eles poderiam chegar Em ambos os casos o peitados e devem ter os seus para conversar, negociar,prefeito Luiz Attié e os ve- direitos garantidos pelos nos ouvir. Fazem isso por-readores que fazem parte de poderes Executivo e Legis- que somos pequenos. Por-sua base, alegam que a ocu- lativo.” que não mexem em outraspação é feita de forma irre- Outro ponto a ser abor- áreas, que são grandes? Sógular pelos supostos propri- dado por Daniel é a falta de porque tem gente poderosaetários, por isso são consi- oportunidades para que os que os apoiaram, inclusivederados donos ilegítimos, prejudicados apresentem financeiramente”, indagana avaliação dos citados suas defesas. “Não se pode Herman, mais assustadoagentes públicos. tirar a posse de alguém sem ainda porque o projeto che- Presente às sessões e ou- lhe oferecer o legítimo di- gou em um dia e já estava Tensão visível no semblante dos vereadores durante aprecia-vindo algumas pessoas da reito de se manifestar, de- prontinho para ser votado ção dos projetos de desapropriaçãocomunidade, o Jornal de fender, ainda mais porque no outro.Cristalina constatou que, Cristalina é um município Pensamos em benefíciostanto os que vão à Casa de predominantemente agro- O vereador Bernardo Fa-Leis (nome bonito), como pecuário. A tendência natu- chinello (PP), que é aliadooutros que fazem contato ral de quem está na terra é do prefeito Luiz Attié, dis-com a reportagem pelas produzir,” falou o parla- se que os vereadores bus-ruas, estão preocupados e mentar. cam o bem para a popula-inseguros, já que grande Daniel lembrou também ção, não o contrário. “Pen-parte dos imóveis da cida- que o distrito, apesar de ter samos em benefícios, comode não possuem registro uma área imensa, apresen- instalação de indústrias,cartorário. ta muitas carências. “Cam- geração de empresas, au- Risco iminente pos Lindos precisa de in- mento da renda per capta do A propósito, o advogado vestimentos em educação, município”, falou. Bernar-Guilherme Castelo Branco, saúde, segurança, infraes- do salientou que é a favoratualmente articulista do trutura, entretenimento. É do diálogo, dizendo: “sou aJornal de Cristalina, infor- preocupante a situação, e as defensor da negociação,mou através de reportagem desapropriações só geram mas dentro da legalidade,publicada na edição de ja- insegurança, desconforto e com respeito, sem ofensasneiro, que os loteamentos tensão entre os envolvi- ou provocações.”urbanos dos setores Aero- dos,” afirmou o vereador. Defesa intransigenteporto, Norte, Norte Prolon- Protesto Rosivaldo Pelota (PSB)gamento, Noroeste, Oeste, Grande parte dos ocu- foi intransigente ao se po-Oeste Expansão, Sul I e II, pantes das terras na Fazen- sicionar contra o projeto.Henrique Côrtes, Belvede- da Furnas esteve presente O vereador foi aplaudidore e Cidade Nova estão sem na sessão da Câmara reali- ao defender o direito dosregistro. O dado preocupan- zada em 07 de março, oca- proprietários. “Estou comte, segundo o advogado, é sião em que foi apresenta- vocês, porque vocês tra-confirmado por certidão do do aos vereadores o proje- balham e produzem. Vo-Cartório do Registro de to de lei que desapropria a cês são cristalinenses queImóveis, o que, segundo a área onde estão instalados ajudam nosso municípioalegação dos poderes cons- há vários anos. Eles leva- se desenvolver”, falou.tituídos, no caso das desa- ram faixas e conversaram Pelota, que esteve adoen-propriações, pode levar os com a maioria dos vereado- tado, razão pela qual fal-representantes do povo a to- res. Pelo menos uma vitó- tou a algumas sessões, jámar a mesma atitude em re- ria eles conseguiram, que declarou que não vota Daniel do Sindicato usa o microfone para defender produtoreslação a qualquer imóvel que foi o adiamento do projeto com o prefeito. desapropriados em Campos Lindos e na sede do municípionão tenha escritura pública que desapropria suas terras,lavrada em cartório. O ris-co é iminente para todos devido à quebra do regime de urgência solicitado pelo Desapropriação de 1.000 hectares em Campos Lindosque não conseguiram regis- prefeito. A tramitação ago- Votos a favor Votos contratrar suas propriedades. ra, segundo o presidente 9a2 olivar Caetanom (DEM), José Orlando Daniel do Sindicato O primeiro projeto a ser terá rito ordinário. Marcelo Pezão Luiz Henrique Zemar da Garagemaprovado foi o de Campos Nova tentativa Lúcia SallesLindos. Nas discussões aca- Um dos representantes Luciana Cândidoloradas, vereadores troca- do grupo que está sendo de- Caixetaram farpas, mas prevaleceu sapropriado, Herman Vidal Gilsãoa esmagadora maioria do Bitencourt, indicado pelos Cirlene Côrtesprefeito: o resultado foi 9 a companheiros para falar Bernardo Fachinello2 pró-desapropriação e já com a imprensa, disse que * Olivar Caetano, por ser presidente, só vota em caso de empatedeve ter sido sancionado essa não foi a primeira vez * Rosivaldo Pelota, por motivo de saúde, não esteve presente na sessãopelo prefeito. Componentes que tentam tirá-los do local.
  5. 5. Março de 2013 JORNAL DE CRISTALINA 5Um homem querido e respeitado ± Sete Eliézer Bispo Faleceu no últi- Componentes damo dia 5 de feve-reiro AnicésioCarvalho de Re- Câmara Municipal em 1978, ocasião em que Carlos Rodolfo Notas eliezer.bispo@yahoo.com.br Mohn –sende, importante Carrritinho, MÁQUINAS DO GOVERNOmilitante da antiga recebeu título de O vereador Daniel do Sindicato, com o apoio do depu-Arena e do PDS, cidadão tado estadual Valcenôr Braz, conseguiu trazer para Cris-siclas que deram cristalinense: Ildeu talina máquinas do Governo goiano para arrumar estra-origem a vários Abadia, Anicésio, das rurais. Patrol, pá carregadeira, trator de esteira e 5partidos políticos Osail Gusmão, caminhões fazem parte do comboio.no Brasil. Vivendo Carritinho (o homenageado), BITRIBUTAÇÃOnos últimos anos O problema, reclamado por muitos, é que os agriculto-em uma pequena Zequinha, João de Valu, Hermes res estão tendo que bancar as horas trabalhadas e o óleo-propriedade rural (Ermi) de Paiva diesel. Seria uma bitributação, já que os produtores pa-junto à esposa, Ju- Resende e Miguel gam alta carga tributária. Na próxima edição uma maté-lieta de Oliveira ria completa sobre o assunto.Resende, Anicé- AMÉM! SIM, SENHOR!sio, que foi garim- A bancada governista na Câmara de Vereadores já mos-peiro durante mui- trou que não vai dar moleza para a oposição. A ordem étos anos, atuou seguir fielmente o que o Poder Executivo mandar e fazercomo vereador e o rolo compressor funcionar em qualquer votação polê-presidente da Câ- mica. A expressão acima é para ser levada à risca.mara. INDELICADEZA Diante do re- A maioria dos presentes na inauguração do novo pré-pentino falecimen- dio da Apae desaprovou a fala do secretário municipal deto, a comoção foi educação. Ele apresentou relatório dos gastos da prefei-geral, sendo que tura com a instituição, como se a atual administração fos-em seu velório se a primeira a repassar recursos. Como o povo não écompareceram bobo, ele foi muito criticado pela inoportuna fala.centenas de pesso- ATENTADOas, o que prova o No mesmo dia em que foi aprovado projeto de lei paraquanto ele era que- desapropriar uma área de 1000 hectares em Campos Lin-rido e respeitado dos, o vereador Welinton Caixeta, com base eleitoral nopela família e pe- distrito, sofreu um atentado quando se dirigia para sualos cristalinenses. casa. O carro do vereador foi atingido, por balas, em doisPartindo poucos lugares. Felizmente nada aconteceu de mais. Porém, temdias antes de com- muita gente preocupada. Com razão.pletar 75 anos, MAIS UM DE BRASÍLIAAnicésio deixou A Terracris é comandada agora por um senhor de Bra-13 netos, que lhe sília. É mais um que chega para receber salário pago peloforam dados pelos povo de Cristalina. O colunista já perdeu a conta de quan-filhos Nilva, Ni- tos ocupantes de cargo de primeiro escalão, oriundos devaldo, Neide, Ma- outras cidades, deixa competentes aliados (locais) do pre-ísa, Gabriel e Júni- feito pra trás.or, além de Julho AEROPORTOCésar. Anicésio Carvalho de Resende e sua simpatia Em audiência com o governador Marconi Perillo, in- termediada pelo deputado estadual Valcenôr Braz, inves-O trote em Manoelzinho Pires tidores entregaram um projeto que visa a construção do Em mea-dos da década Um ano Aeroporto Internacional Brasil Central. O investimento, de mais de R$ 1 bilhão poderá ser em Cristalina. Os em- presários já apresentaram o projeto a Luiz Attié e a Joãode 1940 do sé-culo passado, sem Faiek Fachinello. E Marconi gostou da ideia. ENCONTRO DO PSDBCristalina ti- O dia 27 João Fachinello, vice prefeito da cidade e presidentenha aeroclu- de fevereiro do PSDB municipal, participou de encontro dos tucanos,be, o qual foi de triste- realizado em Goiânia. Com várias lideranças nacionaiscontava com za para a fa- presentes ao evento, o senador Aécio Neves, de Minas mília e ami- Gerais, foi lançado candidato a presidência da Repúbli-uma turma ca, enquanto Marconi Perillo foi lançado candidato à re-animada ins- gos do sau- doso Faiek eleição.truída por um PMDB TENTA RESPIRARsenhor cha- Jorge As- Uma reunião do PMDB em Cristalina mostrou a situa-mado Borgi- sad. A trági- ção do partido em Goiás. Cada vez mais decadente e semnho. Para se ca e precoce articulação. A sigla carece de novas lideranças em todoster uma ideia, partida de o municípios e de um projeto definido, porque, do jeitono primeiro voo de Manoel Pires Abadia, o Faiek, ocor- que está, corre o risco de nem conseguir a vice de PauloManoelzinho, ele tomou um inesquecível ba- rida um ano Garcia, que deve ser o candidato do PT ao Governo denho de óleo queimado que o deixou parecen- atrás, deixa Goiás, no ano que vem.do uma estátua com vida. uma lacuna impreenchível na vida de seus 25 ANOS DE POLÍTICA pais, Elias Jorge Assad Júnior, o Pelé, e Para comemorar 25 anos de participação política, a O dono da fotografia, Augusto Peixoto, que partir da próxima edição estaremos publicando uma sérieà época era um jovem que acompanhava tudo Mônica Lima Assad e da irmã Sarah Jor- ge Assad. Porém, no coração de todos, fica de quatro reportagens sobre a política em Cristalina. Se-que acontecia em Cristalina, conta que nestas rão entrevistados, respectivamente, Augusto Peixoto, Fritzocasiões os amigos faziam um dia inteiro de o consolo de que ele está em um local es- pecial, ao lado de Deus, lá no céu, e que Mohn, Antonino Andrade e João Carlos Fachinello.“farra”, algo semelhante aos trotes de hoje, QUERIDAprincipalmente nas universidades. E a cara de aqui na terra ele foi uma pessoa especial Mudando de assunto vamos falar de Jerry Adryani. OMauro Cabral, aos risos, comprova que aquele para todos que tiveram o privilégio de romântico cantor das década de 1960/70, mas que fazdia foi realmente de muita alegria. conhecê-lo sucesso até hoje, estará em Cristalina no próximo dia 5 de abril, na casa de shows Sônia Festas, em uma promo- ção do Rotary Club. Vai ser o “maior barato”! E “Queri- Envie sua foto antiga para ser publicada no jornal de Cristalina. da”, para quem não sabe, é o nome de uma das mais fa- Vamos contar nossa história para as novas gerações. mosas músicas do cantor. Entre em contato com o editor pelo e-mail jornaldecristalina@gmail.com ou telefone para 9912-3123 E X P E D I E N T E O Jornal de Cristalina é uma publicação da empresa ELIÉZER FUNERÁRIA SANTA CLARA BISPO - CNPJ 13922.487/0001-01 - Endereço: Rua Floresta, Qd. 12, Lote 07 - Cristalina Velha - CEP 73850 - Cristalina - Serviços funerários, urnas, remoções, tanato, ornamentos, coroas e roupas GO - Telefone: (61) 9912-3123 - E-mail: jornaldecristalina@gmail.com e/ou Felizes os que habitam em tua eliezer.bispo@yahoo.com.br - Jornalista Responsável: Promotor de vendas, serviços Eliézer Bispo - DRT GO01469JP - Operários da casa, Senhor: aí eles te louvam e planos funerários Sílvio voluntariedade jornalística: Ezequiel dos Santos Bispo, Tiago para sempre. (Salmo 84:4) Fone: (61) 8618-4863 dos Santos Bispo e Franklin Ribeiro - Tiragem: 3.000 exemplares - Projeto Gráfico e Diagramação: Marcone Barros Avenida Kaled Kozac, 500 - Centro - Fone: (61) 3612-3690 - Cristalina-GO – 3568-6394 - Circulação: Goiás - Brasília
  6. 6. 6 JORNAL DE CRISTALINA Março de 2013 Aprendendo com os anônimos ORIENTAÇÃO JURÍDICA Lições tiradas de personagens anônimos da Bíblia para a vida cotidiana Novo prazo para adesão ao programa de renegociação ou liquidação de dívidas As Noras Submissas inscritas na União oriundas de débitos rurais São dois termos parecidos mais com aplicações dis- O Setor agropecuário, nas cos públicos, com a liberação atividade), exigem pagamen- tintas: subserviência e submissão. O primeiro termo fala últimas décadas, vem sofren- de recursos do Tesouro Naci- to de valores onde o cálculo do do prejuízos acumulados, con- onal, do que os produtores ru- débito vem repleto de ilegali- da anulação da personalidade em beneficio de alguma sequência do elevado custo fi- rais. dades e juros extorsivos. Por outra pessoa, aquém atribuímos autoridade sobre nós. nanceiro; descumprimento de Se o agricultor, por qual- isso, preferem escusar-se do Já o segundo, submissão, é a obediência consciente a normas aplicadas ao crédito quer razão, não paga, pontual- dever de revisão e renegocia- quem devemos submissão, ou seja, obediência por pra- rural; lançamento de encargos mente, o saldo devedor, acres- ção dos débitos, em conseqü- zer, por legalidade e por gratidão. É a consciência da financeiros extorsivos sobre os cido de penalidades é remeti- ência da ruína financeira do capacidade de abrir mão do livre-arbítrio, para se sub- financiamentos de custeio ou do para a Procuradoria Geral devedor. de investimento, pelos agentes da Fazenda Nacional - PGFN, Contudo, objetivando insti- meter por amor e gratidão a outra pessoa, objeto do seu financeiros; elevação do cus- inscrito em dívida ativa da tuir um programa de renego- grato amor. to dos insumos da produção; União, acrescido de multa, en- ciação e liquidação dos débi- Assim sendo, encontramos em Genesis capitulo seis queda nos preços dos produ- cargos majorados e, estranha- tos rurais inscritos na Dívida do versículo quinze ao capitulo nove e o versículo vin- tos e inúmeros planos econô- mente, executado como se fos- Ativa da União, o Governo te e oito, as mulheres que as chamo de: “As Noras Sub- micos frustrantes, editados se dívida de origem tributária. Federal criou, aos 17 de Se- pelo Governo Federal. Apesar das imposições le- tembro de 2008, a Lei n.º missas”. Elas nada mais eram do que as noras de Noé. Na tentativa de modificar gais e decisões de nossos tri- 11.775, cujo prazo de adesão Elas são chamadas de “As Noras Submissas,” pelo fato essa situação, o Governo Fe- bunais, declarando a obrigato- foi prorrogado até o dia 31 de de a Bíblia não declarar os nomes destas jovens senho- deral, no ano de 1998, editou riedade dos bancos em reali- Agosto de 2013, através da Lei ras, considerando a atitude de submissão das “Noras a chamada fase II da securiti- zar as revisões dos contratos e n.º 12.788/2013. Submissas.” zação conhecida como PESA as renegociações dos débitos, Por meio dessas leis, as dí- – Plano Especial de Sanea- muitos agricultores não conse- vidas originárias de operações As vezes a competição entre noras e sogras pela aten- mento de Ativos, através da guem fazê-lo pela via adminis- de crédito rural que foram in- ção dos filhos ou esposos, é cantado em versos e satiri- Resolução 2.471 do BACEN. trativa. cluídas na DAU até 31 de Ou- zado pelos humoristas. Porém, quanto as “Noras de Com as novas regras, o Go- Isso porque os bancos que tubro de 2010, poderão ser li- Noé”, a única coisa que a Bíblia expressa, quando fala verno Federal acreditava estar têm os contratos garantidos quidadas ou renegociadas até delas é a frase: “as mulheres dos teus filhos”. Elas são socorrendo a agricultura. Con- pelo penhor e hipotecas da to- 31 de Agosto de 2013. tudo, a denominada “securiti- talidade dos bens dos devedo- Para as renegociações há anônimas e submissas. Por isso eu as chamo de: “As zação” beneficiou mais o sa- res (únicos que têm para ga- concessão de descontos, con- Noras Submissas”. neamento financeiro dos ban- rantir recursos de custeio da forme a tabela1 a seguir: Como esposas dos filhos de Noé, elas seguiram o exemplo da sua sogra, “A Dona de Casa” (publicado no Jornal de Cristalina – Janeiro/2013), não aceitaram as criticas ao seu sogro Noé. Converteram-se a fé pre- gada pelo seu sogro Noé. Por amor, apoiavam os seus esposos (os filhos de Noé) e ajudaram a sua sogra nos afazeres do lar. Não jogaram os seus esposos contra os pais. Por outro lado, como parte integrante da tripulação da Arca, não se encontra elas murmurando, nem la- mentando o enclausuramento da Arca durante o dilú- vio. Como também, podemos crer que apoiaram a so- Ressalte-se que o prazo de cial do Sistema Especial de em que o pagamento estiver gra na difícil tarefa de acomodar e alimentar os hóspe- pagamento é de até 10 (dez) Liquidação e de Custódia sendo efetuado. anos, com amortizações em (Selic), acumulada mensal- No caso de liquidação, os des da Arca (os animais). parcelas semestrais ou anuais, mente e divulgada pelo Ban- saldos devedores das dívidas Finalmente, por serem submissas a Deus, através da de acordo com o fluxo de re- co Central do Brasil, calcu- transferidas à Dívida Ativa da submissão individual aos seus esposos, de acordo com ceitas do mutuário. lados a partir do mês subse- União (DAU) poderão ser qui- o que a Bíblia determina em Efésios 5.22-25 e 1ª de E, as referidas prestações, qüente ao da consolidação tados até 31 de Agosto de Pedro 3.1-11. para efeito de pagamento, até o mês anterior ao do pa- 2013. O saldo devedor será en- serão acrescidas dos juros gamento, e de 1% (um por quadrado na faixa de descon- Ficam aqui algumas lições importantes a serem tira- equivalentes à taxa referen- cento) relativamente ao mês to, conforme tabela2 abaixo: das destas “Noras Submissas.” Elas sabiam respeitar sua sogra, sogro e seus esposos. A exemplo de muitas “Noras Submissas” se dedicam a sua profissão sem relaxarem os cuidados domésticos aos seus esposos e filhos. Nunca devemos nos deixar levar pela insubordina- ção de rejeitar os conselhos e avisos divinos, encontra- dos nos exemplos das pessoas que foram felizes por terem seguido os princípios da Palavra de Deus, a Bí- Todavia, apesar do Governo ditados de modo a se conhe- dices permissivos pela legisla- Federal instituir os meios legais cer a evolução do saldo deve- ção aplicada ao crédito rural, blia Sagrada. Por amor às pessoas que são o objeto do para incentivar o produtor ru- dor, já que os lançamentos na principalmente porque essas nosso amor. ral na abolição do endivida- conta gráfica são do exclusivo normas são de ordem pública Concluo com a seguinte pergunta: Será que temos mento agrícola e manter-se na controle do fornecedor dos re- e sobre elas não pode prevale- nos submetido as Autoridades Constituídas como a atividade rural, o débito enca- cursos. E, após obter o valor cer o interesse individual das Deus? minhado pelos bancos, na mai- devido, aplicar-lhe os benefí- instituições financeiras. oria das vezes, foi estabelecido cios concedidos pela Lei Rev. Dr. Jeziel Gusmão. unilateralmente, sem a revisão 11.775/2009. Antônio Paulo Luzzi das cláusulas abusivas, incluí- Portanto, ao passar pelo cri- OAB/GO 9.703A Pastor da ADBETEL das nos contratos bancários de vo do Judiciário o produtor Luciano Alves de Faria Mipac_@hotmail.com adesão. terá a certeza de que o débito OAB/GO 20.805 Telefone: 3612-3511 Dessa forma, o alerta é para estará devidamente revisado e Tatiany da Paixão Sachetti que esses contratos sejam au- em conformidade com os ín- OAB/GO 31.789 Abaixo-assinado pela volta do Pereira N o início de janeiro a em- presa Newcon, responsá- vel pela coleta de lixo e a limpeza em ruas e bairros do tou uma turma de 128 pesso- as e, sem estrutura de equi- pamentos, deixou a cidade limpa e a comunidade satis- a situação, ainda mais por- que o contrato da Newcon vence no dia 02 de abril pró- ximo, justamente para que município, abandonou o ser- feita. problemas não ocorram viço e foi embora deixando os Recentemente, no dia 1º de mais, já que a empresa que cidadãos sem o importante março a empresa que abando- colhe o lixo, não o faz com benefício. nara o serviço no dia 11 de a mesma dedicação e res- À época o prefeito Luiz janeiro último, surpreenden- ponsabilidade com que a Attié solicitou a José Pereira temente, voltou a fazer o ser- turma do Pereira trabalha. dos Santos, funcionário ocu- viço, porém, sem o mesmo Essa reportagem foi feita pante do cargo comissionado zelo e eficiência com que Pe- devido a um abaixo-assina- “fiscal de limpeza pública” reira e sua equipe atuavam. do pedindo para que o pe- que tomasse conta do servi- É necessário que as auto- reira voltasse a ser o encar-Em janeiro o lixo tomava conta das ruas de Cristalina ço. Pereira, então, arregimen- ridades responsáveis olhem regado do serviço.
  7. 7. Março de 2013 JORNAL DE CRISTALINA 7 Orgulho da família e de CristalinaO jovem Gilmar Gomes Fi- lho, 24 anos, acaba de se formar em medicina pelaFaculdade Atenas, de Paraca- em Ribeirão Preto-SP. Assim que cumprir suas obrigações militares, o novel médico, que estudou no Colégio Co-tu-MG. Ele é filho de Gilmar mercial Leão RodriguesGomes Gonçalves e Márcia Afonseca e no Maria Mon-Mariza de Moura, casal pro- tessori, irá para a cidade doprietário da tradicional Pani- interior paulista cumprir aficadora Pão de Mel, que não importante etapa da carreiraesconde a felicidade por cau- profissional que se prenun-sa da conquista alcançada cia como vitoriosa.pelo filho. Ainda mais porque Além de trabalhar no Exér-o outro filho, Lucas Gomes cito, Gilmar está atendendoGonçalves, estuda medicina, no Hospital Municipal e emna Facilpac, Gama-DF, onde um Posto de Saúde da Famí-já cursa o sétimo período. lia. Todos que conhecem o Gilmar Filho, que está dedicado jovem, têm certezaprestando serviço militar que ele será um profissionalcomo tenente-médico na 3ª ético e responsável para tra-Brigada de Infantaria Moto- zer muito orgulho para a fa-rizada, já passou na prova de mília e para toda a comuni-residência para cardiologia Lucas, Gilmar Filho, Gilmar Gomes e Márcia: família em festa no dia da formatura do médico dade cristalinense.Incorporação ao Exército Brasileiro CÂMARA MUNICIPALE m solenidade de incorpo- ração dos novos recrutas às fileiras do ExércitoBrasileiro, a 3ª Brigada de In- 23º Pelotão de Polícia do Exército. Durante o evento foi reali- zada uma homenagem aos mi- foi restituída, para a Câmara de Vereadores, a Bandeira do Mu- nicípio de Cristalina, que acompanhou aqueles militaresfantaria Motorizada recebeu litares integrantes da 3ª Briga- durante toda a missão.193 (cento e noventa e três) da que fizeram parte, em 2012, Foi realizado, também, pe-jovens, oriundos dos municí- do 1º Batalhão de Infantaria de los cidadãos dispensados dopios de Cristalina e Luziânia, Força de Paz do 16º Contin- serviço militar, o juramento aosendo distribuídos na Com- gente Brasileiro para a Missão Pavilhão Nacional que, horapanhia de Comando, 6ª Com- das Nações Unidas para Esta- antes, assistiram a uma pales-panhia de Comunicações e bilização do Haiti. Na ocasião, tra cujo tema foi “Viva a Vida sem Drogas”, proferida pelo Sr Luciano Gonzaga, Secretário de Segurança do GDF. Na Ordem do Dia, dirigida à juventude que foi incorporada Bernardo Vacaro entregou termo de posse ao vereador Bodim no dia 1º de março, o coman- dante do Exército, General Enzo Martins Peri, saudou a classe de Sai Marcelo Pezão. Bodim assume 1994 e apresentou as diretrizes do serviço militar, dizendo: “siga amando e respeitando Deus, a Pátria e o seu Exército. E m um processo de Ação de Investigação Judicial Elei- toral, promovido pelo Mi- nistério Público Eleitoral con- veis a demonstrar, inequivo- camente, que o então candi- dato Marcelo Henrique Viei- ra Neves persuadiu parcela do tra Marcelo Henrique Vieira eleitorado cristalinense a nele Ouça a sua consciência sintoni- Neves, conhecido por Marcelo votar por meio de conduta à zada com o leal e perfeito cum- Pezão, a juíza eleitoral de Cris- margem das regras do regime primento do dever, na mais sim- talina, Letícia Silva Carneiro de democrático,” vaticinou a ju- ples ou complexa missão que lhe Oliveira, em sentença proferi- íza, esclarecendo que as pro-3ª Brigada incorporou 193 jovens de Cristalina e Luziânia for atribuída. Seja Feliz”. da no dia 05 de março, cassou vas indiciárias apresentadas o diploma do vereador, que foi pelo MPE foram reforçadas Visita para matar a saudade candidato em 2012 e se elegeu com 838 votos. A juíza ainda aplicou multa em juízo. Ao final da sentença a juíza mandou oficiar à Câmara de-A irmã Mazzarelo, que tra- balhou em Cristalina du- rante muitos anos, no ines-quecível educandário Institu- sagem pelo município, fize- ram questão de ir abraçá-la e cumprimentá-la para re- lembrar o quanto a freira foi importante para muitas famí- lias cristalinenses. de R$ 13.453,00 a Marcelo que, conforme a decisão, “fez promessa individualizada a eleitores, da entrega de lotes terminando a imediata posse do primeiro suplente da coli- gação pela qual Pezão concor- reu, Arnaldo dos Santos e Sou-to Coração de Maria, mora pertencentes ao Município, já za, o Bodim. O advogado dehoje em Belo Horizonte-MG. em pleno período eleitoral de Marcelo Pezão já trabalha umRecentemente ela esteve na 2012”. Nesse período, segun- recurso, mas enquanto a deci-cidade, onde recebeu uma do apurado pela Justiça, Pezão são não chega, Bodim já assu-quantia enorme de visitas de teria ficado despachando em miu, em solenidade ocorridaprofessores que trabalharam uma sala, na sede da prefeitu- na sede Câmara Municipal, nosob sua coordenação e alunos ra, de onde encaminharia as dia 12 de março.que não esqueceram as lições providências para se efetivar a Para esclarecer, Pezão ain-de vida que ela transmitiu. doação dos lotes. da pode recorrer ao TRE, de- Hospedada na residência A juíza escreveu que não há pois ao TSE até chegar ao STF.do casal José Maria e Maria dúvidas de que Marcelo se va- Isso se as instâncias superio-Araújo Resende, muitos Irmã Mazarello (C) foi recebida com carinho e afeto por mui- leu do benefício para se ele- res confirmarem a sentença daamigos e amigas que ela tas famílias que fizeram questão de demonstrar eterna grati- ger. “Existem elementos nos juíza local. O caso ainda teráconquistou durante sua pas- dão por tudo que ela representou autos, hábeis e assaz confiá- muitos capítulos.
  8. 8. 8 JORNAL DE CRISTALINA Março de 2013 EDITORIAL ESPECIAL A irretocável sensibilidade Sem a delicadeza e o perfume das mulheres o mundo seria totalmente diferente do que é. É bem verdade que a mulher, por sua força e determinação, ocupa cada vez mais espaço no mundo moderno, tomando frente nos negócios, assumindo a dianteira na maioria das profissões e liderando a família. Porém, diante de tudo isso, nota-se claramente que a sensibilidade feminina permanece irretocável, no trato com os filhos, marido, família, sociedade... Cristalina é uma cidade privilegiada, onde milhares de mulheres se destacam, independente de posição social, intelectual ou religiosa. Nas diferentes áreas, elas são incansáveis em suas atividades públicas e particulares, demonstrando que o carinho colocado em tudo que fazem, cativa corações e ilumina caminhos. Seja no campo ou na cidade, no escritório ou na rua, na empresa ou na repartição, no trabalho ou em casa a mulher está sempre na cabeça, direcionando ações e encaminhando soluções. O Jornal de Cristalina gostaria de estampar a fisionomia de todas e enaltecer suas incontáveis virtudes, mas contemplem as diferentes faces que foram selecionadas, de acordo com as possibilidades do nosso modesto arquivo fotográfico, para homenagear o veículo divino para a multiplicação da humanidade. atural de Cavalheiro, distrito de Ipameri, por mais de 16 anos. Sempre querida por N dona Sônia Maria Borges Machado é uma onde passou. batalhadora como poucas pessoas. Cercada de filhos e netos, ela é católica Funcionária do Estado, ela trabalha no praticante e procura repassar sua fé para os Colégio José de Goiàs Brasil, onde o sabor que vivem ao seu lado. Mulher forte , dona que ela coloca no lanche dos alunos e Sebastiana já deixou para trás três AVC, professores é inconfundível. mesmo assim age e conversa como quem Em outra frente, dona Sônia é hoje a não tivesse acontecido nada. Verdadeira responsável pela deliciosa variedade de bênção de Deus. pratos que são servidos nos diversos Acostumada com as lides da roça, dona eventos da AABB. Disposta a trabalhar, Edite de Souza Caixeta sempre morou na ela está no clube do Banco do Brasil há zona rural. Ela foi casada por mais de 50 mais de 20 anos, onde é querida e anos com Fritz (Fiote) Caixeta e desde que respeitada por todos que conhecem a se casou, mora no mesmo lugar, na região qualidade dos seus serviços e a educação conhecida por Claros e Fiúza. com a qual se relaciona com todos, sem Fundamental na educação dos filhos, distinção ou preconceito. dona Edite sempre soube se dedicar à A fotografia acima estampa duas amigas família. Com mais de 80 anos, ela vive de longa data: dona Amélia Reinaldo e cercada de amor e carinho e é uma das dona Anete Resende. A segunda, já mulheres mais respeitadas pelos familiares, falecida, foi o braço forte do marido, querida por moradores da região e referência Chiquinho Resende, com quem foi casada de figura humana para toda a comunidade. por mais de 60 anos e teve papel importante Neri Neuza Vacaro Fachinello está em na educação dos filhos e dos netos. Embora Cristalina há 30 anos. Ela veio de Santa não esteja mais aqui, seu exemplo jamais Catarina, junto com o esposo, João Carlos será esquecido por quem a conheceu e teve Fachinello, com quem montou o o prazer de conviver com ela. Supermercado Faxinal, que durante mais de Dona Amélia (em pé) é referência quando 20 anos serviu os lares de Cristalina. o assunto é desprendimento e amor ao Pessoa de fino trato, Neri é apaixonada próximo. Durante anos, ela, que criou os pela família e todas as vezes que têm filhos com amor intenso e inigualável oportunidade de servir alguém, não se ternura, junto com a saudosa dona Negrinha, esquiva. Ajuda. Outra característica dela é cuidou dos presos, levando-lhes a lealdade aos amigos. Neri gosta de recebê- alimentação, roupas, remédios e, o mais los, bem como ir visitá-los, com a finalidade importante, respeito e consideração, algo de descontrair com atividades saudáveis e que a sociedade não quer oferecer a esta um bate papo alegre para alimentar a alma classe de pessoas. Ela, em sua octogenária e acalentar o coração. Na foto, ela aparece existência, segue o ensinamento cristão, que com a nora Vanessa Valéria Resende, que preceitua que Deus não faz acepção de é uma jovem meiga e simpática aos olhos pessoas. de quem desfruta da sua agradável Neide Andrade, que tem duas filhas, convivência. Tatiana e Bruna, ganhou uma neta há seis Dona Nica, que pouca gente conhece por meses. Tal qual as filhas, a neta, que se Ana Moreira Santiago, acaba de chama Clara, é um capítulo especial em sua comemorar 100 anos de idade. A festa foi vida. Motiva e alegra o lar. Pessoa de em sua casa, no mês de fevereiro, quando, coração grande, Neide já teve a cercada pelos filhos, netos, bisnetos e uma oportunidade de ser primeira dama do grande quantidade de amigos, celebrou uma município por duas vezes, época em que missa para agradecer a Deus a dádiva de serviu a comunidade com rara dedicação. chegar ao centenário com fé, lucidez, saúde Dona Neide, como é carinhosamente e alegria. chamada, principalmente por aquelas Dona Nica é sinônimo de simplicidade, pessoas menos favorecidas, é lembrada pelo humildade, carisma, educação. Quem a grande trabalho social que implantou na conhece, se impressiona com seus atributos prefeitura. Por onde passa é abordada por e enxerga nela um verdadeiro presente dos aqueles que já foram alvo de suas ações céus para o mundo. Não há palavras que frente à secretaria de cidadania, os quais traduzam o importante significado que ela relembram e agradecem sua bondade ao tem para as novas gerações. colaborar para diminuir o sofrimento de Ângela Paula Faustino Sampaio tem muitos cristalinenses. como marcas principais em sua vida o belo Dona Sebastiana Carvalho Santos é o sorriso, a disposição para o trabalho, o tipo de mulher que sua vida dá para escrever espírito de liderança e a indescritível um livro. Já teve muitos reveses, como perca educação para lidar com as pessoas. A jovem de filhos, mas permanece firme, com altivez. empresária é dedicada ao trabalho e Casada com o saudoso Francisco Alves dos eficiente na condução do lar, fatores que a Santos, dona Sebastiana foi uma firme fazem um exemplo de que a mulher auxiliar do marido no sustento da casa. moderna pode preservar valores morais e Trabalhou como funcionária pública do espirituais no dia a dia com a sociedade e Estado e foi cozinheira da Loja Maçônica com a família.

×