 CLOUD computing the new kid on the block……com rede rádio (LTE) e rede ‘core' (Evolved
Packet Core).
A agricultura despon...
tempo REAL.
”O canal do produtor oferecerá informação com rapidez e ensino a distância. ”.
Assim modernizando a actividade...
uma organização e geridas por ela ou por terceiros; nuvens públicas, em que a propriedade e
gestão é feita por um forneced...
Microsoft aponta competitividade
Miguel Caldas, responsável tecnológico da Microsoft, diz que a empresa apostou de forma
e...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cloud Computing Com Lte

564 views
472 views

Published on

o Interactividade no âmbito Agro-rural ......


A agricultura desponta como um elemento determinante na luta contra a mudança climática e pela segurança alimentar, afirma a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Segundo a organização da ONU, a agricultura não só sofre os impactos do aquecimento global, mas é também responsável por 14% das emissões de gases que agravam o efeito estufa, e, por isso, é determinante na luta contra a mudança climática.

Assim perspectivando a rentabilização de recursos das TI em particular através das REDES SOCIAIS existentes complementaremos a oferta cada vez mais GLOBALIZADA não só a uma comunidade rural mas também ao comércio em geral, criando momentos de INTERACTIVIDADE com o Consumidor .
Instalaremos, salas de informática em lojas e escolas rurais em todos os municípios que têm acesso à internet em banda larga . "A informatização do campo é fundamental para que tenhamos comunicação directa com os nossos produtores", para quem o ganho de eficiência na gestão da propriedade passa pelo maior acesso dos produtores e trabalhadores rurais às informações e à qualificação. "Eles precisam ter acesso às notícias, à qualificação, a cursos de gestão, de derivativas, precisam entender de legislação ambiental".

Ensinaremos os produtores e trabalhadores rurais no acesso à internet e as salas ficarão à disposição para seu uso (BACK-OFFICE).

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
564
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cloud Computing Com Lte

  1. 1.  CLOUD computing the new kid on the block……com rede rádio (LTE) e rede ‘core' (Evolved Packet Core). A agricultura desponta como um elemento determinante na luta contra a mudança climática e pela segurança alimentar, afirma a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Segundo a organização da ONU, a agricultura não só sofre os impactos do aquecimento global, mas é também responsável por 14% das emissões de gases que agravam o efeito estufa, e, por isso, é determinante na luta contra a mudança climática. Assim perspectivando a rentabilização de recursos das TI em particular através das REDES SOCIAIS existentes complementaremos a oferta cada vez mais GLOBALIZADA não só a uma comunidade rural mas também ao comércio em geral, criando momentos de INTERACTIVIDADE com o consumidor. Instalaremos, salas de informática em lojas e escolas rurais em todos os municípios que têm acesso à internet em banda larga . ”A informatização do campo é fundamental para que tenhamos comunicação directa com os nossos produtores”, para quem o ganho de eficiência na gestão da propriedade passa pelo maior acesso dos produtores e trabalhadores rurais às informações e à qualificação. ”Eles precisam ter acesso às notícias, à qualificação, a cursos de gestão, de derivativas, precisam entender de legislação ambiental”. Ensinaremos os produtores e trabalhadores rurais no acesso à internet e as salas ficarão à disposição para seu uso (BACK-OFFICE). Através de um Canal iTV do Produtor rural, que Long Term Evolution (LTE), ao revolucionar as telecomunicações móveis da mesma forma que a fibra óptica irá permitir aos trabalhadores do campo fazer cursos, em empreendorismo Rural, que passará a ser oferecido a distância, e que permitirá a acolher mais e- produtores pro- activos no mercado. ”Precisamos dar prioridade a eficiência na gestão das propriedades e industria Agro. A mesma eficiência que temos na produção precisa ser transferida para a gestão,e o e-TRADE”, O Itv rural pretende ser um portal pró-activo em conectividade com as REDES SOCIAIS dando acesso às informações fundamentais para a actividade rural, como previsão do tempo, cotação de preços das principais commodities agrícolas, notícias Agro-económicas e outros serviços em
  2. 2. tempo REAL. ”O canal do produtor oferecerá informação com rapidez e ensino a distância. ”. Assim modernizando a actividade empresarial Agro-produtiva, com o apoio (LTE), vai revolucionar as telecomunicações móveis permitindo Postos QUIOSQUE´s CyberLounges generalizando o uso das novas tecnologias e ferramentas de comunicação ditas REDES SOCIAIS. A webização da Comunidade Agro-Produtiva atravez destes pontos assenta tambem nas seguintes áreas de intervenção: venda de produtos (procura /oferta; cobrança de facturas (carregamentos de Pré-comprados); difusão de informação; rede integrada de logística MAR e retalhistas (rede integrada de pontos de recolha e entrega de produtos)etc,etc. Conta ainda com uma vertente social que permitirá interacções com organismos públicos.Os serviços a implementar visam uma maior comodidade, facilidade e rapidez para a comunidade. Estes Centros de Negócios Regionais tipo,”CyberLounges” em lojas rurais actuarão como INTERFACES da Produção á Industria, Distribuição, Comércio e Consumo num ambiente empresarial com conforto acima da média, disponibilizando as novas TI e Comunicação aos sectores 1 - O que é ‘cloud computing'? O termo ‘cloud computing' (computação em nuvem) começou a ser usado em 2008 e designa a ideia de usar uma aplicação informática ou ficheiro em qualquer lugar da Web sem que para isso seja necessário instalá-la ou armazená-lo no computador pessoal. A grande vantagem é a maior facilidade de partilha de dados em rede sem que o utilizador tenha de se preocupar com o seu armazenamento, manutenção ou com a existência de cópias de segurança. Um exemplo de ‘cloud computing' é o serviço Google Docs, onde os utilizadores podem criar e editar ficheiros de texto sem precisarem de ter instalado no seu computador o respectivo programa de edição. As opiniões são variadas, revelando que o conceito ainda está nublado. Pode parecer abstracto, mas é simples de explicar tomando como exemplo um dos serviços mais utilizados no dia-a- dia. Ao enviar um ‘e-mail' - no modelo tradicional de computação - as mensagens ficam guardadas no ‘software' de ‘e-mail', dentro do seu PC. Mas se estiver a utilizar um ‘e-mail' na web (Hotmail, Gmail, Yahoo! Mail ou outro), pode aceder à conta, a qualquer hora, de qualquer lugar, através da internet, e num telemóvel, computador ou televisor. 2 - Que tipo de soluções existem? A IDC aponta a existência de três classes distintas na prestação de serviços. O ‘Software as a Service' (SaaS) consiste na disponibilização de aplicações através da internet, não sendo necessário comprar ‘hardware', ‘software' ou licenças. O ‘Platform as a Service' (PaaS) opera através da disponibilização de infra-estruturas na nuvem, permitindo que se possam desenvolver ou instalar as suas aplicações. Por fim, no ‘Infrastructure as a Service' (IaaS) o fornecedor disponibiliza infra-estruturas na nuvem, como capacidade de armazenamento, servidores, componentes de rede, entre outras tarefas. Além destas classes distintas, Francisco Guerra, da Cisco, aponta quatro modelos de implementação do ‘cloud': nuvens privadas para
  3. 3. uma organização e geridas por ela ou por terceiros; nuvens públicas, em que a propriedade e gestão é feita por um fornecedor de serviço; nuvens híbridas, que combinam duas ou mais nuvens, privadas ou públicas. Por fim, existem ainda nuvens comunitárias: infra-estruturas partilhadas por diversas organizações para uma comunidade específica. 3 - Quais as vantagens? A principal vantagem apontada pelas empresas contactadas é a redução de custos para as organizações, com a passagem de um investimento (Capex) para um custo (Opex), já que os custos são medidos de acordo com a utilização do serviço. Desta forma, as organizações tornam-se mais eficientes, personalizando e escalando os sistemas de tecnologias de informação consoante as suas necessidades particulares. As aplicações correm de forma mais eficiente e segura, com maior utilização de infra-estruturas base e criam-se maiores oportunidades para inovação. Com o ‘cloud computing', as empresas podem estender a tecnologia a novos mercados e torná-la mais relevante nos mercados onde já operam, criando potenciais modelos de negócio mais ágeis. Para as empresas que fornecem o serviço, criam-se novas fontes de rendimento e vantagens competitivas com a introdução de novos serviços. A PT, que lançou uma oferta em parceria com a Cisco, refere que esta tecnologia está acessível não só a grandes empresas mas também a PME que, com este conceito, passam a "estar acessíveis tecnologias e aplicações anteriormente só disponíveis a empresas de maior escala", ficando atenuada a dificuldade de acesso, por falta de escala, a tecnologia de ponta. Para o utilizador comum é um mundo de possibilidades que abre. Agora será possível aceder ao mesmo conteúdo independentemente do equipamento tecnológico. Apenas precisa de estar ligado a uma mesma plataforma. 4 - Que serviços estão disponíveis? A maioria das gigantes tecnológicas já tem serviços que disponibilizam ao utilizador. Google Docs, programas de ‘e-mail' como o Hotmail e Gmail, e a Amazon.com são alguns dos exemplos. Em termos empresariais, a Microsoft, por exemplo, tem uma oferta estruturada no que toca a ‘software' para a nuvem. O ‘Exchange Online' fornece aos colaboradores acesso a ‘e- mail', agenda e contactos a partir de qualquer lugar. Já o ‘SharePoint Online' permite a partilha de documentos, contactos e tarefas com os elementos de uma equipa num único local. O ‘Office Live Meeting' possibilita reuniões em tempo real, sessões de formação ou outros eventos, através da internet. O ‘Lync Online' é uma ferramenta para encontrar a pessoa certa para tratar de determinado tema, permitindo a comunicação via mensagens instantâneas. O ‘Dynamics CMR Online' ajuda a manter relações profissionais ao centralizar informação. E o Windows Azure permite a criação de aplicações e serviços para a nuvem. Empresas referem vantagens da "nuvem" Capgemini critica "preconceito" "O cliente, em vez de se preocupar com o "como", concentra-se no "quê"." Esta é uma das principais vantagens do ‘cloud computing' apontada por José Nunes, vice-presidente de serviços tecnológicos da Capgemini Portugal. O responsável refere vantagens económicas, de escala e de rapidez na disponibilização do serviço. Em relação aos custos da solução, aponta que há ainda um "preconceito, ou seja, é preciso arrumar um conjunto de ideias pré-concebidas, que prevalecem fruto de muitos anos a operar numa arquitectura clássica." Há um "custo de utilização", mas será menor do que a compra de infra-estruturas para ter o mesmo serviço.
  4. 4. Microsoft aponta competitividade Miguel Caldas, responsável tecnológico da Microsoft, diz que a empresa apostou de forma estratégica nesta solução. "Face aos actuais desafios, tendo em conta a possibilidade que a rede, a largura de banda e a tecnologia já permitem, este novo modelo pode ser a chave para a competitividade num futuro imediato." Mas Miguel Caldas admite que a segurança é um dos maiores desafios à adopção da nuvem. "Os ataques tradicionais continuam a existir, como os ataques ao nível da rede ou congestionamento de rede. Há outros que são alargados, como os ataques à privacidade de dados e os acessos privilegiados." PT em parceria com Cisco A PT quer potenciar ao máximo o investimento feito em Redes de Nova Geração (RNG) e o facto de ter uma grande base de clientes empresariais. Por isso mesmo, aliou-se à Cisco, numa parceria tecnológica, para lançar esta solução. "O desenho da arquitectura é conjunto, sendo que a plataforma computacional é fornecida pela Cisco e instalada no ‘data center' da PT", diz fonte oficial da operadora liderada por Zeinal Bava. "As RNG são um alicerce dos serviços de ‘cloud computing'. Este tipo de serviço constitui-se assim como um exemplo do potencial para o País que está a ser criado com o forte investimento feito na fibra". Vodafone aponta menores custos A Vodafone Portugal garante já ter uma série de serviços para clientes empresariais baseados na "nuvem". O mais recente, o One Net, é um serviço que integra as comunicações de voz, fixa e móvel, e a internet fixa, mais vocacionado para PME. A operadora liderada por António Coimbra diz que "a utilização desta tecnologia tem um conjunto de vantagens que as empresas podem alavancar em termos de processos de negócio e competitividade", permitindo uma boa relação custo-benefício. Entre as vantagens, está o facto de se poder "usufruir sempre das versões mais actuais de tecnologia sem preocupações de gestão ou investimento em ‘upgrades'".

×