Educação a Distância: uma    experiência na Open University                       1        PROFA. DRA. ITANA M. S. GIMENES...
Resumo                          2—  Apresentamos um resumo das principais atividades  desenvolvidas em um ano de pós-dout...
Educação a distância                              3—  “O processo educacional no qual uma proporção  significativa do ens...
Jennie Lee Building        OU Library"What other nation in the world couldhave given us William Shakespeare, porkpies, Chr...
The Open University (OU)                             5—  Pode-se dizer que a educação a distância começou na    Grã-Breta...
O Modelo SOL da OU                                           6•  Cursos são desenvolvidos por um grupo de  profissionais q...
Sinergia e olhar para o Futuro                                          7                                                 ...
Contexto de Pesquisa—  Programas de pós-graduação no Brasil e Grã-Bretanha –    Computação e Educação a Distância.—  Edu...
Educação a distância e a Web 2.0                                  9—  Pedagogia e a tecnologia podem caminhar para uma  i...
Educação a distância e a Web 2.0                           10—  Como a educação pode se beneficiar dos recursos   tecnoló...
Categorias de ferramentas Web 2.0                       (Crook et al. ,2008)                                11—  comparti...
Uso de Ferramentas Web 2.0 na OU                                   12—  Portal do Moodle, denominado StudentHome (fóruns,...
Exemplo 1: Disciplina Engenharia de Requisitos                          13—  é um componente do MSc em desenvolvimento de...
Exemplo 1: Disciplina Engenharia de Requisitos                       14JAI 01
Mapeamento dos objetivos                              de aprendizagem para as                              tarefas do curs...
Indicação de                                                       materiais           Guia de estudos                    ...
JAI 01   17
Ferramentas Web 2.0                    Exemplos de aplicaçãoVirtual Learning Environment (VLE),    Agem como o principal p...
Ferramentas Web 2.0                        Exemplos de aplicaçãoSocial Bookmarking, ex: BibSonomy,         Apoiam a revisã...
Ferramentas Web 2.0                       Exemplos de aplicaçãoCompartilhamento de mídia, ex:            São usados para b...
Questões sobre o uso de Ferramentas Web 2.0                                        21—  Reconhecimento acadêmico   Martin...
Educação a distância e a Web 2.0                              22—  Segurança e privacidade—  Ansiedades que o uso dessas...
Educação a distância e a Web 2.0                             23—  Mudança do papel do educador: decidir o nível de    env...
Projeto de aprendizagem—  Originalmente concebido para permitir o projeto    flexível de cursos independentemente da abor...
OULDI—  É um método produzido no IET, financiado pelo JISC    (2008).—  Desenvolveu conceitos e ferramentas computaciona...
Processo de desenvolvimento                        Determine objectives                    Think about four meta-aspects: ...
OULDI course map view                        !
ESE Scenario            students    educators      tutors                                                     practioners ...
Determine objectives: ESE course map view
Develop course: LOs view – 1st level                          Ferramenta computacional                               Compe...
Develop course: LOs view 2nd level
Develop course: task swimlane for the Develop            experiment activity
Evaluate & Plan: Pedagogy profile                                       Task distribution40353025201510 50     Assimilativ...
Educação Aberta                           34—  West (2010) destaca que estamos observando o    surgimento de uma Meta-Uni...
Educação Aberta Contemporânea                             35 —  Aquela que incorpora os novos recursos         tecnológic...
Disponibilidade para se        Materiais educacionais vem     doar e compartilhar           sendo produzidos por meio de  ...
Cenário da Educação Aberta                     37JAI 01
Educação Aberta                             38         —  Os elementos envolvidos no cenário de educação          aberta ...
O Projeto OpenED                         39JAI 01   http://www.open-ed.eu/
O Projeto OpenSE                   40             http://opense.net/JAI 01
Recursos Educacionais Abertos (REAs)                          41—  REAs podem ser definidos como materiais de   ensino, a...
Exemplos de REAs                42JAI 01
Termos relacionados                                     43—  OpenCourseWare usado no OCW consortium ou MIT    OpenCourseW...
Abertura            44                 —  Social – doação                 —  Localização                 —  Adaptação  ...
Os 4 Rs                  45— Reusar— Revisar— Remixar— RedistribuirJAI 01
OpenLearn                            46—  A introdução de REAs na OU, seguiu-se a muitas de    suas iniciativas de produç...
Lançada em 2006, financiado pela Hewlett Foundation            http://www.open.edu/openlearn/JAI 01                       ...
Avaliação do OpenLearn, 2008                                       48—  Internamente, mostrou como a universidade pode en...
Conclusões                          49« Prioridade para Qualidade de Educação (Ensino e  Aprendizagem)« Compromisso soci...
Referências                                   50—  Gimenes, I. M. S, Barroca, L. Feltrim, V. D., “Tendências em    Educaç...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Educação a Distância: uma experiência na Open University, UK

1,020 views

Published on

Palestra ministrada no Seminário Internacional Inovação e Diversidade na Formação Docente na PUCRS

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,020
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Educação a Distância: uma experiência na Open University, UK

  1. 1. Educação a Distância: uma experiência na Open University 1 PROFA. DRA. ITANA M. S. GIMENES HTTP://WWW.DIN.UEM.BR/~ITANA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ 2012PUCRS
  2. 2. Resumo 2—  Apresentamos um resumo das principais atividades desenvolvidas em um ano de pós-doutorado (2011) realizado no Computing Department da Open University, Inglaterra. Destacamos os estudos realizados sobre: utilização de ferramentas Web 2.0 na Educação a Distância; Projeto de aprendizagem utilizando OULDI, Educação Aberta e Recursos Educacionais Abertos e as iniciativas existentes na Open University nessas áreas.PUCRS
  3. 3. Educação a distância 3—  “O processo educacional no qual uma proporção significativa do ensino é conduzida por alguém afastado, no espaço e no tempo, do aluno” (Perraton, 2000).PUCRS
  4. 4. Jennie Lee Building OU Library"What other nation in the world couldhave given us William Shakespeare, porkpies, Christopher Wren, Windsor GreatPark, The Open University, GardenersQuestion Time and the chocolate digestivebiscuit?" Bill Bryson, author andhonorary graduate of the OU PUCRS 4
  5. 5. The Open University (OU) 5—  Pode-se dizer que a educação a distância começou na Grã-Bretanha nos anos 60 com a criação da Open University (OU).—  A criação da OU foi motivada pela necessidade de tornar o ensino universitário acessível a uma população adulta que tinha perdido a oportunidade de entrar no ensino universitário tradicional.—  No caso da OU, o termo Open é parte integrante da missão da universidade ⎯ Open to people, places, methods and ideas, mas é também usado de uma forma mais restrita para caracterizar a omissão de requisitos formais de entrada na universidade.PUCRS
  6. 6. O Modelo SOL da OU 6•  Cursos são desenvolvidos por um grupo de profissionais que inclui: •  docentes responsáveis pelo conteúdo curricular; •  profissionais de áreas diversas, desde a educação e projeto até ao desenvolvimento de software de apoio e direito autorais; e, •  examinadores externos que contribuem com feedback acadêmico e/ou profissional para o desenvolvimento do curso. Dedicação Infraestrutura exclusiva Qualidade Escala 260.000 Pesquisa alunos PUCRS
  7. 7. Sinergia e olhar para o Futuro 7 MCT IET http://mct.open.ac.uk/ http://www8.open.ac.uk/iet/main/WorkshopsSeminários Projetos KMI Cursos http://kmi.open.ac.uk/PUCRS
  8. 8. Contexto de Pesquisa—  Programas de pós-graduação no Brasil e Grã-Bretanha – Computação e Educação a Distância.—  Educação a distância e a Web 2.0 ¡  “Computing postgraduate programmes in the UK and Brazil: learning from experience in distance education”, IGI Global book chapter in Cases on Web 2.0 in Developing Countries: Studies on Implementation, Application and Use—  Programas de pós-graduação a distância em Engenharia de Software ÷  Workshop na CSEET 2011—  Projeto de cursos ¡  Recursos Educacionais Abertos ¡  Educação Aberta
  9. 9. Educação a distância e a Web 2.0 9—  Pedagogia e a tecnologia podem caminhar para uma integração harmoniosa (Beetham & Sharpe, 2007). Produção e Mobilidade o acesso à Serviços de rede informação e computaçãoCompartilhamentoPUCRS
  10. 10. Educação a distância e a Web 2.0 10—  Como a educação pode se beneficiar dos recursos tecnológicos para melhorar o ensino-aprendizagem de seus conteúdos?JAI 01
  11. 11. Categorias de ferramentas Web 2.0 (Crook et al. ,2008) 11—  compartilhamento de mídia,—  manipulação de mídia,—  arenas de conversa,—  jogos online e mundos virtuais,—  redes sociais,—  blogs,—  social bookmarking,—  sistemas de recomendação,—  edição colaborativa, wikis, e—  RSS feeds.JAI 01
  12. 12. Uso de Ferramentas Web 2.0 na OU 12—  Portal do Moodle, denominado StudentHome (fóruns, wikis e blogs). ¡  materiais educacionais e avaliações, a fóruns online específicos e a um conjunto extenso de recursos: links da biblioteca, a eventuais sessões virtuais de tutoriais.—  Elluminate (Blackboard).—  Plataforma Google Apps para a Educação (Google Apps for Education): conta de email, habilidade para criação de documentos, armazenamento e compartilhamento e espaços virtuais.—  Wikis e ferramentas de edição colaborativas têm sido efetivamente utilizadas para apoiar a reflexão e colaboração, pois ajudam os alunos tanto no trabalho em grupo quanto no desenvolvimento de habilidades de escrita acadêmica.JAI 01
  13. 13. Exemplo 1: Disciplina Engenharia de Requisitos 13—  é um componente do MSc em desenvolvimento de software.—  exemplo do uso de wikis e ferramentas de edição colaborativas para apoiar a reflexão e a colaboração.—  auxiliam os alunos nos trabalhos em grupo e no desenvolvimento de suas habilidades de escrita acadêmica (ex., por meio da elaboração da especificação de requisitos).JAI 01
  14. 14. Exemplo 1: Disciplina Engenharia de Requisitos 14JAI 01
  15. 15. Mapeamento dos objetivos de aprendizagem para as tarefas do curso Knowledge and understanding Professional & Practical Cognitive Key skills skills Ilustração das atividades doJAI 01 15 Curso em CompendiumLD
  16. 16. Indicação de materiais Guia de estudos complementares construído sobre um livro texto Trabalho em Exames Ilustração das atividades do GrupoJAI 01 Curso em CompendiumLD 16
  17. 17. JAI 01 17
  18. 18. Ferramentas Web 2.0 Exemplos de aplicaçãoVirtual Learning Environment (VLE), Agem como o principal portal deex: Moodle e Elluminate interação entre instituições e os alunos.Wikis e ferramentas de edição Apoiam a reflexão e colaboração; podemcolaborativas, ex: wikis no Moodle ajudar os alunos com trabalho em grupo e desenvolvimento de habilidades de escrita acadêmica.Blogs, ex: Thoughts on software Apoiam os educadores e grupos na(Sommerville) e systems engineering organização e disseminação deand Serendipity (Easterbrook) conhecimento de uma forma mais interativa e dinâmica do que como era feito antes com páginas Web.JAI 01 18
  19. 19. Ferramentas Web 2.0 Exemplos de aplicaçãoSocial Bookmarking, ex: BibSonomy, Apoiam a revisão bibliográfica, grupos dedelicious pesquisa, e a escrita de projetos de final de curso e teses.Mensagens instantâneas, ex: Skype chat, Apoiam a supervisão e comunicação comGoogle talk, Messenger e Twitter alunos e entre alunos.Redes Sociais, ex: Facebook, Google+, Apoiam a integração entre os estudantes.Cloudworks JAI 01 19
  20. 20. Ferramentas Web 2.0 Exemplos de aplicaçãoCompartilhamento de mídia, ex: São usados para busca por informaçõesYoutube, Flickr, Slideshare adicionais e aquisição de conhecimento informal.Mundo virtual, ex. Second life Podem fornecer um campus virtual para os alunos, ou a possibilidade de criar cenários para simulações de experimentos reais.Jogos, ex: SIMPLE (SIMulated Usado comumente para treinamentoProfessional Learning Environment). profissional.http://www.ukcle.ac.uk/projects/past-projects/tle/ ***“on the task” (domínio específico) versus “around the task” (apoio geral a integração e comunicação). JAI 01 20
  21. 21. Questões sobre o uso de Ferramentas Web 2.0 21—  Reconhecimento acadêmico Martin Weller The Ed Techie Blog http://nogoodreason.typepad.co.uk/JAI 01
  22. 22. Educação a distância e a Web 2.0 22—  Segurança e privacidade—  Ansiedades que o uso dessas ferramentas podem criar nos alunos, uma vez que elas, usualmente, envolvem um certo nível de exposição pública ao qual os alunos não estão necessariamente acostumados.PUCRS
  23. 23. Educação a distância e a Web 2.0 23—  Mudança do papel do educador: decidir o nível de envolvimento, aceitar o esforço adicional para iniciar a infraestrutura de apoio necessária, gerenciar e moderar.—  O educador deixa de ser o “fornecedor de informação”, e passa a ser um facilitador ou moderador. Isso implica que há necessidade de treinamento dos educadores para que possam se adaptar a esse novo contexto.PUCRS
  24. 24. Projeto de aprendizagem—  Originalmente concebido para permitir o projeto flexível de cursos independentemente da abordagem pedagógica utilizada.—  Consiste na definição do conjunto de atividades usadas no desenvolvimento do curso.—  Abordagens existentes de projeto de aprendizagem incluem linguagens que podem ser utilizadas não apenas para especificar cursos mas também para implementa-los, e.g. EML.
  25. 25. OULDI—  É um método produzido no IET, financiado pelo JISC (2008).—  Desenvolveu conceitos e ferramentas computacionais de apoio que permitem a representação explícita do projeto de um curso e oferece mecanismos para fomentar compartilhamento de material e colaboração entre os projetitast de um curso. http://ouldi.open.ac.uk
  26. 26. Processo de desenvolvimento Determine objectives Think about four meta-aspects: “Guidance and Support”; “Content and Activities”; “Communication and Collaboration”; and, “Reflection and Demonstration”. -> Course map view Develop course Evaluate & plan Develop course workflow (LOs, Reflect on the course activity activities, tools and assessment) balance -> LOs view ->Pedagogy profile -> Task swimlane view-> Course dimensions view
  27. 27. OULDI course map view !
  28. 28. ESE Scenario students educators tutors practioners Course activitiesexisting books tools plans websites assessments
  29. 29. Determine objectives: ESE course map view
  30. 30. Develop course: LOs view – 1st level Ferramenta computacional CompendiumLD
  31. 31. Develop course: LOs view 2nd level
  32. 32. Develop course: task swimlane for the Develop experiment activity
  33. 33. Evaluate & Plan: Pedagogy profile Task distribution40353025201510 50 Assimilative Finding and Communicative Productive Experiential Interactive and Assessment handling Adaptative
  34. 34. Educação Aberta 34—  West (2010) destaca que estamos observando o surgimento de uma Meta-Universidade que transcende os limites geográficos, é acessível e constrói um arcabouço de materiais abertos a partir do qual a educação global pode crescer e melhorar.—  Na concepção de entusiastas da ideia de abertura, como Wiley (2010): “Se o professor não compartilhar o que ela ou ele sabe, a educação não está acontecendo”.JAI 01
  35. 35. Educação Aberta Contemporânea 35 —  Aquela que incorpora os novos recursos tecnológicos para oferecer uma educação: ¡  alternativa, flexível, colaborativa ¡  sem as restrições do ensino tradicional ¡  valoriza a aprendizagem autônoma, ¡  rompe as barreiras geográficas e ¡  forma comunidades virtuais de aprendizagem.JAI 01
  36. 36. Disponibilidade para se Materiais educacionais vem doar e compartilhar sendo produzidos por meio de livros ou artigos que são comercializados Sobrecarga de trabalho http://gowers.wordpress.com/2012/01/21/ elsevier-my-part-in-its-downfall/JAI 01 36
  37. 37. Cenário da Educação Aberta 37JAI 01
  38. 38. Educação Aberta 38 —  Os elementos envolvidos no cenário de educação aberta formam um ecossistema que permite uma aprendizagem social, que pode auxiliar no aumento da oferta de oportunidades de formação de profissionais qualificados (Brown & Adler, 2008) e aumentar o acesso a educação à sociedade em geral.JAI 01
  39. 39. O Projeto OpenED 39JAI 01 http://www.open-ed.eu/
  40. 40. O Projeto OpenSE 40 http://opense.net/JAI 01
  41. 41. Recursos Educacionais Abertos (REAs) 41—  REAs podem ser definidos como materiais de ensino, aprendizagem e pesquisa, em qualquer meio de armazenamento, que estão amplamente disponíveis para a comunidade por meio de uma licença aberta que permite reuso, readequação e redistribuição para outros sem restrições ou com restrições limitadas (Atkins, 2007) (Butcher, 2011).JAI 01
  42. 42. Exemplos de REAs 42JAI 01
  43. 43. Termos relacionados 43—  OpenCourseWare usado no OCW consortium ou MIT OpenCourseWare.—  Objetos de aprendizagem: “…ferramentas interativas baseadas na web que apoiam o aprendizado de conceitos específicos incrementando, ampliando, ou guiando o processo cognitivo dos aprendizes”. Hay e Knaack (2007, p. 6) apud Amiel et al (2011).—  “O conceito de objeto de aprendizagem tornou-se engessado e confuso, em parte pela enormidade de padrões, sistemas e projetos que tentam definir e direcionar o conceito (WILEY, 2007)” http:// opencontent.org/presentations/bcnet07/—  O termo REA, que engloba o conceito de objeto de aprendizagem enfatizando o conceito de abertura. Isso inclui direitos de uso, reúso, revisão, remix e redistribuição (WILEY, 2007b; [s.d.(b)]), bem como facilidades técnicas de adaptação.JAI 01
  44. 44. Abertura 44 —  Social – doação —  Localização —  Adaptação —  Dificuldades de “pay and collect” —  Granularidade —  Formação de comunidades inspirado em software livreJAI 01
  45. 45. Os 4 Rs 45— Reusar— Revisar— Remixar— RedistribuirJAI 01
  46. 46. OpenLearn 46—  A introdução de REAs na OU, seguiu-se a muitas de suas iniciativas de produção de material didático em múltiplas mídias.—  Iniciativas de disponibilização de materiais didáticos com licença aberta incluíram, inicialmente: a transmissão de programas pela BBC e a consequente liberação da gravação dos materiais transmitidos; Todos os materiais—  A possibilidade de aquisição de materiais de alguns envolviam direitos cursos sob demanda e a implantaçãoautorais do portal Open2.net em 1999.JAI 01
  47. 47. Lançada em 2006, financiado pela Hewlett Foundation http://www.open.edu/openlearn/JAI 01 47
  48. 48. Avaliação do OpenLearn, 2008 48—  Internamente, mostrou como a universidade pode entregar materiais de forma mais ágil e sintonizada com a filosofia da Web 2.0;—  Induziu várias atividades de pesquisa e desenvolvimento; permitiu que o pessoal de apoio (ex., tutores) encontrasse novas formas de obter informações, orientações e participações;—  Supostamente estimulou a atração de 6.000 alunos a cursos pagos; e contribuiu para aumentar a presença da universidade na Web.—  Externamente, aumentou substancialmente a atenção internacional dada a universidade, com 69% de visitantes fora da Grã-Bretanha;—  Colocou a universidade a frente das iniciativas de educação aberta e aprendizagem apoiada pela Web, tendo recebido várias premiações, coberturas positivas da mídia e sendo citada em diversas publicações;—  Aumentou a cooperação com instituições internacionais, incluindo a UNISUL no Brasil.—  Os gastos com REAs nesses 5 (cinco) anos passam de 5 milhões de libras (Lane, 2012)JAI 01
  49. 49. Conclusões 49« Prioridade para Qualidade de Educação (Ensino e Aprendizagem)« Compromisso social« Dedicação exclusiva dos docentes« Infraestrutura« Pesquisa (IET)PUCRS
  50. 50. Referências 50—  Gimenes, I. M. S, Barroca, L. Feltrim, V. D., “Tendências em Educação a Distância e Educação Aberta”, VII Jornadas de Atualização em Informática, CSBC 2012, Curitiba-PR. Pags 3-45. http://www.lbd.dcc.ufmg.br/bdbcomp/servlet/Evento?id=446.—  “Computing postgraduate programmes in the UK and Brazil: learning from experience in distance education”, IGI Global book chapter in Cases on Web 2.0 in Developing Countries: Studies on Implementation, Application and Use—  Gimenes, I. M. S., Barroca, L., Barbosa, E. F. “International Workshop on Distance Learning Support for Postgraduate Programs in Software Engineering (e-gradSE)” In: 24th IEEE-CS Conference on Software Engineering Education and Training. Piscatay, NJ: IEEE, 2011. v.1. p.517 - 519.PUCRS

×