Your SlideShare is downloading. ×
ResumoSociologiateoricos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

ResumoSociologiateoricos

360
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
360
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Sociologia – Professor Ítalo Colares Resumo dos teóricos da... ...SOCIOLOGIA. Atualizado em 13 de setembro de 2011 Caderno 2 | Capítulo 1 e 2
  • 2. A Sociologia é o estudo do comportamento social das interações e organizações humanas. É o saber que estuda todos os símbolos culturais que os seres humanos criam e usam para interagir e organizar a sociedade. Tendo como principais teóricos:
  • 3. Sociologia – Professor Ítalo Colares O Nascimento da Sociologia A rápida urbanização; Desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação; Novos métodos de organização industrial. produção e
  • 4. Sociologia – Professor Ítalo Colares August Comte (1798-1857) Max Weber e a ética protestante Cabe ao sociólogo interpretar os homem em sociedade com o mesmo distanciamento e neutralidade das ciências exatas. Aplicação do método científico ao estudo da sociedade. Esse procedimento consiste em: IDENTIFICAÇÃO e OBSERVAÇÃO do objeto de estudo. QUANTIFICAR os dados colhidos, após analisá-los através da COMPARAÇÃO. Através da utilização desse método Comte chegou à formulação da LEI DOS TRÊS ESTÁGIOS. Em que identificou três momentos específicos do esforço humano para compreender o mundo a sua volta.
  • 5. Sociologia – Professor Ítalo Colares OS TRÊS ESTÁGIOS TEOLÓGICOS, as explicações dos fenômenos supõem uma causalidade sobrenatural; os fenômenos da natureza, a origem dos seres, os costumes são explicados pela ação dos deuses. METAFÍSICO, os agentes sobrenaturais são substituídos por forças abstratas, por noções absolutas pelas quais são explicadas a origem e o destino do universo. POSITIVO, caracterizado pela aplicação de técnicas científicas à realidade social, em que a Sociologia se destaca entre as ciências como a mais significativa e complexa.
  • 6. Sociologia – Professor Ítalo Colares Émile Durkheim (1858-1917) A ética protestante e o espírito do capitalismo É necessário ao sociólogo livrar-se de todo e qualquer tipo de preconceito e ideologia. Os fenômenos sociais são coisas e devem ser tratados como coisas. Deve-se lembrar que o fato social é AQUILO RELEVANTE EM UMA SOCIEDADE. As características dos fatos sociais são: EXTERIORIDADE; COERCITIVIDADE e GENERALIDADE.
  • 7. Sociologia – Professor Ítalo Colares Karl Marx (1818-1883) O ponto de partida de Marx é a realidade social, o avanço técnico, o controle exercido pelo homem sobre a natureza, a situação da classe operária e o enriquecimento da burguesia. O materialismo histórico: a forma pela qual o homem reproduz suas condições de existência, um fator importante da mudança social. As ideias e os valores não são as principais fontes da mudança social. A infraestrutura econômica determina, em última instância, a superestrutura política, jurídica e ideológica. Luta de classes: é o motor da história. No capitalismo, ocorre entre a burguesia e o proletariado. O capitalismo seria superado por uma revolução dos trabalhadores, que estabeleceria uma sociedade sem classes e sem grandes divisões entre ricos e pobres. As contradições internas do capitalismo levariam, portanto, à sua superação.
  • 8. Sociologia – Professor Ítalo Colares Alguns conceitos de Marx: Mais-valia: é o valor que o operário cria além da sua força de trabalho, e que é apropriada pelo capitalista; é o trabalho excedente que não é pago ao operário e serve para aumentar cada vez mais o capital. Pode ser absoluta (quando há aumento do valor total produzido por cada trabalhador por meio de ampliação – intensiva ou extensiva – da jornada de trabalho) ou relativa (quando é conservada a mesma duração da jornada de trabalho, adotando-se algumas medidas – ou se reduz a quantidade de valores de uso consumidos pelo trabalhador, ou se reduz o tempo de trabalho necessário para produzir a mesma quantidade de valores de uso; ou, ainda, introduz-se incessantemente inovações tecnológicas)..
  • 9. Sociologia – Professor Ítalo Colares Alienação: quando o operário vende no mercado a força de trabalho, o produto que resulta do seu esforço não mais lhe pertence e adquire existência independente dele. Há uma reificação ou coisificação do homem expressa na sua desumanização.
  • 10. Max Weber (1864 – 1920) A ética protestante e o espírito do capitalismo (Escrito entre 1904 e 1905, publicado em 1920) A sociologia compreensiva Por que o capitalismo se desenvolveu mais intensamente em países de religião protestante? Max Weber (ação social) e Karl Marx (luta de classes) Capitalismo, cultura e racionalidade
  • 11. Herbert Spencer (1820 – 1903) Spencer foi o primeiro sociólogo inglês. Ele acreditava, assim como Comte, que os agrupamentos humanos podiam ser estudados cientificamente. Em sua obra “Os princípios da sociologia”, ele desenvolveu uma teoria de organização do homem, apresentando uma vasta série de dados históricos e etnográficos para fundamentála. Para Spencer, todos os domínios do universo – físico, biológico e social – desenvolvem-se segundo princípios semelhantes. A tarefa da sociologia é aplicar esses princípios ao que ele denominou de campo superorgânico. Fortemente influenciado pelas ideias de Charles Darwin.

×