Your SlideShare is downloading. ×
0
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Sub região do nordeste
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Sub região do nordeste

19,173

Published on

Published in: Travel
2 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
19,173
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
421
Comments
2
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. SUB-REGIÕES DO NORDESTE
  2. <ul><li>A Região Nordeste é dividida em quatro sub-regiões: meio-norte, zona da mata, agreste e sertão. </li></ul>
  3. <ul><li>A região Nordeste é composta pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Em seu território há uma grande diferenciação de características físicas, refletindo diretamente nas atividades econômicas e sociais da população. Devemos romper com o paradigma de que o Nordeste brasileiro é um lugar de seca, fome e miséria, e sim, saber analisar essa região tão rica em belezas naturais e diversidade cultural. Entender as sub-regiões do Nordeste é o primeiro passo. </li></ul>
  4. <ul><li>nordestinas são de fundamental importância para a compreensão das relações sociais ali estabelecidas, outros aspectos de grande importância devem ser entendidos, para que uma análise da região seja feita sem preconceitos e distorções. </li></ul>As características das sub-regiões
  5. <ul><li>O Nordeste, como as demais regiões do Brasil, não é homogêneo. Para efeito de estudo, costumamos dividir a região em quatro áreas definidas de acordo com o clima, a vegetação e a situação econômica: Sertão – interior Zona da Mata – trecho do litoral onde havia mata Atlântica Agreste – região entre o sertão e a Zona da Mata Meio Norte – faixa localizada no estado do Maranhão e parte do estado do Piauí. </li></ul>
  6.  
  7.  
  8.  
  9.  
  10.  
  11. Fernando de Noronha
  12. Itacaré
  13. Morro de São Paulo
  14.  
  15. Localiza-se na faixa litorânea, onde as chuvas são regulares. Foi a primeira região a ser colonizada e é a mais povoada, a mais industrializada e a mais urbanizada. Compreende a área costeira que vai do Rio Grande do Norte até a Bahia. Tem esse nome porque a vegetação original que cobria essa área era a mata Atlântica que hoje se encontra bastante devastada Zona da Mata
  16. Zona da Mata
  17.  
  18. SERTÃO
  19. <ul><li>O sertão é uma extensa área de clima semi-árido, que compreende o centro da região Nordeste, está presente em quase todos os estados da região. As chuvas são escassas e mal distribuídas. </li></ul><ul><li>A vegetação típica é a caatinga. A bacia do rio São Francisco é a maior da região e a única fonte de água perene para as populações que habitam suas margens, é aproveitado para irrigação e também é fonte de energia através de hidrelétricas como a de Sobradinho (BA). </li></ul><ul><li>As maiores concentrações humanas estão nos vales dos rios Cariri e São Francisco. A pecuária é a principal atividade econômica, ao lado do cultivo irrigado de frutas e flores. </li></ul>Sertão
  20. Abrange mais da metade da área total do Nordeste. Corresponde às áreas interioranas de clima semi-árido. À medida que vamos avançando para o interior, as chuvas se tornam cada vez mais escassas, ocorrendo até longos períodos de seca. No Sertão predomina a caatinga, um tipo de vegetação rala, com árvores pequenas e retorcidas, misturadas com cactos, como o mandacaru e o xiquexique. Os rios do sertão nordestino são em geral intermitentes , isto é, secam completamente durante alguns meses do ano. A grande exceção é o Rio São Francisco, que corre continuamente, mesmo nos períodos de seca prolongada; por isso, é um rio perene.
  21. Seca
  22.  
  23.  
  24. AGRESTE
  25. É uma zona de transição entre o Sertão e a Zona da Mata, nem muito úmida nem muito seca. Trata-se de uma faixa estreita na direção leste-oeste e alongada na direção norte-sul. È uma área relativamente alta, que corresponde a região do planalto da Borborema Existem no Agreste algumas importantes cidades comerciais, a principal atividade econômica. São chamadas de capitais regionais e, entre elas se destacam: Campina Grande (na Paraíba), Feira de Santana (na Bahia); Caruaru e (em Pernambuco)
  26. <ul><li>O agreste é a área de transição entre a zona da mata, úmida e cheia de brejos, e o sertão semiárido. </li></ul><ul><li>A principal atividade econômica nos trechos mais secos do agreste é a pecuária extensiva; nos trechos mais úmidos é a agricultura de subsistência e a pecuária leiteira. </li></ul>
  27. ZONA DE TRANSIÇÃO
  28. Meio Norte
  29. <ul><li>É a área mais próxima da região Norte. Possui vegetação exuberante. Aí se encontra a Mata dos Cocais onde se encontram duas grandes riquezas naturais do Nordeste: a carnaúba e o babaçu. A principal cidade é São Luis, capital do Maranhão. A agricultura tradicional do Meio Note baseava-se no cultivo do algodão, cana-de-açúcar e arroz. Hoje a soja vem se tornando o principal produto, cultivado de forma moderna e mecanizada. </li></ul>
  30. <ul><li>O meio-norte corresponde à faixa de transição entre o sertão semi -árido do Nordeste e a região Amazônica, inclui os estados do Maranhão e oeste do Piauí. A vegetação natural dessa área é a mata de cocais, carnaúbas e babaçus, em sua maioria. Apresenta índices pluviométricos maiores a oeste. As atividades econômicas de maior destaque são o extrativismo vegetal, praticado na mata de cocais remanescente, a pecuária extensiva e o cultivo do arroz e do algodão. </li></ul>
  31.  
  32. Carnauba
  33. Nordeste,região de contrastes

×